Alô, TCE: Ladroagem disfarçada, ou: Flávio Dino está sem moral para apontar dedos e acusar qualquer político adversário?

Dino complica Tavares e Lula:

Têm culpa, Tavares e Lula? Para entender o “breque” dado no processo lotado de irregularidades dos respiradores e equipamentos comprados e pagos mas que NUNCA chegaram aos hospitais, é preciso entender outras movimentações nocivas ao bom funcionamento das instituições e das leis.

Biografias comprometidas. Tavares e Lula…

Mas a pior de todas as irregularidades foi a mexida no seu tabuleiro político, colocando na cena do crime outros secretários, conhecidos, um deles, o secretário de Saúde, também, da Casa Civil, que agora faz parte do julgamento pelo TCE. Tá tudo em Casa, MP?

Mais um para o “colecionador de escândalos”:

O protagonismo político de seu pupilo, ex-secretário de Governo, que foi indicado para lugar-chave no TCE-MA, deverá ser barrado, pois, o escolhido, Marcelo Tavares, por ter sido secretário importante durante todo o governo comunista, mas que no final tornou-se suspeito por foro íntimo.

O Ministério Público, TJ, TCE, precisam despertar e deixar de tanta timidez, cegueira, para cair em campo, é o mínimo que podem fazer para justificar suas existências.

Final de governo, tudo indica que cairão de vez as máscaras do ex-juiz, Flávio Dino, que adora acusar e apontar dedos. Desta vez parece nem vai adiantar se abraçar com a Constituição e se fazer de sonso como adora fazer, diante de um verdadeiro jogo de cartas marcadas, que mais se parece com um “esquema” para burlar as leis para se safar de sérias broncas.

Só lembrando que durante vários anos, Flávio Dino, juntamente com Marcelo Tavares e  Carlos Lula, criticavam os antigos esquemas políticos apontados pela oposição ao Sarney, como as “roubalheiras”, diziam que iriam “mudar o Maranhão”, “governar com transparência”, “iam proclamar a República comunista do MA”, etc.

Ora, esse mesmo grupo de Flávio Dino, gritava pelos cotovelos, acusando inimigos políticos, como até hoje acusam o presidente do Brasil de ser “genocida”, é o mesmo que enfrenta sua pior acusação: ter faltado na hora que mais os doentes precisaram de humanidade, transparência, justiça, olhar social, mas deixaram desaparecer os aparelhos vitais para salvar vidas de nosso povo nordestino.

Durante 8 anos Flávio Dino se esquivou da transparência e de toda investigações que se aproximavam de seu mandato, colecionador de irregularidades, o chefão do comunismo demonstra que não aguentaria uma investigação séria, pois todas que foram feitas deram em nada, e olha que foram várias desde o inicio de seu mandato:

Posso citar ao menos três casos, como os alugueis de  prédios, teve até filiado do PCdoB que ganhou bastante dinheiro do governo, alugando um prédio que antes fora usado como base eleitoral do partido comunista (quer dizer que o governo está facilitando os negócios para um partido de esquerda?). À época, o escândalo foi denunciado por uma ex-vereadora do PCdoB.

Confira aqui:

Aqui:

Aqui:

Só lembrando que os respiradores foram desviados, os bilhões enviados pelo Presidente Bolsonaro para o Nordeste, para equipar os hospitais sucateados, sumiram, justamente durante o pior momento da pandemia do covid-19.

Bem que o tal “consórcio” liderado pelo secretário de Saúde do Maranhão, Carlos Lula do PCdoB, poderia explicar para a população pobre um pouco mais sobre o sumiço do dinheiro, dos equipamentos, ou da parada do processo no TCE, que está mais para um verdadeiro golpe, dado principalmente nos pobres que precisavam das UTI´s, muitos que faleceram, pela falta dos aparelhos que lhes foram negados, desviados, impedidos de chegar aos hospitais do Nordeste.

Bem que o Lula, (não falo daquele que que deu golpe na população de Bacabeira), mas o quiridinho de Flávio Dino, Carlos Lula, poderia vir a público, ou pelo tuíter, juntamente com Tavares, ex-secretário e atual peça-chave do TCE, para tentarem explicar os inexplicáveis, injustificáveis, inacreditáveis, absurdos, etc…

4 pensou em “Alô, TCE: Ladroagem disfarçada, ou: Flávio Dino está sem moral para apontar dedos e acusar qualquer político adversário?

  1. Todos os órgãos de fiscalização estão amordaçados e a corrupção tomou níveis assustadores em nosso estado.
    O governador e os seus asseclas debocham do povo, cada vez mais miserável.
    Os eleitores precisam despertar desse pesadelo e darem o troco nesses politiqueiros abomináveis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.