“Investigação é tentativa e erro”, disse Janot durante sabatina, sobre as possibilidades das investigações que já evoluíram muito, serem arquivadas…JANOT

Danou-se: Janot precisa da aprovação de senadores investigados pela Lava Jatos… Será que ninguém vê imoralidade nessa história de senadores investigados na Lava Jato “sabatinar” o procurador, Janot, nesta quarta?

Dez de 13 senadores investigados integram comissão que farão sabatina para ser reconduzido Rodrigo Janot à PGR.

Senador maranhense arrolado:

Segundo a reportagem da Globo (G1), entre os senadores investigados na Lava Jato, oito são membros titulares da CCJ e outros dois são suplentes, entre eles está o maranhense Edison Lobão:

Titulares, Romero Jucá (PMDB-RR),Valdir Raupp (PMDB-RO), Edison Lobão (PMDB-MA), Benedito de Lira (PP-AL), Ciro Nogueira (PP-PI), Humberto Costa (PT-PE), Gleisi Hoffmann (PT-PR), Antonio Anastasia (PSDB-MG)

Suplentes: Fernando Collor de Mello (PTB-AL), Lindbergh Farias (PT-RJ)

Obras que Flávio Dino não enfiou um prego numa barra de sabão, mas faz questão de mostrar que são suas. Fora isso, uma grande mídia foi formada para desqualificar e perseguir quem não reza na “cartilha vermelha”…

Os comunistas seguem em campanha, em vários momentos agem de forma clara, como se ainda não desceram do palanque eleitoral. De acordo com as publicações estatais, as obras iniciadas nos governos passados, que deram certo, são detalhes que não precisam ser mostrados.

Mas, quando é para mostrar erros, os palanques são armados num instalar de dedos, fizeram isso recentemente na vinda da presidenta Dilma Rousseff,  ao entregar o Tegram, estão fazendo com hospitais…

2tempos

GOVERNO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL
Fonte: SES
25/08/2015
____________________________________________________________

Fotos/ Divulgação / Francisco Campos
Fotos 1, 2 e 3 – Funcionários do Hospital de Câncer do Maranhão durante culto ecumênico e comemoração do aniversário da unidade hospitalar

Hospital de Câncer do Maranhão comemora
um ano de funcionamento

Esta terça-feira (25) foi de celebração no Hospital de Câncer do Maranhão – Dr. Tarquínio Lopes Filho. Com a realização de um culto ecumênico, no jardim central da unidade, médicos e equipe multiprofissional, comemoraram o primeiro ano de atividade do hospital, após sua inauguração voltada para o atendimento especializado de pacientes oncológicos, com apresentação do coral ‘Canta Geral’, exposição fotográfica e coffee break.
Cerca de quatro mil atendimentos são realizados por mês desde o início do ano no Hospital Dr. Tarquínio Lopes Filho. A Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) dispõe de 123 leitos de internação clínica, cirurgia, centro cirúrgico com cinco salas, uma Unidade de Terapia Intensiva e Semi-Intensiva, consultórios, dois leitos de estabilização, sala de medicação, leitos de observação feminina e masculina, salas de classificação de risco e de medicação.
Além do tratamento cirúrgico, uma enfermaria de cuidados paliativos também foi equipada dentro da unidade, com 14 leitos. No local, é dada assistência a doentes crônicos, que não têm mais prognóstico terapêutico, cuja enfermidade está em progressão e ameaça a continuidade da vida.
Nesse período de um ano, foram realizadas 35.593 consultas médicas, 269.229 atendimentos de multidisciplinaridade, 1.228 procedimentos e cirurgias, 4.769 internações, 6.804 sessões de quimioterapia, 6.521 atendimentos de urgência e emergência, 9.546 tomografias e 2.190 mamografias, entre outros vários procedimentos e exames.
Os pacientes contam com a assistência da equipe de médicos especialistas, enfermeiros, cirurgiões, farmacêuticos, bioquímicos, assistentes sociais, psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e nutricionistas.

Cirurgia oncológica minimamente invasiva

O diretor geral do hospital, José Maria Assunção, pontua que já como marca da atual gestão, um grande avanço tem sido conseguido, por exemplo, na área de cirurgia oncológica avançada minimamente invasiva, com procedimentos realizados por videolaparoscopia, antes impossíveis de serem oferecidos ao paciente do SUS. “Mais marcante ainda que os números, é a gratidão estampada nos rostos de cada paciente, pelo atendimento diferenciado aqui prestado, seja no Serviço de Pronto Atendimento, na Clínica Oncológica ou Cirúrgica, na Unidade de Terapia Intensiva, de Cuidados Intermediários ou de Cuidados Paliativos”, ressalta José Maria.

Durante a comemoração, o diretor enfatizou que para lidar com o câncer é preciso muito mais do que somente capacitação técnica. “É preciso empatia, colocar-se no lugar do paciente e da família do paciente, entender suas angústias e medos, sua insatisfação e sua revolta. Tornar-se capaz de compreender o ser humano além de sua doença é o nosso dever. É preciso fazê-lo acreditar que é possível lutar, que é possível melhorar, e que, muitas vezes, existe sim a cura, e vamos buscá-la a todo custo”, afirmou o diretor.

Para o Dr. Rodrigo Vasques, cirurgião oncológico e atualmente coordenador da Clínica Cirúrgica do Hospital, que trabalha na unidade há cerca de três anos, é notória a evolução do hospital nos últimos meses. “Hoje temos muito que comemorar. É uma felicidade participar desse momento de construção. Festejar um ano parece pouco, mas os passos que são dados em prol da saúde dos pacientes oncológicos têm sido muito grandes”, garante o médico.

Para Vasques, o hospital tornou-se referência com a ampliação dos números de leitos, atendimentos, aumento da equipe e profissionais especialistas, o que sem dúvida trás um engrandecimento para toda a população que precisa desses serviços de alta complexidade no tratamento de câncer no Estado.

O senador e ex ministro da Educação do governo Lula,  Cristovam Buarque (PDT), esteve na cidade de Timon-MA, onde participou de dois importantes eventos.pdt

Cristovam Buarque elogiou o modelo de ensino médio ao visitar as instalações das escolas, que são devidamente adequadas e climatizadas.

Na sexta-feira,21, o senador deu uma palestra sobre formação de gestores, onde aproveitou para fazer o lançamento de seu livro “erros do sucesso”.

No sábado, 22, o senador pedetista, juntamente, com o prefeito de Timon, Luciano Leitoa(PSB) participou do 2° Aulão Aprova Timon, que aconteceu no centro de convenções maranhense.

O prefeito Luciano Leitoa falou da importância desse aulão que é oferecido de forma gratuita aos jovens timonenses. “Muitos jovens de Timon não possuem a oportunidade de ter acesso à educação de qualidade, por isso nos engajamos em oferecer esse aulão para que eles possam competir de forma mais justa e obter sucesso no Enem”, disse.

Na ocasião os quase 2 mil jovens tiveram a oportunidade de receberem as palavras de motivação do senador. O Projeto Aprova Timon é realizado pela Prefeitura Municipal, através da Coordenadoria de Juventude em parceria com o Governo do Estado, Unidade Regional de Educação e instituições particulares de ensino.

Deputado Zé Inácio (PT), participou da 5° edição da Cavalgada do Clube da Viola no município de Itinga do Maranhão. O evento contou também com a participação expressiva de pecuaristas e empresários da Região Tocantina e do sudoeste paraense. A Polícia Militar estimou que cerca de 10 mil pessoas estiveram no evento.

Deputado Zé Inácio prestigia 5º edição da vaquejada em Itinga

Deputado Zé Inácio prestigia 5º edição da vaquejada em Itinga

Zé Inácio (PT) ressalta a importância de eventos como esse no município. “A Cavalgada já está consagrada em Itinga e demais região e o meu compromisso com o eleitor de Itinga é de continuar ajudando o município na área da saúde, educação e na cultura. A prefeita Vete Botelho também têm sido cada vez mais investindo em ações com o objetivo de desenvolver o município”, disse o deputado.

Já a prefeita Vete Botelho afirma que as festas populares precisam do apoio do poder público. “A prefeitura municipal se faz sempre presente aos eventos populares e a participação de outros municípios é uma demonstração de que a cada ano que passa a Cavalgada esta cada vez mais popular”.

A cavalgada já se tornou tradição em Itinga e todos os anos abre o Clube da Viola.

Vale lembrar que esta é a 5 cavalgada e o 6° Clube da Viola. A festa começou em 2010.

O deputado Fernando Furtado (PCdoB) usou a tribuna no pequeno expediente da sessão plenária desta terça (25) para falar sobre a usina de asfalto que opera irregularmente no Loteamento Santa Filomena no município de Paço do Lumiar.ft

Durante o seu discurso o deputado, que faz parte da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, respondeu a uma cobrança feita pela deputada Andrea Murad (PMDB) na sessão plenária da última segunda (24), onde foi criticado por não ter levado o assunto para a tribuna.

De acordo com Fernando, a denúncia chegou ao seu gabinete através de um representante do Loteamento Santa Filomena, identificado como Orlando de Azevedo Filho, que expôs os problemas sofridos pela comunidade.

“Solicitamos algumas documentações, que temos aqui em mãos, e fomos avaliar. Levamos, inclusive, o problema para a Comissão de Meio Ambiente, e decidimos na Comissão de Meio Ambiente fazer uma visita in loco até a usina de asfalto”, disse.

Furtado relatou que a visita foi feita sem aviso prévio, nem a comunidade nem aos representantes da fábrica. “No momento em que fizemos a visita, nós não constatamos aquilo que foi dito ontem pela deputada Andréa. Nós não constamos que havia trabalho escravo, até porque a usina de asfalto estava fechada sem funcionar. Também não constatamos diretamente a poluição que tanto é cobrada pelos moradores”, relatou.

“O que nós constatamos é que a usina funcionava numa área próxima à comunidade e que foi retirada desse lugar, sendo transferida para outro local, conforme o documento que temos aqui, que foi encaminhado para a Promotoria de Justiça de Paço do Lumiar”, concluiu.

Finalizando o seu discurso, o parlamentar falou que já foi feito um acordo entre a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e a referida empresa e que a mesma deve se retirar da loteamento nos próximos meses.

Situação de Dilma se complica mais

Os últimos dez dias foram muito ruins para a presidente Dilma Rousseff. Nas ruas tiveram uma ideia – que se revelou ruim – de fazer um contraponto à grande manifestação contra ela realizada no domingo dia 18. Resultado: não conseguiram colocar nem dez por cento das pessoas que espontaneamente foram protestar contra ela, seu governo, Lula etc no dia 18.pt

E olha que mobilizaram a UNE, CUT, Movimento dos Sem-Terra, Sem-Teto e muitos outros. Isso sem contar que proveram inclusive o transporte. Mesmo assim foi uma iniciativa ruim que escancarou ainda mais o grande isolamento atual do governo federal e de Dilma.

Mas grave mesmo foi o que aconteceu depois. O anúncio de que o vice-presidente Michel Temer está abandonando a articulação política do governo. Isso pode ser o passo decisivo para que o PMDB – que vinha sustentando politicamente o governo – abandone Dilma à própria sorte, fazendo com que aquilo que já era precário deixe de existir. Com a saída de Temer, ela perde também o apoio empresarial, pois ele ainda goza de confiabilidade desse setor.

E para culminar, o ministro Gilmar Mendes, apoiado pelo TSE, determinou o início de investigação para apurar se a campanha de Dilma foi financiada com recursos do Petrolão. Conforme falou o ministro, existem fortes indícios desses ilícitos, que foram obtidos em delações premiadas dos donos das empresas investigadas. Isso poderá anular os diplomas da presidente e do seu vice, obrigando a deflagração de um novo pleito.

Como se não bastasse, a opinião de muitos juristas e advogados acerca do pedido de investigação feito pelo Ministério Público Federal sobre o presidente da Câmara Eduardo Cunha é de que a acusação tem muitas lacunas e que, mesmo ocorrendo a aceitação do inquérito pelo tribunal, tornando-o réu, dificilmente ele seria condenado, deixando-o livre para agir, motivado pela sensação de estar sendo perseguido. Isto, claro, se não surgirem provas que o incriminem em novas delações.

Para completar, consta que o apoio da presidente já é de apenas 6por cento, o menor da história, e que dada a gravidade da situação da economia, sempre pior a cada dia, a insatisfação dificilmente reverterá em favor da presidente. Ao contrário, tenderá a piorar.

Enquanto isso, na Câmara, a perspectiva no momento é de que, depois das palavras de Fernando Henrique Cardoso, o PSDB tenderá a se unir ao PMDB, apoiando um possível governo desse partido liderado por Michel Temer.

Este, que começa a se livrar de suas amarras junto ao governo, alega boicote sistemático de palacianos do PT, que interferem a todo o momento e não o deixam trabalhar. Pois bem, com isso ele entrega a Articulação Política e fica livre para conversar com todos os partidos em busca de uma solução política para a crise que se instalou profundamente no país.

Com efeito, ao invés da presidente se livrar de um adversário abatido pela denúncia do Ministério Público, o que poderia lhe dar algum alívio, o que ela vê é o agravamento do quadro de tal forma que hoje são poucos os que acreditam que ela cumprirá todo o seu mandato.

Sem dúvida viveremos tempos politicamente muito tensos nesses próximos meses. Mesmo políticos que fazem parte da base do governo e que tem exercido forte protagonismo em todos esses anos já não acreditam que ela concluirá este ano de mandato.

A coisa está muito feia mesmo.

Se estivéssemos em um regime parlamentarista, possivelmente o governo se dissolveria e teríamos a convocação de novas eleições para que o novo governante tivesse tempo e condições de construir o apoio necessário para enfrentar a crise, fazendo o que fosse necessário para sairmos dela.

Acredito que estamos cada vez mais maduros para a implantação do parlamentarismo no país.

Basta ver o que acontece na Grécia com a renúncia do Premier. Agora ele vai tentar – fora do governo – construir o apoio político que já não tinha, combatido que era por seu próprio partido. Assim, ele será novamente candidato, talvez apoiado por uma grande coalisão.

E para concluir, o governador Flávio Dino, por meio da Secretaria de Minas e Energia e da Gasmar, convidam para um Seminário cujo tema  “Gás Natural a Nova Fronteira Energética do Maranhão” objetivará apresentar as potencialidades do estado como produtor de gás natural e demonstrar que o atual governo garante um ambiente atrativo para o desenvolvimento e a industrialização dessa energia.

Participarão diversos presidentes de empresas que estão trabalhando com muito sucesso no estado nesse setor. O evento servirá também para chamar a atenção de novas empresas que estão interessadas no novo leilão que a Agência Nacional de Petróleo realizará no próximo dia 7 de outubro.

A abertura dos trabalhos se dará com uma conferência do governador Flávio Dino e o encerramento será feito pelo deputado Rodrigo Castro, presidente da Comissão de Minas e Energia da Câmara.

O evento ocorrerá em São Luís, no Hotel Pestana, na tarde do dia 27 de agosto próximo.

 

Hackers invadem site de prefeitura e deixam mensagem para políticos…

Para quem pensa que esse é um caso isolado: Lidiane não roubou sozinha, a prisão tem que ser para toda a quadrilha.

Uma mensagem foi deixada por hackres no site da Prefeitura de Bom Jardim, direcionada aos comparsas da prefeita Lidiane Leite, que está sendo procurada pela PF e está foragida há quatro dias.

Quem acessa o domínio da prefeitura, encontra um comunicado dos hackers. “Em apoio a população de Bom Jardim MA: Em resposta às denuncias de corrupção junto a prefeitura de Bom Jardim MA, este é nosso protesto!! EXIGIMOS RESPEITO A POPULAÇÃO!! Corruptos não passarão batidos!!”, diz a mensagem publicada na página eletrônica hackeada. (G1, com edição)

Abaixo, fiquem com a mensagem deixada pelos hackers para os bandidos:

hacker_1 (1)

O governo está em marcha lenta e não tem respostas para as insatisfações populares…

A morte de uma gestante e seu filho em Alcântara mostrou que o governo está devagar, quase parando. Problemas estão se acumulando nos setores básicos como, saúde, educação e segurança. protest-sao-mateus-flavio-dino-940x540

Enquanto a polícia mete o cacete em manifestantes para proteger o Palácio dos Leões, a violência continua explodindo nas ruas, assaltos e mortes, cracolândias, o tráfico mandando a céu aberto, população linchando assaltantes, mas o governo continua se “lixando” para o azar do povo.

Enquanto a população se alvoroça, o governo faz anúncios milionários. Esse tipo de anúncio quase sempre alivia as tensões do povo, afinal, caminhamos para o primeiro ano do “governo da mudança”, já se passaram os 100 primeiros dias, 180, a paciência de quem espera que as mudança aconteçam tem limite.

Com os problemas se acumulando desde o mês de janeiro, quando Flávio Dino anunciou várias medidas durante sua posse, mas, até hoje, os problemas continuam sem solução, por causa disso, insatisfações pipocam de todos os lados.

Tem repasse à vista: As primeiras licitações milionárias já estão sendo anunciadas, sabe como é, governo gosta dessa palavra “milhões”. Essa palavra mágica, sempre que usada causa efeito retardante nos meios de comunicação, é através dela que o governo pretende calar a mídia e evitar a propagação dos conflitos, como se tudo estivesse bem. Já vimos esse filme.

Da forma que está, dificilmente conseguirão calar as insatisfações populares. Confira no vídeo abaixo, retirado do blog Atual 7, uma manifestação na cidade de São Mateus, que aconteceu no último sábado, 22, durante a visita do governador ao município comandado pelo aliado e ex-sócio Miltinho Aragão (PSB).

De helicóptero, o comunista pousou em um terreno pertencente ao gestor, já cercado por jagunços, que impediram que professores em greve pudessem se aproximar do governador.

A “importância dos profissionais da Comunicação para a sociedade” foi o tema da Audiência Pública realizada pelo deputado estadual Wellington do Curso (PPS), em parceria com o Sindicato dos Radialistas, na tarde da última sexta-feira (21).unnamed

O debate aconteceu no auditório Fernando Falcão (Assembleia Legislativa) e teve como um dos temas principais os direitos trabalhistas dos radialistas e profissionais de comunicação no Maranhão, entre eles o piso salarial, a obrigatoriedade do registro DRT, concursos que figure nos editais a função de radialista nas esferas pública, municipal e estadual, o melhoramento da estrutura do Sindicato, a organização da classe sindical, determinação do uso da voz em propagandas publicitárias ou de rádio, as questões de saúde dos profissionais, sindicalização permanente que visa conversar com os trabalhadores para que se sintam representados, entre outros assuntos relacionados à categoria.

Além de radialistas e profissionais de diversas áreas da comunicação de vários municípios do Estado, também estiveram presentes representantes das secretarias de Comunicação do Estado e da Prefeitura; o presidente do Sindicato dos Radialistas (Sinrad), José Santos; o representante da Associação Brasileira de rádios comunitárias, Neuton César; o radialista Flávio Chocolate; o jornalista e radialista Djalma Rodrigues (representando a Câmara), entre outros órgãos representativos da classe.

Ao fazerem uso da palavra, os comunicadores parabenizaram o deputado Wellington por sempre estar sensível às causas da Comunicação e à disposição de todos os comunicadores. Na oportunidade, também destacaram que é a primeira vez que um evento deste porte é organizado em prol dos direitos dos profissionais de comunicação. Outro ponto relevante na Audiência, foi a crítica à ausência dos secretários de Comunicação do Estado e do Município que, segundo os presentes, deveriam ser os primeiros a demonstrar interesse na discussão.

Convidado a ser o padrinho da comunicação no Parlamento, Wellington do Curso, que sempre teve um bom relacionamento com a imprensa, destacou a importância e a necessidade da valorização destes que, segundo ele, são os instrumentos de informação da sociedade.

“Devemos discutir com profundidade os problemas enfrentados pela classe de jornalistas, radialistas, profissionais de comunicação e buscar alternativas para que sejam sanados, melhorando a qualidade de vida desses profissionais que são, acima de tudo, responsáveis por manter a sociedade informada. Somo a minha voz às vozes de todos os comunicadores do Maranhão e coloco o nosso mandato à disposição da imprensa e da comunicação”, afirmou.

Ao final da Audiência, foram levantados seis encaminhamentos: a Implantação do Conselho Estadual de Comunicação Social; a realização de uma Audiência Pública sobre os profissionais de rádio e TV, marcada para o dia 29 de setembro; a instituição do prêmio Comunicador por excelência; o encaminhamento de uma indicação ao Governo do Estado que solicita que os profissionais da rádio Timbira tenham seus cargos com salários equivalentes aos pisos que estão sendo praticados; criação do Fórum Permanente de Comunicação e a realização de uma Audiência Pública em Imperatriz, no dia 17 de setembro, para discutir sobre os desafios dos profissionais de comunicação na região Tocantina.