Até quando o comunismo vai nos roubar? O tempo dos petistas e da política de exploração acabou, mas ainda tem estados que os defensores da corrupção governam com mãos de ferro.

A Petrobras baixou novamente o preço da gasolina, mas, será que o comunista Flávio Dino, que já aumentou abusivamente a carga de impostos no empobrecido Maranhão vai repassar aos contribuintes explorados que não aguentam mais serem prejudicados?

O Brasil precisa urgente das reformas.

Vale lembrar que na gestão do Lula do PT todos os esforços do brasileiro, que pagaram impostos altíssimos, foram enviados como obras para países de ditaduras comunistas.

Preço da gasolina será reduzido em 4% nas refinarias nesta sexta-feira, segundo anúncio da Petrobras

As informações são da Agência Brasil.

A Petrobras anunciou que a gasolina terá uma redução de 4%, a partir desta sexta-feira (31), nas distribuidoras. De acordo com a companhia, “com a redução de 4% (ou R$ -0,07 por litro), o preço médio da gasolina da Petrobras para as distribuidoras passou a ser de R$ 1,65 por litro”. No acumulado do ano, a redução do preço é de 13,8%.

A companhia informou  também que o preço do diesel (S10 e S500) não sofrerá alteração no preço nas distribuidoras.  O diesel, no acumulado do ano, teve uma redução do preço de -21,5%.

O último reajuste da Petrobras ocorreu no dia 17 de julho, quando a empresa aumentou em 6%, na média, o preço do litro do diesel e da gasolina em 4%.

Os preços são referentes ao valor vendido para as distribuidoras a partir das refinarias. O valor final ao motorista depende do mercado, já que cada posto tem sua própria política de preços, sobre os quais incidem impostos, custos operacionais e de mão de obra.

Reajustes – Desde o início do ano, a gasolina já teve 23 reajustes, sendo que 10 foram aumentos e 13 deles, reduções nos preços para as distribuidoras. No caso do diesel, foram 17 reajustes, sem que seis deles  aumentos de preço e 11 deles redução no preço nas distribuidoras.

RAPOSA – Ocileia Fernandes mais forte do que nunca.

A pré-candidata a prefeita de Raposa, Ocileia Fernandes (PSDB), tem intensificado a campanha “corpo a corpo”. Com a maior aceitação entre o eleitorado, Ocileia segue firme e diariamente vem somando apoios importantes ao projeto político no município. Em tempo, Fernandes vem recebendo apoios de integrantes oriundos de outros grupos polítocos, o que demonstra o diferencial da pré-candidata.

“Nós, pré-candidatos, devemos ter a consciência de que o eleitor precisa ver o candidato precisa que as pessoas vejam o candidato. É neste momento se conhece os problemas. As pessoas precisam ser representadas e ouvidas”, pontua Ocileia.

Com informações do blog do Neto Cruz

Cestas básicas obtidas junto ao Governo do Estado, distribuídas em São José de Ribamar, podem estar sendo usadas para favorecer eleitoralmente o pré-candidato a prefeito, Beto das Vilas, que preside há 10 anos a Câmara de Vereadores do município.

Doações de Cestas básicas em épocas eleitoral pode dar complicações na Justiça eleitoral…

Beto das Vilas, que já está em ostensiva campanha eleitoral, tem enfrentado uma série de denúncias em razão de contratos suspeitos, celebrados por suas gestões à frente da Câmara Municipal.

Ainda em junho deste ano, a Polícia Civil fez uma batida na sede do legislativo municipal de SJ de Ribamar, para atender a uma investigação da Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção. A ação teve objetivo de arrecadar documentos sobre possíveis fraudes em serviços odontológicos contratados e fez apreensão de documentos.

Recentemente, foi denunciado mais um contrato suspeito no valor de quase meio milhão de reais com uma empresa sediada em Axixá, especializada na “construção de ferrovias”.

Mais um problema:

Anunciada como uma “conquista” da União dos Estudantes Ribamarenses, a distribuição de cestas básicas pode ser mais um problema a ser enfrentado por Beto das Vilas. Acontece que o presidente da entidade, Genilson Aguiar Dias, é sobrinho do pré-candidato. E o outro sobrinho, Davi Santos, foi flagrado durante a distribuição próximo a veículos reconhecidos como de posse do pré-candidato.

Ou seja, a pretexto de realizar uma ação social, a família de Beto das Vilas utilizou cestas doadas pelo Governo do Estado para fazer politicagem.

Baixaria eleitoral:

Os ataques são do mesmo nível, mensagens de ódio contra Eduardo Braide que está na liderança da opinião pública, diferente dos candidatos do consórcio de Flávio Dino.

Vídeo criminoso jogado nas redes sociais agride Braide e exalta candidato de Flávio Dino…

Será que o grupo comunista de Flávio Dino vai querer repetir os mesmos ataques criminosos contra a honra dos que não “rezam na cartilha vermelha do comunismo”?

A peça publicitária com digitais claras tenta desmerecer Eduardo Braide como se fosse o pré-candidato a prefeito de Bolsonaro na capital, ainda que Braide nunca tenha dito nada a respeito.

O que é pior, o candidato do “consórcio” comunista de Flávio Dino, Rubens Júnior aparece “debaixo da asa de Flávio Dino, como sendo pré-candidato de Lula.

Diferente de Braide, Rubinho, candidato comunista, até agora não saiu de 1%, mesmo nas pesquisa pagas pelo seu consórcio.

Não dá para acreditar que esse grupo de Flávio Dino e Márcio Jerry é aquele que prometia fazer diferente e mudar o Maranhão para melhor.

Não dá para acreditar que vão repetir a mesma baixaria que fizeram nas eleições de 2016, atacando Eduardo Braide, Wellington do Curso e Eliziane Gama,

Alô, MPE: Tem alguém aí?

Na imagem do dia, a única explicação para um estado rico permanecer na Extrema Pobreza. Flávio Dino a cada dia mostra que não tá nem aí pro azar da população maranhense, seus eleitores, fazendo lembrar antigos ditadores comunistas, como Fidel Castro.

Complexo de Cuba? Tá nem aí…

Se fosse um gestor de verdade o ex-juiz Flávio Dino, do PCdoB, estaria cuidando da maior população de pobres do Brasil.

Política esquerdista no fundo do poço: um ex-juiz que fica contra a Lava Jato.

Flávio Dino aparece o tempo todo contra os anseios da população, que quer passar o Brasil a limpo, e busca representantes que se posicionem contra a corrupção. Ainda diz que quer ser pré-candidato a presidente um sujeito desse?

Constantemente num palanque, Dino sempre é visto tentando libertar Lula, acabar com a maior operação anti-corrupção do Brasil, a Lava Jato.

Qual seria o real motivo de Dino, que dizem adorar um bom charuto de Cuba, ser contra quem quer acabar com a corrupção?

Exposição indevida: Juiz que decretou lockdow no Maranhão está proibido de “fazer politicagem”.

Politicagens, Juiz, Senador, Menudos…

Novamente o Maranhão virou notícia negativa diante de todo o Brasil, o Judiciário maranhense, novamente acabou sendo exposto por aquilo que seria uma “barbeiragem” do conhecidíssimo juiz  Douglas Melo, que teve que ser “acionado” ao Conselho Nacional de Justiça para ser impedido de se envolver em politicagens.

Pelo menos foi isso que deu para entender, segundo o julgamento do ministro ministro Humberto Martins, no Pleno do CNJ, “sua imagem e a própria imagem do Poder Judiciário como um todo não sejam atreladas a interesses político-partidários de qualquer natureza”.

Pesa ainda contra o Juiz Douglas de Melo, que decretou, sabe-se lá por quais motivos, o primeiro lockdow do Brasil em terras maranhenses, proibindo, impedindo, privando as pessoas de “ir e vir”, durante pandemia do vírus chinês (corona vírus) que tiveram cerceados seus direitos.

Ditatoga?

Sobre o juiz, sabe-se lá por que, tão logo anunciou o decreto de fechar tudo, alguns manifestantes de apoio ao presidente Bolsonaro foram presos, muita gente ligada aos movimentos de direita, contrários ao comunismo do governador Flávio Dino foram “intimados”, e tiveram que se explicar na Policia por quais motivos estavam exercendo sua liberdade de sair de casa ou ir à praia.

A alegação de superexposição midiática ao lado de diversos políticos maranhenses, foi protocolada pelo advogado do senador Roberto Rocha, Alex Borralho. Confira aqui o resultado: 

Na alegação do senador, o juiz “vem se submetendo a superexposição midiática ao lado de diversos políticos maranhenses, participando de diversos eventos promovidos por estes, já tendo atuado em diversas lives propiciadas e agendado a sua participação em outra que ainda vai ocorrer”.

O Maranhão dos ditadores e oligarcas não muda, só piora, pelo visto!

Nosso empobrecido estado bem que poderia passar por mais esse vexame nacional, aqui parece que o Executivo Estadual, como nos tempos sombrios da ditadura, dominava tudo. Todos os poderes.

Que vergonha, que lástima!

Abaixo, trecho do site do CNJ:

A decisão liminar foi tomada no último dia 12 de maio, nos autos da Reclamação Disciplinar 0003341-63.2020.2.00.0000, formulada pelo senador Roberto Coelho Rocha (PSDB/MA) contra o juiz Douglas Melo.

 

 Kremlin X Kremlin? 

Uma imagem bem posicionada pode explicar muita coisa: Alô, TRE: cestas básicas para aliados em pré-campanha?

Na imagem do dia, cestas básicas sendo retiradas do Palácio dos Leões, que estariam sendo ofertadas durante pré-campanha dum “consórcio” que pretendem tirar o prefeito Eudes Sampaio, que é aliados do Palácio, mas, como se observa, vive sendo perseguido pelo próprio Palácio dos Leões.

Consórcio palaciano contra aliado do Palácio?

Tudo isso bem debaixo dos narizes do governador e de seu mair importante secretário de Estado, Luís Fernando, ex-prefeito de Ribamar, conhecido como o homem que entende das contas, que põem em ordem as desordens da casa (Palácio).  Abaixo, fiquem com um trecho de uma denuncia enviada ao blog do Neto Cruz:

RIBAMAR – Caminhonetes que ‘servem’ a Beto das Vilas são flagradas recebendo cestas básicas do Governo.

Dois veículos que compõem, supostamente, a frota de carros do presidente da Câmara Municipal de São José de Ribamar, Beto das Vilas, foram flagradas chapadas de cestas básicas na região do Centro Histórico de São Luís, onde o Governo do Estado entregava, na manhã desta segunda-feira (27), o auxílio à pessoas carentes, em decorrência da crise da pandemia do Novo Coronavírus.

No flagrante também aparece o sobrinho de Beto das Vilas, Alberto Santos, presidente da União de Estudantes Ribamarenses, um dos ditos coordenadores da campanha do tio.

Com a palavra, o Ministério Público e a Justiça Eleitoral, para saber que fim vai levar essas cestas.

Narrativas dos “progressistas”!

Até onde vai a liberdade, até onde podemos falar, opinar ou até mesmo criticar o mundo dos gays?

Vivemos numa versão próxima da verdade, é correto aceitar as imposições sem opinar?

A impressão que tenho é que não se pode mais falar nada que é visto como “homofóbico”ou “fascista”. Alguns dizem que o Brasil vive numa ditadura, aquela de que não se pode falar nada, se não aceitar a versão imposta, poderá ser pior.

Será isso mesmo?

Família tradicional: conservadores discutem imposição e liberdade, vivemos numa ditadura? 

A publicidade do Dias dos Pais de uma empresa de cosméticos, a Natura, continua gerando polêmica, a coisa não é tão simples, os conservadores saíram para as redes sociais para opinar sobre o assunto, e vejam só: quem era acusado de ser “ditador” (filho do Bolsonaro) acabou criticando aquilo que seria uma verdadeira “ditadura”.

Tenho a impressão que esse “progressismo” com todas suas narrativas estão nos levando ao regresso.

Minha intenção é a liberdade de expressão, que no Brasil atual sofre perseguição via corte suprema. Não temos nada contra opções sexuais, o problema do Brasil é justamente as versões impostas, sem discuti-las.

Aqui o respeito é mutuo. Nada contra a Tammy ou quem quer que seja. Liberdade!

Abaixo, um vídeo feito sobre a polêmica campanha do Dia dos País da Natura:

Em entrevistas , e em pronunciamentos  públicos,  o senador declarou  que a ideia  é criar mais duas universidades federais no Estado.

Em mais uma visita de trabalho a Imperatriz no último final  de semana, dessa vez acompanhado do ministro do Desenvolvimento Regional Rogério Marinho, o senador Roberto Rocha  voltou a garantir a criação de uma nova universidade federal  no Maranhão. Com sede na região tocantina a nova  instituição de ensino carrega o nome provisório de Universidade Federal da Amazônia Maranhense-UFAMA. O parlamentar também anunciou a intenção de criar a Universidade Federal do Leste Maranhense.

“Primeiro, vamos criar a da região tocantina, depois vamos cuidar da do leste” disse.

Conforme Roberto Rocha, assim como a duplicação da BR-010, no trecho entre Imperatriz e Açailândia, o tema da criação das duas universidades federais no Estado já foi pautado com o presidente Jair Bolsonaro e também no Ministério da Educação.  O parlamentar disse que argumentou com o presidente o fato de o Maranhão ser um dos poucos Estados do Nordeste a contar com apenas uma universidade federal. Além disso, ressaltou a importância de tal feito {a criação das duas instituições}  para o desenvolvimento do Maranhão.

“Disse ao presidente que o Maranhão é maior do que São Paulo, e que tinha apenas uma universidade federal e que nós tínhamos que mudar essa realidade. Pois nós vamos criar, inicialmente, uma segunda universidade federal no Estado  que nascerá já com seu hospital universitário”   informou o parlamentar maranhense, indicando uma área  já cedida pela Eletronorte para sua construção.

Numa outra fala à imprensa o senador Roberto Rocha disse que a eleição do primeiro vice-reitor do interior do Estado {o professor doutor Marcos Fábio é de Imperatriz} já foi um passo  preparatório para reforçar a luta pela criação da federal da região tocantina. É a primeira vez que a vice-reitoria da UFMA  é ocupada por alguém do interior do Estado.

“Agora Imperatriz tem um vice-reitor. É nossa luta, com isso, preparar as condições para que a gente possa ter, num menor espaço de tempo,  a nossa própria universidade federal.  Não dá para ter apenas uma universidade federal, portanto vamos implantar uma na região tocantina  outra no Leste Leste do Estado”, pontuou o senador

O projeto da criação de uma segunda federal no Estado ganhou força com a volta  do professor Natalino Salgado para o comando da Universidade Federal do Maranhão. Por mais de uma vez inclusive em Imperatriz,  Salgado declarou ser favorável ao projeto.

Na concepção do senador Roberto Rocha a nova federal nascerá inicialmente com unidades em Imperatriz, Balsas e Grajaú e perspectivas de expansão para Açailândia e Estreito.

Desde 2016 que o Governo Federal trabalha com a perspectiva de criação de pelo menos cinco novas federais com o propósito de interiorizar o ensino superior e democratizar o acesso à universidade pública. De lá para cá foram criadas a Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (PA) a Universidade Federal do Delta do Parnaíba (PI) e a Universidade Federal do Norte do Tocantins (TO);

Apresentado no fim de dezembro de 2017, o PLS 505/2017, do senador Roberto Rocha (PSDB-MA), cria a nova Federal do Maranhão. Consolidado a nova federal  do Maranhão deve ser instalada com sede Imperatriz (MA).

Segundo o autor da proposta, entre os benefícios, a instalação da universidade proporcionará maior apoio tecnológico para a cadeia produtiva da região.

“O setor produtivo se concentra nessa região [Maranhão do Sul] que não é amparada com os recursos necessários para esse desenvolvimento, inclusive na questão acadêmica de formação de jovens talentos que contribuirão ainda mais para o desenvolvimento local”, argumenta Roberto Rocha.

CRIADO O “MOVIMENTO NOVA FEDERAL MARANHÃO”

O Projeto de Lei de autoria do senador Roberto Rocha que autoriza o Governo Federal a criar uma segunda universidade federal no Maranhão desde a semana passada movimenta professores, alunos e líderes classistas que já criaram “ O movimento Nova Federal Maranhão”.

O movimento foi criado semana passada numa reunião virtual que contou com participação de professores universitários de Imperatriz, Balsas e Grajaú. E não ficou só nisso, o movimento começou uma mobilização em todo o Estado. Já conta com páginas nas redes sociais e um site, que conforme o professor Marco Antonio Gehlen , tem a intenção de fortalecer mais ainda a luta.

Na última sexta-feira,24,  aproveitando a presença do senador Roberto Rocha  e do ministro do Desenvolvimento Regional Rogério Marinho,  lideranças do movimento, que é formada por professores, técnicos e alunos da UFMA de Imperatriz, Grajaú e Balsas além de apoiadores da sociedade civil, entregaram  às duas autoridades , entregaram às autoridades  uma  solicitação formal de pedido para a criação da Nova Universidade Federal.

O Comando Central do Movimento entregou  um documento 152 assinaturas, de pessoas representantes de mais de 20 entidades, de municípios como Balsas, Grajaú, Imperatriz, Santa Inês, Buriticupu, Santa Quitéria do Maranhão, Rondon do Pará, dentre outros.

“Não é uma luta simples nem fácil, mas acreditamos que é uma luta possível. E mais do que necessária, uma vez que o Maranhão é um dos oito estados da federação que têm apenas UMA ÚNICA universidade federal. E esta luta, na região sul-sudoeste do Maranhão, já tem, pelo menos, trinta anos” escreveu numa rede social o vice-reitor da Universidade Federal do Maranhão, professor Marcos Fábio

Ontem, por telefone, Marcos Fábio, reiterou a importância da criação dessa nova  instituição de ensino superior. Segundo ele não se trata de um movimento com clima de beligerância mas a continuidade de uma luta {harmomiosa} que tem mais cerca de trinta anos que tem o apoio da atual reitoria e que caminha a passos largos para se tornar realidade.  “ Uma luta de todos que querem o bem do Maranhão, notadamente da região tocantina” concluiu. (Assessoria do senador Roberto Rocha)

Na sessão legislativa híbrida desta terça-feira (28), a Câmara Municipal de São Luís aprovou o Projeto de Lei 046, de autoria da Prefeitura de São Luís, que trata sobre as diretrizes para elaboração e execução da lei orçamentária de 2021. O projeto voltou ao plenário após tramitar na Comissão de Orçamento, Finanças, Planejamento e Patrimônio da Casa.

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) tem o papel de estabelecer as diretrizes e regras para elaboração e execução do orçamento municipal para o ano seguinte, além de definir parâmetros, metas e riscos fiscais para nortear todo o planejamento orçamentário e financeiro de cada exercício. Ela também trata dos aspectos relacionados às prioridades e metas programáticas.

Segundo o presidente da Comissão de Orçamento, Finanças, Planejamento e Patrimônio da Câmara, vereador Dr. Gutemberg Araújo (PSC), o Legislativo Municipal cumpriu o cronograma estipulado, mesmo com a crise do novo coronavírus.

A Câmara realizou uma reunião e uma sessão extraordinária com membros da Prefeitura de São Luís. Também foi aberto espaço para consulta pública da população e a projeto foi aberto para o acréscimo de emenda dos vereadores.

“Arrecadação tem caído por causa da pandemia, mas fizemos o melhor para população de São Luís. O próximo prefeito enfrentará um grande desafio e a Câmara estará empenhada para fazer o melhor pela cidade”, disse o Dr. Gutemberg.

O Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias foi elaborado com a contribuição de todos os órgãos da administração municipal e foi coordenado pela Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento (SEPLAN). O PL está estruturado em 8 capítulos com 79 artigos e 9 anexos.

Para o relator da LDO na Comissão de Orçamento, vereador Raimundo Penha (PDT), a análise desta peça exige muita cautela, porque as previsões serão executadas pelo próximo prefeito. “Este é o último ano desta legislatura e precisamos ter responsabilidade de deixar um orçamento bem elaborado para nossa cidade. É necessário explicar a importância da LDO para população”, destacou.

De acordo com o vereador Estevão Aragão (DEM), o próximo prefeito precisa cumprir categoricamente o que está previsto na LDO, porque ela representa o anseio dos ludovicenses.

“É lamentável que a Câmara aprove os projetos e o Executivo Municipal não siga o que foi orientado. Essa situação já se repetiu várias vezes durante essa gestão. É preciso compromisso com esta Casa e com os moradores da cidade”, exclamou.

Os vereadores aprovaram a Lei de Diretrizes Orçamentária por unanimidade. O Projeto foi encaminhado para sanção do Prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

1 2 3 4 634