Veja nos vídeos: Comunista hostil à democracia sendo desmascarado diante de todo o Brasil.

Pego na própria mentira:

Hostilidade.

Hostil ao presidente do Brasil, Flávio Dino não consegue ser grato e nem leal aos parceiros.

Acostumado a inaugurar obras com recursos federais como sendo suas, Flávio Dino, desta vez, não ficou sem receber a resposta.

Flávio Dino inaugurou o aeroporto de Barreirinhas com pomposa festa e deu a entender que a obra foi realizada com recursos do tesouro estadual. Confira nos vídeos:

Ministro do Turismo cobra governador por parceria feita com dinheiro enviado por Bolsonaro

Veja no vídeo: Comunista hostil à democracia sendo desmascarado diante de todo o Brasil.

Flávio Dino usurpador?

Hostilidade: Governador que se diz comunista inaugura outra obra de Bolsonaro

No vídeo, o titular do Ministério do Turismo manda recado duro a Flávio Dino, durante live feita com jornalistas do Sul do Brasil, explicando que foram enviados muitos recursos para o Maranhão, afirmando que o governador que se diz “comunista”, agiu como quem usurpou uma importante parceria, não dando os devidos créditos ao governo federal na construção do aeroporto de Barreirinhas-MA.

Malcaratismo é coisa de quem? Querem dinheiro mas não querem ser leais com as parcerias?

Esta não foi a primeira vez, sendo que o governador usa o cargo de forma hostil, inclusive, processando, via justiça do Maranhão, o presidente do Brasil.

Origem e fim da hostilidade:

E assim, o comunismo vai findando seu tempo de destruição no único estado do Brasil que acreditou que fosse feito diferente de outros lugares por onde o comunismo foi implantado e levou separação, discórdia, guerras, fome, destruição, etc.

Ingenuidade nossa acreditar em Flávio Dino. Acabou, chega.

Abaixo, fique com os vídeos e tire suas conclusões:

 

Após fazer sumir bilhões, Flávio Dino promete de cima de seu palanque, almoço a 1 real, para poucos famintos que entraram na Extrema Pobreza…

A industria eleitoral da pobreza do Maranhão, querem jogar a culpa em Bolsonaro? 

De como Flávio Dino enganou a população em 8 anos, jogou a população na Extrema Pobreza, fez sumir bilhões, e ainda tenta jogar a culpa de toda insanidade no presidente Bolsonaro.

Os números sociais do IBGE confirmam o que todos já sabiam que iria acontecer em 8 anos, duas gestões de comunismo Dinista.

Absurdo: enquanto população passa fome no Maranhão, governador comunista faz banquetes para politicar.

Entenda um pouco mais sobre a pobreza e o atraso do Maranhão. Sarney e seu sucessor, Flávio Dino, que repetiu a insanidade de prolongar o sofrimento do povo de sua terra, o Maranhão, que foi renegado à Extrema Pobreza.

Após várias décadas de Oligarquia Sarney, o povo maranhense votou pela “mudança” mas foi enganado, durante dois mandatos, quase 8 anos, pelo comunismo de Flávio Dino. Já perto de sair do governo, que anunciou recentemente, de seu palanque: dará desconto de R$ 1 real para apenas poucos pobres que passam fome e precisam ir para o restaurante popular.

Não precisa dizer que os poucos restaurantes populares que existem no Maranhão, das 217 cidades, pouco mais de 50 estão funcionando. E os famintos das outras quase 170 cidades, como ficam, Flávio Dino?

Em 8 anos, o governador o comunismo fez sumir bilhões, não tem como falar deste regime desgraçado, sem falar de  destruição. Flavio Dino apenas confirmou o óbvio.

Sem querer falar do dinheiro dos aposentados, que, sob a nefasta gestão do comunismo, Flávio Dino fez sumir, sem dar satisfações, até hoje do dinheiro deixado na gestão passada, superior a 1 bilhão, do FEPA – Fundo Estadual de Pensão e Aposentadoria – que foi drasticamente reduzido, para pouco menos de 100 milhões. Também(mais de 1 bilhão), de dinheiro empenhado para obras que deveriam ser terminadas, mas, até hoje não se viu a cor do dinheiro, nem obras, nem um tal de BRT (O VLT de Castelo e EdiH foi fichinha).

Para explicar sobre a industria da pobreza criada por Sarney e perpetuada por Flávio Dino, os números sociais do IBGE confirmam o que todos já sabiam que iria acontecer em longos 8 anos: enganação, politicagem, atraso e pobreza.

Ah, nas matérias pagas para as agências de publicidades do Sul do Brasil, que consomem milhões do dinheiro dos pobres, Flávio Dino diz que a culpa é de Bolsonaro.

Veja na foto abaixo, uma reportagem do site esquerdista falando do lixão de Pinheiro:

Reportagem plantada não fala do governador e tenta jogar a culpa da pobreza nos prefeitos e no presidente Bolsonaro.

Site Ucho.Info destaca caos na Segurança Pública do Maranhão e “crimes de pistolágens” viram assunto nacional…

Atraso Dinista coloca o Maranhão de volta ao passado, dos tempos cruéis dos crimes de pistolágens.

O site de notícia de SP trouxe luz nas trevas ocultas do governo maranhense, trazendo na capa da matéria uma importante síntese da falta de estado, do abandono que tornou o cidadão maranhense refém das milícias, grupos de extermínios e traficantes

O título da reportagem demonstra o estado deplorável que o governador comunista deixou o Maranhão, que depois de 8 anos do comunismo implantado pelo ex-juiz, Flávio Dino, está piorado, sem leis.

O povo sofre na fome, extrema pobreza e violência. Abaixo, fiquem com um trecho da reportagem:

No final da década de 70, em viagem pelo interior do Maranhão, o editor do UCHO.INFO já ouvia ruídos sobre a fama de Imperatriz. Não se trata de fazer juízo de valor a respeito do município, mas de reverberar no presente a voz corrente de então. Se o que diziam era verdade suprema é difícil afirmar, mas faz-se necessário destacar que muitos fatos colaboraram para essa fama.

O provérbio “contra fatos não há argumentos” (“a facto ad jus non da tur consequentia”, em latim) não anula o direito ao contraditório e ao devido processo legal, mas ganha força quando crimes não são esclarecidos por causa da inoperância oficial.

Ao longo de décadas, a cidade de Imperatriz, no Maranhão, carregou o epíteto de “capital da pistolagem”, ou seja, conquistou péssima reputação na esteira dos chamados “matadores de aluguel”, que até hoje atuam na região como se fossem a versão tropical dos gangsteres da Chicago de Al Capone.

Próspero município localizado na porção sul do território maranhense, Imperatriz viu os “fora da lei” avançarem em outras direções, a exemplo do que fazem as ervas daninhas. O mesmo aconteceu em várias unidades da federação, movimento que ganhou força com a marginalização da população e com o inegável contrabando de armas de fogo. Em suma prevaleceu a tese de que a necessidade (sic) não tem limites.

O início de tudo

Há um ano, o portal “Amazônia Hoje” resgatou matéria publicada em 1977 no jornal paraense “O Liberal”. O jornalista Lúcio Flávio Pinto escreveu: “Pistoleiros começaram a ser atraídos em grande escala para o Maranhão no início da década de 1960, com a inauguração da rodovia Belém-Brasília.

Criadores de Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo e Rio Grande do Sul levaram consigo, ao migrar, homens rudes e violentos, alguns dos quais eram pistoleiros, para ajudá-los a se estabelecer na nova terra. Nessa época, surgiu, na Pré-Amazônia maranhense, o mais perigoso grileiro e aliciador de pistoleiros, Pedro Ladeira. Ele foi acusado de mandar assassinar dezenas de lavradores.”

“Os proprietários rurais recrutavam pistoleiros nos municípios de Dom Pedro, Tum-Tum, Esperantinópolis, Joselândia, Barra do Corda e Presidente Dutra. Mas os principais centros eram Imperatriz e Presidente Dutra. De 60% a 70% dos homicidas que se encontravam presos na penitenciária do Maranhão na segunda metade da década de 1970 eram oriundos de Imperatriz”, completou o jornalista.

Banditismo deliberado

Muitos crimes cometidos na região que tem Imperatriz como polo centralizador não foram investigados adequadamente, talvez pela dificuldade em coletar provas ou, então, pela espúria falta de empenho das autoridades. Esse quadro de malemolência dos órgãos estatais, que se repete há décadas, alimenta o sincretismo do crime e incentiva o surgimento de novos pistoleiros, emprestando à região um cenário que remete ao histórico “Massacre do Dia de São Valentim”, ocorrido em Chicago em 1929, durante a Era da Lei Seca, e que contrapôs gangues rivais, uma delas comandada por Al Capone.

O mais recente crime de mando foi cometido há semanas em Cidelândia, município localizado no Sul do Maranhão e que faz fronteira com as cidades de Imperatriz e Açailândia e com os estados do Pará e do Tocantins. A vítima foi o empresário da construção Weliton Rodrigues, conhecido como “Júnior Secretário”, contabilista e diretor da Associação Comercial e Industrial de Imperatriz (ACII), alvejado por um pistoleiro quando deixava a sede da prefeitura municipal, após participar de processo licitatório. Em matérias subsequentes abordaremos alguns dos crimes cometidos em Cidelândia e cujas investigações ficaram para as calendas. É estarrecedora a inação do poder público diante de mais um crime de mando no Maranhão.

Toda investigação tem uma espinha dorsal, sempre baseada na lógica, mas não se deve ignorar o fato de que a cena do crime fala por si só. E não fazer a devida leitura é no mínimo prevaricação, talvez malfazejo, como dizia-se no passado.

O crime de que foi vítima “Júnior Secretário” tem sua linha do tempo, algo que as autoridades, por enquanto, parecem ignorar. O UCHO.INFO já iniciou a montagem do quebra-cabeça e questionará os representantes do Estado sobre tal situação. Duas semanas após o crime, testemunhas já deveriam ter sido intimadas a depor. Se o crime foi de encomenda, há um mandante e um executor. E nessa relação há envolvimento de valores. Como reza a máxima da investigação, “siga o dinheiro”.

No Maranhão, Bolsonaro deverá visitar aeroporto inaugurado por Flávio Dino feito com recursos federais…

Extra: em terras maranhenses, Bolsonaro deverá visitar Aeroporto de Barreirinhas.

Bolsonaro deverá visitar outra obra do feita com recursos federais no Maranhão, desta vez, o aeroporto de Barreirinhas, que recebeu verbas federais, mas que foi inaugurada como sendo exclusiva de Flávio Dino.

Bolsonaro virá nos próximos dias ao Maranhão e deverá estender sua visita até Berreirinhas. No detalhe da foto, o presidente tomando refrigerantes locais. Da última vez que veio ao Maranhão, em viagem recente, Bolsonaro foi processado pelo governador comunista.

Não é a primeira vez, aliás, boa parte das obras feitas no Maranhão, sem que sejam dados os créditos, como se faz em qualquer lugar civilizado, democraticamente. As informações repassadas nos bastidores, dão conta que o convite teria sido feito a um dos filhos do presidente do Brasil, por um senador por sobrenome “Rocha”, que teria casa no local.

Clic no link e saiba mais sobre as obras em Barreirinhas:

https://www.gov.br/pt-br/noticias/viagens-e-turismo/2021/11/investimento-federal-por-meio-do-mtur-garante-obras-de-infraestrutura-no-maranhao

Sobre o convite do senador, a fonte diz tratar-se de um pré-candidato a governador, e vive trazendo recursos ao estado, que logicamente, parece tratar-se, do senador Roberto Rocha, como no anúncio feito nas redes sociais de dinheiro federal para garantir segurança ao povo pobre que entrou na Extrema Pobreza.

Confira:

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Roberto Rocha (@robertorocha_ma)

Livro que enaltece governo comunista é lançado. Nos trate sério Flávio Dino….

Realidade contra narrativas furadas de Lulo-comunistas:

Outra obra de ficção sendo paga com dinheiro dos pobres que entraram na Extrema Pobreza? Os governadores que fazem parte do “Consórcio do Nordeste” precisam dizer onde está o dinheiro dos respiradores enviado pelo presidente Bolsonaro.

Há mais de um ano que a população espera por explicações sobre os RESPIRADORES. Algum patriota para escrever um livro sobre o assunto? 

Um livro que conta um “drible” na receita federal, que foi publicado recentemente, com a finalidade óbvia de enaltecer o governo de Flávio Dino, acaba de ser lançado.

O livro, lógico que não fala de outro “drible” (ou golpe) que está sendo dado na população pobre do Maranhão, para não explicar onde enfiaram o dinheiro enviado pelo Governo Federal, via SUS, para comprar aparelhos e equipar as UTI´s (no Maranhão estavam todas sucateadas).

Faz exatamente 1 anos e seis meses, que o dinheiro foi desviado, mas ninguém explica nada.Entenda clicando aqui: Ninguém do “Consórcio do Nordeste” quer falar sobre o golpe dado nos pobres que foram lançados na Extrema Pobreza. Mas querem nos empurrar histórias da Carochinha.

O povo do Nordeste, sobretudo do Maranhão, precisa ter voz e sair urgentemente da bolha Lulo-comunista.

Querem novamente nos empurrar obras de ficção, quando deveriam dar explicações, por exemplo, onde foram parar os respiradores e aparelhos para equipar as UTI´s, durante a pior fase da Pandemia do Covid-19, que foram comprados mas nunca chegaram aos hospitais do Maranhão.

Ora, um dos responsáveis seria o ex-ministro Carlos Gabas, na gestão de Lula, filiado ao PT, que está recebendo muito dinheiro público num “consórcio” de petistas ( chamado de Consórcio do Nordeste) criado, lamentavelmente, por gente mal intencionada, que vem demonstrando que quer dar golpes na população pobre, de estados mantidos no atraso. Nos tratem sério, governadores.

Abaixo, trecho da cobrança de explicações feita no tuiter.

Santinha do pau oco: O tanque furado da senadora cristã-comunista Eliziane Gama…

Malcaratismo da Irmã “santinha do pau oco”?

Voz de taquara rachada só antipatizou-se ainda mais para cumprir orietação de políticos esquerdopatas que lutam contra a família e a igreja. Que papelão, senadora…

Investigação do Senado Federal apontou que a senadora Eliziane Gama gastou, em plena pandemia do covid-19, muito acima do normal num momento que as sessões do  senado estavam sendo remotas.

A senadora Eliziane Gama(Cidadania),que recentemente ganhou destaque na “CPÍ do Circo”, atacando membros do governo do presidente Bolsonaro, acabou envergonhando não apenas a política do Maranhão, mas, toda Igreja Assembleia de Deus (seu principal reduto eleitoral) por estar sendo investigada no escândalo de desvio de combustíveis.

CPI montada por esquerdopatas e defensores da corrupção, ao arrepio da Constituição, ordenada pelo STF:

Ainda bem que a CPI do Circo já terminou, além de gastar verbas públicas numa clara intenção de produzir provas para empeachmar o presidente, ainda se tinha que ouvir uma voz estridente pior que “taquara rachada” todos os dias com acusações fúteis e narrativas banais.

Confira abaixo trecho da investigação:

Movido de inveja e despeito, Flávio Dino tentar vociferar sua arrogância contra o Brasil mas leva invertidas no tuiter…

Os respiradores desviados continuam fazendo o líder do comunismo do Maranhão passar vergonha.

Invest In Brasil Forum:

Na imagem do dia, outra tentativa de “lacração” feita pelo rancoroso e despeitado governador comunista, o mesmo que, de forma irresponsável, levou nosso estado a Extrema Pobreza.

De viagem ao Oriente Médio, em Dubai, o presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro, participa do Forum internacional que promoverá o comercio brasileiro, mas, diante da imponência e grandiosidade de outra viagem internacional (paga pelo país que busca parceria comercial com o Brasil), que abrirá rotas comerciais e trará prosperidade aos países das americanos.

Fica a dica aos lacradores:

Se quiserem chamar a atenção, primeiro devolvam aos cofres públicos do Maranhão, todo o dinheiro que foi desviado durante a pandemia do covid-19, que foram enviados para comprar respiradores e equipar nossas UTI´s (todas sucateadas) pela a gestão desastrosa de quem tá nem aí para o azar da população.

Já é hora do povo MARANHENSE expurgar de uma vez por todas, esses políticos nocivos de mentalidades atrasadas, que só demonstram incapacidades e todo o ódio impregnados pelas ideologias esquerdistas.

Ato em comemoração ao dia da Proclamação da República na Praça do Pescador

Ato cívico na Praça do Pescador:

Patriotas farão evento no feriado da Proclamação da Republica, segunda-feira, 15 de novembro de 2021, às 8h30.

Queremos convidar todos os PATRIOTAS, de mãos dadas, a participarmos, no dia 15/11/21, da Nova Proclamação da República início da concentração às 08h30 na Praça do Pescador na Avenida Litorânea.

Um evento para a família Brasileira / Maranhense, Cristã do Bem !

Um evento ordeiro, pacífico, com o propósito de dialogar sobre as seguintes temáticas:

1- Liberdade de Expressão

2- Passaporte Sanitário

3- Ideologia de gênero

4-  Hetero fobia

5-  Racismo estrutural

6- Empoderamento feminino

7- Meio Ambiente

8- Estatuto do Sufrágio