Presidente cancela acordo de ontem. Ministro Pazuello foi desautorizado.

PODER360

O presidente Jair Bolsonaro decidiu cancelar o acordo firmado pelo Ministério da Saúde para a compra de 46 milhões de doses da CoronaVac, a vacina contra covid-19 desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac Biotech em parceria com o Instituto Butantan, de São Paulo.

A reportagem do Poder360 apurou que Bolsonaro enviou mensagens a ministros com o seguinte teor:

“Alerto que não compraremos vacina da China.

Bem como meu governo não mantém diálogo com João Doria sobre covid-19“.

O presidente e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), são desafetos políticos.

Bolsonaro também manifestou publicamente sua percepção negativa sobre a vacina chinesa. Em resposta a usuários do Facebook, o presidente reforçou que o Brasil não comprará o imunizante da China e falou até em “traição“.

A decisão de Bolsonaro desautoriza o ministro Eduardo Pazuello (Saúde), que havia assinado o protocolo para a aquisição das doses na véspera (3ª feira, 20.out.2020). Eis o anúncio (84 KB) feito pela pasta na tarde desta 3ª feira.

O acordo previa a edição de medida provisória para disponibilizar crédito de R$ 1,9 bilhão para comprar as vacinas.

Entusiasta da CoronaVac, João Doria tem reunião nesta 4ª feira (21.out), em Brasília, com o presidente da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Antonio Barra Torres.

A agência precisa autorizar o registro da vacina para que as doses possam ser disponibilizadas à população.

Bolsonaro e Doria tem atuado em polos opostos e protagonizado embates durante a pandemia. O presidente é contrário às medidas mais restritivas para obrigar o isolamento social, enquanto o governador paulista estimulou ampla quarentena no Estado mais rico do país. Os 2 chegaram a bater boca publicamente em reunião realizada em março.

Nos últimos dias, Bolsonaro e Doria têm divergido também sobre a obrigatoriedade da aplicação da vacina assim que ela estiver disponível. O tucano diz que irá exigir a imunização em São Paulo. Já o presidente afirma que o governo federal não tornará a vacinação obrigatória e que cabe ao Ministério da Saúde recomendações dessa natureza.

CORONAVAC X OUTRAS VACINAS

A vacina chinesa contra a covid-19 está na 3ª e última fase de testes. De acordo com o presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, a segurança da substância já está comprovada. Falta agora ter certeza sobre sua eficácia.

No início desta semana, autoridades paulistas apresentaram os resultados dos estudos mais recentes com a CoronaVac. Segundo os estudos, 35% dos 9.000 voluntários tiveram reações leves, como dor no local da aplicação, e nenhum efeito colateral grave durante os testes. O resultado representa que a vacina tem “excelente perfil de segurança“, de acordo com Dimas Covas. “É a vacina mais segura, no momento. Não no Brasil. No mundo“.

Os testes com a CoronaVac no Brasil são realizados desde julho com 13.000 voluntários em São Paulo e mais 6 Estados, bem como no Distrito Federal. As doses são aplicadas em profissionais de saúde que atuam no combate à pandemia. Ainda neste mês os testes serão expandidos também para idosos, gestantes e portadores de doenças preexistentes.

O Ministério da Saúde tem acordo para compra de imunizantes da AtraZeneca (Reino Unido) e também de adesão à aliança internacional Covax.

Pesquisa realizada em agosto pelo PoderData mostrou que as vacinas em desenvolvimento que mais inspiram a confiança dos brasileiros são as dos Estados Unidos. São 26% da população os que dizem que preferem tomar a vacina norte-americana, caso várias sejam disponibilizadas. As vacinas chinesas foram a opção escolhida por só 8% dos entrevistados.

Entre os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (aqueles que consideram o governo “bom” ou “ótimo“), 40% dizem preferir tomar a vacina dos Estados Unidos, enquanto só 7% dizem querer o imunizante chinês.

Consórcio de Flávio Dino mostrou a cara do comunismo Dinista:

Antipatia popular, ataques com a cara do patrão.

Debate na Mirante: Menudos de Flávio Dino vão à loucura para demostrar serviço ao patrão comunista, mas tudo que conseguiram foi reafirmar a postura antipática, antidemocrática, que tomou conta do Palácio dos Leões.

Meme: consórcio de candidatos de Flávio Dino só conseguiu demostrar o desespero do patrão.

Nas eleições municipais de 2020, o debate promovido pelo grupo Mirante foi, até agora, o que rendeu comentários. Negativamente, o grupo da situação, liderado por Flávio Dino, acabou demostrando todo despreparo dos políticos da atualidade que ascenderam ao poder há exatos 8 anos.

Flávio Dino e seus menudos só sabem encher linguiça e gastar dinheiro público em seus projetos de poder, enquanto o estado do Maranhão, e sua população ficam mais pobres, ocupando nos últimos lugares de tudo em relação ao Brasil.

O debate foi um desastre: Rubens Júnior, Duarte Júnior, Neto Jr e Bira Jr, perderam tempo e mostraram que não têm ideias para o coletivo, mas, repetiram o exemplo-mor de seu idolatrado mestre, cheios de picuínhas. Que lástima!

Diferente das eleições de 2018, que Flávio Dino fugiu dos debates, participando apenas de um único debate, nas eleições de 2020, Braide não fugiu e respondeu a todos, mesmo sob ataques.

Resumo: Eduardo Braide demostrou ser o mais preparado, mesmo debaixo de ataques e mentiras comandadas por por um grupo mesquinho que repete práticas oligarcas.

Créditos: fotomontagem de Ricardo Fonseca.

Exata:

Com rejeição nas alturas, consórcio comunista da Raposa, liderado pelo grupo Laci, tem desgaste eleitoral com previsível derrota.

A pesquisa Exata de intenção de votos no município da Raposa aponta vitória da candidata Ociléia Fernandes (PSDB) com ampla vantagem sobre o candidato do grupo comunista, Eudes Barros do consórcio PL-PCdoB.

A pesquisa ouviu 351 pessoas entre os dias 06 e 07 de Outubro. Foi registrada na Justiça Eleitoral sob o número MA-04999/2020. A margem de erro é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 90%.

Consórcio comunista da Raposa tem desgaste eleitoral previsível com previsível derrota

Segundo a pesquisa estimulada, Ociléia lidera com 38%; já Eudes tem 31% das intenções de votos. Andréa da Colônia aparece em terceiro com 17%. Padre Antonio Abençoado 2%.

Entre os entrevistados, 7% disseram votar em nenhum dos candidatos e 5% não souberam ou não responderam.

Rejeição

Eudes Barros é o mais rejeitado com 34% de rejeição. Ociléia Paraíba tem 21% de rejeição, Andréa da Colônia 13% e Padre Abençoado 13%. Nenhum deles, 6%.

Democracia ameaçada:

O que está faltando para Flávio Dino pedir desculpas pela fakenews contra Braide?

Já que o governador usou uma fala do candidato a prefeito, Eduardo Braide, direcionada ao prefeito Edivaldo Holanda, no ano de 2019, que Flávio Dino reconheça seu erro e peça desculpas. Simples!

Governador e membros do PCdoB deveriam tomar atitudes democráticas e deixar de divulgar fotos apócrifas contra Braide. Não é mentindo que farão o candidato do PCdoB subir de 1%…

Nas redes sócias, os próprios membros do PCdoB e funcionários do estado não escondem isso. Parece que a ordem é difamar. Lamentável que a democracia maranhense tenha chegado ao nível do esgoto.

Partiu do PCdoB as baixarias eleitorais. Várias fotos montagens de origem apócrifas estão sendo divulgadas pelos membros do PCdoB do governador Flávio Dino.

Parece até que uma onda de ódio invadiu a cidade em tempo de eleição, tudo leva a crer que uma campanha de difamação está sendo orquestrada diante da eminente derrota que o grupo do governador irá sofrer nas eleições de 2020.

Não dá para acreditar que um governador que para ser eleito prometendo “tirar a população da pobreza”, em 6 anos e no segundo mandato, só se preste a baixarias nas redes sociais, e agora, quando esperávamos uma atitude adulta, observamos que ele próprio passou a plantar fakenews grosseiras.

Para que não aconteça tamanha loucura, quero aqui deixar uma simples sugestão: que o governador Flávio Dino seja humilde e peça desculpas ao candidato a prefeito Eduardo Braide.

Flávio Dino, se não voltar a trás e pedir desculpas, como todo ser humano civilizado deve fazer, está anunciando, em plena campanha eleitoral de 2020, que quer brigar, quer inimizade contra Eduardo Braide.

Pedir desculpas é uma atitude democrática, civilizada e pacifista. Demostra humildade. Reconhecer erros é para gente descomplicada e simples.

Governador comunista tentando polemizar com postagem de 2019.

Na imagem do dia, Flávio Dino, tudo indica que desavisado, gravou vídeo se dizendo “ofendido” pelo candidato a prefeito de São Luís, Eduardo Braide, afirmando que Braide fez uma postagem com agressões  a sua pessoa. Lógico que é mentira, aliás, a postagem referida, feita por Braide existe, mas foi direcionada ao prefeito de São Luís no ano de 2019.

O pior que com mais de mil assessores recebendo rios de dinheiro dos cofres públicos de um estado pobre, que ficou mais pobre depois do comunismo implantado, ninguém foi capaz de avisar o governador Flávio Dino que estava pagando mico gravando vídeo.

Na mensagem justificando resposta para a tacar Braide, Dino mirou noutros políticos.

Abaixo, a imagem do governador que tem passado por mentiroso. Lamentável.

Foi na região do Itaqui que aconteceu nesse domingo (18), a primeira carreata do candidato a prefeito de São Luís, Neto Evangelista (DEM).

O vereador Osmar Filho (PDT), participou do evento arrastando uma multidão de apoiadores do seu grupo.

O movimento passeou por diversos bairros da região do complexo do Itaqui e ganhou a receptividade dos moradores dessa localidade.

“Energia pra trabalhar por São Luís não irá faltar! Hoje a grande carreata do 25 mostrou que podemos fazer acontecer com a força da nossa gente. Obrigado a todos da família 12123, que marcaram presença e expressaram seu apoio ao nosso time. O dia 15 de novembro será histórico para todos nós. É 25 na cabeça e 12123, no coração!”, disse o pedetista.

 

Senador Roberto Rocha rebate acusações contra Eduardo Braide nas redes sociais feitas por apoiadores do partido do governador e seu secretário, Rubens Júnior, que não sai de 1%.

Blogueira palaciana teria repetido fakanews usada por outros jornalistas ligados ao Palácio dos Leões, que, segundo o senador tucano, tem a obrigação de esclarecer sobre foto apócrifa usada em sua coluna.

Seria “coincidência” demais que além dos cabeças do partido do governador, o PCdoB, que mesmo com toda imponência da maquina pública, derramada em favor do secretário das Cidades, Rubens Júnior, não tenha conseguido reverter sua acachapante derrota nas eleições municipais de 2020, seus subalternos estejam agindo com tamanha fraude, para não dizer crime de fakenews, que é usar fatos criados (mentiras) para atacar oponentes do Palácio dos Leões.

Estranhamente, Lígia Teixeira, que foi blogueira do Jornal Pequeno juntamente comigo (antes de ter meu blog censurado), Raimundo Garrone, John Cutrim,  e Robert Lobato (recentemente falecido), deveria ter outra linha de atuação, pois tínhamos a mesma linha editorial e política, que era justamente de combater as mentiras e propagandas enganosas (fakenews) da mídia governista sob o domínio do grupo Sarney, e defender a “nova política”, até então encabeçada por Flávio Dino, mas que depois que assumiu o controle do estado vem agindo com mentiras grosseiras, com práticas antigas, bem piores que do tempo dos oligarcas.

Segundo o blog do jornalista Diego Emir, o senador tucano Roberto Rocha, que constantemente vem desmentindo e retrucando ofensas ditas pelo presidente da legenda comunista no Maranhão, o deputado federal (ex-secretário de Comunicação) Márcio Jerry, foi, também, enfático ao cobrar a verdade sobre o que seria um “novo factóide” (mentira ou fakenews) criado pelo Palácio dos Leões.

Abaixo, trecho do blog do Diego Emir:

Companhia municipal de iluminação praticamente expulsa trabalhadores da Península.

O vereador que foi o criador da lei que beneficia o comércio de lanches em veículos, os chamados foodtruckers, denunciou nas redes sociais que a empresa de iluminação pública, Citilum Group, de forma indireta, acabou prejudicado os trabalhos de quem tenta sobreviver com a venda de alimentos.

Em sua denúncia, o vereador Sá Marques do Podemos, que visitava os locais onde os pequenos empreendedores desenvolvem suas atividades, observou que não tinham instalações necessárias para suprir a iluminação dos locais, e pediu ao Ministério Público que atue em benefício dos trabalhadores.

Abaixo, as imagens dos locais onde Sá Marques passou entregando santinhos de sua campanha à reeleição a vereador de São Luís, esteve neste final de semana em atividade de campanha.

O parlamentar teve uma lei aprovada na Câmara Municipal de São Luís, que trata justamente sobre o trabalho exercido pelos food truckers.

A regulamentação desse serviço, que é uma das principais atividades econômicas hoje em todo o país, já podem ser desenvolvidas em São Luís, em pontos turísticos da cidade, como nas áreas do Espigão Costeiro, Centro Histórico e Lagoa da Jansen.

Noutra “pesquisa” do Congresso em Foco, a fábula comunista de um ex-juiz que gasta dinheiro dos pobres e explorados para aparecer nas mídias do Brasil. A realidade mostra outra coisa:

Desmascarada outra tentativa de manipular a população pobre e explorada do Maranhão usando “pesquisa” de jornalistas que cobrem o Congresso.

Recentemente uma revista de circulação nacional foi obrigada a desfazer um contrato milionário que serviria para divulgar a imagem do comunista, que tenta a todo custo enganar o restante do Brasil. SQN!

Os fatos mostram o contrário daquilo que a mídia comunista tenta “lacrar” com “pesquisas” fajutas feitas por jornalistas militantes que não usam dados do IBGE, mas, opiniões de deputados controlados por figuras como Márcio Jerry, conhecido (até hoje)nos subterrâneos, como super secretário de comunicação do Palácio dos Leões.

Bancada federal dominada:

Além de Jerry, tem o deputado ex-sarneysista, Gastão Vieira, que tomou o mandato de Rubens Júnior e faz tudo que seu novo líder ordenar.

Congresso sem Foco:

Para quem não lembra, Jerry foi escolhido por essa mesma “pesquisa” como melhor deputado de Brasília, mesmo votando contra o marco inicial dos esgotos. Molecagem né?

Ora, os deputado maranhenses, desde o tempo do Sarney, são todos são controlados pelo Palácio dos Leões, nada mudou.

Pior que isso, é saber que Dino tenta a todo custa fortalecer sua imagem de gestor, talvez para ajudar seus aliados do PCdoB nas eleições municipais, a julgar pelo Rubens Júnior, que não consegue sair de 1% nas pesquisas.

O Congresso em Foco (ou sem foco) deveria era usar os dados do IBGE que mostram que Flávio Dino empobreceu o estado e quebrou sua economia. Uma fraude essa “pesquisa”, diante de fatos reais, que só comprovam que em tempos eleitorais vale tudo para não perder eleição.

Mas parece que o povo não engoliu, confira:

 

Aconteceu na manhã dessa última sexta-feira (16), a primeira caminhada do candidato do PSC à prefeitura de Barreirinhas, Léo Costa.

O ato teve início no casarão da família Costa, no centro da cidade, local onde funciona o comitê do candidato e passeou pelas principais ruas da cidade. Em sua comitiva estava, os principais líderes políticos, candidatos a vereador, além da presença do deputado federal Aluísio Mendes, vice-líder do governo Bolsonaro.

A caminhada, marcou o pontapé inicial de Léo Costa nesta fase primaria da campanha, ele que recebeu apoio do atual prefeito da cidade Albérico Filho do MDB e Korina Korrêia do REDE.

O Deputado Aluísio Mendes destacou que tem se dedicado em apoiar o Léo, pois sabe que se eleito o ex-pedetista irá ser uma peça fundamental no desenvolvimento e elaboração de políticas para o crescimento da cidade.

“Não poderia deixar de estar aqui e apoiar Léo, pois sei que assim estou dando mais forças a ele. Reafirmo aqui meu apoio e como vice-líder do governo Bolsonaro na câmara eu não medirei esforços para que uma futura gestão do Léo seja ainda mais benéfica ao povo de Barreirinhas”, disse Aluísio Mendes.

Já Léo Costa disse que essa caminhada é o início de uma campanha que em toda sua extensão de pré-campanha foi respeitosa e sempre levando o debate das boas ideias e nunca agredindo ninguém.

“O movimento está crescendo, ta encorpando, o caldo ta engrossando, é muita esperança no ar e a certeza que estamos no caminho certo, estamos em um alinhamento com o governo federal, através do Aluísio e isso certamente será primordial para Barreirinhas”, disse Léo.

Léo Costa ainda falou sobre a segurança pública e disse que tem sido uma preocupação essa questão e buscará em todas as esferas uma solução para essa problemática.

“Eu fico muito triste em ver as pessoas de bem não poderem ir e vir em seus veículos do interior para a cidade, infelizmente isso ocorre diariamente em nosso município e a PM ainda não da conta e precisamos reforçar a nossa policia, por isso se eleito isso será uma prioridade em meu governo”, afirmou Léo Costa. (Imaranhão)

1 2 3 653