Coronel Monteiro autoriza a construção de linhas de Transmissão na Grande São Luís.

O Superintendente do Patrimônio da União no Maranhão – Coronel Monteiro, recebeu na manhã desta segunda-feira, 16 de setembro, representantes do Grupo EDP – Energia do Brasil, e autorizou a construção de linhas de transmissão de energia em áreas da união e essa decisão irá beneficiar os municípios de São Luís, Raposa, Paço do Lumiar, São José de Ribamar, o Porto do Itaqui e a região nordeste do Maranhão.

A empresa ainda informou que com essa autorização eles iniciarão as construções com investimento superior a 600 milhões de reais, o Coronel Monteiro mais uma vez enfatizou que o Governo Federal está contribuindo com a construção de um novo Maranhão. (Informações da SPU)

Pedetista histórico e fundador do PDT do Maranhão ao lado de Leonel Brizola e Jackson Lago, Leo Costa (PSDB), ex- secretário de Estado, ex-prefeito de Barreirinhas, convida os amigos para juntos celebrarem a vida em memória da militante pedetista Sandra Torres.

Todos sabem das profundas e históricas ligações de minha querida esposa Sandra Torres com o povo e a terra de Barreirinhas. Ela, eu, meus filhos e, agora, minhas netas, todos vivemos essa relação intensa de amor e respeito à nossa terra.

Por isso, ao agradecer-lhes de todo coração os dias, as semanas e os meses de atenção, carinho, preocupação e orações endereçados à saúde de Sandra, convido-os para a missa que amigas e amigos mandarão celebrar na Igreja Matriz de Barreirinhas, no dia 21 de setembro, sábado próximo, às 18:00 horas, em intenção da querida esposa, irmã, mãe, avó e amiga Sandra Maria Torres da Costa.

Que Deus a acolha e a proteja em seu reino de bem-aventuranças!

Saúde e Paz para todos!

Fórmula democrática esquerdista: Abater opositores até na faca? A intolerância agradece! 

Acusado dia e noite pela imprensa ativista de ser intolerante, fascistas, anti-democrático, presidente do Brasil fala sobre a “facada democrática” para matá-lo (tirá-lo das eleições ), segundo ele, orquestrada pelos esquerdistas.

Em live feita do hospital presidente do Brasil conversou com sua filha, que ainda carrega a dor e sofrimento de tanta violência contra sua família, Bolsonaro diz que se recupera da facada que levou da esquerda comunista, que tenta de toda forma (incluindo assassinatos) voltar ao poder do Brasil depois de destruir tudo em esquemas de corrupção.

– Matando a saudade da minha filha. Depois de mais uma cirurgia, fruto do atentado praticado por um militante de esquerda contra minha vida, fiquei fora de combate por um tempo, mas o carinho da minha família e de todos que acreditam num Brasil melhor me ajuda a seguir lutando.

Presidente Bolsonaro conversando com a filha Laurinha através duma live no hospital. “Matando a saudade da filhinha”.

 

Quem paga as viagens e despesas de Flávio Dino em cada viagem para atacar o presidente Bolsonaro? No vídeo abaixo, população protestando contra fechamento de outro hospital sucateado no pobre, explorado e atrasado Maranhão.

A população de Lago dos Rodrigues se uniu na manhã deste sábado (14) em uma grande manifestação que ficará marcada para sempre na história do município.
O objetivo foi protestar contra o fechamento do hospital da cidade, mantido pelo Governo do Estado.

Parabéns, eleitor: Foi para isso que valeu seu voto em Flávio Dino?

Nem aí para o azar dos pobres do Maranhão, Flávio Dino vive viajando em pré-campanha atacando Bolsonaro, Moro, e advogando em favor de corruptos.

Confira nas imagens da semana, Maranhão em crise, hospitais sendo fechados, gente pobre morrendo nos corredores sujos dos hospitais,  mas o governador que foi reeleito no outubro passado, continua em palanques eleitorais pelo Brasil, para ser visto como pré-candidato a presidente.

Após se reeleito em outubro do ano passado em meio a derrames da maquina pública nunca antes vistos neste pobre e atrasado estado, Flávio Dino continua num palanque viajando. Mas quem paga suas viagens? Alô, MP tem alguém aí?

Só resta perguntar às autoridades do Maranhão e Brasil, quem paga as viagens e despesas do pré-candidato do PCdoB, Flávio Dino, em cada viagem pelo Brasil onde aparece atacando o presidente Jair Bolsonaro, ministro Sérgio Moro, ou advogando para o PT de Lula, gritando “Lula livre” em eventos do PT, entre outras meninices.

Confira no vídeo do fechamento de outro hospital sucateado:

Foto e vídeo do blog do Carlinhos:

Receita: continuar fazendo sumir dinheiro público por décadas…

Na imagem destacada um escândalo abafado, uma imoralidade patente mas que todos preferem esconder. Tantos erros de um grupo que se perpetua a cada eleição ignorados pelas autoridades.

A velha e suja, esburacada cidade, ao chegar ao na sua velhice lembra um cenário de pós guerra. A bomba é mesma que mata e destrói a humanidade por décadas.

Até politico do partido do governador já denunciou, mas tudo permanece abafado…

Sem VLT (trem permanece há 7 anos escondido num galpão) sem que o prefeito, o governador, um gestor de verdade, alguém com juízo suficiente ou, o mínimo de vergonha na cara assuma o projeto e faça acontecer como noutras capitais.

As creches que não foram construídas, nem a maternidade que nunca saiu da fundação, o hospital prometido que, ao que tudo indica vai ser desmontado logo após sua inauguração como noutros casos, outras promessas futuristas e furadas de “vamos fazer”, “vamos fazer”, “vamos fazer”…

Aos 407 anos, gasta-se muito com “asfalto borra”, mas vive esburacada. Paga-se caro por lixo, mas a cidade vive suja.

Uma verdadeira bomba preste a explodir.

Asfalto de “faz de conta” conhecido por “borra” foi levado pela chuva. Só ficou o buraco….

Este seria outro caso do asfalto borra usado nas rodovias do Maranhão.

Outro caso de destruição, neste caso, o trecho de uma importante rodovia que deveria ter sido cuidada, mas parece que jogaram apenas “borra” de asfalto, que logo saiu com a chuva.

O presidente do PSL no Maranhão o experiente vereador Chico Carvalho, tem sofrido diversos ataques após a vitória de Jair Bolsonaro (PSL). Ele é o fundador da sigla do PSL no Maranhão desde 2003 e tem lutado para fortalecer a agremiação política do partido em todas as regiões.

Atualmente, o partido conta com 65 vereadores espalhados por diversos municípios, 10 vice-prefeitos, e dois prefeitos. O último filia-se ao partido, foi Lahesio Bonfim de São Pedro dos Crentes, prefeito este considerado um dos melhores do Maranhão. Além do deputado estadual Pará Figueiredo, na capital maranhense o PSL conta com dois vereadores; Chico Carvalho e Isaías Pereirinha.

O objetivo de uma minoria de acordo com levantamento feito por este site, é afastar o vereador, tentando desgastá-lo a ponto de forçar uma intervenção federal. ( Enquanto Isso no Maranhão)

VEJA A NOTA:

Venho por meio deste, esclarecer que ao longo da minha jornada à frente do PSL Estadual, sempre me portei de maneira digna e honrosa. E a minha permanência nessa posição no Partido, se dá justamente, por conta de minha conduta proba a bem do grupo e da coletividade, com o apoio da liderança nacional.

Nos últimos dias venho sendo atacado de modo injusto. Mas, isso se dá em razão de interesses escusos, no vislumbre de alguns pegarem carona, depois que o PSL se tornou um grupo forte no Brasil e se fortalece cada vez mais, no Maranhão.

Quero aqui, agradecer a todos os filiados novos e antigos do PSL que têm reconhecido e se ombreado ao nosso trabalho. E saibam todos que os propósitos, a missão e a visão do Partido Social Liberal em nível nacional estarão alinhados em território maranhense.

Agradeço o apoio, em especial daqueles homens e mulheres honrados que estão chegando agora ao PSL, unindo forças para fazermos frente na conquista e demarcação de espaço nos 217 municípios do nosso Maranhão.

Francisco Carvalho

Presidente do PSL no Maranhão

Deputado federal Pedro Lucas Fernandes disse que o seu partido pretende indicar o companheiro de chapa do atual presidente da Câmara Municipal.

O Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) oficializou, neste sábado (14), apoio à pré-candidatura a prefeito de São Luís do presidente da Câmara Municipal, vereador Osmar Filho (PDT).

O anúncio foi feito por dirigentes da sigla durante evento político no qual foram empossados os novos presidentes do diretório municipal de São Luís e da JPTB, Paulo Casé e Yanna Kléper, respectivamente. Centenas de militantes participaram do ato, no qual ocorreram novas filiações.

“O PTB está unido. É um partido que tem representatividade na Câmara Municipal e, ano que vem, nós queremos triplicar. Também estamos fortes em todos as demais cidades do Maranhão e iremos, tenho certeza, fazer grande número de prefeitos e vereadores. Quero dizer ao presidente Osmar que o PTB está unido à sua pré-candidatura a prefeito de São Luís. O Osmar é o mais jovem presidente da Câmara; já mostrou uma gestão inovadora, participativa e moderna; e o Osmar conhece São Luís, conhece seus problemas, e sabe como resolvê-los. Ele sempre terá um parceiro em Brasília para ajuda-lo”, disse o deputado federal e presidente do diretório estadual petebista, Pedro Lucas Fernandes.

Fernandes explicou que a sigla, a partir de agora, promoverá uma agenda permanente de debate sobre temas de interesse da coletividade, como a mobilidade urbana. Disse que Osmar Filho estará engajado neste trabalho e aproveitou a oportunidade para confirmar que o PTB tem interesse em indicar um nome que comporá como vice na chapa encabeçada pelo pedetista.

Paulo Casé destacou a juventude e a vontade que o presidente da Câmara tem para trabalhar, ainda mais, por São Luís.

“O Osmar é um político que representa a juventude, uma nova forma de fazer política e de administrar. São por estas e outras qualidades que o PTB estará com ele neste projeto relacionado à Prefeitura”, comentou.

Presente no evento, Osmar Filho agradeceu as manifestações de apoio e carinho.

O pré-candidato confirmou que participará da agenda de diálogo do PTB objetivando uni-la a sua e, desta forma, construir um plano de governo coletivo para cidade.

“Agradeço à confiança dos filiados ao PTB, nas pessoas dos amigos Pedro Lucas, Paulo Casé e do ex-deputado Pedro Fernandes. Nossa pré-candidatura, como já disse em outras oportunidades, é um projeto coletivo, que está sendo construído desta forma, dialogando com o cidadão e com todos os agentes da classe política”.

Agência Assembleia

O município de Balsas sediou, nesta sexta-feira (13), no auditório da Unibalsas, a primeira edição do “Assembleia em Ação”, programa itinerante da Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema), com o objetivo de levar a atuação parlamentar aos quatro cantos do estado. O presidente da Alema, deputado Othelino Neto (PCdoB), acompanhado de vários parlamentares, fez a abertura do evento e a mediação da programação, que contou com palestras e debates sobre temas variados.

O “Assembleia em Ação” mobilizou a participação de prefeitos, vereadores e lideranças de dezenas de municípios da Região Sul do Maranhão. Os deputados estaduais Glalbert Cutrim (PDT), vice-presidente da Alema; Wellington do Curso (PSDB); Pastor Cavalcante (PROS); Rildo Amaral (Solidariedade); Dr. Yglésio (PDT); Felipe dos Pneus (PRTB); Ricardo Rios (PDT); Antônio Pereira (DEM) e Marco Aurélio (PCdoB) também participaram.

Othelino Neto destacou que a escolha da cidade de Balsas como anfitriã da primeira edição do programa levou em consideração a distância em relação à sede do Legislativo maranhense, bem como a sua importância para a economia do estado.

“Nós sentimos a necessidade de aproximar o Poder Legislativo, que é sediado em São Luís, do sul do Maranhão.  E a escolha da cidade de Balsas decorre de sua importância para o estado, para que essa região se sinta mais próxima da Assembleia Legislativa. É uma forma de mostrarmos aquilo que é produzido na Casa e que serve para todos, o que é decidido, as leis aprovadas, os requerimentos, as indicações, que  geram impactos na vida das pessoas”, afirmou o presidente da Alema.

O prefeito de Balsas, Erik Silva, agradeceu à Assembleia Legislativa e ao presidente Othelino Neto por levarem o Legislativo ao sul do Maranhão e parabenizou pela iniciativa de promover essa aproximação com as regiões do estado.

“Agradeço a Assembleia e o presidente Othelino por ter escolhido Balsas para ser a primeira cidade a receber essa ação tão importante, bem como prefeitos e vereadores, que vieram participar. Nós temos um agronegócio muito forte, isso fruto das terras férteis da nossa região e, também, graças aos empreendedores do agronegócio e dos agricultores que transformaram Balsas em um celeiro do Maranhão”, disse.

“Nós não poderíamos ter um momento mais oportuno para iniciar esse debate e manter esse diálogo, haja vista que estamos há um ano do processo eleitoral e ainda são muitas as incertezas referentes às alterações das leis eleitorais e vários outros temas que foram abordados. Nós, de Balsas e do sul do Maranhão, só temos a agradecer por a Assembleia Legislativa iniciar esse processo pela nossa região”, completou Moisés Coelho, presidente da Câmara de Vereadores de Balsas.

Troca de experiências

A programação contou com palestras sobre processo legislativo, mudanças na legislação eleitoral e Reforma da Previdência. Após as explanações, os participantes fizeram perguntas e expuseram as demandas da região.

“Nosso objetivo é levar informação, conhecimento, tecnologia, possibilitando que os vereadores exerçam seu mandato de maneira mais tranquila e com maior competência e produtividade”, assinalou Bráulio Martins, diretor-geral da Mesa Diretora da Alema e um dos palestrantes.

Asaf Sobrinho, presidente da Associação dos Vereadores do Maranhão, disse que a aproximação entre os Legislativos estadual e municipal só tem a beneficiar a população. “Hoje, Balsas, certamente, está muito satisfeita por ser a primeira regional a receber o ‘Assembleia em Ação’. Nossa gratidão é muito grande por a Assembleia entender a necessidade de aproximar os trabalhos da comunidade. Certamente, os vereadores e prefeitos que estão aqui presentes, em grande número, têm muito a contribuir e aprender”.

“É uma atitude muito nobre do deputado Othelino Neto. Quanto mais nos aproximarmos e estivermos unidos, mais poderemos fazer pelo Maranhão”, declarou Mayra Guimarães, prefeita de Nova Iorque do Maranhão.

“Pela primeira vez na nossa região sul, a Assembleia vem buscar esse diálogo. Isso é muito importante e tem um grande significado. Parabenizo a Assembleia Legislativa e o presidente Othelino Neto pela iniciativa”, completou o prefeito de Riachão, Joab Santos.

Democracia sem atitude é igual tentar prender o vento.

Uma comparação se faz necessária: antes do fatídico ano de 2014, duma eleição derrotada para si própria, Flávio Dino venceu o Sarneysismo e ascendeu na política criticando outros políticos e prometendo fazer diferente, caso eleito.

Como fez José Sarney, Vitorino Freire, oligarcas da políticalha rasteira, Flávio Dino (Dinismo) vai escrevendo a cada dia com tristes atitudes sua breve história na política do Maranhão. Vamos ao caso recente:

Dinistas sofrem constantes estragos nas redes sociais…

Deixo essa tirada do blog do Marco Déça, para reflexão sobre aquilo que ainda assistiremos até o próximo ano, das estocadas dadas pelo grupo dinista em aliados próximos.

Como fez José Sarney, Vitorino Freire, oligarcas da políticalha rasteira, Flávio Dino (Dinismo) vai escrevendo a cada dia, com tristes atitudes, sua breve história na política do Maranhão.

O bom dos tempos atuais, dessa era tecnológica, é que todos observam a falta de democracia em tempo recorde.

A primeira tragédia:

Vale lembrar que a vitória de Flávio Dino, em outubro de 2014, se deu pela unidade de grupos, mas logo após o primeiro turno da eleição, tratou de passar para trás todos seus aliados, inclusive no segundo turno, deu logo um pé na bunda de Aécio Neves, sem o qual não teria vencido as eleições, pulando para o palanque de Dilma, que era apoiada pelo grupo Sarney e não queria ouvir falar de Flávio Dino.

A ideia de uma oligarquia construída a partir de uma legenda na capital dominada por Flávio Dino já ganhou o imaginário do eleitor ludovicense.

Desde 2014, Dinistas vivem “desarticulando” aliados vistos como “possíveis adversários”, uma paranoia baseada na figura do líder comunista Josef Stalin, da qual Dinistas demostraram que são apreciadores.

O problema disso é que a mascara de “democrata”  sempre cai a cada vez que fazem  aliados sentirem o peso da mão de ferro da elite comunista (stabelichment ), de tantos casos que faltou aquilo que pregava, a democracia.

Democracia ao vento, Dino não conseguirá manter seu grupo (oligarquia da capital) por muito tempo, a contar de agora, até 2020. Que o mal não demore muito a cair.

Até lá, façam boas reflexões.

1 2 3 4 5 553