Conspirações pela pobreza, ou: forças ocultas agiram outra vez?

0

Pasmem!

Não existe ocultismo pior que a política: no pobre Maranhão não tem feitiço, macumba, ou como dizem por estas terras: “uma cabeça de burro enterrada”. Tem políticos mal intencionados, que preferem segurar a população na pobreza.

Com a desculpa de “preservar” moradores que comercializam castanha de caju, os procuradores do Sul do Brasil deram fim a abertura de negócios lucrativos do turismo em Barreirinhas. As desculpas dadas pelos burocratas, se levadas em consideração à atividade dos moradores, esbarram nos exemplos de outros estados, como Ceará, grande produtor de castanha de caju, por exemplo, que fez a mesma mudança, ampliando os negócios dos moradores.

Os mesmo que tentaram barrar a vinda da Agência Espacial Americana, a Nasa, para despejar milhões de dólares, podem estar agindo para barrar avanços noutras cidades.

Forças politicas agiram novamente para impedir o avanço do Maranhão? Importante levar-sem em consideração, outro importante dado: uma reunião comandada pela senadora (cristã?) e comunista, Eliziane Gama, com demais aliados do PCdoB, em Barreirinhas, onde as discissões foram de contra a demarcação e, consequentemente, a abertura de novos marcados para o local, com a desculpa de “protegerem a natureza”.

O pobre Maranhão não tem feitiço, macumba, ou como dizem por estas terras: “uma cabeça de burro enterrada”. Tem políticos mal intencionados, que preferem segurar a população na pobreza. Abaixo, trecho de O Antagonista:

Só lembrando, que as conspirações contra os avanços do Maranhão e Brasil, agem contra as reformas importantes no Congresso, contra a vinda da Nasa para investir milhões de dólares em Alcântara, etc.

Os deputados federais do Maranhão, na maioria, foram eleitos com Flávio Dino em 2018, com derrames da maquina pública.

Mas isso são detalhes que o Ministério Público, e outros burocratas desconhecem. Pobre Maranhão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.