Monthly Archives: maio, 2020

A Prefeitura de São José de Ribamar continua realizando ações de combate e conscientização da população sobre os perigos da COVID-19, especialmente em localidades onde ainda existe a maior circulação de pessoas.

Na última terça-feira (26), a Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho e Renda (Semas) realizou a entrega de 5 mil de máscaras de pano na Praça do Outeiro, para moradores da região. A entrega do equipamento, é fruto do chamamento público para credenciamento de costureiros (as) para a fabricação de milhares de máscaras.

Além de promover o apoio e fortalecimento da renda das dezenas de costureiras cadastradas no programa, a ação também incentiva os ribamarenses ao usar as máscaras, principalmente em locais públicos, objetivando a estabilização efetiva na curva de crescimento de novos casos da Covid-19 no município.

Neste primeiro ponto de distribuição, foi montada numa tenda no Viva do Outeiro, respeitando todas as orientações das autoridades de saúde quanto ao distanciamento e os demais protocolos de higienização. As máscaras ainda serão distribuídas também em mais bairros.

De acordo com a responsável pela distribuição, Alita Massarona, as entregas proporcionam à população a primeira e uma das principais defesas contra o Coronavírus. “Enquanto estamos entregando as máscaras sempre chamamos a atenção das pessoas sobre a importância de sua utilização. Fazemos esse trabalho de conscientização para que as pessoas usem as máscaras e evitem sair de casa sem que seja necessário”, relatou.

A medida, de acordo com o prefeito Eudes Sampaio, visa fomentar a economia local e garantir trabalho e renda aos ribamarenses durante esse período.

“A máscara é muito importante no combate ao contagio da COVID-19. Além disso, estamos gerando emprego e renda para os ribamarenses nesse momento de crise de pandemia. São medidas como essa que nos fazem ter certeza que vamos vencer essa batalha contra o Novo Coronavírus”, enfatizou o gestor.

O provedor da Santa Casa de Misericórdia de Cururupu- MA, Alcides Tavares, enviou ofício ao senador Roberto Rocha (PSDB), para agradecer, em nome da entidade, pela intercessão do parlamentar no desembaraço, junto às autoridades brasileiras, sobre uma ajuda humanitária canadense que estava retida, desde setembro de 2018, no Porto de Pecém, no Ceará.

Segundo o provedor, a carga continha remédios e equipamentos, tais como aparelho de RX, aparelhos de anestesia, respiradores, monitores multiparamétricos, aparelho de ultrassom, berço térmico para recém nascido, cardioversor, além de outros materiais hospitalares para auxiliar no atendimento aos pacientes da Santa Casa, único hospital de média/alta complexidade da região ocidental do estado, e que atende os municípios de Cururupu, Serrano do Maranhão, Bacuri, Apicum- Açu, Mirinzal, Central, Guimarães, Cedral e Porto Rico.

“Agrademos muito ao senador Roberto Rocha e toda a sua equipe, que não mediram esforços para que essa doação chegasse ao seu destino. Esses equipamentos hospitalares vão ajudar muito os nossos pacientes 100% do SUS”, afirmou Alcides.

Outras solicitações feitas pelo gestor da entidade filantrópica de Cururupu, também foram atendidas pelo senador Roberto Rocha, que tem priorizado ações em prol da Saúde para ajudar vários municípios maranhenses durante a pandemia do coronavírus.

Na semana passada, a Santa Casa da Misericórdia de Cururupu foi beneficiada com a primeira parcela de recurso do Governo Federal na ordem de R$ 518.730,94.

O dinheiro é um auxílio emergencial, em duas parcelas, que o  Ministério da Saúde destinou para ajudar as Santas Casas e os hospitais filantrópicos sem fins lucrativos que participam de forma complementada de Sistema único de Saúde (SUS), de todo o Brasil, a atuarem de forma coordenada no controle do avanço da pandemia do Covid 19.

Por intermédio de Roberto Rocha, além de Cururupu, mais cinco entidades filantrópicas maranhenses foram beneficiadas com o auxílio financeiro, sendo 04 de São Luís e uma do município de Balsas.

A entidade

A Santa Casa da Misericórdia de Cururupu é uma entidade beneficente sem fins lucrativos. Por meio de convênio, a unidade recebe apoio financeiro da Secretaria de Estado da Saúde (SES). Atualmente, ela possui 100 leitos e oferta atendimentos em especialidades básicas, internações, cirurgia, clínica médica, obstetrícia, mamografia, tomografia, anestesiologia, ultrasssom, RX ortopedia, exames laboratoriais, apoio diagnóstico, dentre outros atendimentos.

A entidade realiza uma média de 1.300 partos por ano e 15 mil atendimentos por mês, sendo referência para 9 municípios da região.

Coisa de petista derrotado:

Montagem para atacar evengélicos:  pessoas orando de joelhos na Praça dos Três Poderes, de forma pacifica, dando entender que uma mulher armada de revólvers está no mesmo ambiente

O site Brasil 247, citado em processo pela Operação Lava Jato da Polícia Federal por receber dinheiro de esquemas de corrupção dos governos do PT aprontou novamente.

Noutra postagem ridícula, com intuito de distorcer a verdade dos fatos, fez uma montagem absurda com cristãos que fazem orações em manifestação de apoio ao Brasil e nosso presidente. Essa turma que se diz “jornalista” e faz “militancia”, parece que ainda não aceitou a derrota do PT nas urnas, em 2018.

O site Brasil 247, conhecido no submundo pela alcunha de Brasil 171, é sempre lembrado pelas práticas de deturpar os fatos:

Abaixo, trecho dos jornalistas Reinaldo Azevedo e Agusto Nunes sobre o site petista:

A devassa do porão de um site 171 vai antecipar a dedetização da esgotosfera.

Está pronta para sair do forno da Câmara uma CPI dos Crimes da Internet, proposta pelo deputado Sibá Machado, líder da bancada do PT. Como essa raridade da fauna amazônica ainda não foi devassada pela ciência, ignora-se o que pretendia o parlamentar do Acre ao disparar o tiro no pé: comandada pela maioria antigovernista…

Site Brasil 247 recebeu dinheiro do petrolão a pedido do PT, diz despacho do juiz Moro

Por Gabriel Castro, na VEJA.com: Em um despacho proferido nesta segunda-feira, o juiz Sérgio Moro afirma que o dinheiro do petrolão foi usado para bancar o site Brasil 247 a pedido do Partido dos Trabalhadores. Os repasses foram feitos pela Jamp, uma empresa de consultoria controlada pelo lobista Milton Pascowitch.”Considerando que a Jamp era…

Grupo terrorista bancado pela esquerda teria chegado ao Brasil para incitar ódio em manifestações de rua em apoio ao presidente Bolsonaro. Bandeiras dos Antifas foram empunhadas por manifestante usando máscaras em eventos desse domingo, 24.

Veja nas imagens em Porto Alegre que seriam de milicianos, alguns pararam carros e agrediram motoristas que estavam com bandeira do BRASIL, os agressores gritavam “recua fascista”.

Bandeira do Antifa

O Grupo terrorista Antifa tem como objetivo bloquear as manifestações populares e usará a força e todos os métodos necessários para impedir o crescimento dos protestos no Brasil. Organização terrorista doméstica patrocinada por Soros nos EUA pode ter sido chamada pelo Fórum de SP para atuar no Brasil.

O objetivo seria promover o ódio, a violência e a divisão como fazem nos EUA.

Por hora, ainda que derrotados em 2018, a bancada antissemita (deputados que lutam contra a aliança do Brasil e Israel, EUA)estariam apoiando os eventos.

Faz parte de mais uma ação desesperada da esquerda. Tática guerrilheira a principio deverá agir em eventos de patriotas, mas poderá agir contra a integridade de políticos.

Milicianos pararam carros e agrediram manifsstantes pró-Bolsonaro

Apoiado pelo Fórum de São Paulo, governadores Lulo-petistas derrotados em 2018, podem ter financiado o grupo guerrilheiro para meter o terror e dificultar ainda mais a vida do sofrido povo de uma nação que cansou dos corruptos no poder.

Neste sentido, vale uma rápida observação nas palavras do criminoso Zé Dirceu, que estava cumprindo pena,por crimes por corrupção, mas o STF libertou.

“Dentro do país, é uma questão de tempo pra gente tomar o poder. Aí nós vamos tomar o poder, que é diferente de ganhar uma eleição”.

Zé Dirceu seria apenas um dos que tramam dia e noite, com auxílio de outras forças contrárias ao governo federal, a queda do presidente do Brasil.

Milícia:

Assim que Bolsonaro ganhou de Haddad, que foi o substituto de Lula nas eleições de 2018, os comunistas começaram chamar Bolsonaro de chefe de milícia do RJ, e que tinha planejado o assassinato uma vereadora por nome Marielle.

A velha máxima comunista ensinada por Lennin, por derrotados que não aceitam os desfechos das urnas e tentam todo instante derrubar o presidente.

“Acuse-os do que você faz, xingue-os do que você é”, desta feita, a chegada do grupo terrorista ao Brasil deverá causar brigas e confusões nos eventos de rua em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, talvez em alguns estados governador por comunistas que odeiam Israel e EUA.

Uma comissão de vereadores instituída pela Câmara Municipal de São Luís, composta pelo presidente da Casa, Osmar Filho (PDT) e, pelos vereadores Dr. Gutemberg (PSC), Raimundo Penha (PDT) e Pavão Filho (PDT), visitou, na tarde desta terça-feira (26), a central do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), no bairro do Filipinho.

A visita, que foi acompanhada da diretora geral da instituição, Viraneide Maciel, e pelo diretor técnico Michael Marques, é mais uma das ações do Legislativo Municipal dentro do cronograma criado pela instituição para fiscalizar os serviços da Prefeitura em meio à pandemia do novo coronavírus.

De acordo com o diretor técnico do Samu, foram necessários alguns ajustes para este momento de pandemia, particularmente no que diz respeito aos Equipamento de Proteção Individual (EPI).

“A gente já tinha a prática do uso de EPI’s para doenças aerosolizantes, como tuberculose e H1N1, mas no Covid é diferente. Tivemos que fazer o requerimento de alguns EPI’s que até o momento a gente não tinha na instituição, como protetor facial e de proteção ocular, macacão e avental impermeável e, as máscaras de alta filtração, que a gente não tinha em quantidade suficiente para este momento de pandemia”, disse Michael, destacando que foi necessário, ainda, adequar a instituição para a correta desinfecção dos servidores responsáveis pelo atendimento e das ambulâncias.

“Dando continuidade ao trabalho da comissão de vereadores para fiscalizar os serviços da Prefeitura em meio a esta pandemia, viemos ao Samu, dialogar com os servidores que estão na linha de frente no atendimento aos doentes com suspeita do coronavírus e pudemos ver como este trabalho vem sendo desenvolvido e, as condições de trabalho destes profissionais”, falou Osmar Filho, dizendo-se satisfeito com o que encontrou.

Médico, o vereador Gutemberg se disse satisfeito com a visita, pois foi mostrado todo o trabalho que a instituição executa e as condições de trabalho dos profissionais que ali atuam: Vimos que realmente não há falta de EPI.

Para o vereador Pavão Filho a visita foi muito produtiva. “Pudemos ver que o Samu, que é o coração do atendimento do 192, com 13 ambulâncias para atender mais de um milhão de habitantes, está prestando um serviço para a população de uma forma muito profissional e dedicada”, pontuou.

Nesta última segunda-feira (25), a comissão de parlamentares esteve na Central de Armazenagem e Distribuição Municipal da Secretaria Municipal de Saúde (Semus).

Nos próximos dias as visitas se concentrarão nas Unidades Básicas de Saúde da capital.

 

Em plena pandemia do coronavírus, hospitais do Maranhão, inuagurados em época eleitoral, e logo depois foram fechados pelo governador Flávio Dino.

Pior que isso é que nada nem ninguem fas nada contra.

É desta forma que o Maranhão atual vive sob os desmandos do comunismo.

Quem será que o vcomunista vai tentar jogar a culpa desta vez, como sempre faz, em Roseana, Bolsonaro?

Importate análise feita pelo jornalista Alexandre Garcia:

Seria tão simples tratar a doença causada pelo vírus chinês, mas os governadores do Nordeste não aceitam o tratamento que existe há mais de 10 anos com cloroquina, que custa barato, esvazia as UTI´s, e não causa ROUBALHEIRA.

Abaixo, trecho da Folha Política:

Roubalheira sai mais caro que a cloroquina

Na Operação Dispneia, Polícia Federal investiga superfaturamento de respiradores em Fortaleza.

A Polícia Federal cumpre nesta segunda-feira (25) oito mandados de busca e apreensão em domicílios, empresas e órgãos públicos, em Fortaleza e São Paulo. A ação faz parte da Operação Dispneia, em parceria com o Ministério Público Federal e a Controladoria-Geral da União (CGU).

Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal do Ceará, por causa do inquérito policial que apura malversação e desvio de recursos públicos federais, bem como crimes previstos na Lei de Licitações (Lei 8.666/93), na aquisição de equipamentos respiradores para enfrentamento da covid-19 em dois procedimentos de dispensa de licitação realizados pela Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza. A PF investiga a contratação de uma empresa paulista “de duvidosa capacidade técnica e financeira para entrega dos equipamentos”.

De acordo com a PF, a prefeitura de Fortaleza adquiriu respiradores pelo valor unitário de R$ 274 mil, enquanto o governo do estado do Ceará pagou em cada equipamento, com a mesma especificação, R$ 117 mil. O modelo do aparelho é vendido no Brasil por R$ 60 mil.

A investigação identificou que, além da ausência de capacidade técnica e financeira da empresa contratada, houve superfaturamento dos valores pagos pelos equipamentos, que atingiram o montante de R$ 34,7 milhões. A estimativa dos investigadores é que o potencial prejuízo aos cofres públicos pode chegar a R$ 25,4 milhões.

Segundo a PF, a operação não trará prejuízos à continuidade do serviço público de saúde, inclusive, não estão sendo apreendidos equipamentos que são utilizados para o atendimento à população na rede hospitalar. Os investigados poderão responder, na medida das suas responsabilidades, pelo crimes de peculato, tipificado no Artigo 312 do Código Penal, e de crime de dispensa irregular de licitação, previsto no Artigo 89 da Lei 8.666/93.

As informações são da Agência Brasil.

Vapt-vupt, OMS?

Orgãos aparelhados pelos comunistas  tentam impedir a cura do vírus chinês usando hidroxicloroquina. Abaixo, trecho do site Crítica Nacional.

A Fraude Científica da Revista The Lancet & da OMS Contra a Hidroxicloroquina:

Uma operação de fraude científica em escala mundial está em andamento contra o uso da hidroxicloroquina. A fraude está sendo executada pela Organização Mundial de Saúde e pela revista médica britânica The Lancet. O estudo publicado pela revista a rigor não é um estudo, mas um survey (levantamento) de registros de casos, onde a hidroxicloroquina foi administrada a pacientes já em estágio avançado grave da doença do vírus chinês.

Diversas experiências no mundo mostram que o medicamento deve ser administrado nos primeiros dias, e seu uso em estágio avançado não produz efeito e não impede que o paciente evolua para o óbito. O que a OMS e a revista The Lancet estão criminosamente fazendo é atribuir à hidroxicloroquina a causa das mortes destas pessoas, o que constitui uma gigantesca fraude científica.

Em decorrência desses “estudos”, a OMS decidiu suspender as pesquisas que vinha fazendo com o medicamento. Essa suspensão poderá fazer com que em alguns países os médicos fiquem proibidos de prescrever o medicamento no início da doença para seus pacientes, condenando assim milhares deles a morte.

 

Hospitais fechados:

Roberto Rocha denuncia hospitais fechados em plena pandemia do covid-19

Senador cobrou o chefe do Executivo maranehense a aplicação de mais de cem milhões enviados pelo presidente Bolsonaro, e denunciou hospitais fechados que foram “inaugurados” em época eleitoral, logo depois fechados, que poderiam estar salvando vidas em plena pandemia do covid-19.

Após fazer cobranças ao governador Flávio Dino (Executivo) senador Roberto Rocha (Legislativo) foi alvo de ataques baixos em rádios e redes sociais, no momento em que busca benefícios ao povo do Maranhão.

Não tem como negar que o senador Roberto Rocha (PSDB-MA) tem feito um excelente trabalho no Legislativo brasileiro. Foi isso que deixou bem claro ao longo desta pandemia de covid-19, ajudando o estado com vários milhões.

A intenção da milícia digital é enganar a opinião pública com enxurradas de mentiras.

Ingratidão:

Se os aliados do comunismo fossem democráticos, não estariam fazendo o jogo sujo, perseguindo, tentando atingir a honra de quem tem ajudado o governo que estava sem as mínimas condições de enfrentar uma pandemia mortal após os festejs carnavalescos e, portanto, sem dinheiro nos cofres.

Abaixo, fakenews jogada nas redes sociais para atacar o membro do Legislativo, que fiscaliza as aplicações dos recursos do Executivo:

Na peça criminosa, o termo “senador 2%” tem sido repetido nas emissoras comunistas sobre a baixa performance eleitoral de 2018, momento em que a máquina pública foi derramada irresponsavelmente.

Na imagem jogada nas redes sociais, criminosamente por milicianos digitais, senador sendo covardemente atacado.

 

O senador Roberto Rocha destinou recursos, por meio do Ministério de Desenvolvimento Regional para a recuperação de estradas vicinais do município de João Lisboa. Sobre a obra, trata-se de serviço de adequação de estradas vicinais ao longo da MA – 122, nos trechos que compreendem o povoado Capemba D’Água, com extensão de 36 Km, e de Capemba D’ Água ao povoado Arapari, com extensão de 12,6 Km.

A obra , que já está em andamento, é uma antiga reinvindicação da região, considerando que o município de João Lisboa possui a grande maioria de sua população vivendo no meio rural, sendo composto por famílias de pequenos agricultores que compõem a base da economia local.

O município tem, entre as potencialidades do setor agrícola, a produção de cana-de-açúcar, mandioca, banana, feijão, milho e arroz com produção média de 77 toneladas ao ano. A adequação das estradas será de muita importância para o escoamento dessa produção, devendo aquecer a economia local, assim como deverá tirar a população do isolamento.

De acordo com o senador Roberto Rocha a recuperação dessas estradas vicinais deve amenizar as dificuldades enfrentadas pela população rural, no sentido de proporcionar mais qualidade de vida. Municipalista, o parlamentar maranhense destacou a importância da destinação de recursos para os municípios.

“Sabemos das dificuldades enfrentadas pelos gestores municipais em fornecer melhores condições de vida com os poucos recursos que vão para as prefeituras, portanto as parcerias com o Governo Federal são tão importantes. Dessa forma, os gestores municipais e a população dos municípios maranhenses podem ficar assegurados de que estarei sempre pronto ajudar meu estado”, garantiu Roberto Rocha.

1 2 3 4 10