Verdade que o “Jornal de Sarney” fechou as portas, faliu?

O sistema é bruto, comunistas e capitalistas estão unidos politicamente em pleno horário nobre, pela tela do maior conglomerado de emissoras. 

Não é verdade que O Estado do MARANHÃO está falido, tanto que o principal cliente do “Jornal do Sarney” continua sendo o Governo do Estado, que paga em dia…

Consórcio comunista: plano “B” de Flávio Dino é lançado no mesmo dia que Jornal  fecha as portas…

Na imagem do dia, o anúncio do Jornal O Estado do Maranhão, que após décadas de bom jornalismo, deixará de circular sua principal versão, a impressa.

Muitos afoitos cairam no erro, quando na verdade, o periódico está seguindo uma tendencial mundial, onde as grandes empresas tiveram que se adequar ao mercado que tornou-se totalmente “on line”.

De minha parte quero deixar claro que O EMA sempre foi o maior e melhor jornal do Maranhão, tudo por causa de seu maior ativo, os funcionários, sempre formado por bons jornalistas.

Falido nada, como explicar que o consórcio de Flávio Dino lançou Filipe Camarão do PT, em pleno horário nobre? Vale lembrar que o governador comunista quer ser eleito senador, e como é “cliente vip”, deverá aparecer todos os dias na telinha das emissoras do Sarney.

Falido tá o povo pobre do Maranhão, que continua pagando abusos cometidos diariamente pelos políticos inescrupulosos.

Já o povo lutador, que sonha em mudanças, na libertação do Maranhão, na prosperidade, continuará pagando a conta. Infelizmente, o contribuinte explorado, eleitor enganado, continuará sendo prejudicado.

Abaixo, fiquem com a nota do Jornal O Estado do MA:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.