Que gafe, Lula Fylho!!!

0

Bastidores da primeira sessão via online na história da Câmara Municipal de São Luís, dão conta de que “encurralado” por alguns vereadores, diga-se Genival Alves (PRTB) e Sá Marques (PODEMOS), o Secretário de Saúde do Município de São Luís, Lula Fylho, teria sido questionado do motivo de não utilizar pelo menos 100 milhões de reais, dos 343 de empréstimo aprovados pelos vereadores recentemente, para o saneamento básico do município, que em tese, inclui a saúde, podendo ser incluido no cambate ao coronavirus.

Lula fylho na sessão municipal on line

Ora, sendo que muito dinheiro está sendo “jogado fora” em asfaltamento “sorrizal” ou “borra”, para espanto de muitos, o secretário Lula  respondeu que a verba seria para “fim específico”, sendo advertido novamente, de que a saúde é parte do saneamento básico.

Logo, o Secretário, acredita – se avançou nas saus falas, talvez clássica, e talvez sem ter lido o significado de saneamento básico literalmente, ou talvez tenha tentado humilhar membros do legislativo municipal, demonstrando em vários momentos em cochichos com auxiliares nas laterais.

Dada a gravidade da pandemia do Novo Coronavírus (COVID-19), declarada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) no  último dia 11 de março, é importante, sim, que parte da verba seja alocada para combater o avanço assustador desse vírus sobre a população, como montagem de UTIs, compra de ventiladores artificiais, e outros equipamentos.

Ainda no final da sessão, muitos ficaram assustados com um certo stress do vice-presidente Astro de Ogum (PC do B), mandou nas palavras finais, que em algum momento difícil que teria passado recentemente, teria sido comemorado por Lula…

Será, Secretário ?

Os comentários estão desativados.