Monthly Archives: janeiro, 2020

Virou picolé?

Bolsonaro cresce em todo Brasil, no Maranhão governado por comunistas, presidente está com 65%, nome de Flávio Dino nem aparece…

Indefinição entre PT e PSDB pode ter gerado efeito contrário, apesar das constantes “plantações midiáticas” e “reportagens caras”, Dino nem apareceu nas pequisa CNT/MDA, que mostrou nomes conhecidos, como Ciro Gomes, Fernando Haddad, Luciano Huck, João Dória e João Amoedo.

Confira trecho do John Cutrim:

 

 

 

 

O prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio, agradeceu, em um vídeo Youtube, pela emenda de R$ 1,5 milhão que o senador Roberto Rocha (PSDB) destinou para a construção da nova e moderna Feira Municipal, uma das obras mais aguardadas pela população do município.

“Quero agradecer, do fundo do meu coração, ao senador Roberto Rocha, que destinou emenda para que esse sonho virasse realidade. Com esse recurso, se Deus quiser, entregaremos essa grande obra”, agradeceu.

De acordo com o prefeito, a construção está sendo realizada por etapas, para garantir que os feirantes continuem trabalhando durante a execução da obra. A feira está sendo construída em três blocos. O primeiro já foi concluído e, nesta quarta-feira, 22, o gestor municipal assinou a ordem de serviço para a construção do segundo bloco.

A previsão de entrega da nova feira municipal é dia 03 de setembro, data em que a cidade de Pinheiro comemora os seus 164 anos de emancipação política.

Veja no vídeo, prefeito de Pinheiro reconhecendo e agradecendo ao senador Roberto Rocha:

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), participou, nesta quarta-feira (22), do lançamento de um pacote de obras no município de Pinheiro.

Na solenidade, foram assinadas ordens de serviço para revitalização da Praça do Centenário e construção do segundo módulo da feira municipal e do Centro de Imagem do Hospital Dr. Antenor Abreu.

O deputado Othelino Neto participa da assinatura da ordem de serviço para a revitalização da Praça do Centenário, observado por Luciano Genésio, Thaiza Hortegal, Diego Galdino e André Fufuca

“São conquistas importantes que, sem dúvida, atendem ao sonho da população pinheirense, que há décadas espera por estes equipamentos públicos, adquiridos graças à parceria e união entre Governo do Estado, Assembleia Legislativa, Câmara Federal e Prefeitura. É sempre razão de muita alegria participar da entrega de ações e benefícios para esta cidade tão querida. Que essa forte aliança entre os políticos se traduza sempre em benefícios”, acentuou o presidente.

Além do lançamento das obras, uma ambulância foi entregue à população, por meio de emenda da deputada Dra. Thaíza Hortegal (PP). A parlamentar agradeceu o apoio do presidente Othelino Neto. “São várias obras prometidas e que, agora, estão sendo entregues. Outra ambulância chegará em fevereiro, conquistada graças a ajustes administrativos e a um severo controle de gastos na Assembleia. Agradeço ao presidente Othelino Neto, que não tem medido esforços e tem atendido, comigo, às demandas para Pinheiro. Temos feito a boa política, com compromisso e resultados”, ressaltou Thaiza Hortegal.

O deputado Othelino Neto participa da assinatura da ordem de serviço para a revitalização da Praça do Centenário, observado por Luciano Genésio, Thaiza Hortegal, Diego Galdino e André Fufuca

O prefeito do município, Luciano Genésio, destacou que a parceria com o Parlamento Estadual, assim como com a Câmara Federal, tem contribuído para o desenvolvimento de Pinheiro. “As inúmeras emendas colocadas por deputados estaduais e federais fizeram com que Pinheiro se tornasse um polo na área da saúde, educação e indústria. Agradeço, em especial, ao presidente Othelino Neto, que compreendeu que Pinheiro precisa de atenção. Ele tem sido um interlocutor importante no desenvolvimento do nosso município”, disse.

A união entre os poderes também foi ressaltada pelo deputado federal André Fufuca. “Todos esses benefícios são frutos da união de várias forças. Nós sabemos que a manutenção é muito cara e sem ela não funciona”, disse, enfatizando a destinação de recurso para a manutenção do Centro de Imagem.

Em seu discurso em Pinheiro, Othelino Neto destacou a parceria entre Governo do Estado, Assembleia Legislativa, Câmara Federal e Prefeitura como fundamental para melhorar a vida da população do município.

A Praça do Centenário, cujas obras foram iniciadas durante o evento, integra o projeto “Praça da Família”, do Governo do Estado. O secretário de Governo, Diego Galdino, estava presente, representando o governador Flávio Dino (PCdoB). “Foi um investimento de R$ 1 milhão. Aproveitamos nossa vinda para anunciar, ainda, a retomada das obras do Centro de Hemodiálise”, disse.

Veja os diálogos sobre o crime…

Veja o diálogo entre Glenn Greenwald e hacker comprovando que houve mentoria de crime.

Glenn, o queridinho da esquerda…

GLENN GREENWALD: Tudo bom?

LUIZ MOLIÇÃO: Então, é… a gente… eu tava discutindo com o grupo, eu queria falar com você
um assunto.

GLENN GREENWALD (Gleen): Hã?

MOLIÇÃO: É… como tá agora, tá saindo muita notícia sobre isso, a gente Chegou… nós chegamos
à conclusão que eles tão fazendo um jogo pra tentar desmoralizar o que tá acontecendo.

GLENN GREENWALD: Uhum

MOLIÇÃO: Igual, o que aconteceu com o Danilo Gentilli, é… o MBL, o Holiday, a gente pegou
outubro do ano passado. Eles tão começando a falar disso agora.

GLENN GREENWALD: Pegou o quê?

MOLIÇÃO: A gente puxou o Telegram deles ano passado. Eles tão falando disso agora.

GLENN GREENWALD: Ah, sim sim.

MOLIÇÃO: Então, tudo o que eles, que já aconteceu…

GLENN GREENWALD: Ah sim.

MOLIÇÃO: Eles tão puxando pra agora.

GLENN GREENWALD: Eu vi isso que alguém publicou alguma coisa falando que o Holiday e MBL
“foi hackeado”.

MOLIÇÃO: Isso. Eles tão usando isso agora. Então, a gente crê que é um jogo que eles tão
fazendo.

GLENN GREENWALD: Mas com com… qual motivo?

MOLIÇÃO: Porque é… como agora tá vindo também notícia do… dos ata… dos ataques ao Moro,
ao MPF, já, já tão pre… prevendo que vai acontecer alguma coisa.

GLENN GREENWALD: Com certeza, mas eu, isso depende… a a dificuldade é entender o motivo
com que eles tão tentando… porque… que que estamos pensando é que quando publicamos,
obviamente, todo mundo “vou” utomaticamente pensar que “essa material” é enganação como
por exemplo tudo o que aconteceu “no semana” passada com Moro.

MOLIÇÃO: Sim.

GLENN GREENWALD: E nós vamos deixar muito claro que nós recebemos tudo muito antes disso,
e não tem nada a ver com isso, entendeu?
MOLIÇÃO: Uhum. Mas o que acontece? O que eles tão falando também é que o celular, ele foi
hackeado. Não! O que a gente faz é pegar o Cloud do Telegram. A gente não pegou nada do
celular.

GLENN GREENWALD: Entendi. Então, eu sei, eu sei. Mas, é possível que tenha um “outro pessoa”
fazendo isso?

MOLIÇÃO: É provável.

GLENN GREENWALD: Isso é uma coin… é é… é uma coin… é uma coincidência que…no tempo
que estamos prontos para publicar que isso está acontecendo eram outras pessoas.

MOLIÇÃO: Sim, mas igual a gente falou, nosso perfil não é de é… fazer… chamar atenção.

GLENN GREENWALD: Eu sei, eu sei , eu sei disso. Então, tem duas opções obviamente são: um,
tem “outro pessoas” tentando hackear ou hackeando eles, ou o outro é que elas tão mentindo.
Mas eu não posso entender o motivo para mentir.

MOLIÇÃO: Uhum.

GLENN GREENWALD: Porque, por exemplo, se eles soubessem que… alguém está preparando de
publicar ou que, ou pior ainda, que nós “estamos pronto” para publicar, “eles ia” pra Tribunal,
pegam um ordem do Judiciário proibindo qualquer publicação ou reportagens com esse material,
mas ainda ninguém fez isso. Então, isso está me deixando a impressão que eles não sabem quem
tem “essa material”.

MOLIÇÃO: Não, saber eles sabem.

GLENN GREENWALD: Porque… oi?

MOLIÇÃO: O Deltan, ele sabe que pegaram. Tanto que ele…

GLENN GREENWALD: Ele sabe que alguém pegou, mas ele não sabe quem tem.

MOLIÇÃO: Sim, isso é certo, eles não sabem quem pegou.

GLENN GREENWALD: Então, então, para mim que não estou entendendo é o motivo, o motivo
desse jogo. Para fingir com essa é… ou por que por que eles tão plantando “essas artigos” sobre
como Moro e “Dalton” e MBL está sendo hackeado? Eu não entendo o motivo. Entendeu?

MOLIÇÃO: Sim.

GLENN GREENWALD: Mas é uma coincidência grande. Eu… isso é, tem “um chance” muito grande
que tem uma conexão com tudo, tudo disso, mas… nós estamos trabalhando muito o mais rápido
possível para publicar, ah… três artigos no mesmo tempo que vai ser muito explosivo, e… isso
vai acontecer muito logo.

MOLIÇÃO: Sim. A gente também queria saber a sua opinião a respeito de algo. Como, assim que
você publicar os artigos, todo mundo vai excluir as conversas, todo mudo vai excluir o Telegram,
a gente queria saber se você, o que você recomenda fazer. A gente tem alguns nomes separados,
a gente pegar esse final de semana já puxar a conversa de todo mundo ou deixar quieto por um
tempo. Porque as… tem tem pessoas que tem um número antigo, ou seja, nem tem mais o
número, que dá pra puxar as conversas que tem.

GLENN GREENWALD: Sim. Olha, nós vamos, por que que vai acontecer? É que com certeza eles
vão tentar acusar a gente que nós participamos na, na no hack. Eles vão tentar acusar que “nós
formam” parte dessa ah… tentativa de hackear. Eles vão com certeza acusar. Então para mim,
mantendo as conversas, são as provas que você só falou com a gente depois você tinha tudo. Isso
é muito importante para nós como jornalistas para mostrar que nossa fonte só falou com a gente
depois que ele já tinha tudo.

MOLIÇÃO: Sim

Motivo dos ataques contra senador teria sido projeto pessoal de Flávio Dino.

Depois que anunciou projeto, Roberto Rocha foi atacado, em sua resposta, disse que tem projeto definido e não é projeto pessoal.

Após ser atacado pelos “pistoleiros”, senador Roberto Rocha, presidente do PSDB no Maranhão, diz que seu projeto, diferente  do Comunismo, que é jogar em todas as posições: PT, PSDB, DEM, etc, é político e está casado com o Podemos do deputado federal Eduardo Braide, vão estar juntos.

Confira:

Projeto politico

Traição no Dinismo?

Pegou mal para o secretário de Estado das Cidades. Segundo comentário da imprensa leonina, ex-funcionária do governo comunista, seria, conforme noticiado, uma especie de “ficante”.

De quem é a traição, afinal?

Afinal, de quem parte tanta “facilidade” para empregar a “musa assessora” do comunismo?

Traição? Musa assessora estaria sendo anunciada como “namorada”…

Numa das postagens recentes dos “aliados” do comunista Rubinho, a “musa” aparece como quem tem “facilidade” em arrumar empregos no comunismo e ainda alcançar vantagens, mesmo num estado quebrado, com tanta dificuldade para “gerar” empregos.

Pior que isso, alguns “aliados” estão expondo a ex-assessora de Rubinho como “namorada de alguém”…

A “musa” teria sido exonerada após ter sido “caguetada” na imprensa por “aliados”, que agem como verdadeiros “traidores”, mas logo depois, com muita facilidade, arrumou emprego noutra secretaria de “aliados” do comunismo.

Segundo as más línguas, a “musa” estaria causando até separações no grupo do governador.

Resta saber, se tanta facilidade de empregos, para acolher a “musa”, seria pela influencia do pré-candidato a prefeito de São Luís, Rubens Jr?

Com a palavra, o secretário comunista, que aliás, é muito bem casado, Rubinho:

 

Por qual o motivo Flávio Dino abandonou o Maranhão na Extrema Pobreza, e vive viajando para o Sul do Brasil para “dar entrevistas”?

Pela terceira vez, em poucos meses, Flávio Dino encontra-se com gente do PSDB, mesmo dizendo-se “radical da esquerda”, em “plantações midiáticas” no Sul do Brasil, enquanto as 217 cidades do Maranhão estão abandonadas na Extrema Pobreza.

Poucas palavras deveriam bastar para uma atitude que beira o fascismo, de um ex-juiz que prometeu “mudar o Maranhão”, “tirar da pobreza”, mas assim que conseguiu se eleger, e assumir o poder total do Maranhão (mandar absoluto três poderes), tudo que faz é viajar e dar entrevistas.

Qual a função social de tantas entrevistas? Em poucas palavras uma pergunta básica continua sem respostas:

Com a palavra, o ex-juiz, atual governador, pré-candidato a presidente pelo (PSDB ou PT ?) Flávio Dino.

 

Democracia em vertigem? 

Lamentável que a restauração duma nação, que deveria ser obrigação de todos torcer a favor, apenas comunistas demostram que ficaram contra.

Demostração de ódio contra o Brasil. Jerry, diferente da maioria dos deputados, demostra que age contra o Brasil…

O antagonismo comunista (verde e amarelo por fora mas cor de sangue por dentro) representado em Brasilia por alguns deputados federais ligados ao comunismo, que tudo indica, agem contra os avanços do povo brasileiro, alguma vezes até abertamente demostram ter ódio  pelos acertos e avanços do Brasil.

Não é segredo para ninguém que o jornalista Marcio Jerry tem boa articulação com a imprensa nacional, talvez seja dele o mérito dessa articulação contra o novo governo.  O próprio deputado que é ex-secretário da pasta que mais gastou dinheiro (e continua gastando) num estado pobre, torce contra o país.

Ao lado, outra demostração de ataque de fúria do deputado federal Márcio Jerry, contra o ministro Sérgio Moro, durante sua entrevista no programa Roda Viva na noite de ontem(20), que foi atacado duramente pelos jornalistas, que tem feito um excelente trabalho pelo país.

Talvez seja esse o motivo do ódio do líder do PCdoB no Maranhão, que foi recentemente eleito deputado federal mais votado do estado, pasmem: para representar o Maranhão e ficar a favor da Justiça, do governo federal, mas tem demostrado o contrário.

Enquanto o presidente Jair Messias Bolsonaro e sua equipe tentam levantar a nação Brasileia dos caos deixado pela corrupção dos políticos, tudo que Jerry demostra é ficar contra.

Lamentável, uma verdadeira “democracia em vertigem”.

Será inaugurada, em fevereiro, a nova sede da biblioteca do Campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão- IFMA, em Caxias.

Um sonho antigo de toda a comunidade acadêmica da região, a obra só foi possível graças ao empenho do senador Roberto Rocha (PSDB), que destinou recurso extra orçamentário no valor de R$ 2,1 milhão, por meio do Ministério da Educação, em dezembro de 2017.

A nova biblioteca, pronta pra inaugurar.

De acordo com o projeto, a nova biblioteca é seis vezes maior que a atual, ocupando um espaço de 1.149 m2, comportando 37 estantes de dupla face, 18 mesas para estudos e 18 terminais de pesquisas com computadores. O espaço para catalogação passou a ser de 49,66 m2 e o de atendimento, 49.66 m2. A obra contemplou, ainda um espaço para administração de 24.37m2. O destaque especial da nova biblioteca foi a construção de um auditório com capacidade para cerca de 50 pessoas, numa área de aproximadamente 100 m2.

Além da concepção arquitetônica e a aquisição de tecnologias avançadas, o projeto ofereceu especial atenção para a acessibilidade, com rampas de acesso para cadeira de rodas e banheiros adaptados para pessoas com deficiência.

O diretor-geral do IFMA, João da Paixão Soares, agradeceu ao senador e destacou que a nova biblioteca vai atender não só aos alunos e professores do IFMA, mas a toda comunidade de Caxias e região.

Em maio de 2019, Roberto Rocha visitou a obra e anunciou recursos para anfiteatro

“Agradecemos ao senador Roberto Rocha pela atenção dedicada ao Instituto, em especial ao nosso Campus. Essa emenda parlamentar é um recurso importante para o fortalecimento do Campus Caxias, pois temos somente oito anos de fundação, e esses recursos serão fundamentais para atuação do instituto em prol da educação profissional e tecnológica de Caxias e região”, disse o diretor.

Em maio de 2019, por ocasião de uma visita à obra já em andamento, o senador Roberto Rocha assegurou também, para o IFMA de Caxias, recursos na ordem de R$ 2 milhões para a construção de um moderno anfiteatro com capacidade para 450 pessoas. O espaço servirá para apresentações do âmbito universitários, simpósios, congressos e apresentações diversas culturais diversas.

“O acesso ao conhecimento precisa começar cedo, logo após a alfabetização, quando descobrimos o poder das palavras e até onde elas podem nos levar. E o espaço da biblioteca é um ambiente ideal que oferece na leitura a oportunidade de formatar ideias, estabelecer sensos críticos e de vislumbrar o conhecimento intelectual bastante alto para estudantes de todas as idades”, ressaltou o parlamentar maranhense.

 Apesar das manobras de Flávio, Lula escanteou chefão do comunismo do Maranhão.

Dino, todos da esquerda sabem que  é persona non grata no PT de Lula, mesmo depois que perdeu com o poste (Haddad) pintado de verde e amarelo, em 2018, para Bolsonaro.

De mentiroso a Camaleônico, Flávio Dino, que foi “escanteado” por Lula, vai tentar se camuflar para tentar enganar, novamente, os eleitores…

A verdade é que o Lula (ninguém) da esquerda confia em Flávio Dino, sabem do que é capaz de fazer para tomar o poder. Prova disso  foi a “canelada” dada por Lula, que mandou o PCdoB do Maranhão para o rabo da fila.

Amarelou:

Vale lembrar que foi no paupérrimo Maranhão, terra dominada há seculos por oligarquias, o único lugar do Brasil, e do planeta, que o partido comunista cresceu em 5 anos vertiginosamente ao arrepio da democracia.

Apesar das tentativas de separar o Nordeste do restante do Brasil, numa visível ação anti-democrática de quem não aceitou a derrota de seu post (Haddad), Flávio Dino, que tem jogado a máquina pública para ser visto pelo eleitorado do petismo, ex-juiz federal, que se julga melhor de todos, está no rabo da fila desde 2018.

Haja impostos para o pobre maranhense pagar…

Não é segredo para ninguém do Brasil que o Dinismo usa propagandas enganosas para tentar dar visibilidade publicitária ao governador comunista do pobre Maranhão. Apesar de mentir grosseiramente que diminuiu impostos, o volume de arrecadação do ano de 2019 comprovou os absurdos bilionários cobrados ao povo pobre.

O assunto foi noticiado pela própria imprensa sulista, que Dino paga sem pena de gastar. Sabem quem paga a propaganda (Pré) eleitoral do Dinismo? Clic aqui e saiba: 

Surto camaleônico: os eleitores do petismo estão fartos do jogo midiático do Dinismo. Não será pintando-se das cores de Bolsonaro que Flávio Dino conseguirá ter viabilidade.