Absurdo no Maranhão: Governador comunista esconde vacinas estocadas enquanto posa de herói da vacinação…

Atraso tem nome e cor partidária: 

Flávio Dino extrapola controle de vacinas enviadas por Bolsonaro. Em vídeo, o secretário de saúde de São Luís, Dr Joel Nunes, faz apelo ao governador para que libere as vacinas retidas em seu estoque.

Absurdo: comunista se apossa das vacinas enviadas pelo presidente do Brasil, esconde e distribui de forma politiqueira. Está claro para a população do Maranhão que as mentiras de Flávio Dino, que são  repetida várias vezes como verdade são táticas politiqueiras. Já caiu no descrédito.

Um triste final de governo, após 8 anos de atraso, Flávio Dino está sendo desmascarado por ele próprio.

Surpresa alguma vindo de um Lulo-comunista.

Suas picuínhas só demonstram quem de fato é, daquilo que é capaz: fazer política para atrasar o povo do Maranhão.

Assim que recebe as doses enviadas pelo governo federal, ficam estocadas, para serem liberadas conforme o seu roteiro político.

Imaginem que até as vacinas enviadas pelo presidente do Brasil, Jair Messias Balsonaro, estão sendo impedidas de serem aplicadas na capital, para serem usadas em publicidades que exaltam sua tosca personalidade.

Para tentar aparecer com as vacinas enviadas pelo governo federal ao Maranhão, Flávio Dino montou uma verdadeira força -tarefa para se promover enquanto prejudica a população. Surpresa alguma vindo de um Lulo-comunista.

Abaixo, apelo do secretário de Saúde de São Luís, sobre manobra espúria, que só prejudica nossa população.

 

Eleições 2022: Coveiro agindo na surdina…

Golpe comunista?

As sinalizações de Flávio Dino para uma candidatura própria a senador, por outra legenda, vem causando desconfortos e irritações no seio palaciano.

Apesar das sinalizações, dos muitos acenas, até afagos, a turma do comunismo não confia em Flávio Dino, nem Márcio Jerry.

Weverton já se debandou, Brandão estaria por um triz!

A conta não fecha

Coveiro estaria prestes a “enterrar” outro “aliado”…

Enquanto Flávio Dino acena para seu vice, Carlos Brandão, prometendo a titularidade de uma candiatura a governador, mandou seu “pupilo” Feipe Camarão, filar-se no PT, para uma clara candidatura nas eições do ano que vem.

Será que alguem está sendo feito de “laranja”, preste a ser enganado? O problema dessa “empurada de barriga” é que acabem todos ficando sem “mel nem cabaça”. Te esperta, vice!

Dino não tem palavra, nem Jerry. É fácil constatar que no grupo comunista ninguém acredita num governador que vive de falácias, e na horas vagas, vai para as redes sociais atacar o presidente.

Como fará então, o govermador comunista, para unir seu grupo em 2022, se não tem palavra de honra, nem moral, sendo visto como traidor por todos de seu grupo?

Fiquem ao lado com trecho do blog Maranhão notícia:

CPI da covid: Senador Girão empareda Omar Aziz pela convocação de Gabas na CPI para apurar corrupção

No decorrer de depoimento de Marcellus Campelo, ex-secretário de saúde do Governo do Amazonas, à CPI da Pandemia, também conhecida como “CPI do Circo”, “CPI da Cortina de Fumaça” e “Tribunal de Renan Calheiros”, o senador Eduardo Girão voltou a pressionar Omar Aziz pela votação da convocação de Carlos Gabas, diretor-executivo do Consórcio Nordeste.

Girão encetou: “Sem querer polemizar, queria entender, quando fiz a cobrança da votação do senhor Carlos Gabas, o senhor disse que recebeu um documento desse senhor e ainda não teve tempo para lê-lo. Que tipo de documento? Foi um requerimento formal ou informal, ao arrepio do conhecimento de nós senadores?”.

Neste contexto, o parlamentar salientou: “Vossa excelência sabe a importância da investigação dos bilhões de reais repassados a estados e municípios pelo Governo Bolsonaro”.

Em seguida, Omar Aziz o interrompeu e ambos discutiram a viabilidade da convocação de Carlos Gabas, degringolando para um bate-boca e ataques, por parte de Omar Aziz, contra o presidente Jair Bolsonaro.

O senador Marcos Rogério, por sua vez, criticou severamente: “Nós não usamos desse expediente com nenhum outro depoente, mandar documentos ou solicitar informações sob condição ‘A’ ou ‘B’. Seja de quem interessa ao governo, seja de quem é contra o governo. O procedimento de pedir documentos que podem afastar a vinda de um depoente não é algo que deve acontecer, pois foge ao devido processo”.

Veja no vídeo da Folha da Política:

Veja no vídeo: acordos com a Nasa colocará Alcântara no Maranhão em evidencia mundial!!!

Alcântara em evidencia!

Outro importante salto em favor da humanidade.O Brasil está melhorando.

Brasil de volta ao desenvolvimento: acordos com a Nasa beneficiarão Alcântara. Yes, temos um único senador que pensa e luta pela prosperidade do Maranhão. 

O presidente Jair Bolsonaro ao assinar o acordo (Projeto Artemis) com a Nasa, lembrou o momento excelente de “alinhamento com o mundo”, agradecendo aos EUA pela entrada no Conselho de Segurança da ONU.

Marco histórico, foi no governo Bolsonaro que a Nasa foi recebida com louvor, inclusive, favorecendo a base de Alcântara.

Vale ressaltar que os esforços pelos acordos com a Nasa beneficiarão o Maranhão, base de Alcântara, que tem um único senador, Roberto Rocha, que lutou durante 7 anos pela abertura da Base de Alcântara.

Para aparecer, Flávio Dino tornou-se sócio das emissoras de Sarney e Lobão no Maranhão?

Dino aposta na alienação e no atraso:

De plantão na porta do Palácio, as emissoras de Sarney e Lobão, pagas com dinheiro público, estão faturando alto para promover governador militante que mesmo tendo recebido bilhões do presidente Bolsonaro, nunca gastou um tostão em vacinas. 

É fácil alugar emissoras da elite, afinal, quem vai pagar a conta são os pagadores de impostos, que sofrem nas filas dos hospitais sem leitos e sem remédios.

Durante a pandemia, quem mais lucrou foi a Rede Globo e demais emissoras, todas faturando milhões pagos pelos pobres, que são explorados por uma elite politica, para enganar e ainda tripudiar duma população que vive no atraso e na pobreza.

Nota: 

Para ser eleito governador do Maranhão no ano de 2014, apostando tudo na rejeição forte do grupo Sarney, que tinha o filho do senador Lobão, Edinho, candidato apoiado pelo PT de Lula, Flávio Dino apareceu no cenário eleitoral dizendo-se “mudança” que era contra o Sarney, a Mirante, a Difusora, etc.

Depois de eleito governador, passado o primeiro ano, Dino tornou-se pior que Sarney, fazendo tudo que negava antes, inclusive, pagando as emissoras de quem se dizia “adversário” mas mostra-se cada vez mais um verdadeiro aliado do atraso.

Codevasf autoriza licitação para elaboração de projeto da ponte sobre a Baía de São Marcos em São Luís

Codevasf autoriza licitação para elaboração de projeto da ponte sobre a Baía de São Marcos em São Luís.

Para desespero dos Lulo-comunistas derrotados, governo Bolsonaro vai fazer outra ponte no Maranhão…

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba – Codevasf, divulgou no dia 1º de junho, um aviso que autoriza a licitação para contratação de empresa especializada que irá elaborar o estudo de viabilidade técnica do projeto básico de engenharia para a construção da transposição da Baía de São Marcos, que é um sistema viário São Francisco – Bonfim – Itaqui em São Luís.

A construção da ponte estaiada é uma iniciativa do senador Roberto Rocha. Segundo o parlamentar, ela terá 2,7 km de extensão, sendo três vezes maior que a Ponte José Sarney. Só o projeto básico está orçado em R$ 14,9 milhões e incluirá vias de acesso com infraestrutura completa que contempla seis faixas de tráfego; duas faixas para VLT, ciclovias, passeios e uma avenida de contorno ao bairro Anjo da Guarda até a Avenida dos Portugueses.

Veja o projeto da ponte sobre a Baia de São Marcos:

 

A expectativa é de que a ponte sobre a Baía de São Marcos impulsione a mobilidade e o desenvolvimento de toda a região do eixo Itaqui-Bacanga, cuja população está estimada em 250 mil habitantes. A região abriga cerca de 60 bairros, organizados em microrregiões, além de grandes empresas e organizações como a Universidade Federal do Maranhão – UFMA, o Porto do Itaqui e a Vale.

Em entrevista para o jornal Bom Dia Mirante, da TV Mirante, nesta sexta-feira (11), o senador Roberto Rocha destacou que esse é mais um projeto estruturante que está sendo viabilizado pelo seu mandato no Senado. Ele disse, ainda, que já trabalha nesse projeto há cerca de dois anos.

“Nós não podemos pensar em obras sem ter projetos. Não existe hipótese de construir uma obra de infraestrutura, sem que antes seja elaborado o projeto básico. E essa é uma obra extraordinária, que já estamos trabalhando há cerca de dois anos. A região do eixo Itaqui-Bacanga, atualmente, tem uma população maior que Imperatriz. Por que não podemos pensar em fazer uma ponte desse porte na Ilha de São Luís, ligando essas regiões tão importantes, e que trará um estímulo enorme à economia local?”, indagou o parlamentar maranhense.

Obras na Lagoa da Jansen

O senador Roberto anunciou que no segundo semestre deste ano, serão iniciadas as obras de revitalização ambiental da Lagoa da Jansen, em São Luís. Segundo ele, só a primeira etapa terá um investimento de mais de R$ 250 milhões.  De acordo com o senador, todo o lixo que tem na Lagoa será retirado e colocado dentro de ecobags, que serão envelopados e destinados a um aterro sanitário.

Vacina virou palanque eleitoral no Maranhão…

A loucura eleitoral do “comunista”:

Vacina virou palanque? Está parecendo que para concorrer com prefeito da capital, Flávio Dino recorreu ao “vale tudo” de Sarney, método oligarquico antigo, que visava atrapalhar possiveis adversários ainda que, prejudicando a população do imenso interior.

Dino se apossa de tudo para levar fama de Bolsonaro, inclusive envelopando as vacinas com a marca do governo do Maranhão, numa clara demonstração que imita Sarney, fazendo politicagem da pior espécie, sem se preocupar se vai atrasar ainda mais o povo empobrecido, que em 8 anos ficou mais pobre ainda devido o comunismo selvagem.


O governo, que deveria apenas distribuir o imunizante enviado pelo governo Bolsonaro, apreende as doses alegando que os municípios não alcançam uma meta subjetiva estipulada dentro cabeça confusa do governador.
Não bastasse isso, o governo tem exposto à exaustão nas redes os gestores que não atingem a tal meta, em um ranking que acaba por queimar os prefeitos junto à população.
Com quase dez mil mortes por COVID-19 apenas no Maranhão, o governo do estado optou pela estratégia cruel de reter vacinas, expor prefeitos e perseguir incansavelmente aqueles que considera adversários políticos. (Maranhão Notícias)

O governador militante Flávio Dino, preste a deixar o PCdoB, para entrar noutra legenda de esquerda, está usando vacinas enviadas pelo presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro, para se promover eleitoralmente.

A informação foi passada por parlamentares dando conta que na capital Dino apropiou-se das vacinas que deveriam ser repassadas aos prefeitos, enquanto no interior do Maranhão tem cidade que nem iniciou a vacinação.

Ora,um estado que ficou pobre por culpa de uma oligarquia política que castigou por décadas uma população afligida pelo atraso mental de seus representantes, que aumentavam cargas de impostos, enquanto surrupiavam  seus direitos, vive na atualidade seu pior momento. Pasmem, tudo seguindo um roteiro de pré-candidatura.

Ao lado, trecho do blog Maranhão Notícias:

Ódio do bem? Colunista da Folha de SP será processada por racismo e homofobia…

Militante vai a loucura ao ver multidão de apoiadores de Bolsonaro.

Colunista da Folha deve enfrentar enxurrada de ações judiciais por racismo e homofobia após ter usado conta nas redes sociais para atacar motoqueiros que estavam em evento do presidente do Brasil. Abaixo, trecho do site Jornal da Cidade Online:

Uma postagem da jornalista Barbara Gancia poderá render inúmeras complicações para essa colunista do jornal Folha de S.Paulo.

Esquerdista, militante, isenta de talento e certamente indignada com o avassalador sucesso da motociata promovida em apoio ao presidente da República, Bárbara expôs na rede social um discurso onde se evidencia o ódio, o racismo e a homofobia.

Inúmeros afrodescendentes e homossexuais – e não foram poucos – que participaram da manifestação popular e que se sentiram ofendidos com o que disse a jornalista, deverão propor ação judicial contra essa criatura odiosa.

Está enrascada!

Ela não perde por esperar

Bomba: PF descobre esquema milionário de propinas pagas a Renan Calheiros

A Polícia Federal investiga o empresário Alexandre Santoro, CEO da International Meal Company, por suspeita de participar de um esquema de pagamento de propinas ao senador Renan Calheiros.

De acordo com a investigação, quando Santoro era CEO da América Latina Logística, em 2013, ele participou de uma reunião com Milton Lyra, apontado como operador Renan, e o empresário Richard Klien, alvo do inquérito por fazer supostos repasses ao senador.

“Relatórios de quebra de sigilo bancário revelam que, poucos dias depois da reunião, a América Latina Logística fez pagamentos de 773 mil reais à empresa de um delator que assumiu ter sido responsável pela lavagem de dinheiro de propinas pagas a políticos ligados ao setor portuário.” (Terra Brasil Notícias).