Até quando o irresponsável extremismo comunista continuará penalizando o Maranhão?

0

Na contramão do bom senso, governador comunista usa midia palaciana para desqualificar Jair Bolsonaro.

Não caiu bem para um governador reeleito, o papel de “provocador geral da república comunista do Maranhão”.

A questão é básica: um governador deveria pensar no povo de seu estado. Mas, Flavio Dino, prefere brigar com quem pode nos ajudar.

Ora, para quem acabou de sair de uma eleição gastando horrores, deixando o estado mais individado, na extrema pobreza, se prestar ao extremo de ir para jornais falar mal de um candidato com reais chances de se tornar o próximo presidente do Brasil, é algo impensável, extremamente ridículo.

Confira:

Os comentários estão desativados.