OAB-MA atesta veracidade de áudio com a voz de Duarte Jr.

A seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MA) confirmou, numa nota de repúdio, a veracidade de um dos áudios atribuídos ao deputado estadual Duarte Júnior (Republicanos) vazados na semana passada na imprensa local.

No material, extraído de um grupo no Telegram do qual o parlamentar fazia parte, ele cobrava da advogada Tairinne de Morais o protocolo de uma ação judicial eleitoral contra a Rádio Mirante AM porque um ouvinte entrou no ar e o criticou.

O caso está relacionado às eleições de 2018.

Após o vazamento, a OAB-MA emitiu nota de repúdio na quinta-feira (5), o que atesta a autenticidade do material – e contradiz a versão do deputado Duarte Júnior, de que os materias divulgados são “completamente MANIPULADOS e FALSOS” (saiba mais).

Segundo a Ordem, no áudio a “advogada Tairinne Cristine Soares de Morais (OAB: 12227) trata de questões jurídicas envolvendo cliente” o que deveria ser protegido por sigilo.

“A OAB Maranhão destaca que o art. 7º da Lei 8.906/94 § 2º, amparado pelo Art. 133 da Constituição Federal, prega o sigilo profissional de comunicações mesmo que de forma indireta, entre a advogada e seu cliente, momento em que repudia tal conduta e informa que acompanhará os desdobramentos do caso”, diz o comunicado.

Leia aqui a íntegra.

Blog do Gilberto Leda