Apenas com viaturas e patrulhamentos nas ruas a criminalidade vai respeitar o Estado. Só com investimento o Estado vai deter os avanços da criminalidade…

Não tem como negar que o grito de carnaval de São Luís foi dado ao som das sirenes das novas viaturas da PM. Ontem pela manha, em plena sexta-feira gorda de carnaval, aconteceu uma grande estratégia:

Sirenes de polícia ecoaram nas ruas. Importante, só tem uma coisa que faz deter os avanços da criminalidade: repressão dura aos bandidos, o crime só vai recuar quando houver os investimentos necessários. Em poucas palavras: só com viaturas e homens nas ruas isso pode acontecer.

Pela manhã fui convidado por alguns deputados a participar das entregas das novas viaturas. Os deputados, Rafael Leitoa, Júnior Verde, Cabo Campos, juntamente com Flávio Dino “passaram em revista” aos policiais.fT

Ainda falta muito, por exemplo: As reclamações mais comuns são de que nas 217 cidades maranhenses “não existem patrulhamentos”.

Essa dura realidade, talvez seja o principal inimigo do estado, os criminosos estão agindo no calcanhar de Aquiles do governo. Por isso, o grande número de agências estão sendo assaltadas nesses municípios.

 

Uma dica ao nosso governador: evite os excessos de câmeras…

Luz, câmera, palanque…

Parece que ainda estamos nos tempos da governadora midiática, Roseana Sarney. Muitas câmeras, excesso de microfones, têm sido assim quase todos os eventos promovidos pelo governador Flávio Dino (PCdoB), na sede do Executivo da Pedro II.

Não que esteja fazendo criticas ferrenhas, mas é importante uma reflexão dos governistas para esses excessos de câmeras, afinal, estamos noutro momento, o tempo da governadora midiática, que desfilava pra cima e baixo com uma equipe de TV (cinegrafistas e jornalistas) já passou.

Abaixo, um simples evento de hoje:

Cheio de câmeras nas viaturas. Até drone usam para filmar o comunista.

dn 1

fd

dn2

Internauta esperando a prometida “comunicação democrática” acontecer na “república das fantasias”...

Enfim, houve alternância eleitoral no Maranhão. O grupo que dominava perdeu as eleições, entrou outro grupo que prometeu mudar, esperamos que mude. Afinal, nosso Maranhão que tanto sofreu nos coturnos altos dos ditadores, nas mãos e chicotes de oligarcas, ainda espera mudanças.

Um bom começo deveria ser pela comunicação estatal.

Abaixo, fiquem com uma charge mostrando um internauta esperando acontecer…

download

Atenção Brasil!

Os brasileiros vão ser prejudicados novamente?

Promotor de Mariana teme transferência de ação contra Samarco para Justiça Federal

RIO DE JANEIRO (Reuters) – O promotor de Justiça do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) Guilherme de Sá Meneghin defendeu nesta quinta-feira que a ação civil pública movida na Justiça de Mariana (MG) contra a Samarco, após o mortal rompimento de uma barragem em 2015, não seja deslocada para competência da Justiça Federal.lama-vale-samarco-mariana

Meneghin considera que a ação em Mariana já obteve muitas conquistas e a sua movimentação poderá afastar a participação das pessoas atingidas no município, além de atrasar o processo, que “já estava indo de uma forma bem produtiva”.

A declaração foi dada após decisão do desembargador Afrânio Villela, do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, que determinou que o caso deveria ser deslocado para competência da Justiça Federal, após a análise de um recurso interposto pela Samarco contra o bloqueio dos valores realizado na Comarca de Mariana.

O promotor ponderou, no entanto, que ainda não há uma decisão definitiva, pois a Advocacia Geral da União e o Ministério Público devem se manifestar no processo para averiguar se existe ou não interesse por parte da União.

As donas da Samarco, a Vale e a anglo-australiana BHP Billiton, também são alvos da ação, que busca a garantia dos direitos das vítimas do rompimento da barragem de rejeitos de mineração no município, como moradia, indenizações e construção das comunidades.

Segundo Meneghin, o desembargador argumentou que a União, os Estados de Minas Gerais e do Espírito Santo entraram com uma ação conjunta na Justiça Federal, contemplando os mesmos pedidos da ação ajuizada na Comarca de Mariana.

Dentro do processo, o governo federal busca reparações pelo incidente, considerado o pior desastre ambiental da história do país, que envolveriam cerca de 20 bilhões de reais a serem pagos pela Samarco.

“Nós entendemos que a nossa ação civil pública tem interesse local, só das vítimas daqui (de Mariana), então não há um interesse da União”, afirmou Meneghin à Reuters, por telefone.

O deputado Rafael Leitoa (PDT), participou na manhã desta sexta-feira (05), da entrega de 51 novas viaturas que reforçarão a segurança no estado. A entrega ocorreu no Palácio dos Leões, Centro Histórico de São Luís.  Ao todo, 81 novas viaturas modernas, algumas delas equipadas com tablet, câmeras e GPS, já se encontram em circulação. Na solenidade, também foi lançado o programa Pacto pela Paz, aprovado pela Assembleia no final de 2015, que visa juntar o poder público e a sociedade civil nas ações de análise e planejamento de segurança pública.fl

Segundo o governador Flávio Dino, a meta é chegar a 300 viaturas novas em circulação e com isso dar mais proximidade e visibilidade às forças de polícia. O governador lembrou que serão reforçadas as ações de combate às drogas, e, segundo análise feita por ele, o tráfico e dinâmica deste, foram responsáveis pela maioria dos homicídios ocorridos em 2015, no Maranhão.

Inauguração do 11º Batalhão – Timon

Ainda no mês de fevereiro, a reforma do 11º Batalhão de Polícia Militar será finalizada, tendo a participação do governador Flávio Dino em sua inauguração. O deputado Rafael Leitoa está trabalhando para que na solenidade de entrega do batalhão a cidade de Timon receba novas viaturas e seja oficializada a vinda de um número maior de policiais para a cidade, ressaltando que ambos já foram solicitados anteriormente pelo prefeito Luciano. Lembrando da recente assinatura da ordem de serviço para a construção do Centro de Juventude Francisco Carlos Jansen, o deputado Rafael Leitoa reforçou que ações de combate ao crime, ao tráfico de entorpecentes e uso das drogas, se inicia na valorização da juventude e a construção do Centro de Juventude, reforçará a política da prefeitura de Timon na realização de projetos educativos e esportivos.

Para Rafael Leitoa, é notória a preocupação do governo do estado em combater a criminalidade e violência no Maranhão. Segundo ele, foram anos de sucateamento da frota, efetivo inferior ao necessário e ausência de políticas públicas relacionadas à segurança. “Estamos fazendo nossa parte na Assembleia. Como deputado, tenho votado a favor das melhorias na segurança, enviadas pelo governo e, com a destinação de nossa emenda parlamentar, teremos em Timon um novo Centro de Juventude, que levará esporte e lazer para nossa população, entretendo os jovens com práticas saudáveis, afastando-os das drogas e marginalidade”, finalizou o deputado.

Absurdos praticados contra as mulheres do Maranhão…

Quem, de fato, responde pelas mulheres? Abaixo, imagens das redes sociais mostrando a monstruosidade praticada contra as mulheres maranhenses e uma nota da deputada federal Eliziane Gama:

Redes sociais estampam a violência contra as mulheres

Redes sociais estampam a violência contra as mulheres

NOTA DE REPÚDIO: Eliziane repudia assassinato de quilombola e pede providências

A deputada federal Eliziane Gama manifestou repúdio devido ao covarde assassinato de Francisca das Chagas Silva, de 34 anos, que foi morta com requinte de crueldade e violência sexual, no município de Miranda do Norte, Maranhão. A parlamentar pede providências no caso e lamenta o crescimento de crimes contra trabalhadoras rurais.

Quilombola do povoado Joaquim Maria, na zona rural do município maranhense, Francisca das Chagas Silva, foi uma das muitas Margaridas que participou da Marcha em Brasília no ano passado que teve como pauta: “Desenvolvimento Sustentável com Democracia, Justiça, Autonomia, Igualdade e Liberdade”.

 Durante a Marcha das Margaridas, Francisca das Chagas participou do Grupo de Estudo Sindical (GES Mulher), e de outras ações organizadas pelo Movimento Sindical dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR), buscando soluções e também fazendo cobranças ao poder público e judiciário, justamente por causa dos crimes contra mulheres que permanecem impunes.

Eliziane Gama lamenta a morte da quilombola e reafirma que é preciso fortalecer as políticas públicas de proteção e direitos da mulher, principalmente da mulher do campo.

O deputado Rafael Leitoa (PDT), participou na manhã desta quarta-feira, 03, da entrega de 1000 casas do Residencial Cocais I e II, na cidade de Timon. As casas foram construídas através do Programa Minha Casa Minha Vida do Governo Federal em parceria com a prefeitura de Timon.fcf462cd-3afd-4898-a460-dea93da64927

O evento aconteceu no próprio residencial e contou com a presença do Prefeito de Timon, Luciano Leitoa, da ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campelo, do vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão, Deputados Rubens Júnior (PCdoB) e Weverton Rocha (PDT), representante da Caixa Econômica Federal e outras autoridades.

Segundo Rafael Leitoa, esta é mais uma ação que demonstra que o desenvolvimento, agora, é notório em Timon. “As parcerias entre a prefeitura de Timon, Governo Federal e Estadual, são vistas diariamente nas construções, reformas e ações de asfaltamento em nossa cidade.

Nesta semana, foi assinada a ordem de serviço para a construção do Centro de Juventude Carlos Jansen, oriunda de nossa emenda parlamentar, e que será construído em parceria com o Governo do Maranhão”, finalizou Rafael Leitoa.

A diretora de Assessoria da presidência Nacional dos Correios, Rosângela Curado, recebeu, nesta terça-feira (02), na sede dos Correios, em Brasília, o deputado federal Zé Carlos (PT/MA). rosa

A visita do parlamentar indicou a necessidade da implantação de uma nova agência dos Correios, em Imperatriz, bem como a inclusão da cidade para vagas no concurso do órgão, acatando sugestão do sindicato da categoria.

No entendimento da pedetista, uma nova agência dos Correios atenderia a reivindicação de moradores de grandes bairros. “Assim como o vereador Aurélio, autor da indicação encaminhada ao deputado Zé Carlos, também acredito que outra agência facilitará o acesso e descentralizará o atendimento da Agência dos Correios, trazendo benefícios a milhares de imperatrizenses”, disse.

 

 

 

“Inclusão, inovações e desafios do Estatuto da Pessoa com Deficiência”. Esse foi o tema da primeira audiência pública de 2016, realizada pelo vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado estadual Wellington do Curso (PPS), na tarde da última terça-feira (2).well

A reunião aconteceu no auditório Fernando Falcão, da Casa Parlamentar, e contou com a presença e participação do defensor público de Direitos Humanos e Tutela Coletiva, Yuri Costa; do assessor jurídico da Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Alysson Azevedo; do Secretário de Direitos Humanos do Estado, Francisco Gonçalves; do Secretário de Estado de Ciência e Tecnologia, Bira do Pindaré; da Procuradora Regional dos Direitos do Cidadão no Maranhão, Talita Oliveira; do Promotor especializado em pessoa com deficiência, Ronald Pereira; do Presidente do Conselho Estadual dos Direitos da pessoa com deficiência do Maranhão, Dilson Bessa, entre outros  representantes de entidades das pessoas com deficiência e sociedade civil no geral.

Ao iniciar as considerações, o assessor jurídico da Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Alysson Azevedo, apresentou uma introdução sobre a base do Estatuto das pessoas com deficiência. Dando continuidade à temática, o defensor Yuri Costa explicou a dinâmica de apresentação do Estatuto e lamentou a não aprovação integral da Lei. “A Lei não foi aprovada integralmente, pois ocorreram vetos. Nem tudo aquilo que se queria, em termos de acesso, foi aplicado”, disse.8ae62baa-7418-4f80-a06f-84f145a25a4e

Para Benito Pereira, representante do Núcleo de Defesa do Idoso e da pessoa com deficiência, “deveria ser obrigatório que todo ente tivesse um Plano para cada pessoa com deficiência, a exemplo de um Plano de Cronograma de Obras por parte da Prefeitura de São Luís quanto à acessibilidade das ruas”.

Ao fazerem uso da palavra, os membros da plateia, de diversas representatividades, parabenizaram o deputado Wellington por realizar uma audiência com essa importante temática e, na ocasião, relataram as diversas dificuldades que enfrentam no dia-a-dia devido à inoperância e insensibilidade do poder público, além de manifestarem indignação pela ausência do secretário de Trânsito e Transporte de São Luís e de mais representantes da classe política para debaterem políticas públicas em defesa das pessoas com deficiência.

“Dignidade ou insanidade? Para o cadeirante, não se pode mensurar o valor. As cadeiras são nossas próprias pernas, nossos próprios filhos. Filhos de uma legislação que defende os direitos das pessoas com deficiência, mas é órfã da atenção dos poderes públicos. A deficiência não é o problema. A dificuldade está na sociedade que não nos dá atenção. Somos diariamente humilhados. Que lei de inclusão é essa?”, questionou Liane Sousa, mãe de um jovem com paralisia cerebral.

Ao discursar, o deputado Wellington, que no primeiro ano de mandato se destacou como o deputado das minorias e dos direitos humanos, pontuou ações e enfatizou a importância de se ouvir e, só então, apresentar as solicitações das pessoas com deficiência.

“Por respeitarmos o lema ‘Nada sobre nós, sem nós’ do movimento das pessoas com deficiência, realizamos tal audiência, objetivamos estabelecer um debate acerca das principais disposições do Estatuto, destacando suas possibilidades de efetivação no Maranhão. Bem sabemos que vários são os desafios enfrentados pelas pessoas com deficiência. Infelizmente, a acessibilidade e a inclusão ainda estão distantes de concretude em nosso estado. Por sabermos disso, propomos tal Audiência, tendo por objetivo dar voz aos que, não raras vezes, são esquecidos pelo Poder Público. Torna-se necessário que tenhamos uma visão sensível pautada nas necessidades das pessoas com deficiência e, então, possamos traçar os passos que percorrerão o caminho que leva ao estado que respeite a pessoa com deficiência e não o exclua socialmente”, afirmou.

Após as 06 horas de Audiência, alguns encaminhamentos foram elencados, dentre eles:

– Adaptação de prédios públicos, a fim de garantir a acessibilidade nas instituições;

– Elaboração do Plano Estadual de Políticas Públicas das Pessoas com Deficiência;

– Implantação do Cadastro Único para o passe livre estadual das pessoas com deficiência;

– Anteprojetos de lei com modificações no Estatuto da Pessoa com Deficiência, ampliando os direitos

-Regulamentação do Fundo do Conselho Estadual das Pessoas com Deficiência;

– Reativação da Frente Parlamentar da Defesa da Pessoa com Deficiência;

– Alteração na Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, acrescentando percentual ao desporto;

– Realização de visita à Universidade Estadual do Maranhão-UEMA e à Universidade Federal do Maranhão-UFMA, a fim de apurar as condições de acessibilidade.

Neste domingo, 31 de janeiro, o diretório municipal do Partido dos Trabalhadores de Bequimão em reunião com seus filiados, decidiu por unanimidade manter candidatura própria para prefeito do pré-candidato Sidney Nogueira, popularmente conhecido por Magal.bde16081-cae6-4c6a-b93c-d2405771998b

Magal já concorreu para as eleições de Bequimão em 2012, onde obteve 320 votos, influenciando significativamente o resultado daquele pleito. Fundador e atual presidente do partido no município, Magal conta com o apoio do conterrâneo Deputado Estadual Zé Inácio (PT), do qual foi o coordenador geral de sua campanha em 2014.

Zé Inácio foi o mais voltado em seu município em 2014 obtendo 3.280 votos, ficando mais de 1.200 votos a frente do segundo colocado. Vale ressaltar que naquela eleição o deputado Zé Inácio não teve apoio de nenhum dos grupos políticos de Bequimão.

484cac28-2b40-40de-88e7-bb5ffc9c6e3fPara o pré- candidato Magal, “na eleição municipal de 2012 nasce uma nova alternativa política para Bequimão que foi consolidada com a vitória do companheiro Inácio em 2014 e hoje representada por nós e todos os companheiros que se uniram em torno deste novo projeto de mudança e esperança para nossa cidade”.

Filiado ao Partido dos Trabalhadores desde 1998, está no terceiro mandato à frente da legenda, é professor e policial civil, graduado em Licenciatura em Eletricidade pelo IFMA e Ciência da Computação pela UFMA, especialista em Matemática pela UFMA e Políticas Públicas pela Fundação Perseu Abramo. “Nós estamos preparados para o desafio e já estamos montando também nossa chapa para vereador.

Hoje contamos com 26 companheiros e companheiras que estão colocando seus nomes para concorrer às vagas para câmara municipal caso saiamos na proporcional sem coligação”, afirmou o pré-candidato Magal.

Na reunião ficou determinado também que a direção do partido ainda vai manter diálogo com os outros pré-candidatos e partidos até o mês de abril, quando encerra-se o período de filiações, buscando apoio para este novo projeto.

O PT foi o partido que mais cresceu em Bequimão no último ano e a cada dia se fortalece e se consolida como força política municipal.

1 388 389 390 391 392 450