Browsing: Ricardo Santos

Por ordem do presidente  que a PF saiu para prender ladrões. Acompanhe as versões:

Não era mais provável acusar os membros da casa senatorial, que o presidente do Brasil? Pelo visto, Flávio Dino tentou burlar a ordem dos fatores para não alterar o produto: dinheiro nas nádegas.

Dinheiro nas nádegas: o detalhe que a Globo e defensores de corruptos não comentaram sobre operação da PF.

A semana fechou com a PF na cola de políticos ladrões. Flávio Dino do PCdoB, governador do Maranhão, que até hoje nunca explicou o sumiço dos bilhões do Fundo dos Aposentados – FEPA- novamente foi para seu tuíter estrebuchar contra o presidente Bolsonaro, que disse o óbvio: a PF segue minhas ordens.

Mas na versão ofensiva e cheia de ódio de Flávio Dino, a versão seria outra: “Bolsonaro sabe onde a corrupção está”, espalhou e virou manchete nos jornais e revistas, como a Carta Capital, aquela mesma que recentemente foi obrigada a reincidir um contrato que faria vergonha ao dinheiro encontrado nas nádegas do senador do DEM.

A explicação é lógica. Alguém tentou acertar a liderança da Casa legislativa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), que tenta reeleger-se presidente. Mas Dino seguiu outra lógica, tudo indica para atacar, destratar, ofender a honra do presidente do Brasil.

O governador comunista do Maranhão, Flávio Dino, ao que parece, sentiu na profundidade a prisão de um senador do DEM, aliado de Maia e Alcolumbre, também de meia dúzia que lutam contra o Brasil.

Oportunamente, Flávio Dino voltou a estrebuchar nas redes sociais contra a honra do presidente Bolsonaro, alegando culpa do chefe do Executivo pelo revés de um membro do Legislativo.

Vale lembrar que o senador foi preso pela PF com dinheiro nas nádegas em sua casa, não em Brasília. O senador do DEM estaria sendo favorecido por dinheiro desviado dos repasses federais feitos à Saúde de seu estado.

Aqui no Maranhão, o presidente Bolsonaro, mesmo sendo destratado, acusado, por Flávio Dino, enviou mais de 6 BILHÕES para bancar a Saúde deficitária, sem os quais, dificilmente Flávio Dino poderia fazer alguma coisa pela saúde da população durante a pandemia causada pelo vírus chinês.

Prejuízo bilionário:
Dino preocupa-se em ofender o presidente em acusações esdruxulas e esquece o óbvio: explicar o dinheiro dos aposentados.

Quando será que o MP, TJ, entrarão de cabeça no caso do FEPA, até quando o governador comunista Flávio Dino, deixará de burlar a “ordem dos fatores”?

Só lembrando: quem manda no Brasil é o presidente, a PF tá de olho abertos sobre os corruptos.

O município de Barra do Corda irá receber recursos financeiros do Senador Roberto Rocha (PSDB) para a construção de um Centro de Hemodiálise e na aquisição de um carro para transportes dos pacientes renais. O anúncio foi feito nas redes sociais do parlamentar, nesta quinta-feira, 15.

Roberto Rocha atende a uma solicitação da candidata a vereadora Juliana Freitas (PSDB), que lhe enviou um vídeo feito por pacientes renais no município, denunciando as condições precárias no deslocamento das pessoas de Barra do Corda que vão em busca de tratamento nas cidades de Caxias ou Imperatriz.

“Barra do Corda pode contar comigo sempre. A pedido da candidata a vereadora Juliana Freitas, vou conseguir um carro novo para transportar os pacientes renais. Em seguida, vamos implantar um Centro de Hemodiálise em Barra do Corda”, afirmou Roberto Rocha em sua postagem no Instagram.

O parlamentar finalizou dizendo que ficou sensibilizado porque conhece muito bem essa situação, visto que têm pessoas em sua família que são portadoras da doença. “Meu pai fazia hemodiálise e meu irmão faz três vezes por semana”, completou.

A candidata a vereadora Juliana Freitas comemorou a notícia, e agradeceu ao senador Roberto Rocha a destinação dos recursos para o município:

“Estamos muito agradecidos ao Senador, porque ele atendeu ao nosso apelo e vai viabilizar recursos para a aquisição de um veículo adequado para o transporte dos pacientes. Além disso, também nos garantiu os recursos para a construção do Centro de Hemodiálise, já a partir do próximo ano”, disse.

Ao longo do seu mandato no Senado, Roberto Rocha se destaca como o parlamentar que mais já conseguiu recursos para o Maranhão.

Para Barra do Corda, ele priorizou junto ao Governo Federal a liberação de cerca de mil residências, que foram entregues em 2019.

Roberto Rocha foi um dos senadores que votou pela aprovação da Cessão Onerosa do Pré-Sal, o que garantiu a município a quantia de R$ 1.835.835,20.

De autoria do senador maranhense, já está em andamento a elaboração do Estudo de Viabilidade Técnica, Economia e Ambiental (EVTA) para implantação/adequação da Travessia Urbana em Barra do Corda (BR-226).

Na manhã desta sexta-feira (16), bandeiras azuis do 19.444 e do 19 invadiram a Rua Grande, o maior centro comercial de São Luís.

Uma caminhada gigantesca realizada pelo vereador e candidato a reeleição, Professor Sá Marques, ao lado candidato a Prefeito Eduardo Braide, e de sua candidata a Vice, Professora Esmênia.

Durante a caminhada, Sá Marques, que segue conquistando votos a cada dia e vem pavimentando sua continuação na Câmara de Vereadores, aproveitou para conversar com as pessoas que por ali transitavam, distribuiu pessoalmente seu material informativo intitulado “Porque votar no Professor Sá Marques”.

No material, constam suas principais ações como representante da população ludovicense nesses últimos quatro anos, atuando como vereador e fiscalizador ferrenho dos serviços executados pela Prefeitura de São Luís.

Abaixo, veja como foi a grande caminhada da vitória do 19444 na Rua Grande na manhã de hoje:

Em tempos de eleições municipais, tem prefeito querendo ser dono de obra federal no Maranhão.

Nas imagens do dia, a desonestidade política de um prefeito que tenta esconder a paternidade de uma obra 100% feita com recursos federais. Na feira do Panelódromo de Imperatriz, nenhuma referência ou explicação duma obra que trouxe benefícios ao município, conforme explicação do senador maranhense, Roberto Rocha.

Confira abaixo:

PANELÓDROMO em Imperatriz.

Emenda do senador Roberto Rocha, construído 100% com recursos federais em convênio com a prefeitura.

Não há uma única referência ao governo do presidente Bolsonaro, que liberou os recursos. Desonestidade política.

Ora, se agora o prefeito faz assim com o senador e o presidente da República quando tem direito à reeleição e precisa do eleitor, o que fará depois das eleições quando não poderá ser mais candidato?

Omisso nas eleições, prefeito da capital do Maranhão demostrou toda sua insatisfação aos candidatos governistas.

Depois que Weverton Rocha e Neto Evangelista se abraçaram com Roseana Sarney, o prefeito Edivaldo Holanda saiu de cena…

O prefeito que é do PDT, partido do senador Weverton Rocha, até agora não tomou partido, subiu no palanque, participou de caminhadas, gravou videio ou tirou fotos ao lado do candidato de seu partido, Neto Evangelista, ou qualquer outro do consórcio FlávioDinista.

Muito estranho que o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr, no término de seu segundo mandato (8 anos), não tenha dado seu apoio, até agora, a nenhum candidato que faz parte de seu grupo, lado, ou mesmo “consórcio”.

Quem agradece pela omissão do pedetista é o candidato do Podemos-PSDB, Eduardo Braide, que lidera todos os cenários contra o candidato do PDT, que aliás, já está sendo chamado de Oligarquia PDT.

Holandinha estaria apenas se poupando de outros vexames do seu grupo!

 

 

Blog do Caju – Faltando pouco mais de 30 dias para as eleições municipais desse ano, muitos concorrentes a vereadores aceleram a briga por vagas na Câmara municipal de São Luís, é o caso do candidato a vereador, Professor Sá, que vem se destacando entre os candidatos com reais chances de vitória na eleição em São Luís.

O Professor Sá Marques, nasceu em São Luís e cresceu Bairro do João Paulo. É filho da conhecida folclorista Lili Sá Marques e do senhor Luís Marques.

Sá Marques trabalhou na ALUMAR (Alumínio do Maranhão) e na Companhia Vale do Rio Doce em Carajás. É graduado em Direito com especialização em Ciências criminais, matéria processual civil e em História, exercendo até hoje a profissão de Professor de História há quase trinta anos e de há mais de uma década.

Foi diretor de Sindicato das Instituições privadas de Ensino do Maranhão e também integra a briosa Polícia Civil do Maranhão há quase três décadas, na qual sempre procurou estar ao lado da ética no trato do público e da urbanidade, além da certeza de estar ao lado da Lei.

Vale lembrar, que Sá Marques foi eleito vereador de São Luís, em 2016, com 4.685 votos conscientes. Nesses quase 4 anos de legislatura já teve vários projetos aprovados dentre os quais, dois merecem destaques: o projeto “Gratuidade temporária do passe em transporte público” para que mulheres vítimas de violência possam buscar apoio psicossocial e o Projeto que incentiva a criação de uma semana Municipal de doação de medula óssea, este um dos mais importante e que mereceu destaque nacional. Ele também conseguiu aprovar vários Requerimentos e Indicações para bairros diversos da Capital

O candidato do seu jeito simples tem sempre dedicar todo o seu conhecimentos e de vontade inabalável a pregar o sucesso de todos.

O professor sempre teve o respeito e o carinho pelo os ludovicense principalmente dos bairros João Paulo, onde nasceu, Ivar Saldanha, Santa Cruz, Vila Palmeira, Felipinho, Monte Castelo, Liberdade e demais bairros adjacentes, Sá Marques é candidato a vereador pelo, partido Podemos (19), com o número 19.444, na coligação do prefeito Eduardo Braide 19.

A ideia é, desde que entrou na política, ele vem realizando grandes reuniões e conversando com a comunidade, por onde tem passado, o candidato a vereador tem recebido o apoio da população, o que tem feito com que ele continue firme na disputa eleitoral com muito otimismo.

Disse em entrevista, que  se for eleito em 15 de novembro, estará  mais próximo do povo durante os quatros anos de mandato, o qual  pretende implantar durante seu mandato, projetos de  geração de emprego e renda para a população com maior fluidez, ou seja,  vai trabalhar em projeto de lei que já deu certo no país, pois segundo o seu amigo de chapa, o Deputado Federal  Eduardo Braide, candidato a prefeito,   relatou que a experiência   de ter viajado pelo pais   e ter  conhecido a necessidade dos brasileiros na linha da pobreza, foi importante para alavancar a uma realidade, não titubeou, e votou na aprovação de projetos importantes na câmara federal   que tanto está   nos servindo e vai  nos servir para outras gerações futuras.

Wellington não é gente: depois de ser humilhado, trair seus aliados, declara apoio ao grupo de Weverton Rocha e Neto Evangelista.

“Não tem meu respeito como gente”, Neto Evangelista sobre Wellington do Curso.

Como se fosse alguma novidade, o ainda tucano deputado Wellington do Curso resolveu sair do armário e mostrar toda sua sem-vergonhice, ou seja: do lado de quem sempre esteve: Neto Evangelista (DEM – 25), Weverton Rocha(PDT -12) e Othelino Neto (PCdoB-65) e Roseana Sarney (MDB-15).

Morte política:
Traiu quem lhe deu as mãos e juntou-se aos que sempre criticava…

Qual o preço para traição?

Depois da sua derrota em 2016 para Edivaldo Holanda e toda a maquina pública sob o domínio do grupo de Weverton Rocha do PDT, eis que o deputado sem vergonha apareceu com aqueles que foram responsáveis por sua derrocada. Quanta falta de caráter.

Wellington, como verdadeiro Judas, tentou por várias vezes atribuir suas derrotas àqueles que estenderam as mãos, acusando outros daquilo que sempre foi: um traidor. Traiu a todos e a si mesmo.

Por último, se abraçou com quem o derrotou, humilhou.

Por outro lado, o “menudo” de Flávio Dino, Neto Evangelista, provou que gosta de gente sem caráter, sem-vergonha. A foto acima não deixa nenhuma dúvida.

O vídeo abaixo poderá mostrar com detalhes quem é Wellington do Curso, ou aquilo que sobrou dele. Tirem suas conclusões:

 

Humor comunista:

Não é preciso explicar, alguém desenhou a tragédia maranhense.

Um ano inteiro sem aulas nas escolas. Charge do Blog do Linhares

Nas imagens abaixo, mostradas de forma cômica, um comunista apontando as salas de aulas sem muita empolgação, enquanto aponta para a outra imagem, num palanque eleitoral, com bandeiras do PCdoB, dessas que pessoas são pagas por míseros R$ 20,00 para segurar uma bandeira dum partido hipócrita durante o dia inteiro.

Esse é o resultado do FlávioDinismo, enquanto o dinheiro da Educação cai nas contas do estado (que em 6 anos se tornou o mais pobre do Brasil), os alunos permanecem impedidos de ter aulas, mas podem sair de suas casas para carregar bandeiras.

Pobre povo enganado, explorado, destruído e zombado por ideólogos irresponsáveis.

Correria e desespero em Bom Lugar!

A carreata que seguia para o povoado Jatobá, zona rural de Bom Lugar, estava tranquila mas a PM tentou impedir a passagem dos motociclistas, fazendo uma barreira e usando de brutalidade, não poupando nem as crianças que estavam no evento.

Democracia nada, para impedir disputas NAS eleição no Maranhão, tudo indica que o comunismo é capaz de mandar bala e até usar gás lacrimogêneo.

Pela primeira vez em 2020 uma carreata política foi interrompida pela Polícia Militar da cidade chamada de Bom Lugar, que ontem, dia 11 (domingo) virou o pior lugar.

Diversas pessoas saíram feridas e outras, ao que parece, tiveram o olhos atingidos por gás de pimenta, e tiros de borrachas lançados pela truculenta polícia militar do governo comunista do Maranhão.

Carreata seguia pacífica quando foi interrompida pela PM em Bom Lugar, deixando feridos e causando pânico na cidade. (Informações do blog do Luis Cardoso)

Folha pede a “saída” de Salles e recebe resposta à altura e irônica.

Sem dúvidas, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, é um dos mais perseguidos do Governo.

A perseguição é tanta que recentemente o jornal Folha de S. Paulo chegou a publicar uma coluna pedindo a

saída do ministro.

“Salles precisa sair”, diz a manchete.

Confira:

Salles não perdeu tempo, e sempre afiado tratou de responder a altura:
“Se é para o bem de todos e felicidade geral da esquerda, digo à Folha que fico.”
Confira:

(Jornal da Cidade Online)

1 2 3 4 589