Terceira via: a elegância política entre Roberto Rocha e Zé Reinaldo…

2

Antes não tinha agora tem….

Nesta postagem, o destaque vai para a transparência do ex-governador Zé Reinaldo Tavares, que agiu com clareza e não escondeu a sua intenção de promover uma terceira via no Maranhão. Muito diferente daquilo que fez Flávio Dino, quando embalou ao mesmo tempo, e sem nenhum pudor, seus dois aliados: Elizane Gama e Waldir Maranhão, com promessas sem a menor chance e nenhuma intensão de cumprir.

Antes de tudo, é importante destacar que Zé Reinaldo fez a coisa certa ao decidir-se pelo PSDB, atendendo ao convite do presidente nacional do partido, Geraldo Alckimin, que também é governador do estado de São Paulo. Ao contrário do que fez Flávio Dino, que nunca atendia suas ligações, sem falar das intermináveis horas e chás de cadeiras que o Zé sofreu na recepção do Palácio, tendo que se humilhar para ter uma simples conversa (audiência) com o governador.

O que Flavio Dino não esperava era que, com a saída de Zé Reinaldo de sua base aliada, ele favoreceu não apenas o surgimento da terceira via, mas, também de uma quarta via, que é Eduardo Braide, nas eleições de 2018. Este fato só comprova que, diferente de Flávio Dino, que impede, vinga, e mata no nascedouro, Roberto Rocha e Geraldo Alckim estendem as mãos aos outros políticos.

Zé que o diga. Por falar nele, fecho com a paródia da campanha publicitária do governador: antes não tinha, agora tem autofagia.

2 respostas para “Terceira via: a elegância política entre Roberto Rocha e Zé Reinaldo…”

  1. Caro Ricardo Ze Reinaldo nem tomou conhecimento de Asa de Aviao, negociou sua filiacao direto com a executiva nacional do PSDB, Asa teve que engolir Ze Navalha.

    • Acredito que eles já tinham falado, mas, a questão de Alckimin foi, sobretudo, para anunciar o apoio ao Braide.