Salles diz que incêndios poderiam ter sido evitados se não tivesse a “questão ideológica” por trás (veja o vídeo)

3

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles declarou em entrevista a Jovem Pan, nesta quinta-feira (17), que uma das causas das crescentes queimadas na região do Pantanal é a ausência do uso do fogo controlado, por questões de visão ideológica.

“Quando você proíbe fazer o uso de fogo preventivo em período adequado, o chamado ‘fogo frio’ ou ‘queima controlada’, vai acumulando massa orgânica e, quando pega fogo, ninguém controla. E o pessoal nos estados, ao invés de apoiar e incentivar o uso do fogo controlado, por uma questão de visão ideológica [não incentivou]. Então, temos a ausência do uso controlado do fogo, por questão ideológica.

” Segundo ele, além dos motivos climáticos, a ideologia de alguns políticos e pessoas influentes em tomadas de decisões acabam fazendo com que os focos de incêndio aumentem. “Houve uma retirada, ou diminuição substancial do gado criado solto, o gado a pasto. Essa perseguição contra a pecuária extensiva no Brasil. Com isso, cresce muito capim, mato, e queima muito”, disse ele. E completou, ainda, que o aumento das queimadas também é culpa dos movimentos ambientalistas, que fazem lobby para impedir o uso de substâncias que retardam a proliferação dos focos de incêndio:

“O mundo todo usa. Estados Unidos, Europa, Canadá, todo mundo usa os bloqueadores de fogo. É um produto químico parecido com fertilizantes que você mistura na água da aeronave [que atua em queimadas] e o combate ao incêndio se torna cinco vezes mais eficiente.

E tem uma visão dessa turma aí, que diz ‘a gente não concorda com retardante, é melhor não usar’, e o troço torando o pau lá.” Confira a entrevista na íntegra:

Jornal da Cidade Online

3 respostas para “Salles diz que incêndios poderiam ter sido evitados se não tivesse a “questão ideológica” por trás (veja o vídeo)”

  1. Depois da famosa frase, vamos aproveitar e passar a boiada, esse cara perdeu a credibilidade nesse ministério, para falar a verdade não sei porque Bolsonaro convidou para ser ministro um cara acusado pelo MP e condenado pela justiça de fraudar processo do Plano de Manejo da Área de Proteção Ambiental da Várzea do Rio Tietê, quando foi secretário estadual de SP, com certeza não foi com boa intenção, pois levar um cara condenado não é normal.

  2. Sem saber que a câmera já estava ligada, pastor agride esposa e depois emenda, cinicamente: “aceite a paz do senhor”. …

    Protestantismo, isso não é do nosso Brasil.

    • Sobre o “protestantismo” vc parece está certo, como toda religião tem erros e acertos. Sobre o Cristianismo que vc não soube e nem saberá atacar, a cada dia cresce em graça e verdade com o Deus Eterno mudando vidas e salvando. Vc vai se encontrar com essa verdade, aqui ou na passagem. Saiba escolher o momento certo para sua salvação. Abç.