Propaganda antecipada de Clayton Noleto, pode isso, TRE?

3

Clayton Noleto (PCdoB) o “picolé de chuchu de Flávio Dino, se antecipa na corrida eleitoral rumo à prefeitura de Imperatriz…

Postagem do antigo blog que foi publicada no dia 18/08/2015

Mudanças nada, comunistas seguem fazendo politicalhas com estrutura do governo. Qualquer semelhança entre as táticas eleitorais de Roseana Sarney e Flávio Dino não serão mera coincidências, explico:

Para “queimar” as pretensões eleitoreiras do então secretário de Infraestrutura (Sinfra), do governo Roseana Sarney, Luis Fernando Silva, o grupo do então candidato Flávio Dino, em alguns casos, apelou até para baixo calão. Luis Fernando, numa dessas, recebeu apelido de “picolé de chuchu”, titulo dado a políticos insípidos, que não decolam…

Mas, eis que o mundo deu voltas, e para ganhar as eleições municipais que se aproximam, os comunistas estão usando a Sinfra, e o titular da pasta, secretário Clayton Noleto(PCdoB), sentado na máquina estatal está aparecendo todos os dias em blogues e jornais e, pasmem leitores, até em outdoor, como se estivesse em plena campanha. Pode isso, TRE?

Na “república” de Flávio Dino, sim. Vejam a foto:

CLIC NA FOTO PARA AMPLIAR Creditos da foto: blog União Juventude

CLIC NA FOTO PARA AMPLIAR
Creditos da foto: blog União Juventude

O comunista, Clayton Noleto, segundo pesquisas encomendadas (que estão guardadas a sete chaves) por um deputado da região tocantina, até agora, não decolou nos números, recebendo assim, o antigo título que era de Luis Fernando Silva.

O secretário Clayton Noleto, será, a partir de agora, o novo candidato “picolé de chuchu” de nossa política. Melhor seria que o candidato fosse o ex-vereador, Professor Marco Aurélio (PCdoB), único do grupo comunista que tem reais chances de disputar contra a pedetista Rosângela Curado, a prefeito de Imperatriz.

Abaixo, a imagem de uma (dentre tantas) postagens de blogues destacando o novo picolé de chuchu.

ric6

3 respostas para “Propaganda antecipada de Clayton Noleto, pode isso, TRE?”

  1. Olá, Ricardo!
    É preciso reconhecer que temos profundas divergências. Talvez pessoais, o que jamais seria meu caso. Mas isto foi a tônica da política dos nossos embates virtuais o tempo todo.

    Neste momento, me solidarizo a sua luta. Há nada contraditório nisto. Acredito que a diferença sempre traz o novo.

    Grande abraço! E, por devido reconhecimento, você sempre esteve na linha de frente… Persevere. E vamos continuar discordando.

    • Pois é Rivaldo, continuo fazendo criticas ao governo, tentando mostrar os erros. Toda contribuição será bem vinda.

  2. Infelizmente os fatos confirmam que nada mudou,,,é como diz o antigo adágio popular: “trocar seis por meia dúzia” , e foi isso mesmo que aconteceu,,,!!!!!