Browsing: Ricardo Santos

O senador Roberto Rocha recebeu em seu escritório, em São Luís, nesta sexta-feira, 13, a visita de lideranças de Codó (Ma), entre elas, o vereador Pedro Belo, o gestor regional de saúde Ribamar Oliveira e o diretor da UPA de Codó, Antônio Braúna.  Na ocasião foram tratados assuntos de interesse do município.0d60ec47-f842-44ad-ab11-e184d1102a5d

Roberto Rocha reafirmou o compromisso assumido no dia 17 de abril, por ocasião do aniversário de 120 anos de Codó, de se empenhar pelo andamento da aquisição de dez UB`s para o município, relativo a um processo que se encontra em tramitação no governo federal. Lembrou ainda de recursos já destinados, no valor de R$ 2 milhões de reais, para o Hospital Geral de Codó.

Como senador, Roberto Rocha já assegurou R$ 2 milhões para aquisição de equipamentos e ampliação da maternidade de Codó. Como Deputado Federal, destinou para o Campus da Ufma de Codó R$ 2 milhões para expansão do ensino superior (campo digital), R$ 990 mil para a construção de estradas vicinais e R$ 675 mil para pavimentação de vias urbanas da cidade.

A deputada estadual Ana do Gás ( PCdoB) acompanhou suas lideranças no encontro realizado pelo Diretório Estadual do PCdoB, no último sábado (14), no Auditório Fernando Falcão, na Assembleia Legislativa do Estado.  O evento reuniu os pré-candidatos a prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e presidentes de diretórios municipais debater as eleições muncipais de 2016, as mudanças na legislação eleitoral, o planejamento da ação política e a estruturação partidária, visando a mobilização organizada das bases militantes para o pleito de outubro.f770a6f1-049e-4045-badd-a67960ebb2ad

Em sua fala, a parlamentar defendeu o encontro como forma de manter a unidade do partido. “Essa unidade será costurada em cada um dos municípios maranhenses que terá um candidato nosso ou com o apoio da legenda e essa união é fundamental para darmos sustentabilidade a um projeto muito maior que é mudar o Maranhão”, defendeu Ana Mendonça que, entre outras, irá apoiar também os pré-candidatos a prefeitos Luciana Trinta (Araioses), André Portela (Capinzal do Norte), Professora Rosinha (Cururupu ), Aluizinho do Posto (Esperantinópolis), Dona Francisca (Fortuna), Deusimar Serra (Paulo Ramos), Tiago Mendonça  (Santo Antônio dos Lopes), Vereador Mundinho (São Roberto) e Dr. Gerson Pereira (Jatobá), além do pré – candidato a vereador por São Luís,  Anderson Martins.

Mobilização coordenada

O encontro reuniu ainda o presidente do Diretório Estadual do PCdoB, Márcio Jerry; o vice-presidente do Diretório, Egberto Magno; e os deputados estaduais Francisca Primo, Bira do Pindaré,  Othelino Neto, Levi Pontes, Professor Marco Aurélio, além de secretários estaduais. Durante o evento foi instituído a formação de um Grupo de Trabalho Eleitoral  (GTE), formado por Egberto Magno,  Lene Oliveira e Haroldo Oliveira. “Temos um mapa das situações de cada um dos 217 municípios maranhenses e esse levantamento mostra um cenário muito bom para o partido e temos bons nomes no estado”, explicou Jerry.cbfb72f4-2fa3-45ec-bac4-e67a0a84295c

Domingos Dutra, pré – candidato a prefeito em Paço do Lumiar,  chamou a atenção para a necessidade dos diretórios municipais reforçarem a organização com a criação de secretarias de comunicação. “O grupo que foi derrotado nas últimas eleições vai usar todo seu poder de influência através dos meios de comunicação alinhados com sua ideologia”, orientou Dutra.

O governador Flávio Dino chegou no final da manhã e alertou os pré-candidatos sobre a necessidade de se buscar uma nova configuração no modelo de governabilidade. “Iremos apoiar nossos candidatos e eles estarão em uma boa posição em relação à sociedade, pois temos uma boa avaliação e o desafio dos candidatos será mostrar isso, retratar nossas ações em suas campanhas, sem esquecer que o debate deverá ser pautado na questão municipal, nos problemas da cidade”, pontuou o governador.

Flávio Dino finalizou sua fala dizendo que “somente com atitudes diferentes os gestores públicos poderão aprofundar o conceito de mudança e que vale a pena viver para transformar”.

Fantasmas de Flávio Dino…

De forma genérica, os funcionários fantasmas que recebiam (ou ainda recebem) nos poderes do Estado, acabam afetando o governador da “mudança”.

Ainda no inicio da semana, logo após Flávio Dino juntamente com o ex-ministro Eduardo Cardozo, embarcarem para Brasilia num jatinho da FAB, e influenciarem o vice-presidente da Câmara dos deputados, Waldir Maranhão, num golpe só, anular a votação do impeachment, logo na segunda-feira (9), a cidade estava lotada de jornalistas de São Paulo. E, foi justamente uma reportagem da Folha de São Paulo que primeiro noticiou o emprego fantasma do filho de Waldir, no TCE.

Lógico que o TCE exonerou o fantasma, que há vários anos, desde antes do governo comunista assumir, vem consumindo uma verba mensal, neste caso isolado, sem falar dos outros que devem existir, de R$ 7.000,00

Fantasmas de Flávio Dino I

O responsável pelo fantasma (veja na foto abaixo) que empregou o filho de Waldir Maranhão, pasmem, disse em entrevista à Rede Globo que não sabia que seu assessor morava esse tempo todo em São Paulo e recebia sem pisar no TCE.

Quer dizer que a esculhambação acontecia no “governo da mudança”, sem ninguém fazer nada? Bem debaixo dos narizes do comunismo, as velhas práticas de nepotismos, de empenduricalhos políticos, sinecuras para apadrinhados?

Onde foram parar as palavras de Flávio Dino, prometendo que “os Leozinhos da direita e da esquerda não comeriam mais as carnes do povo pobre do Maranhão”?

A semana foi difícil, logo em seguida, quando os jornais de todo o Brasil caíram nos fantasmas maranhenses, teve, enfim, a exoneração de uma funcionária fantasma (apenas uma) que recebia R$18.000,00 sem ao menos pisar na Assembleia Legislativa.

Fantasmas de Flávio Dino II 

Abaixo, nome de alguns “fantasmas” que faturam dinheiro público sem pisar na Assembleia: As informações foram repassadas pelo Sindicato dos Servidores da Assembleia Legislativa, que repassou aos blogues alguns “fantasmas”:

Clic nas imagens para ampliá-las

Clic nas imagens para ampliá-las

Clic nas imagens para ampliá-las

Clic nas imagens para ampliá-las

 

Bira do Pindaré, uma decepção…

Por falar em Sindicato dos Servidores da Assembleia, vejam o que disse o presidente do SINDSALEM, Luis Carlos Noleto do PSTU, nas redes sociais, sobre o queridinho do PT, Bira do Pindaré (ainda no PSB), pretenso candidato do governador a prefeito de São Luís:DINO4

O DIALOGO DA DECEPÇÃO COM BIRA DO PINDARÉ

Antes de meio dia encontrei  próximo do Plenário da Assembleia Legislativa o ex-sindicalista Bira do Pindaré e depois dessa conversa conclui que ele virou Deputado.

Noleto: Bira o Humberto Coutinho exonerou uma fantasmas hoje que ganhava 18 mil reais;

Bira: que bom;

Noleto: Não é bom, pois existe uma centena a exonerar e os grevistas estão sendo ameaçados de corte de ponto. Denuncia isso no Plenário Bira.

Bira: Noleto não farei isso, pois depois não ganho nada em troca;

Noleto: Bira não estou falando com Andrea Murar, cumpra teu papel e denuncia a corrupção ou só fará isso se obtiver voto em troca?

Bira: Não farei, não vou me expor.

Noleto: Virei as costas e o deixei seguir em frente com seu projetinho de candidato a prefeito de São Luís.

Nada mudou: Poder paralelo manda mais que o Estado… 

A velha história; enquanto a policia se esforça para prender, a Justiça, afirmando cumprir aquilo que as leis mandam, continua soltando bandidos que são verdadeiros animais às ruas, quando deveriam estar detrás das grades. O governador, ex-juiz, disse que ia mudar, mas, a violência está insuportável, o velho sistema continua, até piorou.complexo-de-pedrinhas-no-maranhao-358181

Dos 348 detentos beneficiados no dia 5 com a saída temporária do Dia das Mães, 36 não retornaram às suas respectivas unidades prisionais no Maranhão. O retorno deveria ocorrer até às 18h desta quarta-feira (11).

O prazo havia sido determinado pela juíza da 1ª Vara de Execuções Penais (VEP), Ana Maria Almeida Vieira, por meio da Portaria 014/2016, que prevê pena de regressão de regime para quem a descumprir. Segundo o Poder Judiciário, nas cinco saídas temporárias de 2015, 234 apenados não retornaram aos presídios da Região Metropolitana de São Luís e são considerados foragidos da Justiça. Na última saída, realizada no Páscoa, dos 351 presos beneficiados, apenas 304 retornaram no prazo.

Segundo apresentador da TV Difusora, “a juíza responsável pela soltura dos presidiários teria alegado que muitos presidiários foram soltos para trabalhar”. A mesma juíza deveria exigir tornozeleiras eletrônicas, deveria exigir que o Estado reeducasse, humanizasse, mas, sabemos que o Estado não humaniza, não reeduca, aliás, o Estado nem existe, quem existe é um poder paralelo, um “Estado paralelo”, que executa, julga, que escolhe quem e como devemos continuar vivendo.

Não é de agora que as estatísticas mostram que, quem é solto não quer trabalhar, quer praticar crimes. Só o Estado não vê isso. Quando deveria dificultar, continua facilitar. Quando vão deixar de contribuir com a impunidade?

Ao lado de governadores, políticos do Brasil, Temer assumiu a presidência e agradeceu a presença de todos…

Discurso de “confiança”:

Em seu discurso, o presidente empossado Michel Temer (PMDB), agradeceu a presença dos lideres dos estados, governadores, senadores, deputados, e deu posse aos ministros, deu sua primeira canetada presidencial e falou de “restauração”, “confiança”, e “trabalho”. Temer destacou que seu governo vai dar continuidade aos programas sociais como o Bolsa Família, e que não quer que se fale em “crise”.

Apesar dos estragos deixados pelo PT nos últimos anos,  Temer demostrou que terá empenho em colocar o Brasil de volta aos trilhos do progresso, sua principal meta é tirar o país do desemprego, que, ridiculamente foi colocado no pior patamar de todos os tempos pelo “Partido dos Trabalhadores”.

Por outro lado, através de uma reportagem de um jornal governista, Flávio Dino manda dizer que mudou de discurso e Temer nao é mais golpista.

Confira abaixo, numa imagem retirada das redes sociais:

DINOvo

O deputado estadual Júnior Verde (PRB) reforçou, durante pronunciamento no Plenário da Assembleia Legislativa, a parceria que estabeleceu com o Fórum Maranhense de Sustentabilidade, uma campanha que busca o fim dos lixões no Estado do Maranhão por meio do envolvimento de toda a sociedade.32003d1d8d243c60bc6dee5a55f389d2

“Trago hoje este tema por compreender a dimensão que tem a reutilização do lixo. Hoje descartamos de qualquer forma, sem o devido cuidado e compreensão de que o lixo pode ser reciclado e gerar divisas econômicas para as famílias maranhenses”, destacou Júnior Verde.

Na semana passada, o Fórum de Sustentabilidade realizou um encontro para discutir os problemas causados pelos lixões que se acumulam em diversos pontos de São Luís. São mais de 40 espalhados pelos bairros da capital.

Estudantes, gestores e profissionais ligados ao saneamento básico participaram do workshop na tentativa de minimizar os impactos causados pelos resíduos sólidos produzidos pela população. Diariamente, são produzidas mais de 1.300 toneladas de lixo em São Luís e a capital não possui um aterro sanitário para acomodar esses resíduos de forma adequada.

O parlamentar apresentou um plano de ações que incluem a realização de uma ampla campanha de conscientização envolvendo os municípios maranhenses; ações do Governo do Estado para que a população realize a coleta seletiva; e a execução da Lei 12.305/2010, que trata dos resíduos sólidos e tem no seu arcabouço jurídico todas as políticas necessárias para tratamento dos resíduos sólidos.

“É  preciso despertar para a consciência ambiental. No encontro que realizamos, tivemos a oportunidade de discutir nesta Casa os meios para erradicar os lixões do Estado do Maranhão e a importância de envolver todos os segmentos da sociedade neste sentido”, finalizou.

O deputado estadual Wellington do Curso (PP) utilizou a tribuna, na manhã de hoje (11), para parabenizar o projeto social Casa da Família, idealizado e mantido pelo vereador Francisco Chaguinhas (PP), e que tem como objetivo garantir a inclusão social, propiciando o lazer e atividade física aos moradores. O pronunciamento do deputado Wellington é um registro de visita feita por ele, que o permitiu conhecer de perto a eficácia do projeto.861323f4-220d-48e4-8324-8ac43720bbc8

Para o deputado Wellington, a Casa da Família é a comprovação de que é possível sim a articulação de ações que garantem a inclusão, principalmente, dos mais humildes.

“A Casa da Família, ao permitir que pessoas de diversas idades pratiquem atividades físicas, por exemplo, nos faz ter a certeza de que é possível sim promover ações que garantem a efetividade de direitos como o lazer e a saúde. Ao conhecer de perto, percebemos que o público é diverso: encontramos crianças, adolescentes, idosos, evidenciando assim que a população quer praticar exercício físico, falta apenas o local apropriado.”, afirmou.

Ainda sobre a Casa da Família, Wellington parabenizou a iniciativa do vereador Chaguinhas e ressaltou que ações como essa devem ser enfatizadas e contempladas por políticas públicas.

“Não há como apontar pontos negativos em um projeto que tem feito tão bem às pessoas, principalmente às carentes. Essa é uma iniciativa que deve nortear e servir de exemplo para outras ações em nossa capital. A alegria expressa no sorriso das crianças, de adolescentes e dos idosos nos faz perceber que é possível sim o cumprimento do direito ao lazer e, também, de outras garantias sociais”, afirmou.d856d90f-77a5-4c11-b148-e8bb31207879

Ao receber a congratulação, o vereador Chaguinhas declarou o seu objetivo com o projeto.

“Nós procuramos fazer aquilo que está ao nosso alcance, direcionando mais dignidade ao nosso povo. Esse projeto beneficia pessoas de todas as partes de São Luís. Para nós, é bom saber que ideias como essa têm um grande alcance social e que sua amplitude seria bem maior caso fossem contempladas por políticas públicas.”

O QUE É A CASA DA FAMÍLIA?

É um espaço criado para beneficiar crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos. Atualmente, possui postos em determinados bairros de São Luís como, por exemplo, São Raimundo e Ipem São Cristóvão. Nos locais, várias pessoas participam de aulas gratuitas de dança, aeróbica e ginástica. Para participar do projeto, o morador precisa apenas ter vontade e fazer a avaliação física com o profissional da Casa da Família.

O Deputado Zé Inácio participou na tarde desta quinta-feira de uma audiência pública que tratou sobre o Projeto de Lei 028/16 que se refere ao processo de implementação e os efeitos que incorrerão com a nova repartição da parcela de 25% do Imposto sobre Circulação de Mercadoria e sobre Prestação de Serviço (ICMS) dos municípios tendo como base a média do Índice de Desenvolvimento da Educação (IDEB).z i

Esse critério já está sendo utilizado nos estados de Pernambuco e Ceará e vêm apresentando avanços significativos nos indicadores do IDEB.

O deputado Zé Inácio considerou a audiência pública bastante produtiva e esclarecedora em aspectos do projeto que geravam dúvidas. Ele também é da opinião que a proposta precisa ser amplamente debatida e não se deve ter pressa para submetê-la à votação.

“O debate ajudou muito no meu convencimento e além disso todos os municípios ganham com a aprovação do projeto que dará ao IDEB maior importância e fará da educação uma preocupação maior a médio e longo prazo”, disse Zé Inácio

Como será a aplicação do novo critério

Hoje é adotado os seguintes critérios e percentuais: 75% (Valor Agregado – VA), 15% (repartido linearmente/de forma igual), 5% (com base na população) e 5% (considerando o território). O projeto em discussão propõe: 75% (Valor Agregado – VA), 5% (repartido linearmente/de forma igual), 2% (com base na população) e 18% (considerando o IDEB)”.

Presentes na reunião

Os deputados Adriano Sarney (PV), presidente da Comissão de Assuntos Municipais e de Desenvolvimento Regional; Vinicius Louro (PR), presidente da Comissão de Orçamento, Finanças, Fiscalização e Controle; Júnior Verde (PRB); Rogério Cafeteira (PSC) e Fábio Macedo (PDT), o presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM) e prefeito de Ribamar, Gil Cutrim (PDT), o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, o secretário de Estado da Fazenda, Marcellus Ribeiro Alves, e o secretário de Estado da Casa Civil, Marcelo Tavares.

Além de prefeitos, vice-prefeitos secretários e vereadores de vários municípios, dentre os quais Codó, Trizidela do Vale, São Bento, São José de Ribamar, Arari, Alto Parnaíba, Presidente Dutra e Esperantinópolis.

Despacho final de Dilma foi mentoriado por Lula…

Segundo informações das agências de noticias de Brasília, em seu rito final, Dilma deverá sair pelas portas dos fundos do Planalto, o gabinete presidencial modificou sua saída, segundo orientação do ex-presidente Lula.

Lembram desta imagem? Foto profética...

Lembram desta imagem? Foto profética…

Após ser notificada da decisão do Senado Federal de afastá-la, a presidenta empechmada Dilma Rousseff terá uma reunião no terceiro andar do prédio, onde Dilma receberá o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ministros, autoridades e personalidades aliadas para assinar a notificação, que será entregue pelo primeiro-secretário da Mesa Diretora do Senado, senador Vicentinho Alves (PR-TO).

Em seguida, Dilma sairá do Palácio do Planalto pela porta principal do prédio, no térreo, sem usar a rampa. Fora do edifício, a presidenta fará um discurso em que se dirá vítima e injustiçada, como tem feito nas últimas semanas. Neste momento, Dilma poderá se aproximar das grades que cercam o prédio para ser acolhida e abraçada pelos manifestantes que forem ao local prestar apoio a ela. (Informações Isto é).

Dilma é afastada durante sessão no Senado

Senado aprova abertura de impeachment por 55 votos a 22, presidente Dilma Rousseff é afastada por 180 dias. Com isso, o processo será aberto no Senado e Dilma será afastada do cargo a partir da notificação.CiON4b3XAAAUWUF

Os senadores votaram no painel eletrônico. Não houve abstenções. Estavam presentes 71 senadores. Os melhores votos foram do ex-presidente impeachmado, Fernando Collor de Melo (PTC), que evocou as palavras do jurista Rui Barbosa, “as ruínas de um governo”, também, do senador maranhense, Roberto Rocha (PSB), que lamentou a manobra do conterrâneo Waldir Maranhão, de tentar anular a votação de um parlamento composto de 367 votos.

Em suas palavras, o senador lembrou que o Maranhão foi esquecido pelos presidentes Lula e Dilma, apesar de terem recebido votação recorde no estado, de quase 100%.

“V” de vingança:

Talvez esteja errado, mas na minha opinião as palavras dos senadores pareceram vingar a população, suas palavras pareceram as palavras que estavam presas nas gargantas de vários eleitores indignados com os golpes dos petistas.

Roberto e Collor votaram sim, pelo afastamento de Dilma. Abaixo, vídeo mostrando votação do senador maranhense:

1 304 305 306 307 308 338