Browsing: Ricardo Santos

Antes de sair pelas porta da PGR, Janot disparou “flechas da vingança”.

Prestem muita atenção na manchete  amplamente divulgada no blogues palacianos: “Pedido foi feito pela PGR, nos últimos dias de comando de Rodrigo Janot”.

Baixarias, perseguições e puxadas de tapetes. Começou a eleição de 2018…

Para fechar  sua passagem pela Procuradoria-Geral da República (PGR), o procurador federal Rodrigo Janot resolveu disparar uma duas suas flecha em direção do senador Roberto Rocha. Coincidência?

Numa clara reação ao fato do senador maranhense ter feito um relatório impecável a favor da indicação da procuradora Raquel Dodge para comandar o Ministério Público Federal, Janot, acomunado com o seu colega Nicolau Dino, irmão do governador Flávio Dino (PCdoB) resolveu apresentar junto à PGR denúncia contra Roberto Rocha em relação a um processo de prestação de contas que correu no Tribunal Regional Eleitoral no Maranhão (TRE-MA) movido pelo candidato derrotado ao Senado, Gastão Vieira.

Detalhe:

Roberto Rocha ganhou no TRE-MA inclusive com parecer favorável do MPF. Ou seja, esse “flechada” dada pelo ex-procurador-Geral da República tem cheiro de armação. Das conhecidas e baixas, praticadas em tempos de eleições.

E, ao que parece, tudo combinado com o ditador “Kim Jong-un” da antiga província”.

Dano ao erário:

Os herdeiros de José Câmara Ferreira terão de ressarcir R$ 942.484,44 devidamente atualizados.

A decisão é do juiz Jamil Aguiar da 1ª Vara Cível de Ribamar.

SÃO JOSÉ DE RIBAMAR – Os herdeiros do patrimônio deixado pelo ex-prefeito de São José de Ribamar, José Câmara Ferreira, terão de ressarcir R$ 942.484,44 devidamente atualizados, valor corresponde ao dano causado ao erário municipal em 2000, conforme sentença do juiz Jamil Aguiar (1ª Vara Cível de Ribamar) em Ação Civil por Improbidade Administrativa ajuizada pelo Ministério Público estadual.

A ação é fundamentada em Procedimento Administrativo do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE) que desaprovou as contas do ex-prefeito relativo ao ano 2000. Segundo o Relatório de Informação Técnica anexado, foram constatadas várias irregularidades em relação às despesas realizadas naquele ano, alcançando o valor de R$ 942.484,44.

Segundo a denúncia do Ministério Público, o ex-gestor contrariou a Lei das Licitações (nº 8.666/93), utilizando o “artifício de fragmentação de despesas” e dispensou, indevidamente, procedimentos licitatórios, causando lesão ao erário municipal e incorrendo em improbidade administrativa, de acordo com a Lei nº 8.429/92.

Depois de instaurada a ação civil, em 2008, mas antes de iniciar a audiência de instrução e julgamento do processo, o ex-prefeito José Câmara faleceu, e a viúva dele foi chamada para participar do processo como representante do espólio – que reúne o conjunto de bens deixados pelo falecido.

Espólio

Dentre as penalidades previstas na Lei de Improbidade Administrativa encontra-se a de ressarcimento ao erário – de caráter não pessoal – e segundo jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça, citada nos autos, “os herdeiros só estão legitimados a figurar no polo passivo da demanda, exclusivamente, para o prosseguimento da pretensão de ressarcimento ao erário”, cabível no caso.

Na análise da questão, o juiz assegurou não haver dúvidas acerca da materialidade e da autoria das condutas descritas na denúncia do MPE. Segundo o magistrado, ficou constatado, pela vasta documentação, o flagrante descumprimento de princípios basilares consagrados pela Constituição Federal, bem como pela Lei das licitações.

“Percebe-se, inclusive, sem esforços de raciocínio, que o demandado, deliberadamente, feriu os dispositivos pontualmente transcritos, razões pelas quais, somados ao forte corpo probatório contido nos autos, resta patente que incorreu em Ato de Improbidade tipificado no seguinte dispositivo: Ato de Improbidade que causa Lesão ao Erário”, declarou o juiz na sentença. (Imirante)

Basta comparar: Jerry gastou mais em 3 anos que Roseana Sarney em 8 anos.

Reeleição: Flávio Dino constantemente dando “entrevistas” nas rádios…

Não houve mudança!

Governo comunista deveria cortar verba com publicidades, mas, como fez Roseana Sarney, fez aditivar em vários milhões…

Como sempre fiz, aproveito para cobrar e criticar o secretário da mais importante secretaria do governo do Estado, que na gestão comunista, repete os mesmos absurdos do grupo Sarney. A comunicação do jornalista  Márcio Jerry, uma espécie de “galinha dos ovos de ouro” é a melhor estruturada, que detém os maiores orçamentos, maiores  gastos com funcionários, despesas, etc e tal.

Em poucas palavras: cadê a promessa da “comunicação democrática”, Márcio Jerry? Basta comparar?

Com índices que variaram entre 5% e 8% das intenções de votos na última pesquisa Escutec – dependendo do cenário – a ex-prefeita e ex-deputada Maura Jorge (Podemos) mostra força para trilhar um caminho nas eleições de 2018.

Maura Jorge: sem rejeição, ganha a força do eleitorado católico e evangélico…

Desconhecida como candidata a governadora por pelo menos 80% do eleitorado, já que nunca disputou cargo majoritário, Maura Jorge registra esses índices mesmo tendo visitado menos de 10% dos municípios.

Dentre os nomes já apresentados para a disputa, Maura Jorge é a única que trilha sozinha o seu caminho, com a ajuda apenas do seu partido e dos aliados, como o deputado federal Aluisio Mendes.

Ela não tem a estrutura do governo montada por Flávio Dino (PCdoB) nem o cacife do Senado, usado por Roberto Rocha (PSB); também não dispõe do recall eleitoral apresentado por Roseana Sarney (PMDB).

Mas sua rejeição é a menor entre eles, o que lhe abre um caminho gigantesco à frente.

No momento em que conjugar o amplo conhecimento do seu nome pelo eleitorado e visitar o grosso dos municípios como candidata, ela tende a crescer. E isso deve ocorrer exatamente na campanha.

É aguardar e conferir… (blog do Marco D’Éça)

Flávio Dino inaugura obras de governos passados e ainda quer fazer comparação? 

Pelo tuiter, ex-secretário rebate Márcio Jerry e sugere que Flávio Dino entregou outra obra de Roseana Sarney. Aparentemente o governador trabalhou arduamente para entregar outra obra do (seu) governo. Só Que Não!

Detalhes importantes escondidos por Flávio Dino: Em discurso na Assembleia Legislativa, o deputado Stenio Resende afirmou que a obra foi construída com emenda parlamentar, que está sendo gerida desde o ano de 2012. Leia aqui:

Pelo tuiter, o consultor de orçamentos do senador federal, ex-secretário do governo do estado, Fábio Gondim, insinuou que Flávio Dino só fez entregar outra obra. Confira na sua resposta endereçada ao secretário  Márcio Jerry:

Na peça publicitária do governo do Maranhão nada se falou dessa obra que está sendo gerada desde o ano de 2012. A obra foi feita com dinheiro de emendas parlamentares da Assembleia Legislativa, mas, nada disso consta nas propagandas do governo comunista, que, de forma rasteira, assumiu outra obra como se fosse sua.

Abaixo, a peça publicitária do governador comunista, direcionada aos eleitores para “fazer comparação” com outros governo. Ou seja: Flávio Dino inaugura obras de governos passados e ainda quer fazer comparação?

O deputado Wellington do Curso denunciou “a convocação de filiado do PC do B da cidade de Floriano, no vizinho estado do Piauí para trabalhar no Maranhão”.

Durante a sessão plenária desta quinta-feira (21), o deputado estadual Wellington do Curso (PP) voltou a cobrar explicações do Governo do Estado quanto as grave denúncias recebidas por meio do projeto “Ouvindo o Maranhão” em relação ao seletivo realizado pela Secretaria de Administração Penitenciária  (SEAP-MA).

Segundo o deputado, “a lista de convocação está repleta de vícios, de erros, e quem aponta isso não sou eu. É a população. Tem igreja sendo convocada, tem candidato com nomes incompletos, tem filiado ao PC do B que sai lá do Piauí e vem para o Maranhão, o que, de cara, já causa certa estranheza. Seria um seletivo camarada: Flávio Dino convoca filiado ao PC do B do Piauí para trabalhar no Maranhão. Esse questionamento não é meu. É da população que também quer entender o que aconteceu. É só coincidência? Assim como foi na época do aluguel camarada? Essas coincidências não podem continuar. Permitir isso é desrespeitar o maranhense. Aguardamos uma resposta”, disse  Wellington.

Ao final do pronunciamento, o deputado Wellington encaminhou requerimento ao Governo do Estado em que solicita cópias das fichas de inscrições de todos os 351 candidatos convocados no processo seletivo.

Abaixo, imagens das denuncias:

Ódio comunista contra ex-aliado,

Segundo o blogueiro Luiz Pablo, o secretário de Estado da Comunicação, Márcio Jerry, conhecido como o “todo poderoso” do governo comunista, que acumula os maiores orçamentos em suas pastas, parece que não segurou a raiva e perdeu as estribeiras, partindo para agressão verbal contra o senador Roberto Rocha.

Desta feita, Jerry não mandou seus subalternos usarem as emissoras de rádios e tvs do Edinho Lobão, que estão alugadas a preço de ouro, hora para promoção do governo, hora para destratar ex-aliados.

Ao que tudo indica, ele próprio foi para a rádio destilar seu ódio contra o senador Roberto Rocha, que vem sendo constantemente tratado com extremo ódio pela mídia bancada pelo governo comunistas.

Confira abaixo um trecho do Luis Pablo:

O Deputado Estadual Zé Inácio (PT) utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa nessa quarta-feira 20/09, para parabenizar a nova Secretária Estadual de Mulheres do PT Edinalva Lima. A eleição foi realizada no último sábado durante o Encontro Estadual de Mulheres do Partido, no auditório Viriato Corrêa do Ifma, Monte Castelo.

O Deputado Zé Inácio esteve presente no evento que lotou o auditório e contou com cerca de 500 mulheres militantes de várias regiões do Estado. “O PT é um partido em que as mulheres têm voz e vez, e são poucos os partidos no Estado do Maranhão que têm uma militância feminina espalhada por todas as regiões do Estado, durante esse evento elas debateram a organização do partido e discutiram livremente o feminismo. A companheira Ednalva Lima foi eleita mostrando a importância que tem a militância das mulheres do PT, que fizeram um brilhante encontro e mostraram a força da mulher na política, a força das militantes feministas do PT”, disse.

Edinalva Lima foi eleita com 56,2% dos votos pela chapa “Feminismo é no Plural”. Atualmente a Secretária de Mulheres é presidenta do Partido dos Trabalhadores de Santa Inês, militante e integrante da corrente CNB (Construindo Um Novo Brasil).

Zé Inácio reafirmou na Tribuna que “a vitória de Edinalva Lima é mais um passo do PT para atuação do empoderamento feminino e renovação da política feminista no partido”.

1 2 3 4 246