ATAQUE DE MACHISMO? Veja no vídeo, Flávio Dino desrespeitando outra prefeita no mesmo palanque com Carlos Brandão…

Alô, feministas: Flávio Dino tem outro ataque de machismo.

Sob aplausos do vice-governador, de um deputado federal do PCdoB, prefeita sofre humilhação de governador comunista…

Veja no vídeo, Flávio Dino ataca e humilha outra prefeita no Maranhão.

O absurdo aconteceu no mesmo palanque que estavam seu vice-governador, Carlos Brandão, candidato a governador, e do deputado federal pelo PCdoB, Márcio Jerry, que aplaudiram tudo.

Onde estão as lacradoras que “cuidam dos Direitos das Mulheres” do Maranhão, será que esse outro caso vai cair no esquecimento?

Cadê as feministas, que nada fizeram contra o ataque de machismo do governador Flávio Dino contra a prefeita de Chapadinha, Maria Ducilene do PL, a Belezinha?

Da última vez que o governador comunista Flávio Dino desrespeitou uma autoridade municipalista, o próprio vice- governador, Carlos Brandão tentou impedir os ataques de machismos, mas, foi em vão, confira no vídeo abaixo.

Definitivamente o governador comunista não respeita as mulheres, os municipalistas, nem aliados, como o próprio vice-governador, Carlos Brandão do PSDB, que esperava ser um evento positivo, mas, da forma como agiu, Flávio Dino, visivelmente pertubado, destratando uma mulher, a prefeita do municipio de Chapadinha, o comunista demonstrou que não está nem aí para a pré-campanha de seu principal candidato (se é que o vice-governador, Carlos Brandão de fato seja isso).

Tudo aconteceu no mesmo palanque, ou seja, no mesmo espaço que estavam outras autoridades municipalistas. Só lembrando que, a prefeita é do PL, partido do deputado Josimar Maranhãozinho, que até pouco tempo era aliado de Flávio Dino, mas vem sofrendo ataques explícitos do governador.

Para piorar, as “lacradoras” que vivem xingando o presidente Bolsonaro disso e daquilo, estão caladas, simplesmente sumiram, escafederam, desapareceram. E agora, não era Bolsonaro que diziam que humilhava as mulheres?

Confira abaixo: Flávio Dino em dois momentos de ataques machistas:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.