Jornal comunista é desmentido: Brasil não ocupa o 1° lugar em mortes por covid-19, mas o 14°, atrás da França e outros países da Europa…

O outro lado: Brasil ocupa a 14ª posição, não a primeira. 

Os países mais impactados, Portugal, com 1.653 pessoas mortas por milhão, Espanha (1.604) e México (1.541).

Em 12º lugar, o Peru tem 1.526 óbitos por milhão, seguido da França, em 13º com 1.442, todos à frente do Brasil (1.437).

Sabem a ‘reportagem’ propagada por Flávio Dino e sua mídia milionária? Acaba de ser desmentida pelos números oficiais de mortes pelo covid-19.

O Jornal comunista Le Monde Diplomatic, parece que tentou esconder que as culpas pelas mortes nos estados são dos governadores e prefeitos, forçando a narrativa que os números de mortes, por serem alarmantes, seriam apenas por culpa do presidente do Brasil.

Ora, os números oficiais desmentiram novamente Flávio Dino e suas falácias: a reportagem do jornal comunista, Le Monde,  que esconde a realidade de que outros países, sobretudo os europeus, lideram os números por mortes. A falácia apenas serviu para tentar desqualificar o Brasil, que está na 14ª posição, tudo em nome da narrativa construída para atacar o presidente durante uma pandemia mortal causada pelo vírus chinês, o covid-19.

Abaixo, trecho do Diário do Poder:

Brasil tem 1.437 óbitos por milhão de habitantes, enquanto a República Tcheca tem o quadro mais grave: 2.391, seguido de Hungria (2.022), Bélgica (1.962) e Reino Unido (1.857).

Com 213 milhões de habitantes, o Brasil apresenta resultados que impressionam no número de casos e óbitos por covid-19. Considerando-se apenas os países com mais de 5 milhões de habitantes, o país é o 14º colocado e, entre todos os países, é o 23º nessa tragédia, com 1.437 óbitos para cada grupo de 1 milhão de pessoas. A República Tcheca expõe o quadro mais grave: 2.391 mortos por milhão, seguido de Hungria (2.022), Bélgica (1.962) e Reino Unido (1.857), segundo o Worldometer. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Bulgária está em 5º nos países com mais mortes por covid: 1.811 por milhão de habitantes. Na Itália, são 1.776 óbitos por milhão de pessoas.

A Eslováquia soma 1.716 óbitos por milhão, enquanto Estados Unidos, país que mais vacina, em 8º lugar, soma 1.685 mortes por milhão.

 

O padrão STF de impunidade…

Suspeição: agentes do atraso travestidos de ‘ministros’?

Na imagem do dia, o roteiro duma ‘suprema corte’ agindo em beneficio de criminosos, segundo a leitura feita por alguns políticos.

A deputada federal, Carla Zambelli do PSL, levantou casos recentes que, através do STF, favoreceram a criminalidade, e pasmem: Lula e PT foram os maiores beneficiados.

Entendem o motivo do Brasil ser tão desigual e atrasado?

Do jeito que fazem, dão a entender que o problema é ser pobre, se tiver dinheiro, no caso de corruptos tarimbados, muito dinheiro, pode-se tudo, inclusive mudar o entendimento da Constituição para agradar os clientes.

 

Em Brasília, Osmar Filho participa de articulação para enfrentar a pandemia da Covid no Maranhão

O presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT), participou nesta quarta-feira (24), em Brasília, de encontro com lideranças políticas no qual foram iniciadas tratativas no sentido de adotar ações mais enérgicas capazes de combater a pandemia do novo coronavírus no Maranhão.

A reunião, organizada pelo senador Weverton Rocha (PDT), contou com as presenças da senadora Eliziane Gama (Cidadania); dos deputados federais Pedro Lucas Fernandes (ainda no PTB), Gil Cutrim (Republicanos), Cléber Verde (presidente do Republicanos) e Juscelino Filho (presidente do DEM); do presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB); deputado estadual Glabert Cutrim (PDT); do presidente da Famem, Erlanio Xavier(PDT); do presidente do PSB, Luciano Leitoa; do ex-juiz Carlos Madeira ( Solidariedade); e do secretário de Desenvolvimento Social Márcio Honaiser (PDT).

“Discutimos sobre a aquisição de mais vacinas; ações de enfrentamento à Covid-19; e formas de amenizar o impacto da pandemia em todo o nosso Maranhão. Nosso senador Weverton Rocha lidera a campanha Vacina Para Todos. Vamos juntos pelo bem dos maranhenses”, comentou Osmar.

“Temos que adotar as boas experiências do mundo e, claro, sempre colocando a ciência na frente. Vacinação em massa, uso de máscara e distanciamento social são fundamentais neste momento”, ressaltou Weverton.

Recentemente, vale destacar, vereadores da capital aprovaram projeto de lei, de autoria do Executivo, autorizando a Prefeitura a comprar novas doses da vacina contra Covid diretamente dos fabricantes.

Os parlamentares, através de uma articulação de Osmar Filho, se uniram e anunciaram que destinarão recursos provenientes de emenda coletiva que serão utilizados pelo Município para compra de novas doses do imunizante.

O próprio Osmar Filho esteve reunido com o prefeito Eduardo Braide (Podemos), oportunidade na qual trataram de assuntos relacionados ao combate da pandemia; ampliação do cronograma de vacinação; e aquisição de novas doses.

Senador Roberto Rocha assina moção que pede apoio da comunidade internacional contra pandemia

Pra frente, Maranhão! Pra frente, Brasil!

Com o objetivo de acelerar a imunização da população brasileira, o senador Roberto Rocha assinou a Moção de Apelo que pede apoio da comunidade internacional para deter a pandemia da Covid-19, uma vez que, com as novas variantes, o país já se tornou o epicentro da doença no mundo. O documento foi aprovado nesta terça-feira (23) pelo Senado.

No texto da Moção, os senadores afirmam que o ritmo da vacinação no Brasil é insuficiente para conter a propagação da Covid-19 e ressaltam que deixar que o povo brasileiro continue a morrer sem vacinas significa uma agressão a todas as tradições humanas.

O texto da Moção ressalta ainda que “o aumento exponencial no número de novos casos, de óbitos, e com o colapso das redes hospitalares em quase todos os Estados, o Brasil se tornou o epicentro global da pandemia.”

Em suas redes sociais, Roberto Rocha destacou a sua satisfação em participar desta importante iniciativa. “Estou honrado e satisfeito de ter sido um dos 65 senadores que assinaram o requerimento que gerou a moção aprovada por nós. Afinal de contas, o nosso país precisa muito das vacinas, uma vez que até agora apenas 5% da população foi imunizada.

Pra frente, Maranhão! Pra frente, Brasil!, escreveu o senador .

A autora da Moção é a senadora Kátia Abreu (PP-GO), presidente da Comissão de Relações Exteriores (CRE) do Senado. Além do senador Roberto Rocha, a Moção foi assinada por mais 65 parlamentares.

Caso Serviporto: Flávio Dino quer estatizar bens particulares ao desobedecer decisão do Tribunal de Justiça?

Comunismo selvagem!

Tomar as embarcações da empresa Serviporto seria mais um caso de “apropriação indébita” praticado no Maranhão pelo comunismo Dinista?

Estaria o governador comunista de olho nos lucros das empresas, não basta cobrar tantos impostos do povo?

Ora, da forma como está, Dino demonstra que pretende mesmo prejudicar empresas maranhenses, desapropriando, em alguns casos, até tomando. A ideia seria enfraquecer ao máximo as empresas e posteriormente assumir o controle dos negócios, parece que já vimos isso em alguns hospitais da Ilha…

A Serviporto teria acumulado dívidas gigantescas durante a intervenção feita pelo Estado, e mesmo com a decisão liminar para devolve-la aos proprietários, o governador Flávio Dino estaria se negando a obedecer a decisão da justiça, que mandou devolver.

O caso da Serviporto, empresa que vem sendo prejudicada, desde 2015, ano que o comunismo assumiu o controle do Executivo maranhense, numa clara perseguição à empresa que tem histórico tradicional nos serviços de transportes marítimos (ferryboats), mas atualmente vem travando uma verdadeira batalha para sobreviver.

Não dá para entender a sede de causar danos e atrapalhar os negócios de empresas. É preciso que as autoridades maranhenses, a própria sociedade desperte para os malefícios causados pelo comunismo, e suas intervenções constantemente sobre os bens particulares.

Até quando o comunismo vai destruir vidas, empresas, e, neste caso, desobedecer as leis e justiça?

Abaixo, trecho do Blog do Luís Cardoso:

Pesquisas: qual o alvo do maragato?

Pelo menos meia dúzia de pesquisa foi liberada nesta semana com claro objetivo de incutir na opinião pública uma falsa liderança do senador Weverton Rocha para o Governo do Estado.

O enredo começou desde a semana passada quando o presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto, aliado de Rocha, como que ensaiado, tentou incutir que a ferramenta seria de grande importância para o governador Flávio Dino decidir por um nome para sua sucessão.

O tiro, pelo jeito, saiu pela culatra. Com institutos queimadíssimos (inclusive o próximo resultado seria até de propriedade de um ex-presidiário), não conseguiram convencer dos números fantasiosos atribuídos ao Maragato.

Pior: até agora essas “pesquisas” só serviram para mostrar as lideranças de Roseana Sarney e Roberto Rocha na corrida para o Governo do Estado.

É mais uma vez Weverton Rocha, na ânsia de querer ser governador de qualquer jeito, atropelando Flávio Dino.

Chupa mais essa, comunista!

Duarte Jr e sua CPI da ‘miguelágem’?

Duarte Jr, se quisesse mostrar trabalho, era só pedir para Flávio Dino baixar o ICMS, mas, tudo indica que preferiu ‘miguelar’.

Após derrota acachapante e vergonhosa para Braide, mesmo debaixo das asas de Flávio Dino e dos Leões do Palácio, Duarte Jr. reaperece com uma nova ‘conversa pra boi dormir’, uma tal de CPI natimorta.

É bem verdade que o deputado não votou pelos aumentos de impostos enviados por Fávio Dino contra a população do Maranhão, que vive sendo explorada e obrigada a pagar a conta das irresponsabilidades do grupo comunista, que vive gastando e endividando o empobrecido e falido estado.

Miguelágem é um termo conhecido no meio político maranhense, que significa enganar, tirar vantagem, agir com falsidade. Que parece ter caido sob medida em Duarte Jr e todo o “consórcio de Flávio Dino”.

Abaixo, trecho do blog do Luis Cardoso:

 

Fila de ambulâncias: Cadê o dinheiro enviado por Bolsonaro para os hospitais, Flávio Dino?

A lástima do comunismo: Povo pobre das 217 cidades do Maranhão fugindo de ambulâncias para a capital para não morrerem de covid-19.

Vídeo postado nas redes sociais mostra a dor dos maranhenses que estão abandonados, mesmo o estado recebendo bilhões de Bolsonaro…

Veja no vídeo a fila de ambulâncias fugindo do interior em busca de hospitais que aceitem seus doentes. Recentemente Flávio Dino até editou uma lei dando gratuitidade para as ambulâncias viajarem nos ferryboats.

As filas de ambulâncias que saem do interior do Maranhão para a capital em busca de tratamento para seus doentes não é novidade. Confira clicando aqui:

Será que o governador militante, Flávio Dino do PCdoB tem moral para xingar alguém de ‘genocida’? Durante quase 8 anos os hospitais foram sucateados, até o Presidente Bolsonaro teve que enviar vários bilhões para serem aplicados na saúde do povo pobre, que têm que se aventurar nas estradas, no mar, para não morrerem.

Confira o tanto que viajam de ‘gratis’ no vídeo.

 

Governador militante não acha suspeito fazer negócios lucrativos com ministro que favorece corruptos?

Golpe contra a Lava Jato:  Outra manobra do STF beneficiou a impunidade e corrupção:

Gilmar Mendes é o suspeitíssimo ministro do STF que acusa outros de serem suspeitos. Absurdo?

Segundo a narrativa dos aliados do ex-presidiário e ladrão petista, o Lula, Bolsonaro só foi eleito presidente porque o Lula, mesmo sendo “inocente”, não pôde ser candidato a presidente do Brasil nas eleições de 2018.

A narrativa esquerdista quer nos fazer acreditar que o Juíz da Lava Jato, Sérgio Moro foi considerado suspeito (após gravação roubada por hackers serem usadas como provas) comprometendo decisões da Lava Jato, que serão anuladas para beneficiar um bandido, o Lula que para eleger a Dilma presidenta, destruiu as vidas dos maranhenses de Bacabeira e Rosário. Entenda clicando aqui: 

Gilmar Mendes é o suspeitíssimo ministro do STF que acusa outros de serem suspeitos. Absurdo?

Não é segredo para ninguém no Brasil (e em todo o planeta) que Gilmar, que mantém negócios suspeitissímos, sempre agiu para anular a Operação Lava Jato.

Observem as imagens abaixo:

Gilmar não é suspeito?

Esse é o ministro que favorece a corrupção e acusa outros de suas práticas. Tem mais, tem narrativa militante:

O pré-candidato a senador pelo Maranhão, Flávio Dino do PCdoB, acha normalíssimo usar dinheiro do povo pobre em falácias de um ministro que só favorece a impunidade e corrupção. Não esqueçam disso eleitores.

Osmar Filho institui sistema de votação virtual nas sessões remotas da Câmara de São Luís

O presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT), anunciou na sessão extraordinária remota desta terça-feira (23) mais uma solução tecnológica para viabilizar a discussão e a votação de matérias de interesse da sociedade.

A plataforma de votação eletrônica, segundo o presidente, será utilizada na próxima sessão remota e possibilitará aos vereadores verificar a ordem do dia e votar de forma nominal, oferecendo transparência no processo dos debates legislativos sobre os projetos e propostas que estarão na pauta.

O recurso soma-se as ações da Casa no combate a propagação do coronavírus e evita o encontro presencial dos parlamentares em meio ao contexto de pandemia, dando continuidade aos trabalhos legislativos.

O gestor destacou a transformação digital que a Casa está vivenciando nesses últimos anos.

‘’É mais uma inovação que a Câmara ganha. Não medimos esforços para modernizar e tornar a Casa cada vez mais um plenário digital, principalmente neste momento de crise sanitária que vivemos. Logo no começo da pandemia instituímos o sistema de deliberação para continuar com as reuniões e com essa plataforma on-line iremos ter mais celeridade nos atos da Casa contribuindo de maneira transparente e democrática com as votações’’, destacou o pedetista.

Desenvolvida pela Diretoria de Informática da Câmara, a novidade faz parte do sistema Gestor, ferramenta responsável pela integração de toda a estrutura administrativa e legislativa da instituição.

Vale destacar que é a primeira plataforma de votação remota do Estado e similar a utilizada nas reuniões do Congresso Nacional. A funcionalidade desse suporte proporcionará agilidade na votação dos vereadores e nas discussões que beneficiem a população ludovicense.

Como funcionará

O diferencial dessa plataforma é que será disponibilizado um aplicativo para a votação e cada parlamentar terá acesso com um login e senha de uso único e pessoal.

Na interface do App ficará disponível a foto e nome do parlamentar, com as opções: sim, não e abster; além de apresentar o quantitativo total de votos computados nos projetos de cada vereador.

Também será permitido, no mesmo ambiente, a publicação de resultado preliminar depois de encerrada a votação, para conferência do votante antes de anunciado o resultado definitivo.

Ressalta-se que a Casa Legislativa já utiliza o Sistema de Deliberação Remota (SDR) que permite o debate com vídeo e áudio entre os vereadores, e possibilita diversos recursos operacionais de forma remota, oferecendo fluidez nos encontros virtuais.

Medidas para enfrentamento da covid-19

Após um ano de realização da primeira audiência pública remota da Câmara, em 24 de março de 2020, o presidente Osmar Filho tem implementado uma série de inovações junto ao setor de Tecnologia da Informação da Casa, oferecendo uma plataforma de interação, como o sistema de deliberação, o aplicativo Câmara SLZ e agora, a criação da plataforma de votação nominal.

Desde esse tempo, a Câmara tem estabelecido uma dinâmica de trabalho digital, em meio ao momento de pandemia, com o objetivo em preservar a saúde dos vereadores, funcionários e do próprio público diante da proliferação do Novo Coronavírus (COVID-19).

Para saber mais sobre o pacote de ações desenvolvidas, acesse: camara.slz.br/coronavírus