“Jefferson Portela não tem condições morais de chefiar as forças de segurança”, afirma Estevão Aragão

1

O vereador Estevão Aragão (PSDB) denunciou da tribuna da Câmara Municipal de São Luís, na manhã desta terça-feira, 24, a forma truculenta como o secretário de Estado da Segurança, Jefferson Portela, do PCdoB, se comportou na Câmara Municipal de São Luís durante um Painel sobre Segurança Pública de São Luís na última quarta-feira (17).

“O secretário de Segurança Jefferson Portela não tem respeito nem pelos vereadores desta Casa. Se não tem por um vereador, que não é melhor que ninguém, mas representa a população desta cidade, não pode estar num cargo importante. Pra quem diz que o povo não sabe votar eu digo que sabe sim, pois Jefferson Portela já tentou ser vereador aqui e foi rejeitado nas urnas, não foi eleito”, afirmou Estevão Aragão.

O vereador revelou que foi desrespeitado pelo secretário Jefferson Portela, que também destratou outros parlamentares, durante um evento sobre Segurança na Câmara de São Luís, na semana passada, enquanto demonstrava dados sobre a segurança na capital.

Estevão Aragão protestou que o ocorrido não tenha sido divulgado pela Comunicação da Casa e, agradeceu aos demais colegas de parlamento, como os vereadores, Barbara Soeiro (PSC), Marquinhos (DEM), Osmar Filho (PDT), Marcial Lima (PRTB) e Beto Castro (PROS), este último, que também foi vítima da fala desrespeitosa do secretário. (Assessoria do vereador)

Uma resposta para ““Jefferson Portela não tem condições morais de chefiar as forças de segurança”, afirma Estevão Aragão”

  1. Será? Foi uma situação ruim que ocrreu entre os dois, espero que resolvam traquilamente essa intriga e trabalhem juntos para melhorar a segurança do nossa cidade.