Jornalistas de todo Brasil destacam perseguição de Juíza do Maranhão…

0

 Alô, feministas!!!

Alô, secretária da Mulher, feministas do Maranhão, um deputado na Assembleia atacou a honra de uma mulher no exercício de sua função.

Rota de colisão entre poderes:

Executivo, Legislativo e Judiciário em rota de colisão? Nunca na história do Maranhão um governador causou tantas crises.

Ataques orquestrados contra a honra de uma mulher pipocaram de todos os lados após membro do Judiciário ter cassado os direitos políticos do governador, seu secretário e um prefeito.

No Maranhão da “mudança” já era esperado que jornalistas, blogueiros palacianos e bajuladores, fizessem o trabalho sujo, mas um deputado, um membro do Legislativo, não.

Segundo a Coluna do Cláudio Humberto, o deputado Rogério Cafeteira teria sido “escalado” para “zombar” de uma juíza usando o plenário da Assembleia Legislativa.

Abaixo, trecho da Coluna Diário do Poder, de Brasília, mostrando o nível baixo da política comunista do Maranhão.

Como sempre, ele culpou os adversários da família Sarney pelo “golpe” e ainda desdenhou da decisão da magistrada. “Me desculpem não ter me manifestado antes. Mas estava muito preocupado com coisas sérias”.

O deputado Rogério Cafeteira, líder do governo Dino na Assembleia Legislativa, também zombou da juíza, chamando sua decisão de “fake” (falsa).

Na decisão a magistrada também tornou inelegível o ex-secretário Márcio Jerry (PCdoB), candidato a deputado federal pelo Estado, Dino também buscava uma reeleição.

Foram cassados os mandatos de Luís da Amovelar Filho, prefeito da cidade de Coroatá, e seu vice Domingos Alberto Alves de Souza. Também é alvo da ação o Secretário de Estado de Articulação Política, Clayton Noleto Silva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.