Mais uma perseguição na conta de Flávio Dino? PROS expôs antidemocracia Dinista de querer tomar partidos para impedir candidaturas…

Em plena eleição uma lição:

Para se ter uma ideia do absurdo, confira na imagem abaixo, o teor da notícia dando conta da retirada de uma legenda (Partido Republicano da Ordem Social – PROS) impedindo a liberdade de seus filiados de apoiarem outro candidato a governador, que não fosse Carlos Brandão.

AI-5 seria fichinha diante disso.

A lição que fica?

Ora, nunca se deve negar legenda e limitar a liberdade. Ficou feio, aliás, horrorivel para a trinca do mal: Dino, Brandão e Chico.

O PROS continuará sob o comando de Marcus Holanda nacionalmente, e no Maranhão continuará com o suplente de deputado, Marcos Caldas, e na base do candidato a governador, Weverton Rocha (PDT).

A verdadeira democracia deve ser exercida pelos líderes de partidos que não negociam legendas repletas (com porteiras fechadas) de candidatos como se fossem gados.

Vereador do Palácio: Chico notabilizou-se pela conduta palaciana (antidemocrática)

Em tempo: A legenda retornou aos verdadeiros donos e deverá, pela justiça, validar as eleições de seus filiados, que acreditando na democracia filiarem-se no PROS, e vão poder participar das eleições sem o risco de serem perseguidos ou impedidos.

Depois dessa, com que cara, Flávio Dino, Carlos Brandão e Chico Carvalho vão alegar que são “democratas”?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.