O candidato a reitor da UFMA, Natalino Salgado, manteve agenda de campanha nesta terça-feira (4), com atividades em Imperatriz, onde a universidade mantém dois campi em funcionamento. Pela manhã, acompanhado do grupo de apoiadores e do candidato a vice-reitor Marcos Fábio, Natalino esteve no Campus Centro, onde percorreu salas dos cursos de graduação. No final do dia, os candidatos a reitor e vice estiveram juntos participando de ato oficial de lançamento das candidaturas no Campus Bom Jesus e dialogando com professores, alunos e técnicos.

Inaugurado em 1980, o Campus Imperatriz foi ampliado durante o período da gestão Natalino Salgado. No seu mandato, a UFMA experimentou o maior processo de expansão e de integração da sua história, consolidando um processo de descentralização e contribuindo para o fortalecimento do ensino, pesquisa e da extensão.

Com a inauguração em setembro de 2013 do Campus no bairro Bom Jesus, a UFMA/Imperatriz ampliou a oferta de cursos de graduação e se consolidou como a segunda maior unidade da universidade federal, a primeira no continente. Lá funcionam cursos de Ciências Contábeis, Ciências Naturais/Biologia, Enfermagem, Engenharia de Alimentos e Medicina.

Em 2013, passou a oferecer o Programa de Pós-Graduação em Ciência dos Materiais (PPGCM), com o mestrado atendendo as exigências do mercado, assim como desenvolvendo pesquisas científicas e tecnológicas de alta qualidade.

Outra grande conquista para a UFMA de Imperatriz foi a implantação do curso de medicina, em 2014, também na gestão Natalino Salgado. “Para muitas pessoas fazer o curso de Medicina em outras cidades é complicado. Para mim, por exemplo, que tenho filho, marido, foi a possibilidade de realizar um sonho. Assim como para pessoas dos municípios vizinhos, como Davinópolis, Carolina e outras cidades”, comentou Anna Érica Bernardes, graduada em jornalismo pela UFMA Imperatriz, atualmente matriculada no curso de Medicina do Campus Bom Jesus.

O candidato segue em campanha na região durante a semana, realizando atividades no campus de Grajaú, agendado para esta quarta-feira (5), e no Campus de Balsas na quinta-feira (6), para então retornar a São Luís.

As respostas de Jair Bolsonaro às perguntas sobre a facada poderão prolongar a permanência de Adélio Bispo de Oliveira num hospital psiquiátrico, quando se consumar sua condenação.

Se o presidente demonstrar que não conseguiria se defender do ataque e relatar em que medida a recuperação o afastou de suas ocupações, o juiz poderá aumentar o prazo da internação, considerando a gravidade maior do atentado e da própria lesão.
Como inimputável, Adélio não poderá pagar pena numa penitenciária, como outros criminosos, mas será submetido a uma medida de segurança, que poderá durar, no máximo, 20 anos.

Intimado ontem, Bolsonaro tem até amanhã para enviar as respostas por escrito. (O Antagonista)

Alguma dúvida?

Governador que vive viajando de aviões e helicópteros pagos para resgate de doentes, e operações da PM,  não sabe das precariedades  das estradas do Maranhão.

Recentemente o comunista que está louco pra ser presidente do Brasil foi falar nas redes sociais que as rodovias federais que estão destruídas, e que as do estado, sua competência estariam boas, lindas e maravilhosas.

Segundo informações, os vereadores aprovaram uma CPI, na área de saúde do município, visando o afastamento da prefeita e, assim, poder dividir entre eles o royalties da Vale.

Sem ter nenhuma prova contra a administração de Dídima Coêlho na área de saúde, os vereadores se reuniram em torno dessa prática criminosa “extorsão”, chegando a fazer modificações na Lei Orgânica do Município visando afastar a prefeita somente com as proposições da Câmara de Vereadores.

Os áudios comprovam o crime, cujas falas apresentam toda a armação para dividir entre eles os recursos advindos dos royalties da Vale, que é de aproximadamente R$ 2,3 milhões, além da extorsão a prefeita para que fosse desaprovada a CPI.

Ao tomar conhecimento dos áudios, o Ministério Público e o Gaeco passaram a monitorar os envolvidos e hoje os vereadores estão sendo presos.

A prefeita Dídima Coêlho disse agora a pouco que jamais aceitaria roubar do povo para distribuir o dinheiro entre vereadores.

Mais informações:

Gaeco e Polícia Civil cumprem cinco mandados de prisão temporária na manhã desta quarta-feira

Também foram cumpridos oito de busca e apreensão

O Ministério Público do Maranhão, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas – Gaeco, e a Polícia Civil, por meio da Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção – Seccor, deram cumprimento a cinco mandados de prisão temporária e oito mandados de busca e apreensão, na cidade de Vitória do Mearim, no início da manhã desta quarta-feira, 5 de junho.

A operação foi realizada de forma simultânea em acolhimento de decisão da Justiça da Comarca de Vitória do Mearim.

As investigações apuram os crimes de corrupção passiva e associação criminosa, praticados pelos vereadores George Maciel da Paz, presidente da Câmara Municipal; Hélio Wagner Rodrigues Silva; Oziel Gomes da Silva; Marcelo Silva Brito (Marcelo da Colônia); Mauro Rogério (Nego Mauro); José Mourão Martins e Raimundo Nonato Costa da Silva (Nonato do Chelo). Além destes, o vereador Benoa Marcos Rodrigues Pacheco, o Bena, está sendo investigado pelo crime de corrupção passiva.

Segundo a apuração até o momento, os vereadores solicitaram vantagem financeira a Almir Coelho Sobrinho em troca do arquivamento da CPI que está em andamento na Câmara Municipal contra a prefeita Dídima Maria Corrêa Coelho, que é sua esposa.

Ao prestar declarações durante a investigação, Almir Coelho Sobrinho, secretário-chefe da Assessoria de gabinete daprefeita, apresentou gravações das conversas que manteve com os vereadores com o objetivo de ajustar os valores a serem pagos.

Enquanto os sete primeiros vereadores se uniram para pedir o pagamento do valor de R$ 320 mil parcelado em duas vezes, garantindo a maioria dos votos contra a CPI; o vereador Bena pediu para si a quantia de R$ 100 mil com o mesmo propósito.

Mesmo que nos áudios seja mencionado que cada vereador do “grupo dos 7” receberia uma parcela de R$ 10 mil e outra de R$ 20 mil, havia um ajuste, inicialmente, entre George, Hélio e Oziel para que estes recebessem R$ 70 mil, sem que os demais soubessem.

De acordo com o depoimento de Almir Coelho Sobrinho, havia um plano paralelo entre os vereadores para afastar a gestora, com o intuito de que a vice assumisse e pudesse sacar a quantia correspondente aos royalties da mineração destinados ao município de Vitória do Mearim, totalizando aproximadamente R$2.200.000,00 para, em seguida, dividir entre eles.

Evidenciando a existência desse plano, os vereadores aprovaram, sem observar o procedimento legislativo e em sessão extraordinária, a Proposta de Emenda à Lei Orgânica, possibilitando o afastamento do prefeito em razão do início do procedimento para apurar crimes de responsabilidade pela Câmara Municipal, na mesma data em que Almir Coelho Sobrinho se negou a efetuar o pagamento dos valores solicitados, encerrando as negociações entre eles.

Foram alvos das medidas cautelares de busca e apreensão em suas residências e de prisão temporária os vereadores Hélio Wagner Rodrigues Silva, Oziel Gomes da Silva, Mauro Rogério Pires, José Mourão Martins e Benoa Marcos Rodrigues Pacheco.

Em relação aos vereadores George Maciel da Paz, Marcelo Silva Brito e Raimundo Nonato Costa da Silva, foram cumpridos apenas mandados de busca e apreensão.

Os presos ficarão recolhidos no Complexo Penitenciário de Pedrinhas pelo prazo de cinco dias, podendo ser prorrogado por mais cinco, como forma de evitar que eles destruam ou omitam provas, ou até mesmo influenciem ou ameacem as testemunhas que serão ouvidas até a conclusão das investigações.

Do material apreendido nas residências dos vereadores, os aparelhos celulares e computadores serão encaminhados ao Laboratório de Tecnologia contra Lavagem de Dinheiro do Ministério Público para a extração e análise dos dados.

O Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão (TJMA) aprovou em sessão plenária ocorrida hoje (05.06.2019), portaria que prevê a suspensão do expediente durante os jogos da Seleção Brasileira de Futebol Feminino.

Dentre os argumentos apresentados pelo Presidente da Corte de Justiça Maranhense (TJMA), se encontra o “fortalecimento do empoderamento feminino, com a sua participação cada vez maior em diversas modalidades esportivas, em especial, nos jogos da Copa do Mundo de Futebol Feminino. Proposta idêntica foi apresentada pelo advogado Alex Ferreira Borralho à Presidência da República.

Procurado, o advogado Alex Ferreira Borralho externou que “estava ouvindo a sessão plenária do meu escritório e fiquei extremamente feliz com esse momento histórico protagonizado pelo Tribunal de Justiça do Maranhão, terceira Corte de Justiça mais antiga do país.  A sensibilidade demonstrada pelo Desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos e dos demais integrantes do mencionado órgão, para a necessidade de conquista e de projeção do espaço das mulheres na sociedade, foi dignificante.  No âmbito jurídico não poderia ser diferente. O Brasil é um dos países com maior desigualdade entre os gêneros e é gratificante acompanharmos a mudança dessa situação a partir do Poder Judiciário Maranhense, que vem cumprindo o seu papel para o desenvolvimento de uma sociedade mais igualitária e democrática. Tal atitude deve servir de exemplo para todas as outras Corte de Justiça do nosso país.”

Alex Borralho também fez questão de ressaltar as manifestações, durante a aprovação da portaria, das Desembargadoras Ângela Maria Moraes Salazar e Cleonice Silva Freire, que segundo referido causídico “fizeram ponderações importantes sobre a igualdade de gênero e sobre os direitos da mulher, ressaltando que vivemos em um meio social machista, onde mulheres são oprimidas e estão em desvantagens em relação aos homens.”

O referido causídico finalizou externando que “faço uma solicitação ao Governador do Estado (Flávio Dino) e ao Presidente da Assembléia Legislativa do Estado do Maranhão (Othelino Neto), para que possam trilhar o mesmo caminho do Poder Judiciário do Estado do Maranhão, estabelecendo a incidência de pontos facultativos regrados nas unidades, nos órgãos e em todas as instituições do Poder Executivo e do Poder Legislativo do nosso Estado, visando proporcionar o apoio e o acompanhamento, por todos os maranhenses, de todos os jogos que a Seleção Brasileira de Futebol Feminino disputar na Copa do Mundo de Futebol Feminino deste ano (2019), que será transmitida, no território brasileiro, em canal aberto pela Rede Globo.”

Continua repercutindo em todo o Brasil o “bulling” que a deputada jornalista de mais de 1 milhão de votos deu no comunismo.

Enfim, asfalto sonrisal derramado nas rodovias estaduais ganhou notoriedade nacional, derreteu junto com ele, a imagem de tigrão das redes sociais, que batia de frente no presidente Jair Bolsonaro. Na imprensa petista que acompanha Flávio Dino, a desculpa “marrom” que o comunista Flávio Dino teria sido “atacado”, quando a verdade é outra.

Abaixo, a força da louraça que fez o comunista “tigrão” virar “tchuchuca” no tuíter.

Campeãs de votos, diferente de muitos Lulo-comunistas que só conseguem se eleger com derrames da maquina pública, as duas deputadas mais votadas da história. As duas foram eleitas pelo fenômeno B-17 (Jair Bolsonaro), nas eleições de 2018.

Pegou mal votar contra o “combate a fraude”, senadora Eliziane Gama!

Evangélicos cobram posicionamento de senadora da Igreja Assembleia de Deus, postagem deste blog sobre voto da senadora repercutiu negativamente e sinalizou para que nossos três senadores maranhenses estejam atentos aos anseios da população.

Nas redes sociais, em conversa com jornalistas, o senador Roberto Rocha avaliou os votos contrários e disparou:

“Como alguém pode votar contra o combate à fraude? Comete fraude todo aquele que se aproveita da ignorância do outro para o prejudicar”.

Só lembrando que o seguimento evangélico é responsável por 40% do eleitorado do Maranhão, a Igreja Assembleia é a maior e mais forte do estado e do Brasil.

Na postagem anterior, feita para cobrar um posicionamento da senadora que teve votação recorde da igreja, mais de 20 comentários contrários a atitude da senadora, que traiu a confiança do seu eleitorado, que esperava um posicionamento favorável ao Brasil. Confira CLICANDO aqui:

Confira o voto da senadora:

O prefeito Eudes Sampaio aproveitou sua ida à Câmara Municipal de São José de Ribamar na tarde desta quinta-feira (30) para anunciar três importantes investimentos de obras no município, na área da educação. Ele anunciou a construção de duas escolas de ensino fundamental, uma no Turiúba e outra no Nova Terra, e a construção de uma quadra esportiva na escola de atendimento à pessoa com deficiência, Drª Maria Amélia Bastos.

Eudes Sampaio na câmara municipal de São José de Ribamar

“Nós estamos sim enfrentando dificuldade financeira, mas isso não vai nos impedir de fazer os investimentos necessários e possíveis de serem feitos. Esses dois bairros precisam de escolas e por isso vamos fazer. Estive na escola Maria Amélia Bastos ontem e vi a necessidade de construir essa quadra”, justificou o prefeito.

Além dos anúncios, durante a sessão iniciada por volta das 16 horas e encerrada depois das 21 horas, o prefeito Eudes Sampaio fez a prestação de contas referente ao primeiro quadrimestre de 2019, do Executivo Municipal. Ele apresentou números relacionados às receitas e despesas do município e falou aos vereadores, detalhadamente, sobre as ações e políticas aplicadas pela atual gestão nos mais diversos setores.

A audiência contou com a presença de quase todos os vereadores e teve também participação expressiva da população ribamarense, que ouviu do prefeito, de modo explicativo e minucioso, tudo que tem sido feito por sua gestão em prol da reconstrução e do desenvolvimento do município.

Sampaio destacou ainda os esforços da Prefeitura em manter a infraestrutura das diversas regiões afetadas pelas chuvas.

Após a apresentação do relatório, os vereadores puderam fazer suas considerações, destacando principalmente o compromisso do prefeito de não somente encaminhar à Câmara o relatório do quadrimestre, mas também de ir pessoalmente ao legislativo apresentá-lo aos parlamentares.

Além de elogiar os 75 dias da administração comandada pelo prefeito Eudes Sampaio, de forma democrática e transparente, os vereadores tiveram a oportunidade de fazer questionamentos ao prefeito sobre todos os temas. Após as falas dos parlamentares, ele fez questão de responder a todas as indagações.

“Eu já era amigo do prefeito Eudes, mas agora passei a ser ainda mais seu admirador, por ele, de forma honesta, transparente e respeitosa vir à Câmara prestar contas”, finalizou o vereador J. Lindoso.

Projeto teve como relator o  senador Roberto Rocha e já havia sido aprovado em comissão técnica no mês de maio, antes de ir ao Plenário

A cidade de São Luís (Ma) pode ser reconhecida como a capital nacional do Bumba Meu Boi. É o que determina o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 3/2018, aprovado na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE), nesta terça-feira (21). A proposta segue com pedido de urgência para análise em Plenário, e se lá for aprovada, vai à sanção presidencial.

Desde o século XVIII a festa do Bumba Meu Boi, ou boi-bumbá, é comemorada em São Luís, especialmente nos meses de junho e julho, em homenagem ao auto de São João. É uma dança do folclore que gira em torno da ressurreição de um boi e envolve personagens humanos e animais fantásticos. Possui ligações com tradições indígenas, africanas e europeias, e também com elementos de celebrações religiosas católicas.

Mas os festejos acontecem durante todo o ano, com participação dos mais de 100 mil grupos de Bumba Meu Boi que se expressam por meio de música, coreografias, vestimentas e instrumentos. Trata-se de uma expressão da cultura, da fé, da devoção e das relações socioeconômicas que remontam aos tempos coloniais da região, lembrou o autor da proposição, deputado Hildo Rocha (MDB-MA).

O relator na CE, senador Roberto Rocha (PSDB-MA), lembrou que os primeiros registros da celebração do boi-bumbá remontam a Pernambuco, e que a manifestação cultural em torno da figura do boi é tradição em diversos estados brasileiros. Mas a festa tornou-se mais popular no Maranhão, tanto que em 2012, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) outorgou ao Bumba Meu Boi maranhense o título de Patrimônio Cultural do Brasil.

— Pelo amplo significado cultural do desenvolvimento dessa importante tradição no interior do Nordeste brasileiro, manifestada em sua plenitude e inteireza na capital maranhense, somos favoráveis à concessão do título de Capital Nacional do Bumba Meu Boi à cidade de São Luís — defendeu o relator na CE, senador Roberto Rocha (PSDB-MA).

1 2 3 4 5 6 521