Mical Damasceno e lideranças religiosas se reúnem com o Governador para alinhar reabertura das Igrejas

4

Nesta quinta-feira, 28, o governador Flavio Dino se reuniu com a deputada estadual Mical Damasceno e algumas lideranças religiosas para tratar sobre a reabertura dos templos religiosos no Estado do Maranhão.

A deputada estadual Mical Damasceno, no mês de abril, através de Projeto de Lei e Indicação, solicitou que as atividades das Igrejas e templos religiosos de qualquer culto fossem consideradas como atividades essenciais do Estado para que assim algumas atividades pudessem retornar, observando todas as recomendações de segurança da OMS.

Com o projeto pendente de aprovação na Assembleia Legislativa, recentemente a Deputada conseguiu reunir diversas convenções e denominações de Igrejas distintas para assinarem um termo de compromisso solicitando a análise de sua indicação ao Governador de reabertura dos templos.

“Agradeço ao governador por reconhecer publicamente nossa luta pessoal em prol da reabertura das atividades religiosas, sobretudo, no reconhecimento da essencialidade das igrejas para o equilíbrio do estado especialmente para vencermos essa batalha contra o coronavírus. Isso é prova de que nosso mandato está sempre a disposição para servir a igreja e o estado do Maranhão”, destacou a parlamentar ao fim da reunião.

4 respostas para “Mical Damasceno e lideranças religiosas se reúnem com o Governador para alinhar reabertura das Igrejas”

  1. Já fui cristão também, mas chequei a conclusão que o cristianismo é uma religião de negação da vida, tu tens que deixar de fazer coisas prazerosas hoje para ser compensado em outra vida, quando morrer, só que até agora ninguém que morreu voltou para dizer como é a outra vida, além do mercantilismo religioso, onde praticamente aqueles que dizem conhecer a palavra, vendem esse conhecimento, pois não conheço pastor pobre e com a mão calejada da labuta diaria para sustentar sua familia.

    • Cristianismo é demostrar amor ao próximo. Vc nunca se converteu. Entegue seu coraçao a Jesus Cristo e viva na prátuca o “amai-vos”

  2. Para mim uma das ultimas atividades a ser liberada devem ser os cultos e as missas, afinal nunca vi falar de alguém que morreu por ter deixado de ir em um deles, na verdade esses pastores querem a volta dos cultos para ter algum faturamento, que deve ter diminuido bastante, agora é para as igrejas terem uma boa reserva financeira, pois o investimento para funcionar é pequeno.

    • Velho eu sou cristão assisto reuniôes online (lives pelo youtube) e estou dando meus dízimos e ofertas on-line. (Dá dízimo, dar quem quer, ninguém é forçado)Quanta bobagem sua. Não fale daquilo que não sabe, ok? é melhor!

      Além de dar dizímos e ofertas, faço doações de cestas básicas e dou parte de meu tempo para axiliar em reconciliação de pesssoas doentes, embreagadas, drogadas.
      Quer saber? Estou bem, me sinto livre, em paz.