Justiça sequestrou mais de 1 milhão para obra que está parada desde que Flávio Dino, que se diz o melhor governador do Brasil assumiu o governo.

Mesmo com os recursos na ordem de R$ 2,41 milhões já assegurados por meio de um convênio firmado com o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), e de diversas cobranças quase que diárias de deputados estaduais e federais, tanto de oposição quanto de situação, o governo estadual, até o momento, não deu reinício à obra.

Decisão do juiz Guilherme Valente Sousa, da Comarca de Chapadinha, determinou o sequestro de pouco mais de R$ 1 milhão das contas do Estado do Maranhão, para a retomada das obras de construção do Centro de Hemodiálise na cidade, localizada no Baixo Parnaíba. O recurso deve ser utilizado, ainda segundo a decisão, para a compra de equipamentos e contratação do corpo profissional necessários à Terapia Renal Substitutiva (TRS), a ser realizada na unidade.

A determinação foi proferida desde maio deste ano, no bojo do processo n.º 4354-63.2016.2018.8.10.0031, e teve decisão confirmada no mês passado, a pedido da Defensoria Pública do Estado (DPE) do Maranhão, como forma de constranger o governo Flávio Dino, do PCdoB, a cumprir com determinação anterior. (informações do blog Atual 7)

Confira no vídeo o sofrimento dos maranhense (muitos desse já morreram, mais de 6 pacientes nas costas do governador)

Suplente de vereador em São Luís pelo Partido Trabalhista Cristão (PTC), o jornalista Ciro Nolasco anunciou esta semana sua intenção em disputar uma vaga na Câmara Federal. Mesmo jovem, Ciro tem larga experiência política e reconhecida atuação na área da família, sobretudo em Direitos da Criança e do Adolescente na capital, e na garantia de direito à moradia. Ciro tem também forte atuação na comunidade Evangélica, já que é membro da Assembleia de Deus.

Ciro Nolasco teve apoio maciço da comunidade religiosa no ato de lançamento da sua pré-candidatura

“A nossa maior bandeira é a Família. Base principal da sociedade, a família deve ser o maior de todos os nossos investimentos. A família precisa ser defendida, apoiada. Lutamos pela sua valorização como o caminho para a formação cidadã completa, pautada em eixos que promovam a dignidade humana, tais como moradia, emprego, educação, saúde e lazer”, defende Ciro Nolasco.

Aos 44 anos, o jornalista também se destaca nas mobilizações populares que organiza, principalmente em campanhas educativas. Colunista do Jornal Itaqui Bacanga, Ciro está atualmente licenciado do cargo de secretário do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente em São Luís, mas permanece nas diretorias da Rede Maranhense de Diálogos sobre Drogas (REMADD) e do Movimento Maranhense Pró Família, do qual é co-fundador.

O pré-candidato a deputado federal é ex-coordenador municipal na Região da Cidade Operária, Consultor Imobiliário do Programa Minha Casa Minha Vida e ex-coordenador do programa habitacional do SINDUSCON-MA, além de membro da Rede da Construção formada por jornalistas ligados à indústria da construção.

Conheça mais sobre Ciro Nolasco

Ciro Nolasco faz selfie com correligionários no lançamento da sua pré-candidatura

Ciro Nolasco é jornalista formado pela Universidade Federal do Maranhão, além de ter cursado Geografia na mesma instituição. Sempre foi considerado uma pessoa determinada, coerente e sincera. Seus atos sempre visam o bem-estar do próximo, e sua história de vida é marcada pela honestidade, trabalho e pela defesa da verdade e da justiça social. Embasado em princípios éticos e cristãos, Ciro também construiu uma carreira profissional exemplar.

Nascido no município de Vitória do Mearim, em 26 de agosto de 1974, o suplente de vereador sempre foi visto como um jovem simples e íntegro, que desde cedo, aprendeu a valorizar o trabalho honesto e as boas amizades.

Membro de uma família de sete irmãos, Ciro precisou trabalhar desde muito jovem, vendendo hortaliças nas ruas de sua cidade natal. Filho de Ana Nolasco (dona de casa) e Estevam Carvalho Nolasco (pedreiro que se tornou comerciante), se tornou um jovem sonhador, e correu atrás dos seus sonhos. Concluiu o 1º Grau em Vitória do Mearim e, aos 15 anos, em 1999, veio para São Luís, onde estudou no Liceu Maranhense.

Aos 17 anos, foi aprovado em uma seleção para aprendizagem e estágio no Projeto Repórter Esperança FM. Aos 19, ingressou na Universidade Federal do Maranhão para o curso de Geografia. Um ano depois, foi aprovado para o curso de Jornalismo, na mesma instituição, onde formou-se em 2002.

Em 1994, Ciro foi aprovado em uma seleção para trabalhar na TV Difusora (SBT), como repórter do programa Aqui Agora, e depois no programa Bandeira Dois. De lá, as portas profissionais foram se abrindo. Trabalhou no sistema de som da rua Grande; na Rádio Capital AM; na rádio Timbira AM; no jornal cristão O Clarim; foi estagiário de correspondente da Rádio Nacional de Brasília; atuou na TV Mirante (Globo) fazendo na emissora seu estágio curricular; na TV Praia Grande (Bandeirante); na TV Cidade e na TV São Luís (Rede TV).

Ciro Nolasco recebe abraço caloroso de eleitora em sinal de apoio ao seu projeto político

Há 15 anos, é editor chefe da única página gospel de um jornal impresso no Maranhão: a página Boas Novas do Jornal Itaqui Bacanga. Em 2002, Ciro foi convidado para trabalhar em um importante setor de comunicação da campanha do governador José Reinaldo Tavares. Posteriormente, coordenou um programa institucional de televisão da Gerência Metropolitana (o São Luís Agora), e colaborou nos programas institucionais do Governo do Estado (o Novas Conquistas).

Em 2004, foi a vez de coordenar, por oito meses, o Departamento de Jornalismo de duas emissoras de rádio e de uma TV, em Coroatá. Em seguida, foi convidado para comandar o programa de TV da campanha dos candidatos a vereador daquele município. Em 2006, atuou no programa de TV Maranhão Empreendedor, e em 2008, passou a produzir e apresentar o programa televisivo AD em Ação.

Em 2008, deu início à carreira política, quando foi candidato a vereador em São Luís. Em 2016, candidatou-se novamente pelo PTC, obtendo 2.173 votos.

Atuação destacada em diversas áreas

Ciro Nolasco recebe abraço caloroso de eleitora em sinal de apoio ao seu projeto político

Entre 2008 a 2012, Ciro foi assessor de comunicação do SINDUSCON-MA e coordenador do programa habitacional da entidade, participando da criação do programa Casa da Gente, que destinou mais de 7 mil moradias do PAR (Programa de Arrendamento Residencial) a famílias de baixa renda.

Coordenou a campanha Nacional por Moradia Digna, que coletou assinaturas na praça Deodoro em defesa da destinação de recursos permanentes do Orçamento Geral da União para a habitação. Também idealizou o programa de qualificação de mão de obra Construir, que levou cursos gratuitos e encaminhamentos de empregos a centenas de trabalhadores.

Em 2008, implantou os Feirões Imobiliários no Maranhão, que passaram a oferecer moradia com condições diferenciadas, permitindo a realização do sonho da casa própria. Além disso, cooperou com quase 30 municípios para que o programa Minha Casa Minha Vida chegasse a quem precisava a famílias de baixa renda.

Entre 2013 a 2017, coordenou as ações da prefeitura de São Luís na região da Cidade Operária, atividade que resultou na conquista de muitos benefícios públicos à regional, principalmente o asfalto de ruas e outros importantes projetos de cunho social.

No campo social, Ciro Nolasco criou e coordenou entre 1999 e 2004 o projeto Encontro com Cristo, que arrecadava e distribuía cestas básicas, sopões, roupas e calçados, além de propagar a palavra de Deus em praça pública. Em 2005, idealizou a campanha Mobilização Cristã no Rádio, uma cadeia de emissoras para propagação do evangelho. Também idealizou em 2015, a campanha Na Estrada com Jesus, que resultou em uma mobilização de Igrejas no campo de Periz, com objetivo de clamar e orar em favor da segurança nas estradas do Maranhão. Concebeu ainda a Rede de Proteção à Família, para difundir e defender valores da Família Cristã e colaborou na formação do Movimento Pró-Família, que luta pela defesa do bem maior da sociedade.

Sempre ajudado pela esposa, com a qual está casado desde 2001 e com quem tem um casal de filhos, Ciro é a prova da capacidade do jovem em revolucionar o mundo à sua volta. Fazer diferença na vida das pessoas; empenhar-se para cumprir a sua tarefa da melhor forma possível; fazer o bem sempre; servir e ser sincero. Essas são as filosofias de vida deste jornalista, chamado Ciro Nolasco. (http://CiroNolasco.com.br)

Após uma espera incansável, moradores do bairro Calembe, na zona rural de São Luís, finalmente comemoraram a chegada do asfalto.

A comunidade recebeu nesta segunda-feira (16) as máquinas que serão usadas para os trabalhos de asfaltamento das ruas da localidade. As ações de pavimentação serão realizadas através do programa ‘Mais Asfalto’, que é uma parceria do Governo com a Prefeitura de São Luís.

O empreendimento que vai melhorar a vida dos moradores que residem na região, que é formada, em sua maioria, por pequenos produtores rurais, só foi possível graças a uma iniciativa do presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Astro de Ogum (PR), que articulou junto ao poder público estadual e municipal, para que a obra fosse viabilizada.

Na última quinta-feira (12), um dia após o início do recesso parlamentar, o chefe do legislativo esteve na comunidade participando de uma reunião com os moradores. O encontro serviu para ouvir dos populares as principais reivindicações que visam viabilizar a melhoria em diversos setores do bairro.

Considerado um dos maiores líderes políticos da capital, Astro de Ogum avaliou a chegada das máquinas para iniciar o serviço de pavimentação das ruas. Segundo o parlamentar, o asfalto traz com sigo grandes benefícios dentre eles a mobilidade urbana, facilitando a circulação de veículos e pedestres.

Gostaria de agradecer primeiramente ao Governo e à Prefeitura, por ter atendido ao meu pedido solicitando melhorias asfálticas para o bairro Calebe e a zona rural. O asfalto sempre proporciona benefícios que vão além das melhorias do aspecto urbanístico, pois pode trazer saldos positivos também para a saúde pública, a mobilidade urbana e a autoestima dos cidadãos. Aqui na zona rural, por exemplo, além de baratear o os agricultores produzem, o investimento facilita o escoamento dessa produção”, disse.

No ato que contou com a presença de lideranças comunitárias e do secretário Estadual de Comunicação e Articulação Política, Ednaldo Neves, os populares agradeceram ao vereador Astro de Ogum pela articulação junto ao poder público para que o bairro fosse contemplado com os investimentos.

“Reunimos com o vereador [Astro] algumas vezes e ele sempre deu total apoio para a nossa comunidade. O asfalto vai valorizar nossa região e facilitar o acesso das pessoas que queiram nos visitar”, declarou Mariana Rodrigues, secretária de finanças da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar-Fetraf/MA, que mora na comunidade Calembe.(ICL)

Coisa de quem frequenta mercados e feiras…

Na tentativa de desqualificar uma importante obra que está sendo feita no estado, a mídia adversária tentou caricaturar o fato de Roberto Rocha ter sido fotografado comendo numa feira.

Ora, comer em feiras, além de ser uma atitude espontânea e constante do senador maranhense, que vem muito antes de fazer campanha eleitoral, tem rendido aos municípios maranhenses emendas e recursos federais para esses locais populares.

Quem conhece o político Roberto Rocha sabe que prefere comer em feiras que banquetes palacianos.

Atitude louvável em beneficio dos feirantes e produtores locais. Abastecimento, feiras e mercados, sempre foram as principais preocupações do parlamentar que mostra mais uma vez pra que serve um senador.

De passagem pelas cidades, Roberto Rocha, visitando seus mercados, muitos desses com verbas garantidas para reformas, teve sua apreciação da culinária local.

O político que sempre preferiu as feiras com suas paneladas, Roberto Rocha está  trabalhando pela construção e reforma dos mercados e feiras de diversas cidades maranhenses.

Sobre a colher de Roberto Rocha, citada em postagens de “blogues magoados”, deixo importantes obras realizadas pelo senador:

PEDREIRAS

Reforma do Mercado Central

RS 1.498.500,00

IMPERATRIZ

Construção do novo Palenódromo

RS 1. 450.634, 87

Central de Abastecimento -CEASA.

RS 2. 155.000, 00

MERCADO DO PEIXE

RS 1.312.000,00

PINHEIRO

Mercado de Produtos

RS 1.500.00,00

O Estado é rico, porém está mais pobre. Falta tudo, até água, mesmo tendo em abundancia!

Flávio Dino não cumpriu sua principal promessa: tirar o Maranhão da pobreza.

O Maranhão tem rios em abundancia, mas, falta água até na capital, São Luís.

O Palácio dos Leões continua esnobando e ostentando riquezas, enquanto o povo pobre amarga os piores índices sócio-econômicos da história do Maranhão: desemprego em alta, saúde precária, miséria e fome, falta de abastecimento, etc.

Abaixo, comentário do jornalista Linhares Jr (www.linhares.info)

 

Para quem desejava tanto a polarização, acabou perdendo a oportunidade de mostrar superioridade.

Eleições 2018 ficarão marcadas pela baixaria, despreparo e desespero.

O s sinais claros de um Maranhão piorado: a quem interessa jogar sujo contra a principal adversária do comunismo?

É de estranhar o uso de perfis fakes e enxurradas de notícias falsas para denegrir adversários políticos nestas eleições do Maranhão,  sob o comando do líder do comunismo, que detém o poder e conduz a política no Maranhão do pós Sarney.

Uma eleição praticamente polarizada entre dois grupos, onde o que detêm o poder da maquina pública garante que irá fazer tudo para ganhar as eleições. O grupo comunista, que já se diz vencedor, que propaga vantagem com percentual eleitoral acima de  65%, deveria fazer do campo político um ambiente democrático, mas, no “Maranhão da Mudança” o que se observa são baixarias do pior tipo.

Abaixo, notícia do momento pré-eleitoral de 2018, que ficará na história do Maranhão como o pior e mais desesperado.

Antes tarde do que nunca.

Abaixo, trecho das páginas amarelas do JP deste domingo.

Em entrevista ao Jornal Pequeno, o deputado federal José Reinaldo Tavares reafirma sua pré-candidatura ao Senado Federal e o apoio a Roberto Rocha ao Governo do Estado. Com apoio do presidenciável, Geraldo Alckmin, o ex-governador critica as especulações e esclarece sobre um suposto afastamento do PSDB maranhense.

“Divulgar que eu não apoio Roberto é um argumento muito pífio para disputar a vaga da minha candidatura ao Senado justamente porque não isso é verídico”, esclarece.

Diferente da versão comunista, a vitória de 2014 só foi possível graças aos aliados que depois foram traídos.

Tucano fala de sua aliança que possibilitou a vitória do comunismo no Maranhão e das perseguições e traições sofridas dos então aliados.

Flávio Dino delegou poderes para um desqualificado perseguir aliados e transformá-los em adversários.

Segundo o senador Roberto Rocha do PSDB, o ex-secretário de Estado da Comunicação, Márcio Jerry  foi o responsável de expulsar ( trair),  através de perseguições vários políticos do Maranhão, além dele,  Aécio Neves, Zé Reinaldo e Waldir Maranhão, etc.

Abaixo, um trecho de entrevista onde o senador da República expõe sua ruptura com o grupo comunista:

1 2 3 415