Veja no vídeo: Weverton Rocha chuta o balde sobre Flávio Dino: “queria uma marionete”…

Candidatos ao governo do Maranhão começaram a participar das sabatinas.

O senador Weverton Rocha (PDT), foi o primeiro candidato a governador a ser entrevistado do grupo Mirante nesta segunda-feira, 8 de agosto, respondendo aos questionamentos levantados pelos jornalistas em diversas áreas, como cultura, saúde, negócios e finanças.

Fim da aliaça Dinista: “marionetes” e não aliados…

O peso das escolhas de caminhos se deram no decorrer das eleições municipal de 2020, na capital, em São Luís, em especial quando Dino demonstrou novamente sua tática de manipulação, de ter “marionetes” e não aliados. Já Weverton Rocha, decidiu que seu grupo apoiara o candidato a prefeito de São Luís, Eduardo Braide, no segundo turno.

“Você não faz aliança dando cheque em branco, dizendo que você é obrigado a todo tempo concordar e baixar a cabeça. Eu já vinha discordando do grupo que eu fazia parte desde a eleição municipal, quando nós decidimos apoiar o Braide para prefeito no segundo turno. Ali já houveram retaliações e já não houve mais sintonia. O grupo que eu fazia parte não queria um novo líder. Eles queriam uma marionete. E eu não sou marionete de ninguém”, alfinetou o Maragato. Confira o teor da sabatina no vídeo abaixo:

Moto Grupo Patriotas no Asfalto Slz realiza 2° reunião de alinhamento para Motocarreata e pedalada da Independência.

Nesta terca-feira, 09, vai acontecer a segunda reunião de alinhamento para a Motocarreata e Pedalada da Independência, grande evento que vai ocorrer no dia 07 de setembro, em São Luís.

A reunião vai acontecer no Boteco do Ricardinho, na Avenida São Luís Rei de França, (lado do restaurante Panela de Minas), a partir das 20h. Participarão do evento motociclistas, empresários, patriotas, além de outros apoiadores do presidente da República Jair Bolsonaro.

A Motocarreata e Pedalada da Independência está sendo organizada pelo Moto Grupo Patriotas no Asfalto Slz (@patriotasnoasfaltoslz), sob a coordenação do Oficial da Reserva do Exército Brasileiro , Raposão, que já e’ um velho conhecido do Presidente Bolsonaro e que está à frente de todos os eventos de motocarreatas no Maranhão, como a de Imperatriz, que aconteceu no mês de julho, por ocasião da visita de Bolsonaro ao município, e que reuniu milhares patriotas.

O evento do dia 07 de setembro promete ser um dos maiores já realizados no Maranhão. Estão sendo aguardados apoiadores do presidente Bolsonaro de todos os municípios do estado. O evento conta com o apoio do senador Roberto Rocha e do empresário Luciano Hang, dono das lojas Havan.

Números do IPEA mostram a verdade: com Bolsonaro Extrema Pobreza cairá no Brasil enquanto aumentará nos outros países do mundo…

Vitória do Brasil contra o fascismo esquerdista:

Números do Ipea destroem as narrativas furadas da extrema imprensa ligada a Lula. Segundo o estudo do órgão que mostra toda a verdade totalmente diferente daquela que a imprensa ligada ao Lulo-petismo afirma que ia acontecer, dando conta que
Bolsonaro ia destruir o Brasil, que é fascista, genocida, missogeno, miliciano, assassino, etc.

Abaixo, trecho da reportagem:

Extrema pobreza cairá em 2022, diz IPEA

As pessoas abaixo da linha da extrema pobreza no fim de 2022 em todo o mundo deverão ser 703 milhões.

As famílias em situação de extrema pobreza serão 4% do total no país até o fim do ano, mostra estudo de Erik Figueiredo, presidente do Ipea. Eram 5,1% em 2019, antes da pandemia. O estudo foi apresentado por Figueiredo em reunião no governo na sexta-feira(6) e divulgada pelo site Poder360. Não foi publicado ainda. É o 1º trabalho a mostrar a queda. As pesquisas sobre o tema são realizadas com os dados mais recentes disponíveis, do fim de 2021.

O presidente do Ipea fez estimativas a partir do aumento no número de beneficiados do Auxílio Brasil em relação ao Bolsa Família, programa anterior, e do pagamento mínimo para R$ 400 no início de 2022. Foram incorporadas de janeiro a junho 4 milhões de famílias. Em junho o Congresso aprovou novo aumento, para R$ 600, que o governo começa a pagar em agosto. Esse valor não é considerado no estudo.

As famílias em situação de extrema pobreza serão 9,9% do total global em projeção do Banco Mundial que Figueiredo usa no estudo. Isso representará alta de 15% em relação a 2019, último ano antes da pandemia. Eram 8,6% de famílias em 2019 e serão 9,9% no fim deste ano. São pessoas com renda individual menor que US$ 1,90.

As pessoas abaixo da linha da extrema pobreza no fim de 2022 em todo o mundo deverão ser 703 milhões. Seriam 588 milhões sem a pandemia. Portanto haverá 115 milhões a mais em situação de grande vulnerabilidade em comparação com o cenário sem pandemia. Todos os números globais desde 2017 são projeções.

Doutor e membro da Igreja Assembleia de Deus no Maranhão faz alerta sobre a Igreja cujo líder é o Satanás (até hoje o verdadeiro comunista)…

PODE UM ASSEMBLEIANO SER ESQUERDISTA?

Por João Melo e Sousa Bentivi 

Questão provocativa, decerto, mas poderia ser uma pergunta mais apropriada: pode um cristão ser esquerdista? Arrisco-me a enveredar nesse assunto, com a autoridade de ser terceira geração de assembleianos, em verdade, provir de uma família quase centenária das Assembleias de Deus.

Postagem reproduzida com autorização do Médico Dr Bentivi

Para dar essa resposta poderia discorrer páginas sobre o esquerdismo, mas, resumidamente, direi os aspectos mais óbvios.

Um esquerdista obrigatoriamente é um ser materialista, pois toda pregação marxista nega a existência de Deus. Um cristão, tocado pelo Espírito Santo, procura mestres do quilate de São Paulo, outros apóstolos, Tomás de Aquino, Agostinho, Lutero, Billy Graham, Estevam Ângelo de Sousa, Alcebíades Vasconcelos ou Bento XVI.

Para não deixar dúvidas, um esquerdista é filhote, entre outros, de Mark, Darwin, Sartre, Gramsci e Paulo Freire. Nessa universidade, com esses mestres o reitor é satanás, decerto.

Entender a diferença, entre esses dois grupos é fácil demais, racionalmente uma atitude até simplória. Basta uma perguntinha: caso fosse necessário escolher um acompanhante para chegas aos céus, você caminharia com qual dos grupos exemplificativos acima?

O do apóstolo Paulo ou de Karl Marx? O cristão (assembeiano) esquerdista estará agarrado com Marx, sem dúvida e o capeta, juntinho, de lambuja.

As pautas, ou seja, os pontos defendidos pelos esquerdistas mostram a verdade que domina seus corações e mentes. A Bíblia diz que “a boca fala do que o coração está cheio” (Lc 6:45).

Tudo que falam, tudo que defendem, contraria a Bíblia. Poucos exemplos são suficientes: aborto, drogas livres, ideologia de gênero e destruição dos valores familiares. Alguém que tenha a mínima vontade de habitar nos céus escolheria andar com os defensores dessa pauta?

Um cristão (assembeiano), com um mínimo de coerência bíblica, dirá a maior obviedade cristã: Jesus salva, cura e batiza com o Espírito Santo. Alguém pode provar, cientificamente que Jesus Salva? Que cura? Que batiza no Espírito Santo? Esses fatos podem ser provados cientificamente? Não.

A mesma turma diabólica que infernizou o comprovado tratamento precoce do covid, com a desculpa de não ter comprovação científica, vai enquadrar a verdade bíblica que Jesus salva, cura, batiza, faz milagres, na categoria do fake News.

Prepare-se, meu querido cristão (assembleiano) marxista. Os teus correligionários, caso cheguem ao poder, tomarão como uma das primeiras providências, declarar, como fake, as verdades do evangelho.

Mas pode piorar e uma armadilha está pronta para impactar sobre toda comunidade cristã: haverá uma brutal carga de impostos e, evidente, uma monumental dificuldade para todos. Milhares de igrejas e ministérios serão fechados por insolvência financeira.

Um inocente ou hipócrita afirmará que sou exagerado, pois seria uma medida inconstitucional. Agora pergunto eu: o STF, com seus “alexandres”, necessitam de algum comando constitucional para agir?

Igrejas serão fechadas? Sim. Na pandemia satanás fez o teste e se mostrou satisfeito. Quase todas as igrejas, quer católicas, quer evangélicas, obedeceram a ordem diabólica e, vergonhosamente, cerraram as portas e, mais vergonhosamente, ainda, poucos padres e pastores se insurgiram.

Finalmente a parte mais suja, mais imunda: padres e pastores esquerdistas. Na Bíblia encontramos muitos exemplos de homens que perderam a unção de Deus e se tornaram escória espiritual. Aqueles que se aprofundam na história do cristianismo conhecem um capítulo chamado de apostasias, mas darei somente um exemplo, na Bíblia, decerto.

Em 3 João 1:1-15, o apóstolo fala de três ministros: Gaio, Diótrefes e Demétrio. Gaio e Demétrio pregavam e agiam de acordo com a palavra de Deus, mas o Diótrefes agia exatamente em contrário.

Qualquer ministro esquerdista é tal qual o tal Diótrefes. O apóstolo assim se refere a esse endiabrado: …não imites o que é mau, senão o que é bom. Aquele que pratica o bem procede de Deus; aquele que pratica o mal, jamais viu a Deus.

Meu irmão cristão, católico ou evangélico, tem na sua igreja um Demétrio ou um Diótrefes? Caso seja um Demétrio, obedeça, caso seja um Diótrefes, reaja em nome de Jesus.

Finalmente, uma provocação. Há um segmento religioso que não se vincula ao sacrifício remidor de Cristo, mas tem absoluta afinidade com a esquerda, inclusive o facínora de nove dedos é sempre bem acolhido, recebendo orações e amuletos. Caminham juntos e falam a mesma linguagem. O que explicaria essa tão firme união e afinidade?

Tenho a resposta, é uma fácil resposta, mas “covarde ou prudentemente” não quero dá-la.

Tenho dito.

(João Bentivi é Médico otorrinolaringologista, legista, jornalista, advogado, professor universitário, músico, poeta, escritor e doutor em Administração, pela Universidade Fernando Pessoa, Porto, Portugal).

Nenhuma pesquisa acertou ‘previsões’ em 2018…

O Ibope, por exemplo, divulgado na noite de 6 de outubro, véspera da eleição, apontava Bolsonaro com 36%, mas ele teve 46,03% dos votos.

Nem um único levantamento eleitoral conseguiu prever o resultado do primeiro turno das eleições presidenciais de 2018. A vitória do presidente Jair Bolsonaro com 46,03% dos votos totais não passou perto de ser registrada pelos diversos especialistas até mesmo no dia antes da eleição. O Ibope, por exemplo, divulgado na noite de 6 de outubro, véspera da eleição, errou por dez pontos: apontava Bolsonaro com 36% dos votos.

O Ibope acabou fechando as portas meses depois.

100% de erro

Todas as 97 pesquisas sobre do primeiro turno da eleição de 2018 erraram o resultado da eleição. Alegaram “retrato do momento”, claro.

Ops, erramos

O Datafolha também divulgou pesquisa com 19 mil eleitores na véspera em 2018. Errou a votação do vencedor de Bolsonaro por dez pontos.

Mesma época do ano

Na pesquisa XP/Ipespe de 10 de agosto de 2018, Bolsonaro tinha 19% contra Lula ou 23% contra Fernando Haddad. Entrou para o anedotário.

Próximo, longe

O levantamento que chegou mais próximo do resultado de Bolsonaro nas urnas foi do instituto Veritá: 41,5%. Mas cravou Haddad com 19%.

Lula (PT) e Jair Bolsonaro (PL). Fotos: Flickr PR e Inst. Lula
Média semanal aponta Lula com 41,5% a 34,6%

Após novos levantamentos eleitorais estaduais divulgados na última semana, o petista Lula soma 41,5% das intenções de votos, contra 34,6% do presidente Jair Bolsonaro (PL). É a menor diferença entre os dois principais candidatos a presidente desde o início do estudo, há sete semanas. Lula perdeu 2,6 pontos e Bolsonaro ganhou outros dois pontos na média ponderada da Potencial Inteligência realizada para o Diário do Poder, consolidando números de 25 pesquisas estaduais.

Ciro encolhe

O candidato do PDT Ciro Gomes teve o pior resultado desde o início da a Análise Potencial de Intenção de Voto (Apiv): 6,3%.

Tebet no Z4

A senadora Simone Tebet, candidata do MDB, continua no último lugar, na média, e também está no menor nível desde junho: 1,4%.

Dados

A análise da Potencial considera base total de 37 mil entrevistas realizadas em cerca de mil municípios até a última sexta (5).

Socialismo de luxo em eventos sem povo? Veja no vídeo a vergonha de Lula e Flávio Dino sofrendo o pior azar de suas vidas…

Líderes de “popularidade” sem povo? 

Observem as duas imagens em dois momentos: a primeira do Lula sem ter quem ao menos acenasse de volta nem com um breve tchal, no Piauí. Já no interior do Maranhão, Flávio Dino(líder dos “socialistas de Iphones”) desceu de jatinho particular e entrou em sua luxuosa Hilux Diamond, na companhia de Carlos Brandão, mas não tinha povo para recepcioná-los, como desejavam.

Mentalidade do atraso: 

Alguma surpresa de ver o Lula falando absurdos abertamente? Nenhuma.

O ex-condenado está repleto de ódio pelos Brasil e brasileiros. Lula sabe que pode contar com as estruturas de governos estaduais e da “Justiça” que, no uso correto da palavra “fascismo” descondenou um criminoso com robustas provas e passagens em vários tribunais nas três instâncias. É pouco? Nada, pior foi ver aquele “ministro” (que abertamente elogiava Dilma em eventos vedados à justiça superior) dar CANETADAS livrando o ex-presidente para torná-lo elegivo, mesmo sendo “ficha suja”.

Falta de povo em eventos dos aliados de Lula e Dino é reflexo da politica corrupta que o povo Nordestino não deseja nunca mais. Quem em sã consciência quer de volta os velhos problemas e travar a economia deste gigante país?

Sem povo: Socialistas não conseguem mais enganar ninguém com seu malcaratismo…

Lula e demais petistas, incluído na lista perversa, seus políticos-aliados (Dino e Brandão) querem que o Brasil não dê certo. Flávio Dino, como fez em 8 anos como governador, quer ser eleito com os votos do povo que maltratou, para passar mais 8 anos no cargo de senador, para, adivinhem?

Dino quer fazer “resistência”  ao Brasil usando o senado.

Ainda bem que tem uma pedra no caminho do Lula, que, por motivos óbvios: as redes sociais conseguem mostrar em tempo hábil a realidade. Desta feita, Dino e Lula, os reis do atraso, não conseguem mais iludir o povo com suas aparições espectaculares, muitas vezes, usando “Photoshop”.

Na verdade, os governadores do Nordeste não conseguem trazer o povo até Lula, depois de tantas narrativas furadas para justificarem o óbvio: tentaram separar o Nordeste do restante do Brasil e fazer “resistência” usando as estruturas públicas (na cabeça retardada de quem se acha “revolucionário”) podem tudo, inclusive tentar causar males à administração pública. A tal da tática “quanto pior melhor” pareceu não surtir mais efeito nestes 4 anos de Bolsonaro no poder central.

Durante sua visita à capital do Piaui, na semana passada, o líder dos “socialistas, o Lula, não impressionou nem mesmo descendo de um jatinho último modelo. Da mesma forma, Dino e Brandaõ, que não querem pegar as estradas esburacadas, esperando horas para pegar um “ferryboat”, só viajam de jatinhos pagos pelo povo, que já cansou de se explorado e ter que pagar a conta nababesca dos que se dizem “socialistas”.

URGENTE: Lula despenca, Bolsonaro sobe e pesquisas começam a desesperar o PT

Um levantamento feito pela FSB Comunicação por encomenda do banco BTG mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) 7 pontos acima do presidente Jair Bolsonaro (PL) no 1º turno. Lula oscilou 3 pontos para baixo em duas semanas, enquanto Bolsonaro avançou 3 pontos para cima.

A pesquisa realizou 2.000 entrevistas de 5 a 7 de agosto de 2022. Está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número BR-08028/2022. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para um intervalo de confiança de 95%.

Na sequência, vêm:

Ciro Gomes (PDT), com 7%;
Simone Tebet (MDB), com 3%
André Janones (Avante), com 2% – político deixou a disputa para apoiar o PT;
José Maria Eymael (DC), com 1%;
e Pablo Marçal (Pros), também com 1% cada. Os demais candidatos não pontuaram.
(Fonte: Portal Grande Ponto)

Roberto Rocha quer participar de todos os debates, mas será que Dino topa ou vai fugir?

Eleições para o senado: Será que Flávio Dino vai correr dos debates?

Vai correr ou encarar?

Em sua principal fala durante a convenção de seu partido, o senador petebista fez um paralelo entre Brasília (população totalmente informatizada) e do Maranhão (população rural, com baixa tecnologia da informação), que acaba por dificultar o entendimento nas escolhas dos candidatos pelos eleitores das cidades empobrecidas.

Demonstrando preparo e de posse dos números sociais, Roberto Rocha discorreu sobre o endividamento do estado e da “bomba deixada para explodir nas mãos do próximo governador”, passando pela manobra judicial feita por um ministro, que  através de uma canetada, permitiu que o governador do Maranhão não pague as dívidas que foram deixadas por Flávio Dino.

Após sua fala durante a convenção do PTB, o senador Roberto Rocha recebeu alguns jornalistas e confirmou sua participação nos programas de rádios e tvs de nossa cidade, deixando escapar, durante a roda de conversa bem descontraída, que deseja enfrentar Flávio Dino em todos os debates que tiver pela frente.

Resta saber se o candidato a senador Flávio Dino vai encarar, ou fazer como em 2018, que só apareceu em apenas um debate, que foi  da TV Mirante, reclamando da água servida a todos, dando entender que estava com algum tipo de mistura, recusando-se, inclusive, por sugestão do senador Roberto Rocha, um convite para banhar nas águas da Lagoa da Jansen, que Dino garantiu à época, que estava “despoluída”.

PTB ofcializa candidatura de Roberto Rocha à reeleição

O senador Roberto Rocha foi oficializado candidato à reeleição pelo PTB na convenção do partido. Com o apoio dos principais candidatos a governador da oposição, o petebista vai disputar diretamente com o ex-governador Flávio Dino a vaga.

“A eleição de governador tem dois turnos.

A de senador é de um turno. E a motivação do eleitor para o legislativo é diferente. O cargo de senador mesmo com toda importância, é visto como acessório para o eleitor”, afirmou.

O PTB estará na coligação com o PDT, que tem como candidato a governador Weverton Rocha. Ele justificou que precisaria estar na maior coligação para ter tempo de TV para discutir com Dino as questões do Maranhão.

“No Maranhão ainda é muito forte a comunicação por televisão e rádio. Por isso eu tenho que fazer coligação com o candidato que tem maior tempo. Porque o meu adversário vai ter muito tempo”, justificou.

Quando anunciou a candidatura ao Senado, Roberto tinha 11 partidos. Agora, fechou aliança com 15 partidos. “Problemas sempre têm. Vamos ajustando com as pessoas. Não tínhamos mais tempo é com os partidos. O prazo encerra amanhã. As questões com as pessoas continuamos ajustando”.

Roberto disse que Dino terá dificuldade para justificar a pobreza do Maranhão depois que se aliou as sarneys e mudou o discurso. “O ex-governador pra se eleger se agarra nas barras dos Leões, nas barbas do Lula e, não satisfeito, se agarra no bigode do Sarney. Agora o Sarney não é mais o responsável pelo miséria do Maranhão. Ele vai ter que fazer um contorcionismo pra explicar isso”.

Genocídio? Na semana em que várias mulheres foram assassinadas no Maranhão, os aliados de Flávio Dino votaram pela IMPUNIDADE…

Votaram pela impunidade:

Milicianos são os principais eleitores da esquerda no Brasil.

O que será que Bira do Pindaré, Rubens Jr e Zé Carlos da Caixa vão dizer par as famílias das mulheres mortas durante a semana?

Coincidência que milicianos são os principais eleitores da esquerda no Brasil?

Não esqueçam deles: Bira, Rubens Jr e Zé Carlos, Aliados de Flávio Dino votaram contra fim da saída temporária de presos que aconteceu na mesma semana que milicianos mataram 3 adolescente e, ainda, mais duas mulheres, mãe e filha brutalmente.

Confira as mortes de 5 mulheres em apenas duas das 217 cidades do estado mais empobrecido do Brasil, totalmente dominado pelo trafico e pelas “milícias” criminosas.

No interior do estado a criminalidade está tão séria, tudo devido a impunidade, fulga ou soltura de banidos pelas portas da frente dos presídios, que premia quem deveria estar preso para liberdade das ruas. Não é surpresa para ninguém que os petistas são eleitos pelos votos das “milicais” e “facções”, tantos que os seus adeptos (PT, PSB, PSOL) são favoráveis á soltura de bandidos e a não entrada da policia nas bocas de fumo.

No inicio da semana, milicianos assassinaram cruelmente (e mandaram audios nos grupo de whatsapp) dando detalhes dos assassinatos das três jovens, que foram mortas pelo “tribunal do crime” que escolhe hoje no Maranhão quem vive ou deve morrer, pois as três, segundo os aúdios, seriam próximas ou participando de outra facção.

Muitos não tiveram a sorte de viver esse momento, em que as leis poderão ser mudadas e a impunidade ser detida. Uma penas que os políticos da esquerda maranhense, que demonstram ser favoráveis aos “milicianos” criminosos, ainda querem dar vida boa aos traficantes e assassinos de trabalhadores, idosos, adolescente, crianças, mulheres.

Nas imagens ao lado, na mesma data, feminicidios praticados, tudo indica que, pelos milicianos que dominam por mais de 8 anos todas 217 cidade do Maranhão, que antes do “comunismo” dinista ser instalado, era um estado pacífico.

Saiba mais e entenda a causa do possível aumento da criminalidade aqui: