Judas ou pilatos? Flávio Dino esperou o pior acontecer para culpar Bolsonaro?

0

Esperando pelo pior?

Morte de indígena, vítima de emboscada por madeireiros, teria sido alertada durante entrevista, mas o governador lavou as mãos.

Dados comprovam gravidade dentro da atuação estadual, mas governador, como sempre,  prefere “jogar” a culpa noutros…

Bombástica a revelação que madeireiros estavam há meses prontos para atacar indígenas de reservas maranhenses, até a Rede Globo tentou alertar o governador Flávio Dino, durante suas viagens ao Sul do Brasil para dar entrevistas. Para quem acompanha os conflitos com madeireiros,  que não respeitam limites, vivem agindo dentro e fora dos limites federais, o assassinato poderia ser evitado.

Ao que tudo indica, no afã de atacar o presidente Bolsonaro, como gosta de fazer, Dino teria, inclusive, jogado os problemas da violência na conta da Funai, Polícia Federal, do Ibama, esquecendo de dizer que, o dever de impedir o desmatamento crescente no estado, fora dos limites federais (reservas), é de seu governo, conforme teria sido alertado pela entrevistadora da Globo.

Desta feita, outra pergunta continuará pairando: governador Flávio Dino, ainda no palaque, que adora acusar, em incansáveis “entrevistas” , que foi previamente avisado, continuará agindo desta forma, jogando para outros, ou vai assumir quem de fato é?

(Informações blog do Gilberto Leda)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.