Browsing: Ricardo Santos

Assuma seus erros, governador Flávio Dino. Seja homem de verdade!

O destaque do dia foi retirado do whstsapp do jornalista e blogueiros Linhares Junior, que faz um bom enquadramento das atitudes covardes  de um comunista que teima em não assumir seus erros e tenta constantemente culpar o Sarney, um político sem mandato, por tudo de errado em seu governo.

Governador novamente faltou com a verdade e culpou o Sarney pela sua falta de atitude.

Antes que venham me colocar numa posição que nunca estive, vou logo avisando que nunca votei em Roseana Sarney. Em 2014, votei em Flávio Dino, portanto não me cabe polarizações estúpidas, não tentem me colocar nesta fajuta dicotomia de Sarney X anti-Sarney. Não aceito ser tratado como retardado.

O medo da verdade:

Na semana que comemorou-se a proclamação da República, uma ação da Policia Federal e demais órgãos da República, nas dependências do governo comunista, que investiga repasses federais, contratações de funcionários fantasmas e um prejuízo de mais de 18 milhões dos cofres públicos. Mas o governador comunista, Flávio Dino, e seu pré-candidato a deputado federal, Márcio Jerry, deram provas de covardias. Confira ao lado, um trecho da resposta do governador comunista: 

Para quem vive de mentiras, saiba quem um dia a verdade chegará de forma implacável. Não caiu bem para um ex-juiz federal ter saido de outra situação com a mentira.

Fiquem abaixo, com um trecho de meu texto no facebook:

Comunistas novamente acusaram o golpe e colocaram a culpa no Sarney, que, segundo Márcio Jerry em seu tuíter, nomeou um novo diretor da PF. Portanto a Operação da Polícia Federal, CGU, Receita Federal, MPF, Justiça Federal, foi forjada por Sarney para “perseguir” Flávio Dino, que não sabia de nada das contratações fantasmas, um inocente.

A questão é que o diretor foi nomeado no inicio deste mês, dia 8 de novembro, a investigação está acontecendo desde o ano de 2015, quando um contracheque da “amiga” de Jerry deu inicio às investigações de “contratações fantasmas”.

Recentemente a Globo mostrou os alugueis fantasmas no Maranhão, vale lembrar que foi o Sarney o culpado da filha de um desembargador do TJ alugar uma clinica para o governo por um ano sem que a clinica (Eldorado) estivesse funcionando.

Foi Sarney que pagou as reformas da clinica, foi Sarney que, inclusive, contratou a filha do desembargador “assessora jurídica” da SES.

Sem falar dos outros aluguéis fantasmas de prédios como foi o caso de um membro do PCdoB, que estava lotado no governo, alugou por um ano inteiro outro imóvel no bairro Aurora, sem que o mesmo estivesse habitado ou, no caso, sendo utilizado para a finalidade para que foi alugado. Mas acreditem, nada disso Flávio Dino sabia. Sabe quem levou a culpa?

Abaixo, uma manchete que apareceu em revistas e sites nacionais, supostamente plantadas (pagas) pelo secretário Marcio Jerry, tentando desqualificar a operação da PF que grampeou ligações de secretários do governo comunista, provando que sabiam de toda a ilegalidade das contratações fantasmas:

A resposta não demorou:

O Deputado Zé Inácio (PT) nesta quinta-feira 17/11, esteve reunido com o Secretário Municipal de Trânsito e Transporte de São Luís (SMTT), Canindé Barros, para tratar sobre a Lei de sua autoria, “Bilhete Único Metropolitano”.

Na pauta, o parlamentar abordou que o benefício tarifário está sendo implantado somente em São Luís. E que agora a articulação será junto aos demais prefeitos e vereadores dos municípios de São José de Ribamar, Raposa, Paço do Lumiar e Alcântara para que o “Bilhete Único” seja implementado nos demais municípios da região metropolitana, conforme o que diz a Lei.

“A Lei já está sendo executada em São Luís, a partir dessa reunião daremos continuidade para conversar com os demais gestores municipais para a integração do Bilhete Único em toda a região metropolitana”, disse Zé Inácio.

O Deputado pontuou ainda que o uso da faixa exclusiva para a fluidez do trânsito pode ser reanalisada. “Sugiro que poderia ser repensado o uso das faixas de ônibus, tenho notado algumas reclamações por parte da população e observado que fora do horário de pico elas poderiam ser utilizadas por todos os veículos, o que proporcionaria mais fluidez ao trânsito”, explicou Zé Inácio.

Zé Inácio destacou e parabenizou as intervenções que estão sendo realizada pela Secretaria de Transportes que tem melhorado a mobilidade no trânsito de São Luís.  Foram realizadas obras viárias na Avenida Guajajaras, São Cristovão, Forquilha, Turú, Cohab, Anel Viário-Bacanga, Avenida Carlos Cunha, assim como também em breve na Avenida Jerônimo de Albuquerque, elevado da Cohab/Turú.

O prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva, assinou na tarde desta quinta-feira (16) a Ordem de Serviço de Elaboração do Projeto de Macrodrenagem da Avenida Paraíso e áreas adjacentes do Jardim Tropical. O projeto, que é parte do plano de reconstrução do município, detalha as intervenções que deverão ser feitas em toda a extensão da Avenida, que desde quando foi construída na primeira gestão do prefeito Luis Fernando, não recebeu nenhum serviço de manutenção e conservação.

De acordo com o prefeito Luis Fernando, a Avenida Paraíso, que hoje enfrenta sérios problemas, não apenas de ordem asfáltica, necessita passar por sérias intervenções na rede de drenagem. “Estamos hoje aqui para avançar um pouco mais rumo à reconstrução do Jardim Tropical, totalmente destruído.

A Avenida Paraíso, principal corredor da região, não pode passar apenas por uma simples pavimentação, é preciso a exemplo da minha primeira gestão, submeter a localidade a reconstrução da rede de macrodrenagem, o que já está assegurado”, detalhou o prefeito, determinando que esse será o ultimo inverno de sufoco que os moradores vão passar em razão do abandono da região.

Ainda de acordo com o gestor, enquanto o projeto estiver em andamento, os trabalho serão intensificados no sentido manter a trafegabilidade, tanto dos pedestres quanto dos veículos. “Autorizamos o início da elaboração do projeto de macrodrenagem, bem como a reforma do telhado e estrutura desta quadra que voltará a atender a comunidade e os alunos da rede municipal de ensino”, completou lembrando ainda da recente entrega da nova UBS a localidade.

O projeto da obra, que será feita com recurso próprio do município, vai custar cerca de quatrocentos mil reais. Além dos moradores, o lançamento contou com a presença do vice-prefeito, Eudes Sampaio, do líder do governo, professor Cristiano, e dos secretários municipais.

Coincidência ou plantação?

Esquerdóide do Brasil 247, resolveu alugar a pena aos comunas maranhenses?

Só o que faltava, um esquerdóide sulista se intrometer na politica maranhense afirmando que investigação da Polícia Federal, com vasta documentação, inclusive, escutas telefônicas comprovando que houve desvios de recursos públicos, de ser uma”criação” de jornalistas da oposição.

Lembram aquela petinhada do JP sobre alugueis de senhas de blogues?

Do nada, um site sulista, que nada entende da politica do Maranhão, apareceu com um texto lembrando a escrita de certo secretário que está até o pescoço envolvido em escândalos de desvios, sendo investigado pela PF. Abaixo, as tentativas de plantações de Márcio Jerry, que alega ser vitima do Sarney:

Pior que isso, o esquerdóide, comunista de ocasião, reproduz com todas as letras, palavras, pontos e virgulas do costumeiro chororô comunista da versão apresentada no Palácio Comunista, que a operação com vasta documentação, gravações, é coisa do Sarney, não de Márcio Jerry, que aliás, está totalmente desmoralizado por conta do contracheque dado a uma “amiga”.

 

Pegador sugere pegar algo, alguém.

Enquanto a PF pegou, o governador Flávio Dino não vai pegar, ou vai continuar pagando?

A PF conseguiu pegar vários fantasmas e elucidar um caso que teve inicio a partir de um contracheque da amiga do Super-secretário do governo comunista, Marcio Jerry.

No caso da enfermeira, amiga do pré-candidato a deputado federal pelo PCdoB, que recebia sem trabalhar, continua pegando quase 14 mil reais por mês, sendo que as outras enfermeiras do mesmo hospital continuam recebendo apenas 3 mil por mês, tendo que trabalhar todos os dias. Tudo por causa de Jerry.

O PCdoB de Flávio Dino vai “pegar” ou “afastar” Márcio Jerry?

O PCdoB vai continuar a apoiá-lo, mesmo depois de provocar toda essa avalanche de escândalos ao governo comunista do Maranhão? É esse tipo de candidato, todo envolvido em escândalos que querem nos apresentar nas eleições de 2018? Seria melhor continuar com Rubens Júnior, ou, o delegado Jefferson Portela.

Sobre a “amiga” de Márcio Jerry, pré-candidato a deputado federal nas eleições de 2018, a enfermeira Keilane Silva, é uma das principais administradoras de uma UPA da cidade  Imperatriz -MA.

Resta saber agora, se depois que a “pegadores” conseguiu pegar os fantasmas de Flávio Dino, os secretários Márcio Jerry, Carlos Lula, e suas amigas continuarão “pegando” seus gordos salários ou serão afastados.

Abaixo, dois casos emblemáticos que envolvem o “alto escalão” do governo comunista, encabeçado por Flávio Dino, que prometeu “mudança”. Será que vai agir e expulsar os secretários “pegos” pela Polícia Federal?

A ordem é poupar Flávio Dino e Carlos Lula:

Secretário problema:  Jerry, enfim, deu as caras?

Como era esperado, querem desqualificar alguém e por a culpa em outro, neste caso, na  Polícia Federal. Nos grupos de whstsapp, o secretário de Estado da Comunicação Márcio Jerry tenta desqualificar a Polícia Federal, Justiça, Receita Federal e Ministério Público.

Só lembrando que todo esse problema começou com um super contracheque de uma “amiga” de Márcio Jerry.

Ridículo: querem acusar outros pela própria corrupção.

O grande destaque ficou por conta de uma postagem feita pelo Super-secretário do governo comunista, Márcio Jerry, num dos muitos grupos de whstsapp do Sul do Maranhão, onde fez uma indicação de uma postagem de um blog em que a Operação da Polícia Federal “PEGADORES”,  feita em conjunto com a Receita Federal, Ministério Público, etc, tenha sido motivada pelo ex-secretário de Saúde Ricardo Murad, José Sarney, se duvidar até com o “golpista” Michel Temer.

Deu na Globo News: Operação Pegadores: Empresas de fachada/governo de fachada…

Globo News destaca outra Operação da Polícia Federal no Maranhão, que envolve farra de contracheques fantasmas para apaniguados do governo comunista.

Abaixo, reportagem da Globo News destacando outro escândalo do governo comunista:

Globo News – As investigações indicaram a existência de 424 pessoas que teriam sido incluídas indevidamente nas folhas de pagamentos dos hospitais maranhenses, sem que prestassem qualquer tipo de serviços às unidades de saúde. Os beneficiários do esquema seriam familiares e pessoas próximas a gestores públicos e de diretores das organizações sociais, no governo Flávio Dino (PC do B).

Pegadores pegou gestão comunista: operadores do comunismo sangraram mais de 18 milhões da Saúde no “governo da mudança”.

Pegador foi pego através de “contracheque turbinado”

Apadrinhados políticos, salários nas alturas, uma enfermeira que recebia super salário. Tudo aconteceu debaixo dos narizes vermelhos de Dino e Jerry. Desvios milionários da secretaria de Saúde, contratações de funcionários fantasmas e notas fiscais frias. Dois gestores estão presos na PF: uma sub-secretária e um superintendente da atual gestão.

Os desvios aconteceram no ano de 2015 (gestão comunista) está relacionado a um servidor da sessão técnica dos serviços de saúde na contratação de servidores e montagem de empresas de fachadas como uma sorveteria que emitia notas fiscais frias.

Um desdobramento da Operação Sermão aos Peixes de 2015, (15ª fase) chamada de Operação Pegadores, começou a investigar os esquemas de contratação de servidores fantasmas, através de uma enfermeira que tinha um super contracheque, que recebia quantia superior às outras enfermeiras.

Abaixo, fotos da “enfermeira” e seu super contracheque:

Contra-cheque da “Bruta” da saúde comunista

 

Murad não tem culpa, Jerry…

Ricardo Murad não tem nenhum envolvimento nos desvios de recursos da Saúde, diz delegado da PF

Por Diego Emir

Na ânsia de tentar envolver no mar de lama da corrupção do governo Flávio Dino, um repórter da rádio Timbira AM a mando de Márcio Jerry fez uma pergunta ao delegado da Polícia Federal, Wedson Cajé Lopes, sobre um possível envolvimento do ex-secretário de Saúde, Ricardo Murad, nos desvios de recursos públicos da Saúde do Maranhão. De pronto e de forma seca, a autoridade policial afirmou: “nenhum”.

Veja o vídeo:

1 2 3 4 271