Browsing: Ricardo Santos

O Instituto Cidade Solid√°ria e o Minist√©rio de Meio Ambiente, em parceria com a Ag√™ncia Nacional de √Āguas (ANA), abriram as inscri√ß√Ķes para o semin√°rio que vai discutir e fomentar iniciativas para a recupera√ß√£o das bacias hidrogr√°ficas no Maranh√£o.

O evento, cujo tema √© ‚ÄúRevitaliza√ß√£o dos Rios Maranhenses e Suas Nascentes‚ÄĚ, ocorrer√° no dia 24 de mar√ßo, no audit√≥rio da Federa√ß√£o das Ind√ļstrias do Maranh√£o- FIEMA, a partir das 9:h.

O semin√°rio tem como objetivo despertar o desenvolvimento de pol√≠ticas p√ļblicas, e promover a troca de experi√™ncias entre gestores p√ļblicos e profissionais de diversas √°reas, com o objetivo de discutir a revitaliza√ß√£o dos rios maranhenses.

Durante as mesas redondas, especialistas abordar√£o temas importantes como preserva√ß√£o, conserva√ß√£o e educa√ß√£o ambiental; seguran√ßa h√≠drica das bacias hidrogr√°ficas para a sustentabilidade; a√ß√Ķes de preserva√ß√£o dos mananciais de √°gua doce, entre outros temas sobre o meio ambiente. Al√©m das palestras, haver√° ainda o lan√ßamento do projeto de Planos de Nascentes dos Rios Mearim e Itapecuru.

Estarão presentes no evento o ministro do Meio Ambiente, deputado Sarney Filho (PV), a presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Kênia Marcelino, secretário Nacional de Aquicultura e Pesca, Davyson Franklin de Souza, o senador Roberto Rocha (PSB РMA), deputados federais, estaduais, prefeitos de vários municípios maranhenses, além de outras autoridades locais e regionais.

Para mais informa√ß√Ķes sobre o semin√°rio, basta entrar em contato pelo celular: 98/ 98877-4813, ou pelo e-mail [email protected]

 

O deputado estadual Sousa Neto (PROS) rebateu, na sessão plenária desta quinta-feira (9/2), o discurso do deputado Stenio Rezende (DEM), sobre a instalação do quartel do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) em Santa Inês.

O parlamentar esclareceu que a chegada dos Bombeiros naquele munic√≠pio ocorreu pelos esfor√ßos da classe empresarial e da popula√ß√£o, e n√£o por investimentos do governo Comunista e nem fruto de emenda parlamentar. ‚ÄúO que me traz aqui hoje √© o sentimento de injusti√ßa e da indigna√ß√£o na classe empresarial de Santa In√™s pelo discurso do deputado Stenio na √ļltima quarta-feira (8), aqui nesta tribuna. A ida dos Bombeiros para aquela cidade √© gra√ßas ao empenho dos empres√°rios e da sociedade, e n√£o pela emenda de R$ 1 milh√£o de sua autoria e pelo Governo do Estado‚ÄĚ.

Sousa Neto lembrou que essa √© uma reinvindica√ß√£o antiga dos moradores locais, e que o projeto foi iniciado ainda na gest√£o do ex-prefeito Valdivino Cabral Filho. ‚ÄúComo representante de Santa In√™s aqui nesta Casa, falo com propriedade porque conhe√ßo a minha cidade. Esse √© um sonho de anos daquelas fam√≠lias. Quando cheguei a esta Assembleia como parlamentar, desde 2015, venho cobrando para que Santa In√™s tenha um quartel dos Bombeiros‚ÄĚ.

Em seu pronunciamento, o deputado detalhou como se deu, verdadeiramente, o processo de implanta√ß√£o do quartel. ‚ÄúVamos √† verdade dos fatos. O pr√©dio onde funciona, hoje, a 9¬™ Companhia √© uma doa√ß√£o do empres√°rio Jo√£o do Comercial Ferronorte, que n√£o cobra aluguel. Todo o com√©rcio local se uniu. Os colch√Ķes, m√≥veis e at√© a limpeza do local foram feitos pelos comerciantes com a ajuda do presidente da Associa√ß√£o Comercial e atual secret√°rio municipal de Ind√ļstria e Com√©rcio, Fernando Ipiranga. O carro de combate a inc√™ndio foi levado de Imperatriz e a ambul√Ęncia de S√£o Luis. Vamos dar a C√©sar o que √© de C√©sar, fazer justi√ßa e agradecer aos empres√°rios. O povo de Santa In√™s repudia essas inverdades‚ÄĚ.

‚ÄúA emenda do deputado Stenio Rezende ainda vai ser colocada para comprar os materiais e equipamentos. Em 2015, destinei R$ 1 milh√£o e 675 mil para a gest√£o anterior. N√£o vejo esse fato como uma quest√£o pol√≠tica. Minha preocupa√ß√£o √© com o povo de Santa In√™s, e vou agradecer a cada emenda que for mandada para l√°. Este ano, j√° coloquei R$ 1,9 milh√£o a pedido da prefeita Vianey Bringel, para a √°rea da sa√ļde‚ÄĚ, informou.

Oportunismo e aumento de impostos

Ainda nesta quinta-feira (9), utilizando o tempo dos blocos, Sousa Neto criticou a postura do deputado Stenio Rezende. ‚ÄúO deputado Stenio √© um pol√≠tico oportunista. Porque esse interesse, s√≥ agora, por Santa In√™s? Por que ele n√£o pensou na cidade antes? Desafio o parlamentar a conhecer, verdadeiramente, a cidade. As obras que existem em Santa In√™s, a exemplo do hospital macrorregional, foram feitas ainda pela ex-governadora Roseana e pelo ex-secret√°rio Ricardo Murad, e inaugurado somente agora, depois de muita cobran√ßa minha aqui nesta Casa‚ÄĚ.

Sobre o aumento dos impostos pelo governo Fl√°vio Dino, aprovado pela bancada governista, ele questionou: ‚ÄúComo √© que um deputado que representa o Estado do Maranh√£o pode votar a favor do aumento dos impostos, que tanto vai penalizar o povo? Como √© que a pessoa pode dizer que representa um estado, um munic√≠pio, votando a favor do aumento dos impostos e contra o povo que mais precisa?‚ÄĚ, indagou. (Diego Emir)

O deputado Z√© In√°cio usou a tribuna da assembleia esta quinta-feira (09) para voltar a falar da situa√ß√£o da educa√ß√£o no munic√≠pio de Peri Mirim, onde 285 servidores aprovados no √ļltimo concurso da prefeitura, realizado em 2015, est√£o tendo seus direitos negados pelo atual gestor, Geraldo.

O ex-prefeito Jo√£o Felipe, ainda no ano passado, deu cumprimento ao que diz a Constitui√ß√£o Federal, nomeou e deu posse aos 285 hoje funcion√°rios p√ļblicos que foram aprovados no concurso. Estes tiveram seus sal√°rios de novembro e dezembro pagos, al√©m do 13¬ļ sal√°rio.

A situação é que o atual prefeito do município, Geraldo, vem ignorando o concurso e se recusa a pagar o salario dos servidores aprovados, o que vem gerando sérios problemas, já que estes iriam atuar na educação infantil e do ensino fundamental do município.

Um dos principais problemas ocasionados por essa situação é a falta de aula para as crianças da cidade, por falta de professores.

‚ÄúA educa√ß√£o de Peri Mirim clama por uma aten√ß√£o do poder p√ļblico, n√£o s√≥ de n√≥s, parlamentares, desta casa legislativa, mas tamb√©m do tribunal de contas do estado. Clama por uma aten√ß√£o do minist√©rio p√ļblico. E clama tamb√©m pelo poder judici√°rio que tome provid√™ncias para garantir que os servidores, regularmente nomeados e empossados, tenham direito a receber seus sal√°rios.‚ÄĚ, disse o deputado.

Outro agravante da situa√ß√£o √© o fato de o prefeito estar contratando pessoas para desempenhar as tarefas dos servidores concursados, j√° foram 200 contratados, al√©m de estar designando professores do programa federal Projovem Campo ‚Äď Saberes da Terra, para substitu√≠rem os professores aprovados no concurso.

Diante desta situação os 285 servidores e a população em apoio, estão ocupando a prefeitura de Peri Mirim, pacificamente, como forma de reivindicação.

‚ÄúAs autoridades p√ļblicas, sobretudo o minist√©rio p√ļblico estadual, devem tomar provid√™ncias para que seja garantida a lei, garantida a constitui√ß√£o para que n√£o seja regra a contrata√ß√£o tempor√°ria, e, sim, a nomea√ß√£o atrav√©s de concurso p√ļblico.‚ÄĚ, enfatizou Z√© In√°cio.

Palanque para Dino e Lula…

Sabem a razão dos governantes gastarem tanto dinheiro em propagandas e publicidades? Justamente para enganar a população, que é eleitor.

Qual a verdade por tr√°s das mentiras dos comunistas?

Querem a volta de Lula. Querem de volta o l√≠der m√°ximo da corrup√ß√£o. Fl√°vio Dino, embora n√£o fale sobre o assunto, libera seus secret√°rios e toda a estrutura p√ļblica do governo do Maranh√£o para pavimentar o fortalecimento do retorno de Lula. Essa dura realidade, o povo que sofreu com a corrup√ß√£o poder√° sofre ainda mais, se Lula e Dino, conseguirem fortalecer as insanidades ideol√≥gicas dos esquerdistas, que tantos males causaram ao Brasil e outras na√ß√Ķes.

Pior que Roseana Sarney:

Uso da m√°quina p√ļblica nas elei√ß√Ķes de 2016 foi real. Ser√° que em 2018 vai ser diferente?

Abaixo, secret√°rio de Estado montado na estrutura p√ļblica pavimentando a volta do l√≠der da corrup√ß√£o do Brasil.

Insanidades ideol√≥gicas do esquerdismo…

Abaixo, Fl√°vio Dino sem mascara no carnaval. Mostrando sua verdadeira fantasia:

O comunismo peca em querer investir o precioso tempo dos maranhense, que perderam 40 anos no atraso… ¬†Peca tamb√©m em investir ¬†os recursos em algo que a hist√≥ria j√° mostrou que n√£o serve para a humanidade.

Prova disso √© a tentativa de “remar contra a mar√©” do governador Fl√°vio Dino, que, mesmo montado na maquina com toda estrutura para melhorar a vida dos pobres, pretende mesmo √© catequizar a popula√ß√£o (esquerdizar) o povo pobre do maranh√£o. Loucura!

Mais mentiras…

O mesmo roteiro de Roseana Sarney. A situação é preocupante: Governo que investindo absurdo em propaganda para enganar a população.

Observem abaixo, assaltante, conhecido como¬†‚Äúadolescente infrator‚ÄĚ, que tinha assassinado pelo menos tr√™s pais de fam√≠lias, trabalhadores, mas, ¬†estava solto. O assassino de trabalhadores que agia sem ser importunado, deu azar de tentar assaltar um policial (que estava armado).

Enquanto isso, nas propagandas do governo comunista, a ilus√£o que o governo “investe na Seguran√ßa‚ÄĚ. S√≥ mentira! Comunistas investem em campanha eleitoral, o palanque para Lula e Fl√°vio Dino est√£o armado no Maranh√£o.

Em tempo de comunismo, é bom ficar atento.

Hoje no Maranh√£o, falseia-se a verdade para esconder a mentira. E assim, quem imaginou que os abusos praticados durante 40 anos, as mentiras, baixarias de campanhas, abusos do governo fossem acabar, enganou-se.

Comunistas fazendo elei√ß√£o aberta para o Lula…

‚ÄúSe ele for preso, na pior da hip√≥teses, n√≥s lan√ßaremos um candidato forte e um vice-presidente bem visto pela popula√ß√£o‚ÄĚ, garantiu um membro do Partido Comunista maranhense. N√£o est√° afastada a possibilidade de Fl√°vio Dino (PCdoB) com Ciro Gomes (PDT) √† presid√™ncia do Brasil.

Palanque comunista: Flávio Dino usando estrutura do governo para lançar o próximo presidente do Brasil, caso Lula seja preso.

Após apresentar cobranças da população quanto à recuperação e manutenção asfáltica, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), aceitou, o convite do deputado Wellington do Curso (PP) para vistoriar o andamento das obras nos trechos citados.

A vistoria está sendo realizada pelo Sr Gerardo de Freitas, Superintendente do DNIT, e por técnicos do órgão. A inspeção se iniciou nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira, 9, no Km 0 da BR-135, em São Luís, e vai até a cidade de Presidente Dutra.

O deputado Wellington disse que o clamor dos motoristas e moradores que trafegam pela BR precisa ser atendido pelo DNIT. A visita de inspeção é resultado das cobranças para manutenção e recuperação asfáltica das BR-135 e BR-010 (em Imperatriz). E a  fiscalização foi agendada em reunião realizada no dia 09 de fevereiro, na sede do DNIT.

“√Č um clamor que j√° dura muito tempo. S√£o v√°rios trechos da BR-135 e da BR-010 (em Imperatriz). Saindo de S√£o Lu√≠s de carro, percebemos que h√° v√°rios pontos na BR com buracos e crateras, como por exemplo o trecho que vai de Santa Rita ao Entroncamento, passando pelo posto da PRF, no povoado S√£o Francisco. E o per√≠metro urbano da cidade de Presidente Dutra.Tudo isso dificulta o tr√°fego de motoristas de ve√≠culos leves e pesados. N√≥s estamos cientes dos transtornos enfrentados por quem passa por esses trechos e √© por isso que estamos aqui junto com o superintendente do Dnit fiscalizando as obras. As solicita√ß√Ķes n√£o s√£o minhas, mas da popula√ß√£o.‚ÄĚ, disse Wellington.

Comunistas armam palanque eleitoral durante carnaval…

Depois de dar entrevistas dando entender que ser√° candidato a deputado federal em 2018, o super-secret√°rio de Estado da Comunica√ß√£o e Articula√ß√£o Pol√≠tica, M√°rcio Jerry (PCdoB), que comanda a mais importante pasta do governo comunista, justamente por onde escorrem os maiores recursos, √© flagrado no Di√°rio Oficial confirmando os repasses de verbas para festas de carnaval. Uma coisa leva √† outra. Se o comunista Marcio Jerry j√° diz que vai ser candidato, nada como aparecer em placas de outdoors como “patrocinador”.

Seria tudo correto, mas, a pr√°tica de “patroc√≠nio” ¬†sempre foi contestada, e antes de chegarem ao poder, era duramente criticada pelos comunistas.

Isso que pode se chamar de “mudan√ßa” r√°pida…

Confira abaixo:

Informa√ß√Ķes: Gilberto Leda.

 

O deputado estadual Wellington do Curso (PP) realizar√°, Audi√™ncia P√ļblica √†s 15h, desta quarta-feira (8), no sal√£o S√£o Vicente, ao lado da Igreja Cat√≥lica de Barreirinhas, Centro.

O objetivo da Audi√™ncia √© discutir com as autoridades a convoca√ß√£o de mais de 300 aprovados no concurso p√ļblico da Prefeitura de Barreirinhas realizado em 2016.

As autoridades convidadas foram: Prefeito e ex-prefeito de Barreirinhas, Vereadores, Deputados Estaduais, Defensoria P√ļblica, Minist√©rio P√ļblico, Tribunal de Contas do Estado, Judici√°rio, Funda√ß√£o Sousandrade e Superintendente de Articula√ß√£o Regional de Barreirinhas.

Motivo da Audi√™ncia P√ļblica

Nos dias 23 e 24, de fevereiro, o deputado estadual Wellington do Curso (PP) se reuniu, com os aprovados do concurso da Prefeitura de Barreirinhas, que aconteceu em 2016. A reuni√£o foi motivada ap√≥s os aprovados no concurso ficarem acampados na sede da Prefeitura como forma de protesto por 03 dias e s√≥ desocuparam o espa√ßo ap√≥s acatarem a solicita√ß√£o do parlamentar. Os aprovados fizeram isso ap√≥s o deputado Wellington se comprometer em realizar audi√™ncia p√ļblica, a fim de discutir a convoca√ß√£o dos aprovados.

Segundo Irlana Mendonça, os aprovados foram nomeados e nunca tomaram posse.

‚ÄúN√≥s estudamos, nos preparamos e, agora, vemos que o Prefeito quer contratar e n√£o quer convocar quem foi aprovado‚ÄĚ, disse Irlana Mendon√ßa, uma das 328 aprovadas que realizaram o concurso em abril de 2016 e foram nomeados no dia 27 de dezembro e, at√© o presente momento, n√£o tomaram posse.

Sobre a situação, Wellington destacou que, enquanto deputado, não pode interferir na administração municipal, mas que está à disposição para intermediar a solução do problema entre aprovados e Prefeitura.

‚ÄúEu vim a Barreirinhas a pedido dos aprovados no √ļltimo concurso que encaminharam a solicita√ß√£o at√© o nosso gabinete. Como deputado estadual, eu n√£o tenho a atribui√ß√£o de dar posse a ningu√©m. Afinal, essa administra√ß√£o cabe ao prefeito. No entanto, coloco-me √† disposi√ß√£o para intermediar esse di√°logo entre aprovados e Prefeitura‚ÄĚ, disse.(Blog do Gilberto Leda)

O senador Roberto Rocha (PSB) solicitou junto ao Governo Federal, aten√ß√£o especial ao fornecimento de equipamentos b√°sicos para os Conselhos Tutelares de v√°rios munic√≠pios maranhenses, por meio do ‚ÄúPrograma de Equipagem dos Conselhos Tutelares‚ÄĚ.

Ao todo, 75 municípios serão contemplados com os equipamentos, que tem como objetivo promover e fortalecer a atuação dos Conselhos Tutelares, para que eles possam trabalhar com mais qualidade e eficiência.

O programa tem por fundamento fomentar condi√ß√Ķes adequadas de funcionamento e infraestrutura, com foco nas √°reas de maior vulnerabilidade. Os equipamentos contemplam um autom√≥vel, cinco computadores, uma impressora multifuncional, um refrigerador e um bebedouro.

O deputado Z√© In√°cio usou a tribuna da assembl√©ia legislativa na manh√£ desta ter√ßa-feira (07) para comentar sobre o 6¬į Congresso Nacional do PT, que acontecer√° nos dias 01,02 e 03 de junho e renovar√° o partido a n√≠vel nacional.

O congresso ser√° dividido em duas fases: num primeiro momento ser√° realizado o Processo de Elei√ß√Ķes Diretas (PED) municipal, no dia 9 de abril, que renovar√° as dire√ß√Ķes municipais e escolher√° os delegados (as) estaduais.

A segunda fase ser√° o processo de congressos, onde os delegados e delegadas eleitos escolher√£o as dire√ß√Ķes estaduais, a delega√ß√£o para o Congresso Nacional e a Dire√ß√£o Nacional. Nesta etapa, tamb√©m ser√£o aprovadas resolu√ß√Ķes que definir√£o a estrat√©gia e t√°tica do PT para o pr√≥ximo per√≠odo.

O deputado tamb√©m destacou a inscri√ß√£o da chapa ‚ÄúPor um Maranh√£o mais justo para todos e para Lula‚ÄĚ, na qual √© candidato a presidente estadual do partido.

A chapa conta com o apoio de várias lideranças do Estado, entre elas do atual presidente do partido, Raimundo Monteiro, presidente municipal do PT de São Luís e candidato a reeleição do diretório municipal de São Luís, Fernando Magalhães. Além de contar com cerca de quase 500 filiados de 150 municípios.

Z√© In√°cio finalizou ressaltando a import√Ęncia de ser realizada uma disputa democr√°tica, dentro dos princ√≠pios que o PT vem trabalhando ao longo dos anos.

Mais impostos para o pobre pagar…

Abaixo, um pouco da triste história do Brasil que a população tinha esperança de mudar, mas, o comunismo maranhense ressuscitou para desgraça do povo.

Hist√≥ria: “o quinto dos infernos” compartilhado nas redes sociais:

Durante o S√©culo 18, o Brasil-Col√īnia pagava um alto tributo para seu colonizador, Portugal. Esse tributo incidia sobre tudo o que fosse produzido em nosso Pa√≠s e correspondia a 20% (ou seja, 1/5) da produ√ß√£o. Essa taxa√ß√£o alt√≠ssima e absurda era chamada de “O Quinto”. Esse imposto reca√≠a principalmente sobre a nossa produ√ß√£o de ouro.

O “Quinto” era t√£o odiado pelos brasileiros, que, quando se referiam a ele, diziam “O Quinto dos Infernos”. E isso virou sin√īnimo de tudo que √© ruim. A Coroa Portuguesa quis, em determinado momento, cobrar os “quintos atrasados” de uma √ļnica vez, no epis√≥dio conhecido como “Derrama”. Isso revoltou a popula√ß√£o, gerando o incidente chamado de “Inconfid√™ncia Mineira”, que teve seu ponto culminante na pris√£o e julgamento de Joaquim Jos√© da Silva Xavier, o Tiradentes.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Planejamento Tribut√°rio IBPT, a carga tribut√°ria brasileira chegou ao final do ano de 2011 a 38% ou praticamente 2/5 (dois quintos) de nossa produ√ß√£o. Ou seja, a carga tribut√°ria que nos aflige √© praticamente o dobro daquela exigida por Portugal √† √©poca da Inconfid√™ncia Mineira, o que significa que pagamos hoje literalmente “dois quintos dos infernos” de impostos… Para qu√™? Para sustentar a corrup√ß√£o? Os mensaleiros? O Senado com sua legi√£o de “Diretores”? A festa das passagens, a gangue dos guardanapos no RJ (com direito a jantares em Paris e anel de R$ 800 mil), o bacanal (literalmente) com o dinheiro p√ļblico, as comiss√Ķes e jatinhos, a farra familiar nos 3 Poderes (Executivo/Legislativo e Judici√°rio)?

Nosso dinheiro √© confiscado no dobro do valor do “quinto dos infernos” para sustentar essa corja, que nos custa (j√° feitas as atualiza√ß√Ķes) o dobro do que custava toda a Corte Portuguesa! E pensar que Tiradentes foi enforcado porque se insurgiu contra a metade dos impostos que pagamos atualmente…! N√£o deixem de repassar…¬† estaremos,¬† pelo menos, contribuindo para¬† relembrar parte da Hist√≥ria do Brasil…

1 225 226 227 228 229 387