As incoerências que descredibilizam o histórico de Erlânio Xavier…

0

Incrível como o discurso do atual presidente da Federação dos Municípios do Maranhão (Famem) e candidato a reeleição, Erlanio Xavier, não dá liga, como se diz no futebol.

Primeiro, ele critica a suposta participação do governador em exercício Carlos Brandão na eleição da Famem, o que ele chama de interferência, que deve ser uma movimentação exclusiva dos próprios prefeitos.

No entanto, de 10 frases pronunciadas por ele nas entrevistas, 11 tem o nome do senador Weverton Rocha.

É Weverton pra cá, Weverton pra lá…

Ou seja, o senador pode tudo. Mas qualquer ação ou menção ao nome de Carlos Brandão no processo é vista por ele como interferência.

E a incoerência não para por aí.

Ele tem sido incisivo na crítica ao seu oponente, Fábio Gentil, com relação a ausência nesses dias de campanha da Famem no seu município, Caxias.

Alguém viu Erlanio em Igarapé Grande no mesmo período?

Coerência que é bom, nada!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.