Deputado Wellington preside audiência e sugere a revogação do contrato da Odebrecht com as prefeituras de Paço do Lumiar e Ribamar

1

Na tarde desta terça-feira (15), o vice-presidente da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e das Minorias da Assembleia Legislativa, deputado Wellington do Curso (PPS), presidiu a audiência pública que discutiu sobre o aumento na tarifa de água/esgoto e a prestação de serviços da Odebrecht Ambiental em Paço do Lumiar e São José de Ribamar.well1

A Audiência aconteceu no auditório da Escola Erasmo Dias (Maiobão) e contou com a presença do deputado Zé Inácio (PT); do defensor público Antônio Agnus; da representante da Promotoria do Consumidor de São José de Ribamar, Thaís Lima; do presidente da Câmara de Vereadores de Paço do Lumiar, Leonardo Bruno (PPS);  do representante da Câmara de Vereadores de São José de Ribamar, vereador Teté;  do representante da Odebrecht, Hélder Dantas (que se ausentou instantes após o início da audiência); do ex-deputado Domingos Dutra; do sindicalista Marcos Silva, além do advogado Arnaldo Colaço e população de Paço do Lumiar e Ribamar.

well2Na ocasião, a população se mostrou indignada com o aumento na tarifa e prestação de serviços da Odebrecht. O deputado Wellington, que tem se destacado em defesa da população mais carente, intermediou e, após ouvir os anseios da população, apresentou os encaminhamentos que serão tomados a fim de atenuar a problemática enfrentada.

“Atendendo às inúmeras reivindicações, aqui viemos com o objetivo de ouvir a população e, então, apresentarmos ações que atenuem a maldade com a população, caracterizada no aumento exorbitante nas tarifas e na prestação de serviços da Odebrecht. Lamentamos imensamente que a representação da Odebrecht tenha se ausentado, o que inviabilizou alguns esclarecimentos.

Ainda assim, elencamos algumas solicitações da população como  encaminhamentos, dentre eles a sugestão de instauração de CPI nas Câmaras de Vereadores de Paço do Lumiar e Ribamar e ainda a revogação da contratação da Odebrecht. Estamos aqui não em defesa de empresas, mas em defesa da população mais carente”, enfatizou o parlamentar.

Uma resposta para “Deputado Wellington preside audiência e sugere a revogação do contrato da Odebrecht com as prefeituras de Paço do Lumiar e Ribamar”

  1. Ricardo,amigos, bom dia!
    Moro na área que “pertence” a São José de Ribamar (infelizmente),uma localidade esquecida pelo incompetente do Gil Cutrim bem como pelos Órgãos que via de regra deveriam zelar pela execução transparente dos milhões de reais que eles embolsam,,aos fatos:
    a- a Odebrecht chegou,se apropriou de ligações de água que nem foi a Caema que colocou,mas os moradores de algumas localidades;
    b- os funcionários chegam de forma arbitrária,humilham e ameaçam moradores,,,
    c- não sei se tenho como enviar pra vc,,mas foram na minha residência e deixaram um bilhete,sim,um bilhete escrito a mão dizendo que voltariam para cortar algo que não recebo,,,água,,amigo,isso ia dar em tragédia!
    d- segundo me foi confidenciado a Odebrecht recebe parte do FPM,parece brincadeira,mas aparentemente é verdade!
    e-Quando instalam o hidrômetro eles fazem vc assinar um documento de responsabilidade,ou seja,se furtarem,roubarem ou danificarem o aparelho,,O CONSUMIDOR é quem vai pagar!
    f-o Gil Cutrim ,NA ELEIÇÃO PASSADA, recebeu três milhões e meio de reais para asfaltar o Cohabiano,,,até agora,,NADAAAAAAAAAAA,,,fizeram a metade,a metade tipo, pegaram uma rua e asfaltaram so umlado,,o direito por exemplo,,e sumiram,,,,
    Ministério Público,,,cadê vocês?
    Resumindo:
    Sabe-se lá qual hora da madrugada esse contrato sob as coxas foi assinado,,mas que alguem deve ter pego uma bolada,,ah,,com certeza!
    Se possivel me informe se é possível eu enviar para você o “bilhete” que deixaram na minha casa!!!!