E os Direitos Humanos no Maranhão?

0

Reflexões sobre as acusações e xingamentos gratuitos…

Outra morte a ser lamentada?

A morte (assassinato ou crime de encomenda) da vereadora do PSOL, que era uma defensora dos Direitos Humanos do RJ ganhou contornos políticos nas redes sociais. Tal como campo de batalha entre “esquerda” e “direita”, quem ousar sair do trivial poderá ser taxado imediatamente de “defensor de Bolsonaro”. Que loucura!

Gostaria de deixar uma breve reflexão, mas, fui interpelado por esquerdistas, na página do meu amigo de instagram, o psolista e defensor dos DH, Antônio Pedrosa.

Também comentei ao meu amigo de facebook, o jornalista e professor Xico Gonçalves, que está ocupando o cargo de secretário dos Direitos Humanos no governo do Estado, que, educadamente sempre responde minhas indagações. Lamentável que a politicagem ganhou espaço nas discussões.

Mas, e os Direitos Humanos?

Somos meras vitimas da politicagem que nos coloca em guerra. Pobres e negros, filas intermináveis de brasileiros continuam morrendo (assassinados) pelas balas dos fuzis, das milicias, de todos que se beneficiam do tráfico.

O Rio, continua lindo, apesar das mortes dos pobres, dos negros, de todas as vitimas anônimas dos criminosos, que continuam com a complacência dos poderes, sem a devida divulgação das mídias.

Enquanto isso no pobre Maranhão:

Ontem,15 de março de 2018,  no conjunto Maiobão, encontraram outra ossada. Uma adolescente de 16 anos,  que estava desaparecida há meses e foi estuprada e assassinada por oito homens.

 

Os comentários estão desativados.