Sá Marques denuncia falta de estrutura por parte do Citelum Group que prejudica venda de lanches pelos donos de food truckres…

0

Companhia municipal de iluminação praticamente expulsa trabalhadores da Península.

O vereador que foi o criador da lei que beneficia o comércio de lanches em veículos, os chamados foodtruckers, denunciou nas redes sociais que a empresa de iluminação pública, Citilum Group, de forma indireta, acabou prejudicado os trabalhos de quem tenta sobreviver com a venda de alimentos.

Em sua denúncia, o vereador Sá Marques do Podemos, que visitava os locais onde os pequenos empreendedores desenvolvem suas atividades, observou que não tinham instalações necessárias para suprir a iluminação dos locais, e pediu ao Ministério Público que atue em benefício dos trabalhadores.

Abaixo, as imagens dos locais onde Sá Marques passou entregando santinhos de sua campanha à reeleição a vereador de São Luís, esteve neste final de semana em atividade de campanha.

O parlamentar teve uma lei aprovada na Câmara Municipal de São Luís, que trata justamente sobre o trabalho exercido pelos food truckers.

A regulamentação desse serviço, que é uma das principais atividades econômicas hoje em todo o país, já podem ser desenvolvidas em São Luís, em pontos turísticos da cidade, como nas áreas do Espigão Costeiro, Centro Histórico e Lagoa da Jansen.

Os comentários estão desativados.