Monthly Archives: abril, 2020

Wellington do Curso quer saber onde Flávio Dino está gastando vários milhões e cobra transparência em meio aos vários casos de mortes pelo covid-19.

Hoje fui à UPA da Cidade Operária. Após solicitação do Mário, filho do José de Ribamar, de 78 anos, que estava com fortes sintomas da COVID-19, entubado e aguardava desde o dia 22 para ser transferido para uma UTI.

O tempo passou e o José de Ribamar hoje veio a óbito. Morreu antes de ser transferido para a UTI.

Mais uma pessoa morreu porque não foi transferida para um leito de UTI. Não é a primeira denúncia que estamos fazendo! ONDE ESTÃO OS LEITOS DE UTI?

Como podemos acreditar num governador que mente dizendo que tem leitos de UTI?

Como que faz isso com os maranhenses? Como?

Flávio Dino, preste contas!

Em memória dele e de tantos outros maranhenses que estão morrendo por falta de atendimento, pare com essa politicagem nojenta. A população quer leito de verdade e não morrer enquanto espera.Aos familiares do senhor José de Ribamar, que confiaram em mim, peço desculpas por não termos conseguido a transferência a tempo. Lutamos, mas infelizmente não deu tempo! Estou muito triste! Familiares e amigos, deixo meus sentimentos. Meus pêsames! .

Agradeço o carinho e atenção de todos que se preocuparam com a minha exposição e risco.

MAS VOU CONTINUAR FISCALIZANDO, DENUNCIANDO E COBRANDO UMA SOLUÇÃO!

Vou lutar até o fim para que isso deixe de acontecer. (Trecho do blog do Neto Cruz)

Fica em casa, não venha morrer na porta das UPAs de Flávio Dino:

Contrastes entre a dura realidade e publicidades enganosas: Em São Luís, a capital do Maranhão, “doentes de coronavírus então morrendo nas portas dos hospitais”, denunciam motoristas.

Já passam de 100 óbitos pelo covid-19, São Luís não tem leitos, “melhor governo” só existe na propaganda…

Diferente daquilo que é anunciado como sendo “o melhor governador do Brasil”, quem mora em São Luís, sabe das dificuldades, principalmente se precisar de tratamento de saúde.

Sâo Luis tem o melhor carnaval, o melhor reggae, até dinheiro pra “museu do reggae” se manda, mas para leitos do covid-19, os investimentos só aparecem nas propagandas, nas telas da Globo e SBT.

A capital do Maranhão tornou-se em pouco tempo, a segundo pior do Brasil, em breve estará tomando o primeiro lugar de pior em tudo.

Confira o desespero na UPA:

 

Resolveu apareceu em péssimo momento.

A senadora comunista-cristã, Eliziane Gama, que até recentemente era chamada de “piradinha” pela turma da Difusora FM, resolveu aparecer “do nada” e pedir impeachment do presidente Bolsonaro.

“Pela primeira vez, temos indícios claros que podem justificar a abertura de um processo para o impeachment do presidente”, apelou a senadora que faz papel de ventríloqua do comunismo.

Eliziane, que se diz crente, deveria deixar politicagens de lado, nesse momento difícil, poderia ser mais humana, e cobrar do governador do Maranhão, Flávio Dino, mais leitos para a população da capital, que está morrendo nas portas dos hospitais  sem o devido cuidado.

Roberto Rocha analisa a retórica dos que perderam no voto, e fala sobre o desejo dos que foram derrotados voltarem a todo custo ao poder, ainda que tomando na força, desrespeitando por completo o direito dos eleitores.

A recente crise provocada pela demissão do ministro Moro já ouriçou os profetas do apocalipse. Não importa as declarações do presidente da República, se a narrativa já está dada de antemão, disse o senador Roberto Rocha, logo após o pronunciamento do presidente Bolsonaro.

Vale a pena votar?

Que garantias estão sendo promovidas na atualidade pelos políticos aos eleitores?

Defensor de que o político eleito de forma democrática, através do voto, possa desfrutar de seu mandato, sem impedimentos, o senador Roberto Rocha do PSDB do Maranhão, fez uma importante análise acerca dos últimos acontecimentos da política. Confira abaixo:

Meus caros amigos, prestem bem atenção no que estou dizendo. Claro, ninguém é obrigado a concordar, mas presta atenção.

Somos um país mercurial.

Nas redes sociais, senador fala sobre respeito à vontade do povo, de democracia, usando a imagem de Bolsonaro

Construímos nossa democracia com o esforço e o sacrifício de muita gente, mas não protegemos o maior bem que ela nos oferece, que é o respeito à vontade soberana do povo.

Qualquer crise acende logo a chama pela saída gravíssima do impeachment. Temos já dois presidentes nesse cadafalso e alguns governadores, senadores, deputados e centenas de prefeitos.

O nosso temperamento mercurial não aceita nada menos que a pena de morte política como solução capital. É como se tivéssemos sempre renovando os mandatos, manu jurídica, quando esse é o papel que compete somente à vontade popular, por meio do voto.

A recente crise provocada pela demissão do ministro Moro já ouriçou os profetas do apocalipse. Não importa as declarações do presidente da República, se a narrativa já está dada de antemão.

Alguém acha mesmo que o presidente iria desvalorizar o capital ético que o ministro Moro emprestava ao seu governo, por conta de ter acesso a investigações sigilosas de inquéritos da PF?

Alguém acha que um corpo técnico de valor, como o da Polícia Federal, se sujeitaria a rasgar o seu papel constitucional, em tramas menores?

No fim, ficam as brigas de versões pessoais do caso. Disse ou não disse, falou ou não falou? Fica por conta de a imprensa desvendar quem está dizendo a verdade. O que não pode é se desfazer da vontade expressa nas urnas com a facilidade com que se descarta uma embalagem usada.

A democracia só se fortalece se a vontade popular for respeitada em eleições livres e soberanas.

Pela boa desenvoltura e demonstração de conhecimento técnico, ligado aos fatos, o vereador Prof° Sá Marques foi um dos escolhidos para participar dos debates e elaboração de ações voltadas para o combate ao novo coronavírus na capital São Luís.

Vereador Sá Marques

A capital maranhense é disparada a cidade com maior número de casos confirmados do novo coronavírus, são mais de dois mil.

São Luís é a segunda capital com mais número de casos confirmados proporcionalmente, ficando atrás apenas de Fortaleza. Daí da importância e do papel fundamental dos vereadores na luta para reduzir os números elevados em São Luís envolvendo a Covid-19.

Sá Marques faz parte da Comissão que está acompanhando todos os trabalhos do Poder Executivo de São Luís no que diz respeito ao combate a Covid-19. Doença que já matou 100 pessoas só no estado do Maranhão.

“De forma propositiva, observado inclusive os custos de todo o processo. Ao lado do vereador Honorato Fernandes, do vereador Pavão Filho que é líder do Governo na Câmara, do vereador Raimundo Penha que é membro da Comissão de Orçamento e vice-líder do Governo na Câmara, do vereador Dr° Gutemberg que é médico e também representa a Comissão de Orçamento e o vereador Osmar Filho, presidente da Câmara Municipal de São Luís. Estamos empenhados pensando especialmente na preservação da vida das pessoas”, destacou o vereador Sá Marques.

Vale lembrar que a Câmara já disponibilizou mais de R$ 6 milhões para auxiliar no combate a Covid-19 em São Luís.

Reveja aqui:

Foram já vários outros projetos aprovados pela Câmara de São Luís para ajudar à população durante este período de pandemia.

Reveja aqui:

Dia triste para o povo brasileiro: Saída de Moro do governo só agradou os corruptos e seus defensores…

Nada novo, desde que o Brasil tornou-se República, que ministros entram honrados e saem desonrados. Desta vez não foi diferente, pelo menos não foi por corrupção, como era costume no passado recente.

A lição que fica: Continência se bate para cima e não para baixo…

Sérgio Moro saiu por um motivo injustificável, e o que é pior, saiu atirando, acusando quem jurou ser fiel: o presidente Bolsonaro, indo parar na tela da Rede Globo. Quanta baixaria.

Ségio Moro, Wilson Witzel, Flávio Dino: exemplos classicos de ex-juizes que entraram na política para causar problemas.

Se não bastassem Dino e Witzel, agora temos o ex-juiz Moro, que prendeu o Lula e deverá estar do seu lado, talvez no colo.

Ficou claro que a saída de Moro foi um golpe duro no governo, uma das piores coisas que já aconteceram desde que Bolsonaro assumiu a presidência do Brasil sob oposição ferrenha dos corruptos, que não deram trégua.

Esperava-se mais do ministro da Justiça, Moro caiu por desobedecer o chefe, a partir de agora deverá sentar no colo da esquerda de Lula. A partir de agora, todo o esquema corrupto deverá se unir em torno das palavras do ex-juiz.

Sobre a saída do ex-juiz, e agora ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro, que abriu uma crise desnecessária, mostrou que existe uma falta de articulação gritante no governo do presidente Jair Bolsonaro.

Esperava-se mais, esperávamos que a crise fosse contornada, os ânimos contidos, mas não. A saída de Moro expôs não apenas os podres; as roupas sujas tiveram que ser lavadas em pleno horário nobre na tela da Globo.

Quem perdeu foi quem não segurou seu ímpeto maior, Moro, que saiu atirando, deverá cair no colo de Lula e todos que odeiam o Brasil.

Deixarei um vídeo que pode ajudar a esclarecer melhor sobre a saída de Moro, confira abaixo:

 

Após sofrer por vários dias sem um leito da rede pública do estado, o pior aconteceu na madrugada desta sexta-feira,24 de abril.

Sabem o relato sobre o pai da jovem que escreveu numa postagem anterior,que temia pela saúde de seu pai?

Faleceu hoje sem direito a um leito, o pai dessa jovem que recorreu até para a Justiça, para que seu pai que sofreu por vários dias até “descansar” na madrugada de hoje, 24 de abril.

Por vários dias essa jovem tentava internar o pai e não conseguia.

Após várias idas e vindas, sendo dispensado para sua casa mesmo fraco e passando mal, deixaram que o doente de covid-19 ficasse num leito comum duma Upa, enquanto a família lutava na justiça por uma internação numa UTI para tratar do covid-19, mas acabou falecendo hoje.

Veja a mensagem do whatsapp sua emocionante despedida do pai:

Por meio de emenda do senador Roberto Rocha (PSDB), o Hospital Universitário Presidente Dutra, da Universidade Federal do Maranhão (HU-UFMA), vai adquirir 50 novos leitos de UTI e 90 leitos de enfermaria para tratamento exclusivo de pacientes com Covid 19.

Segundo o senador, já estão funcionando 20 leitos de UTI; na próxima semana irão funcionar mais 20 e daqui a 15 dias mais 10, totalizando mais de 50 leitos que estarão disponíveis para os pacientes infectados no Maranhão.

“Estamos conseguindo os equipamentos, principalmente respiradores, insumos e recursos para contratar profissionais. Diante do alerta do prefeito de Teresina, estamos trabalhando, também, para abrir nos próximos dias um Hospital de Campanha na cidade de Caxias”, anunciou Roberto Rocha.

Em entrevista ao JMTV, na TV Mirante, o reitor da UFMA, Natalino Salgado, disse que a estrutura adicional foi pensada com base na necessidade de ampliação da capacidade de atendimento do hospital, uma vez que todos os 20 leitos, inicialmente disponíveis, já estão ocupados.

Ele afirmou ainda que a expectativa é que a dinâmica melhore o atendimento à demanda de leitos para casos mais graves no estado.

“Está havendo um aumento de número de casos confirmados e, consequentemente, aumento da procura de leitos de UTI. E quanto mais cedo atendermos às pessoas que estão contaminadas, mais vidas vamos salvar”, afirmou Natalino.

Agentes do Exército Brasileiro, por solicitação da Prefeitura Municipal de São José de Ribamar, realizou a desinfecção das áreas externas e internas do Complexo Hospital e Maternidade de São José de Ribamar. O objetivo é prevenir contágios pelo Novo Coronavírus.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, além da área externa do Hospital (frente, laterais e fundo), as salas de medicação, recentemente ampliada, classificação de risco e de isolamento, destinada para receber os casos de COVID-19, também foram higienizadas.

Já na maternidade, a área externa foi totalmente higienizada, além das áreas de fluxo comum. Tudo para combater a propagação do vírus. A ação contou com cerca de 10 homens do 24º Batalhão de Infantaria de Selva.

Segundo o prefeito Eudes Sampaio, essa ação vem se somar a todas as outras já adotadas no município no enfrentamento à pandemia do Novo Coronavírus.

“Solicitei ao comandante do 24. BIS, Tenente Coronel Sousa Filho o serviço para o nosso complexo hospitalar, que nos atendeu prontamente. Essa higienização é mais uma das inúmeras ações já adotadas para combater a propagação do vírus em nossa cidade. Iremos continuar trabalhando no enfrentamento a esse vírus e cuidando da saúde dos ribamarenses”, reforçou o gestor.

Para o Capitão Marco Nobre, que comandou a operação na cidade, essa parceria entre a Prefeitura e o Exército Brasileiro potencializa as forças de combate ao COVID-19.

“O Exército Brasileiro, por meio do 24º Batalhão de Infantaria de Selva, se une aos municípios e sociedade no combate à pandemia do Novo Coronavírus. Essas parcerias, em Ribamar, solicitada pelo prefeito Eudes Sampaio, visam potencializar os bons resultados no combate à COVID-19. O Exército sempre estará disposto a ajudar a sociedade brasileira nesse ou em qualquer momento de crise”, garantiu o Capitão Marco Nobre.

Ele lembra ainda que “essa atuação do Exército está respaldada em decreto federal, que autorizou o emprego de tropas das forças armadas no combate ao Coronavírus”.

De acordo com o boletim epidemiológico da COVID-19, divulgado nesta quarta-feira (22), São José de Ribamar possui 149 casos suspeitos, 120 confirmados e 68 descartados. Até o momento foram registrados 07 óbitos e 09 pessoas curadas.

Bancada da corrupção quer “diálogos”. Jornalismo baseado em fuxicos usando “fontes” ligadas a Rodrigo Maia aprontaram outra vez…

“Fuxicos” são usados como “fonte” para atacar Bolsonaro, na maioria, inimigos ligados a Rodrigo Maia…

Outra fakenews comunista desmentida, Sérgio Moro continua ministro da Justiça, apesar das “fontes” usadas pelo “jornalismo” anti-Bolsonaro serem de inimigos declarados de governo Bolsonaro, na maioria deputados petistas, ou dissidentes do PSL, antiga legenda do presidente.

Noutra tetativa de enfraquecer governo, inimigos tentam, através de informações falsas, atingir Bolsonaro.

Revista Forum de São Paulo usa “fontes” ligadas a Maia para deturpar fatos e criar versões da verdade…

Para piorar, vazaram “conversas” de deputados do PT, do PSL, e até de um deputado comunista do Maranhão, dando como certa a queda de Moro, ainda hoje, ao meio dia…

O pior que o “jornalismo” da imprensa anti-Bolsonaro não tomou por base nenhuma voz, ou palavra do presidente Jair Bolsonaro, ou declaração do ministro Sérgio Moro, apesar disso, já assinaram até sua demissão por simples palavras dos comunistas.

Pode isso?

1 2 3 4 9