Monthly Archives: agosto, 2015

O prefeito Edivaldo prestigiou na manh√£ desta quinta-feira (27) o ato de apresenta√ß√£o do novo trem de passageiros da Vale, realizado pela companhia a autoridades municipais e estaduais. Com composi√ß√Ķes mais modernas e em padr√Ķes europeus de qualidade, o trem come√ßar√° a circular a partir de 14 de setembro na Estrada de Ferro Caraj√°s, interligando S√£o Lu√≠s √† cidade paraense de Parauapebas.pref

Acompanhado por membros da dire√ß√£o da Vale, o prefeito Edivaldo percorreu os vag√Ķes e conheceu as novidades e funcionalidades dos novos carros. O prefeito parabenizou a companhia pelo investimento que vai proporcionar mais conforto √† popula√ß√£o usu√°ria do transporte ferrovi√°rio no estado. “Tudo o que venha para propiciar melhorias √† vida das pessoas e ao desenvolvimento da nossa cidade e do estado √© salutar e digno de comemora√ß√£o”, comentou Edivaldo.

√önica empresa do pa√≠s a oferecer o transporte ferrovi√°rio de passageiros em longa dist√Ęncia, a Vale investiu US$ 55,6 milh√Ķes na frota da Estrada de Ferro Caraj√°s. Foram adquiridos 39 carros, dos quais 6 s√£o executivos, 21 econ√īmicos e 12 de servi√ßos que incluem lanchonete, restaurante, bagageiro e gerador. Cada carro executivo tem capacidade para transportar 60 passageiros. J√° nos econ√īmicos s√£o dispon√≠veis 79 lugares.

Participaram tamb√©m da visita ao novo trem da Vale os secret√°rios municipais Lula Fylho (Governo), Jos√© Cursino Moreira (Planejamento), Tati Lima (Informa√ß√£o e Tecnologia); o secret√°rio estadual da Ind√ļstria e Com√©rcio, Simpl√≠cio Ara√ļjo; e o presidente da Ag√™ncia Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana, Artur Cabral.

Uma das mais fortes bandeiras de luta do PDT √©, sem d√ļvida alguma, a educa√ß√£o. Com essa certeza, o deputado Rafael Leitoa concedeu em seu pronunciamento na manh√£ desta quinta-feira (27) as boas-vindas aos prefeitos de S√£o Lu√≠s e S√£o Jos√© de Ribamar, Edivaldo Holanda J√ļnior e Gil Cutrim, respectivamente, que assinar√£o a ficha de filia√ß√£o na conven√ß√£o da pr√≥xima sexta, na casa de Eventos Patrim√īnio Show, no Centro Hist√≥rico da Capital. Segundo o deputado, os dois prefeitos t√™m na educa√ß√£o a marca de suas administra√ß√Ķes.unnamed

A Conven√ß√£o do PDT, como afirmou Rafael Leitoa, receber√° caravanas de v√°rios munic√≠pios maranhenses, tendo os atos de filia√ß√£o dos prefeitos da Grande Ilha como marcos principais do evento. O deputado lembrou que o PDT compunha o projeto do prefeito Edivaldo J√ļnior desde sua campanha nas elei√ß√Ķes de 2012, quando a milit√Ęncia pedetista abra√ßou o projeto e, desde ent√£o, √© parte integrante da administra√ß√£o municipal de S√£o Lu√≠s. ‚ÄúO PDT foi fundamental para a elei√ß√£o do prefeito Edivaldo Holanda J√ļnior, tanto que este tem como sua bandeira de luta a educa√ß√£o‚ÄĚ, refor√ßou o deputado.

Rafael Leitoa relatou que o partido vive um momento de renovação, tendo em vista a candidatura do deputado federal Weverton Rocha à presidência estadual do PDT. Rafael afirmou que Weverton Rocha é hoje uma das maiores lideranças que o partido tem no Brasil, perpassando os limites do Maranhão.

Em rela√ß√£o √† Juventude Socialista do PDT, o deputado Rafael Leitoa fez quest√£o de enaltecer como uma das juventudes mais organizadas do Brasil e a conven√ß√£o deste sexta-feira servir√° para apresentar aos novos filiados a sua for√ßa e empenho nas a√ß√Ķes e projetos do partido. ‚ÄúTenho 16 anos de milit√Ęncia no PDT, foi o Partido que me formou ideologicamente e muito contribuiu, e contribui, para a minha vida pol√≠tica‚ÄĚ, lembrou.

‚ÄúEsperamos que o Partido possa crescer n√£o s√≥ em n√ļmeros, mas tamb√©m em qualidade e em a√ß√Ķes. Assim podemos tamb√©m fazer com que novos filiados, novas lideran√ßas possam conhecer melhor o nosso partido, preservando o seu estatuto e o conte√ļdo program√°tico que eram defendidos por Leonel Brizola, Darci Ribeiro, os grandes estadistas deste pa√≠s‚ÄĚ, finalizou Rafael Leitoa.

Absurdo: outro aumento nas tarifas de energia elétrica

Essa é para os bajuladores da presidenta Dilma, que fez promessas de que não ia ter aumento de energia elétrica, combustíveis, etc. Cadê o governo da mudança, será que alguém vai fazer torcida para Dilma, depois desses aumentos?

Os maranhenses votaram pela mudan√ßa: elegemos um governador para lutar por mudar e n√£o para aceitar as imposi√ß√Ķes de uma partido elitista que s√≥ sabe penalizar os trabalhadores.

O aumento da energia el√©trica, quem vai chamar Dilma para um ‚Äúdi√°logo‚ÄĚ e reclamar dos absurdos? Num recente pronunciamento, deputado maranhense explana o tamanho do absurdo. Confira abaixo:

Absurdo: Dilma ferra trabalhadores e governistas fazem torcida a favor da presidenta...

Absurdo: Dilma ferra trabalhadores e governistas fazem torcida a favor da presidenta…

Revela√ß√Ķes!!!

Olha ai, Rodrigo Lago: os le√Ķezinhos querendo comer carnes… Documentos mostram suspeitas de fraudes em contratos milion√°rios do Cerimonial do Governo do Estado.

Quem vai dar o furo primeiro?

Essa semana, o que teve de blogueiro afoito dando ‚Äúo furo‚ÄĚ da pris√£o da prefeita de Bom Jardim, apelidada de ‚Äúloura burra‚ÄĚ, n√£o est√° escrito. Teve gente que flagrou at√© a pris√£o de uma loura, que na hora ‚Äúh‚ÄĚ n√£o era a prefeita…

preis√£o

A pior de todas: Revelação do além!

Teve a reportagem sobre ‚Äúa revela√ß√£o da morte de um pai de santo‚ÄĚ. Detalhe, o homem j√° viveu mais de 100 anos. Ora, o que se pode esperar de um homem que est√° com mais de cem anos, al√©m de estar esperando que ‚Äúparta para a eternidade‚ÄĚ a qualquer momento?

Sangue de Jesus tem poder!!!!

Assessor enfezado!telma-oliveira-moura-jean-alves-495x371

Nos bastidores do poder Rangedor, os coment√°rios foram sobre a ferocidade de um certo assessor de um influente pol√≠tico que √© ‚Äúpoderoso‚ÄĚ no poder Rangedor.

As revela√ß√Ķes, muito bem documentadas, causaram um certo mal estar no seio comunista, que chegam aos n√≠veis dos milh√Ķes. Coment√°rios d√£o conta que, o assessor √© homem forte na Casa do Povo, acostumado dar murro em mesa de certa C√Ęmara Municipal onde todos ouvem suas broncas e ficam caladinhos.

Olha aí, a documentação:oficio-visao-e-perfil-telma-moura-oliveira-cerimonial-e1440462942912Clic nas imagens para ampliá-las.

Assim que se faz, político tem que brigar pelos direitos do povo:

Protesto contra o aumento da energia el√©trica feito pelo deputado federal Jos√© Reinaldo Tavares (PSB), na C√Ęmara dos Deputados.

Fiquem com o discurso que mostra os preços abusivos liberados por Dilma:

O Governo, paralisado, nada faz e torce para que a recess√£o econ√īmica que domina o Pa√≠s e o pre√ßo das tarifas que assustou o consumidor e diminuiu o consumo de energia el√©trica empurrem o problema para diante; talvez at√© para 2016. Mas o que poder√° acontecer se os reservat√≥rios das hidrel√©tricas n√£o se recuperarem e se a estiagem continuar por mais algum tempo?

A situa√ß√£o hoje √© a seguinte: as principais regi√Ķes produtoras de energia hidrel√©trica do Pa√≠s s√£o a Regi√£o Sudeste e a Regi√£o Centro-Oeste, que produzem 70% do total do parque hidrel√©trico e que no dia 31 de mar√ßo tinham apenas 28,54% de √°gua nos reservat√≥rios. A terceira √© a Regi√£o Nordeste, que participa com 18% do total e tinha s√≥ 23,53% de volume h√≠drico em seus reservat√≥rios. No Sul, cuja participa√ß√£o √© de menos da metade da participa√ß√£o do Nordeste, em torno de 7%, havia 39,3% de volume. E no Norte, que participa com cerca de 5%, o volume de √°gua era de 61%. Em abril come√ßa a estiagem e a partir de maio n√£o mais chover√° at√© outubro, quando tem in√≠cio o pr√≥ximo per√≠odo chuvoso.

Portanto, o Governo escolheu nada fazer e rezar para que o consumo diminua, para que os preços reduzam o consumo, pois desde fevereiro de 2014 o reajuste da conta de luz chega a quase 60%. Um absurdo!

Hoje as tarifas praticadas no Brasil est√£o entre as mais altas do mundo para a ind√ļstria, contribuindo sobremaneira para o aumento do chamado Custo Brasil. Entre os 28 pa√≠ses pesquisados, tomando-se os pre√ßos em reais por megawatts utilizados, somente na √ćndia, onde se cobra tarifa de 596,96, e na It√°lia, onde esse valor √© de 536,14, praticam-se pre√ßos mais altos do que no Brasil ‚ÄĒ 498,28. No Canad√°, o valor cobrado √© 129,87; nos Estados Unidos, 128,23; na Argentina, 57,63. Todos os demais pa√≠ses do mundo t√™m tarifas para a ind√ļstria mais baratas que as do Brasil.

E no Maranh√£o? Nosso Estado tem tarifas car√≠ssimas. Praticamos o pre√ßo mais elevado da Regi√£o Nordeste ‚ÄĒ 506,13. Em √Ęmbito nacional, entre os 27 Estados, 17 t√™m tarifas mais baratas do que as nossas. E olhem que n√≥s produzimos o dobro da energia que consumimos.

Leia na integra clicando aqui:

O Bacharel em Direito Thales Castro assumiu o comando do Partido Democrático Trabalhista (PDT) em Vargem Grande. O convite para Castro presidir o partido no município foi feito pelo deputado estadual Fábio Macedo (PDT), integrante da bancada do partido na Assembleia Legislativa, e contou com o aval do presidente estadual do partido, Julião Amim e do deputado federal Weverton Rocha.unnamed (1)

O PDT de Vargem Grande conforme dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), al√©m de Thales Castro tamb√©m comp√Ķe a comiss√£o: Francisco das Chagas Coelho como vice; Ragenilson da Concei√ß√£o de Lima, como secret√°rio; Raimundo Nonato da Costa, como tesoureiro; Domingos Thiago Braz Carvalho, Isael Sousa da Silva e Marcony de Jesus Coelho est√£o como membros.

Thales que também é blogueiro assume o partido com foco na renovação e no pleito do ano que vem.

‚ÄúAssumo o comando do PDT para contribuir com as mudan√ßas que est√£o sendo realizadas no Maranh√£o e que com as b√™n√ß√£os de Deus tamb√©m ser√£o implementadas em Vargem Grande‚ÄĚ,¬† declarou.

Na manh√£ desta quarta-feira (26), o deputado Wellington do Curso (PPS) solicitou √† Secretaria Municipal de Sa√ļde de S√£o Lu√≠s e √† Prefeitura de Alc√Ęntara, durante seu pronunciamento na tribuna da Assembleia Legislativa, a implanta√ß√£o de dois postos de sa√ļde: um no Terminal da Ponta da Espera e o outro no Cujupe.unnamed

Ao justificar, o parlamentar afirmou que as Indica√ß√Ķes de sua autoria objetivam beneficiar a popula√ß√£o de mais de 20 munic√≠pios que precisam utilizar os servi√ßos de transportes mar√≠timos, al√©m de levar os servi√ßos de sa√ļde aos usu√°rios desses transportes que, segundo ele, enfrentam sempre as mesmas dificuldades.

‚ÄúDiariamente, mais de 1500 pessoas utilizam o servi√ßo de ferry-boat, que vai do Terminal da Ponta da Espera, em S√£o Lu√≠s, ao Cujupe, na Baixada Maranhense. Nos feriados prolongados, a movimenta√ß√£o aumenta em at√© 10vezes. Vale frisar, que os usu√°rios desse transporte sempre enfrentam as mesmas dificuldades: filas longas, demora na espera, falta de estrutura adequada, de um posto m√©dico, de profissionais capacitados que possam prestar atendimento de pronto socorro ou emerg√™ncia aos passageiros entre outras demandas. Ressalto, ainda, que a sa√ļde √© um direito de todo e qualquer cidad√£o e que o zelo a este direito social deve ser enfatizado e sempre priorizado‚ÄĚ, destacou.

“Investiga√ß√£o √© tentativa e erro”, disse Janot durante sabatina, sobre as possibilidades das investiga√ß√Ķes que j√° evolu√≠ram muito, serem arquivadas…JANOT

Danou-se: Janot precisa da aprova√ß√£o de senadores investigados pela Lava Jatos…¬†Ser√° que ningu√©m v√™ imoralidade nessa hist√≥ria de senadores investigados na Lava Jato ‚Äúsabatinar‚ÄĚ o procurador, Janot, nesta quarta?

Dez de 13 senadores investigados integram comissão que farão sabatina para ser reconduzido Rodrigo Janot à PGR.

Senador maranhense arrolado:

Segundo a reportagem da Globo (G1), entre os senadores investigados na Lava Jato, oito s√£o membros titulares da CCJ e outros dois s√£o suplentes, entre eles est√° o maranhense Edison Lob√£o:

Titulares, Romero Juc√° (PMDB-RR),Valdir Raupp (PMDB-RO), Edison Lob√£o (PMDB-MA), Benedito de Lira (PP-AL), Ciro Nogueira (PP-PI), Humberto Costa (PT-PE), Gleisi Hoffmann (PT-PR), Antonio Anastasia (PSDB-MG)

Suplentes: Fernando Collor de Mello (PTB-AL), Lindbergh Farias (PT-RJ)

Obras que Fl√°vio Dino n√£o enfiou um prego numa barra de sab√£o, mas faz quest√£o de mostrar que s√£o suas.¬†Fora isso, uma grande m√≠dia foi formada para desqualificar e perseguir quem n√£o reza na “cartilha vermelha”…

Os comunistas seguem em campanha, em v√°rios momentos agem de forma clara, como se ainda n√£o desceram do palanque eleitoral.¬†De acordo com as publica√ß√Ķes estatais, as obras iniciadas nos governos passados, que deram certo, s√£o detalhes que n√£o precisam ser mostrados.

Mas, quando √© para mostrar erros, os palanques s√£o armados num instalar de dedos, fizeram isso recentemente na vinda da presidenta Dilma Rousseff, ¬†ao entregar o Tegram, est√£o fazendo com hospitais…

2tempos

GOVERNO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL
Fonte: SES
25/08/2015
____________________________________________________________

Fotos/ Divulgação / Francisco Campos
Fotos 1, 2 e 3 ‚Äď Funcion√°rios do Hospital de C√Ęncer do Maranh√£o durante culto ecum√™nico e comemora√ß√£o do anivers√°rio da unidade hospitalar

Hospital de C√Ęncer do Maranh√£o comemora
um ano de funcionamento

Esta ter√ßa-feira (25) foi de celebra√ß√£o no Hospital de C√Ęncer do Maranh√£o ‚Äď Dr. Tarqu√≠nio Lopes Filho. Com a realiza√ß√£o de um culto ecum√™nico, no jardim central da unidade, m√©dicos e equipe multiprofissional, comemoraram o primeiro ano de atividade do hospital, ap√≥s sua inaugura√ß√£o voltada para o atendimento especializado de pacientes oncol√≥gicos, com apresenta√ß√£o do coral ‚ÄėCanta Geral‚Äô, exposi√ß√£o fotogr√°fica e coffee break.
Cerca de quatro mil atendimentos s√£o realizados por m√™s desde o in√≠cio do ano no Hospital Dr. Tarqu√≠nio Lopes Filho. A Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) disp√Ķe de 123 leitos de interna√ß√£o cl√≠nica, cirurgia, centro cir√ļrgico com cinco salas, uma Unidade de Terapia Intensiva e Semi-Intensiva, consult√≥rios, dois leitos de estabiliza√ß√£o, sala de medica√ß√£o, leitos de observa√ß√£o feminina e masculina, salas de classifica√ß√£o de risco e de medica√ß√£o.
Al√©m do tratamento cir√ļrgico, uma enfermaria de cuidados paliativos tamb√©m foi equipada dentro da unidade, com 14 leitos. No local, √© dada assist√™ncia a doentes cr√īnicos, que n√£o t√™m mais progn√≥stico terap√™utico, cuja enfermidade est√° em progress√£o e amea√ßa a continuidade da vida.
Nesse per√≠odo de um ano, foram realizadas 35.593 consultas m√©dicas, 269.229 atendimentos de multidisciplinaridade, 1.228 procedimentos e cirurgias, 4.769 interna√ß√Ķes, 6.804 sess√Ķes de quimioterapia, 6.521 atendimentos de urg√™ncia e emerg√™ncia, 9.546 tomografias e 2.190 mamografias, entre outros v√°rios procedimentos e exames.
Os pacientes contam com a assist√™ncia da equipe de m√©dicos especialistas, enfermeiros, cirurgi√Ķes, farmac√™uticos, bioqu√≠micos, assistentes sociais, psic√≥logos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e nutricionistas.

Cirurgia oncológica minimamente invasiva

O diretor geral do hospital, Jos√© Maria Assun√ß√£o, pontua que j√° como marca da atual gest√£o, um grande avan√ßo tem sido conseguido, por exemplo, na √°rea de cirurgia oncol√≥gica avan√ßada minimamente invasiva, com procedimentos realizados por videolaparoscopia, antes imposs√≠veis de serem oferecidos ao paciente do SUS. ‚ÄúMais marcante ainda que os n√ļmeros, √© a gratid√£o estampada nos rostos de cada paciente, pelo atendimento diferenciado aqui prestado, seja no Servi√ßo de Pronto Atendimento, na Cl√≠nica Oncol√≥gica ou Cir√ļrgica, na Unidade de Terapia Intensiva, de Cuidados Intermedi√°rios ou de Cuidados Paliativos‚ÄĚ, ressalta Jos√© Maria.

Durante a comemora√ß√£o, o diretor enfatizou que para lidar com o c√Ęncer √© preciso muito mais do que somente capacita√ß√£o t√©cnica. ‚Äú√Č preciso empatia, colocar-se no lugar do paciente e da fam√≠lia do paciente, entender suas ang√ļstias e medos, sua insatisfa√ß√£o e sua revolta. Tornar-se capaz de compreender o ser humano al√©m de sua doen√ßa √© o nosso dever. √Č preciso faz√™-lo acreditar que √© poss√≠vel lutar, que √© poss√≠vel melhorar, e que, muitas vezes, existe sim a cura, e vamos busc√°-la a todo custo‚ÄĚ, afirmou o diretor.

Para o Dr. Rodrigo Vasques, cirurgi√£o oncol√≥gico e atualmente coordenador da Cl√≠nica Cir√ļrgica do Hospital, que trabalha na unidade h√° cerca de tr√™s anos, √© not√≥ria a evolu√ß√£o do hospital nos √ļltimos meses. ‚ÄúHoje temos muito que comemorar. √Č uma felicidade participar desse momento de constru√ß√£o. Festejar um ano parece pouco, mas os passos que s√£o dados em prol da sa√ļde dos pacientes oncol√≥gicos t√™m sido muito grandes‚ÄĚ, garante o m√©dico.

Para Vasques, o hospital tornou-se refer√™ncia com a amplia√ß√£o dos n√ļmeros de leitos, atendimentos, aumento da equipe e profissionais especialistas, o que sem d√ļvida tr√°s um engrandecimento para toda a popula√ß√£o que precisa desses servi√ßos de alta complexidade no tratamento de c√Ęncer no Estado.

O senador e ex ministro da Educação do governo Lula,  Cristovam Buarque (PDT), esteve na cidade de Timon-MA, onde participou de dois importantes eventos.pdt

Cristovam Buarque elogiou o modelo de ensino m√©dio ao visitar as instala√ß√Ķes das escolas, que s√£o devidamente adequadas e climatizadas.

Na sexta-feira,21, o senador deu uma palestra sobre forma√ß√£o de gestores, onde aproveitou para fazer o lan√ßamento de seu livro ‚Äúerros do sucesso‚ÄĚ.

No s√°bado, 22, o senador pedetista, juntamente, com o prefeito de Timon, Luciano Leitoa(PSB) participou do 2¬į Aul√£o Aprova Timon, que aconteceu no centro de conven√ß√Ķes maranhense.

O prefeito Luciano Leitoa falou da import√Ęncia desse aul√£o que √© oferecido de forma gratuita aos jovens timonenses. ‚ÄúMuitos jovens de Timon n√£o possuem a oportunidade de ter acesso √† educa√ß√£o de qualidade, por isso nos engajamos em oferecer esse aul√£o para que eles possam competir de forma mais justa e obter sucesso no Enem‚ÄĚ, disse.

Na ocasi√£o os quase 2 mil jovens tiveram a oportunidade de receberem as palavras de motiva√ß√£o do senador. O Projeto Aprova Timon √© realizado pela Prefeitura Municipal, atrav√©s da Coordenadoria de Juventude em parceria com o Governo do Estado, Unidade Regional de Educa√ß√£o e institui√ß√Ķes particulares de ensino.

Deputado Z√© In√°cio (PT), participou da 5¬į edi√ß√£o da Cavalgada do Clube da Viola no munic√≠pio de Itinga do Maranh√£o. O evento contou tamb√©m com a participa√ß√£o expressiva de pecuaristas e empres√°rios da Regi√£o Tocantina e do sudoeste paraense. A Pol√≠cia Militar estimou que cerca de 10 mil pessoas estiveram no evento.

Deputado Z√© In√°cio prestigia 5¬ļ edi√ß√£o da vaquejada em Itinga

Deputado Z√© In√°cio prestigia 5¬ļ edi√ß√£o da vaquejada em Itinga

Z√© In√°cio (PT) ressalta a import√Ęncia de eventos como esse no munic√≠pio. ‚ÄúA Cavalgada j√° est√° consagrada em Itinga e demais regi√£o e o meu compromisso com o eleitor de Itinga √© de continuar ajudando o munic√≠pio na √°rea da sa√ļde, educa√ß√£o e na cultura. A prefeita Vete Botelho tamb√©m t√™m sido cada vez mais investindo em a√ß√Ķes com o objetivo de desenvolver o munic√≠pio‚ÄĚ, disse o deputado.

J√° a prefeita Vete Botelho afirma que as festas populares precisam do apoio do poder p√ļblico. ‚ÄúA prefeitura municipal se faz sempre presente aos eventos populares e a participa√ß√£o de outros munic√≠pios √© uma demonstra√ß√£o de que a cada ano que passa a Cavalgada esta cada vez mais popular‚ÄĚ.

A cavalgada já se tornou tradição em Itinga e todos os anos abre o Clube da Viola.

Vale lembrar que esta √© a 5 cavalgada e o 6¬į Clube da Viola. A festa come√ßou em 2010.