Browsing: Ricardo Santos

A coragem para ouvir e a determinação típica do deputado estadual Wellington do Curso (PP) o fez inaugurar, na tarde desta terça-feira (24), durante durante deslocamento para participar de uma audiência que aconteceu em Bacabeira, o “Gabinete Móvel”. O objetivo é levar para junto da comunidade, nos bairros periféricos da cidade, as ações do deputado Wellington, ouvindo as principais reivindicações da comunidade.hj

“Ouvir a população é o que nos motiva a cobrar e a fiscalizar. Por isso, com o Gabinete Móvel queremos percorrer bairros e, assim, os municípios de nosso Maranhão. O que queremos é ouvir os anseios daqueles que não conseguem ir até à Assembleia Legislativa. Além de ouvir, pretendemos encaminhar as reivindicações da população e, assim, cobrar e fiscalizar o cumprimento de direitos.”

Ao ser questionado sobre a inédita ideia referente ao Gabinete Móvel, Wellington enfatizou a participação popular que, para ele, é essencial em uma atuação política independente. Ressaltou ainda, que ir ao encontro do povo não significa somente pedir votos, mas conhecer e conviver com a realidade diária do povo, além de buscar soluções para os problemas da coletividade.

“Para mim, a população deve ter pleno acesso aos políticos que escolheram. Sempre pensei assim. Antes mesmo de ser deputado estadual. Logo após a eleição eu retornei para agradecer a confiança e o mandato a min confiado. Como parlamentar, tenho hoje a certeza do quão importante é participação da população em nossas ações. O nosso gabinete, na Assembleia, está sempre de portas abertas, mas eu e minha equipe percebemos que é preciso fazer mais… é preciso ouvir quem também sequer consegue chegar à Assembleia. Foi assim que surgiu a ideia do Gabinete Móvel: para ouvir também aqueles que hoje estão distantes do Parlamento. Com isso, estamos aprimorando nossas ações,  dando vida e voz ao nosso mandato popular.”, afirmou.

COMO FUNCIONA O GABINETE MÓVEL?

O Gabinete Móvel consiste em uma van em que o deputado Wellington e sua equipe percorrerão bairros da capital e de demais municípios do Maranhão. Nessa van, há uma espécie de “sala de atendimento” que será direcionada à população, a fim de receber denúncias, solicitações e, posteriormente, transformá-las em proposições na Assembleia Legislativa.

O Gabinete Móvel possui uma agenda que será previamente divulgada. Para solicitar a visita, qualquer cidadão pode entrar em contato com a Equipe WC através do número (98) 99911 0011 e justificar a solicitação.

 

A política local continua sendo decidida em Brasília…

Por um lado, o tucanato se reuniu com Aécio Neves em torno da candidatura de Eliziane Gama, em Brasília, por outro, o PSB retornou aos braços do “asa de avião”, Roberto Rocha, depois que recorreu ao líder da legenda, também em Brasília.

08f78765-70c7-46bf-a75d-a351ed8e031bMuitos blogues da cidade resolveram publicar “a imagem do dia”, dando como certa a participação do vice-governador Carlos Brandão (PSDB) na composição da chapa de Eliziane Gama (PPS), pré-candidata a prefeita da capital do Maranhão. De fato, a imagem fala muito.

A ilustração é clara, transmite força para a pré-candidatura e Eliziane Gama, que recorreu a Aécio: Aí estão as provas de que a politica maranhense continua sendo decidida em Brasília, quem ganhou, lógico que foram aqueles que demostraram conveniência com os rumos do Brasil atua, com desenvoltura no afastamento de Dilma. Desta feita, o PSDB mostra força e que não está morto e sepultado.

Daqui a pouco falarei sobre o triste episódio da tentativa de tomar (via golpe?) o PSB de Roberto Rocha.

Por decisão da Executiva Nacional do PSB o vereador Roberto Rocha Júnior é o novo presidente da Comissão Provisória que comanda o partido em São Luís. A decisão é uma resposta à intervenção feita na segunda-feira (23), à noite, pela Direção Estadual, que havia colocado o deputado federal José Reinaldo Tavares na presidência da comissão.

?

?

A composição da nova Comissão Provisória do PSB em São Luís foi anunciada pela Executiva Nacional na tarde desta terça-feira (24). Além de Roberto Rocha Júnior na presidência, a comissão terá como vice-presidente Estevão Assunção, secretário-geral Aldo Rogério Ribeiro Ferreira, secretário de Finanças Hilton César Pinheiro da Silva, 1º secretário Thiago Gonçalves de Sousa, secretária de Comunicação Suely Alves Moura e secretário de Mobilização Alexandre Matos Soares.

A Direção Nacional do PSB destituiu a Comissão Provisória de São Luís anunciada nesta segunda-feira (23), à noite, pela Direção Estadual, em substituição à comissão que tinha como presidente o senador Roberto Rocha.

A composição da nova Comissão Provisória que comandará o partido em São Luís foi anunciada, em Brasília, nesta terça-feira (24). O presidente será Roberto Rocha Júnior. A comissão terá ainda como vice-presidente Estevão Assunção, secretário-geral Aldo Rogério Ribeiro Ferreira, secretário de Finanças Hilton César Pinheiro da Silva, 1º secretário Thiago Gonçalves de Sousa, secretária de Comunicação Suely Alves Moura e secretário de Mobilização Alexandre Matos Soares.

Presidente da Frente Parlamentar de Segurança Pública e Privada, o deputado estadual Júnior Verde (PRB) apresentou nesta segunda (23), Indicação solicitando a adoção de uma série de medidas que considera essenciais para melhorar a segurança pública, especialmente na região metropolitana de São Luís. Durante pronunciamento na Tribuna da Assembleia Legislativa, o parlamentar lamentou os ataques a ônibus que trouxeram sentimento de insegurança à população, desde a última quinta (19).

????????????????????????????????????

“Sempre temos feito pautas de sugestões para melhorar a segurança pública. Hoje, estou entrando com uma Indicação com vários pontos importantes para o combate à violência no estado do Maranhão”, explicou Júnior Verde.

As medidas elencadas na Indicação versam essencialmente sobre: agilidade na transferência de todos os líderes de facções criminosas para presídios federais; implantação imediata de bloqueadores de sinais de celulares nos presídios; aquisição de mais viaturas e armamentos; implantação dos postos estaduais de policiamento em todo o Estado, com vistas à coibir o tráfico de drogas e armas; implantação do sistema de cartões pré-pago em todo o sistema de Transporte Público Coletivo, acabando com a circulação de dinheiro nos ônibus; realização de concurso público para as polícias Militar, Civil e Corpo de Bombeiros, visando reforço e ampliação do serviço de inteligência e de investigação; blindagem das viaturas, com o objetivo de garantir mais segurança; criação de um grupo especializado no combate a assalto a bancos; desenvolvimento de políticas de ressocialização no sistema prisional no Estado; criação de um sistema integrado entre as Secretarias estaduais visando investimentos sociais nas áreas de risco; implantação dos Conselhos de Segurança Pública, proporcionando a interação entre a Secretaria de Segurança e as comunidades; e criação de mais Varas de Execução Penais, para maior agilidade e melhor aplicação das penas.

A proposição foi encaminhada ao Governador Flávio Dino, ao secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, e ao comandante da Polícia Militar do Maranhão, José Frederico Gomes Pereira. “São medidas que refletem, sobretudo as reivindicações oriundas da própria Polícia Militar, e que precisam ser tomadas, vez que estamos diante de uma situação emergencial”, justificou.

Força Nacional de Segurança

Sobre a vinda da Força Nacional ao Maranhão, prevista para esta terça (24), Júnior Verde afirmou que é válida, mas trata-se de um paliativo.

“Não resolve. Não resolve o problema de Segurança Pública do Estado, mas reforça a segurança em um momento emergencial. Queremos a implementação dessas ações. Elas são muitas e nós estamos dando nossa contribuição, mas queremos vê-las executadas o mais rápido possível”, concluiu.

A escolha do prefeito Léo Costa (PDT) para avaliar a presença do Fundo das Nações Unidas para Infância – UNICEF, no Brasil, anunciada com estardalhaços na manhã desta terça-feira (24), trouxe de volta o nome do pedetista ao olho do furacão.

Em recente reportagem, o programa Profissão Repórter da Rede Globo foi  conferir de perto as acusações do Ministério Público de possíveis fraudes no fornecimento de merenda escolar. A Globo chegou a postar no seu site global a seguinte estampa:

É no município de Barreirinhas, no Maranhão, que fica o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Nas comunidades ao redor do famoso destino turístico, as crianças passam fome e até sede nas escolas. Segundo o Ministério Público, o valor dos produtos foi superfaturado nos contratos que a prefeitura fechou com os fornecedores de merenda. A maior parte dos alimentos que estavam no contrato não foi entregue. Reveja a matéria completa clicando aqui:

O gestor municipal é acusado pelo Ministério Público de possíveis fraudes no fornecimento de merenda escolar.

Confira melhor sobre o assunto que ganhou notoriedade nas redes sociais, na postagem do Robert Lobato:

leo

 

O deputado Wellington do Curso (PP) continua em franco crescimento nos levantamentos de intenção de voto para prefeito de São Luis feitos pelos institutos de pesquisas da cidade.Deputado-Wellington-do-Curso-PPS-1

Alguns desses levantamentos já colocam o progressista entre os três primeiros colocados a depender do cenário.

Jovem, empresário bem sucedido, parlamentar atuante e com excelente penetração em várias classes sociais, principalmente entre as mais populares, Wellington reúne todas as condições necessárias para fazer bonito nas eleições de outubro,

Outro aspecto importante que conta a favor do pré-candidato a prefeito é sua inserção entre o eleitor jovem, estudantes e universitários, e claro, os concurseiros.  Wellington do Curso faz sucesso neste público, principalmente nas redes sociais.

Caso não apareça um obstáculo inesperado de última hora, inclusive quanto à questões partidárias, não há dúvidas de que o deputado Wellington do Curso é, sim!, um candidato competitivo na corrida pela prefeitura de São Luis.

Ah, outra coisa importante: Caso queira realmente obter sucesso eleitoral esta ano, Wellington do Curso não pode acreditar que é possível dar tudo certo com ele mesmo batendo o escanteio, correr para a área, cabecear a bola e marcar o gol.

 Construindo um sonho de consumo: união das  legendas PSB/PT/PCdoB em 2016 e 2018…

“Em política quem veta pode ser vetado”, uma breve análise da questão interna do PSB sob liderança de Luciano leitoa e Roberto Rocha, a cada dia em rota de colisão.bira
Pela direção do partido, o prefeito de Timon, Luciano Leitoa (PSB), poderá adequar o petismo palaciano juntamente com o rebaixamento do senador Roberto Rocha (PSB), que ganhou expressivo apoio da legenda a nível nacional com o fortalecimento da bancada no senado.

Isso bastaria, mas, o Lulo-petismo, que outrora era conhecido por estas bandas como Sarno-petismo, estaria se transportando de malas e cuias para o Palácio, como nova fuselagem, agora como o Dino-petismo, que caminha para as mãos do deputado Bira do Pindaré (PSB), que pretende tirar dois políticos de peso numa cartada.

Com essa medida tresloucada, o líder do PSB estadual, Luciano Leitoa, tentaria “vetar” a candidatura do único vereador eleito na cidade de São Luís, Roberto Rocha Jr, para favorecer o petismo de Bira & CIA LTDA.rrsiqueira-e1464048045196

Com uma nova direção estadual, o PSB poderá também “vetar” a candidatura de Luciano em Timon, caso a legenda não entre em acordo. O senador Roberto Rocha está sendo anunciado como afastado da direção municipal, por enquanto, apenas farpas, mas, a coisa poderá se intensificar rompendo os limites dos vetos.

Golpe e irresponsabilidade, por  Zé Reinaldo Tavares

Cinco partidos, agora no governo, resolveram recorrer ao Supremo para que a presidente Dilma Rousseff explique porque ela não para de dizer que o impeachment é golpe. O Supremo acatou a ação e a ministra Rosa Weber deu o prazo de dez dias para que a presidente afastada responda. Ela pode responder ou não, nada na lei a obriga.charge-rombo-previdencia

Mas, seja qual for a atitude da presidente, respondendo ou não, o objetivo dos partidos é acioná-la criminalmente e também por danos morais ao país. A presidente não se importa de causar danos à imagem do país e age como uma militante partidária.

E o governo Temer concluiu o tamanho do rombo que a irresponsabilidade fiscal e o criminoso tratamento dado ao Orçamento da União por parte da presidente e do seu governo. A experiente e capacitada equipe econômica que Temer reuniu com a missão de corrigir os imensos erros e irresponsabilidades que levaram o país à paralização e ao desemprego resolveu primeiro dimensionar o rombo que a criatividade fiscal da equipe comandada por Dilma tinha criado.

Feito isso entender o problema por inteiro e em seguida propor as soluções cabíveis. É um espanto inconcebível o ponto a que chegaram e levaram o país, tudo feito às surdinas, enganando todos com as criativas propagandas de João Santana e de sua mulher Mônica. Ninguém tinha ousado chegar tão longe. Tinham descoberto o “poço da felicidade” criando dinheiro sem lastro. Para que essa enganação pudesse perdurar e não ser descoberta era preciso não entregar o poder. Tinham que mantê-lo de qualquer maneira e aí veio o dinheiro desviado da Petrobrás, usado para desequilibrar a eleição presidencial em seu favor.

Mas era impossível continuar com a mentira. A fonte estava exaurida e o quadro ficou insustentável e aí Dilma tentou mudar a política econômica pois não podia mais continuar com a mentira. E ao adotar a do candidato que havia vencido na eleição, certamente a única possível no momento, começou a deterioração rápida da sua imagem que levou ao processo de impeachment.

Os números são assombrosos. Mais de cento e setenta bilhões de reais e mesmo assim tem muita coisa fora como o do rombo da Petrobras, da Eletrobrás, dos Fundos de Pensão e da Previdência Social. Só este último neste ano está projetado um déficit de cento e quarenta e seis bilhões de reais.

Quebraram o país. Temer sabe o que terá que enfrentar e com essa poderosa equipe que reuniu os caminhos serão encontrados que permitirão no primeiro momento a volta da confiança dos investidores, pois sem investimentos não serão criados os empregos que são a face mais aguda da crise.

Tenho a obrigação de alertar o governador sobre esse problema da federalização do porto do Itaqui. O canal do Panamá vai ser aberto agora com novas dimensões. E será a principal rota de transporte entre o Brasil e a Ásia. A realidade do governo brasileiro é a absoluta incapacidade de investimento em toda a infraestrutura inclusive no sistema portuário. Precisamos de muito investimento no Itaqui para possibilitar que ele se transforme na principal porta de entrada e saída de produtos brasileiros para a Ásia.

Hoje não temos ainda as condições necessárias. Não estamos sozinhos nisso. Falam também na privatização de Pecém no Ceará e nos portos do Pará, todos com condições de serem esses portos capazes de fazer essa ligação, embora o melhor de todos seja o Itaqui. O Itaqui é muito bem dirigido por Ted Lago, homem sério e capaz, mas ele precisa de grandes investimentos no porto e o governo não terá.

Assim, vai como sugestão ao governador Flávio Dino, sugestão não pedida, mas de quem só quer, como ele, o desenvolvimento do estado. Eu tenho uma experiência muito grande na matéria, pois fui ministro dos Transportes, que naquele tempo cuidava de tudo, inclusive dos portos. O Píer Petroleiro, tão importante para o Maranhão, foi daquela época. Qual sugestão poderia dar ao governador? Que o estado se antecipe e faça a privatização, em todo ou em parte do porto, mantendo o controle do porto nas mãos do estado. Chineses e japoneses, por motivos óbvios tem enorme interesse e tem imenso poder de investimento capazes de transformar o porto nesse super porto tão sonhado por nós.

Além disso, se eles fizerem esses investimentos, naturalmente vão trazer suas cargas para cá e seremos finalmente imbatíveis como pensaram nossos antepassados.

Essa é a sugestão que dou.

Não é de hoje que a Caema faz buracos e deixa largados para a Prefeitura levar a culpa…

Desde os tempos de Ricardo Murad que a Caema vem dando prejuízos à gestão municipal da capital. Seria bom que nossos gestores combinassem uma forma de trabalhar sem prejudicar a população, aliás, os buracos abertos pela companhia tem “queimado” o filme do prefeito, como se fosse ele o culpado  pela maioria das crateras deixadas abertas pela Caema.

A CAEMA – Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão, tenta mostrar serviço fazendo obras em várias avenidas da capital. Beleza, mas deveria, após abrir os bueiros, retornar para fechá-los.

Nota do blog: Nem o Mercado do Vinhais (Cobal) ficou livre das valas feitas pela Caema. O local onde funciona o Bar do Léo, espaço alternativo que ganhou recentemente telhado novo.

Abaixo, vídeo e fotos de alguns logradouros, que fiz na manhã desta segunda-feira, 23.

Foto 1:

No Jaracati, próximo do São Luís Shopping, os transtornos tem sido constantes…

aaa3e49e-502b-4e06-bc25-d9b93d96ed3e

Foto 2

Parque Shalom

387412e9-cd82-4763-b8c0-7ef61a299f36

Foto 3 

Olho D´agua

6175324a-c463-4329-a5e4-0e7933f914a2

1 337 338 339 340 341 376