Browsing: Ricardo Santos

Alô, Ministério Público!!!

O enrolado e dono de extensa ficha corrida de malfeitos à população de Alcântara, vereador Ivan Ferreira, presidente da Câmara Municipal, mais uma vez infringe o regimento interno da casa e desrespeita leis municipal, estadual e federal. O vereador também desobedece todas as decisões judiciais, usando de má fé para perseguir e prejudicar o município e a gestão do prefeito Domingos Araken.

Vereador Ivan Ferreira, presidente da Câmara Municipal de Alcantara

Vereador Ivan Ferreira, presidente da Câmara Municipal de Alcântara

Denunciado por improbidade administrativa por causar graves prejuízos a população de Alcântara, Ivan Ferreira, tem ficha suja também na própria casa por já ter rasgado atestado de saúde na cara de colega vereador, ter desrespeitado o regimento interno da Câmara e não pagar o salário dos próprios vereadores, conforme determina resolução, ficando inadimplente e sujo com a Receita Federal.

A cada nova sessão, Ivan faz manobras para tentar prejudicar o prefeito. A última do enrolado vereador foi usar de banditismo político para tentar aprovar na marra uma tal CPI da Previdência, já considerada ilegal pelo Tribunal de Justiça do Maranhão por não ter provas consistentes. Ivan também desrespeitou prazos e resoluções previstas por Lei.

Pela resolução, a Comissão Processante não poderia ser prorrogada, tendo prazo máximo de 60 dias e a pendenga já vai para o quinto mês. Capacho de adversários do prefeito, o vereador tentará nova jogada nesta terça-feira (05), desrespeitando a lei. Mesmo sabendo da nova decisão do Tribunal de Justiça que determinou suspender de imediato a CPI e todos os efeitos dela, Ivan resolveu passar por cima da Justiça e colocará a CPI fajuta em nova votação. Pelo jeito quer mandar até na Justiça.

Senador Roberto Rocha propõe pacto de obstrução em protesto pelo descaso do Governo Federal com a BR 135

O senador Roberto Rocha (PSB/MA) propôs, em sua página no Facebook, um pacto de toda a bancada federal maranhense pela retomada das obras da BR 135. Na proposta o senador sugere que deputados e senadores do Maranhão se declarem impedidos moralmente de votar projetos oriundos do Governo Federal.

O motivo declarado em sua página foi a indignação frente a mais um acidente fatal que vitimou hoje mais oito pessoas, inclusive crianças.

O senador apontou o descaso do Governo Federal, classificando-o como uma “afronta ao nosso povo”, e lembrou que o cronograma da obra prevê sua retomada na próxima semana. Ainda assim entende que é necessária uma atitude para que não ocorram novos atrasos, como tem sido corriqueiro na obra da BR 135.

Roberto Rocha assinalou seus esforços pela obra, bem como a participação suprapartidária da bancada maranhense que várias vezes esteve unida em torno desse projeto.

Veja aqui a postagem do senador.

tristeza

Continue lendo em sua página no Facebook:

https://www.facebook.com/robertorocha400/posts/1160073457346885

O deputado estadual Wellington do Curso (PP), já está consolidado como um dos principais nomes na corrida eleitoral de São Luís, seu nome é bem aceito, sem rejeição, pois, não tem vínculos com políticos carcomidos.

WhatsApp-Image-20160702-e1467552619818

O pré-candidato tem despertado o interesse do eleitorado que deseja mudança de verdade. Ora, a “mudança” que foi proposta por Edivaldo Holanda foi a mesma que atravessou João Castelo e Tadeu Palácio, os mesmos penduricalhos que sempre mandaram na política local, pedetistas e demais partidos, que lotearam os órgãos municipais ao seu bel prazer sem o menor compromisso com a população.

PDT manda desde Jackson Lago, a população ludovicense deseja libertação dessa oligarquia.

Crescimento de Wellington:

Quando apareceu com modestos 5,5%, naquele momento estava atrás do deputado estadual Bira do Pindaré (PSB) que possuía 8,1%; a vereadora Rose Sales (PMB) com 6,5% e Fábio Câmara (PMDB) com 5,7%.

Passados três meses, todos os citados foram superados por Wellington, que pulou de 5,5% para 17,5% na última divulgada em 2 de julho. A curva ascendente é impressionante. Nenhum outro candidato na história recente da disputa da Prefeitura de São Luís cresceu tanto.

Os demais candidatos oscilaram muito pouco tanto para mais quanto para menos: Eliziane Gama passou de 21,9% para 22,4%; Edivaldo de 16,3% para 20,8%; Rose Sales de 6,5% para 4,4%; Fábio Câmara de 5,7% para 3,6% e Bira do Pindaré de 8,1% para 5,6%.

DilmaA presidente afastada Dilma Rousseff é investigada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) por suposta atuação em três atos de obstrução à Justiça. Os depoimentos do ex-senador Delcídio do Amaral levaram as autoridades a identificar as atuações da petista no âmbito da Operação Lava Jato.

Segundo reportagem desta sexta-feira (1) do jornal Valor Econômico, os investigadores identificaram os três episódios independentes com diferentes circunstâncias de tempo, lugar e modo de execução envolvendo a presidente afastada.

O primeiro episódio trata da nomeação de Marcelo Navarro para o Superior Tribunal de Justiça (STJ). No seu depoimento, Delcídio disse que Navarro foi indicado para o cargo com o objetivo de soltar presos pela Lava Jato, em ação arquitetada pela petista e pelo ex-ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. O presidente da Corte, Francisco Falcão, também está sendo investigado no caso.

A segunda tentativa de embaraçar a Justiça, segundo a PGR, trata da suposta tentativa de impedir o acordo de delação de Delcídio, cometida por Dilma e o então ministro da Educação Aloizio Mercadante. Segundo as investigações, Dilma teria oferecido ajuda financeira e jurídica para que o senador não contasse o que sabia.

E a terceira é a nomeação do ex-presidente Lula para a Casa Civil. Para os investigadores, existe a suspeita de que Lula atuou com ciência do esquema na Petrobras, sabendo que havia irregularidades.

O deputado federal Silvio Torres (PSDB-SP) acredita que a ação das instituições, especialmente as do Ministério Público e as do Judiciário, que estão envolvidas mais diretamente nas investigações da Lava Jato, estão contribuindo para o fim da “cultura da impunidade” impostas durantes os governos petistas.

“Eles acharam que jamais seriam pegos naquilo que vinham fazendo. No aparelhamento do Estado, na utilização dos cargos para poder se manter no governo, nos desvios de recursos das grandes empresas estatais. Quando flagrados, acharam que tinham poder sobre o Judiciário porque tinham nomeado o ministro do Supremo, ou o ministro do STJ, e que com isso conseguiriam barrar qualquer investigação. Isso caiu. A casa deles caiu”, disse o deputado.

O tucano ressaltou a importância do papel da sociedade na construção de uma Justiça autônoma e imparcial. “O que está se vendo é que a Justiça está se mostrando independente. Principalmente porque a opinião pública a e a sociedade estão vigilantes. Estão pressionando, estão agindo e atuando no combate à corrupção”, concluiu.

Fonte: PSDB

Edivaldo Holanda vira chacota na internet: “Desliga que eu te explico”… 

Que será que o prefeito queria falar no “privado” aos jornalistas da Assembleia?

91b4647f-31db-4965-bd15-25cf399cc795

Prefeito Edivaldo Holanda tenta dar o “zignal” em jornalistas e blogueiros ao sair de um evento. Perguntado sobre a paralisação de uma obra, que foi prometida desde o inicio de sua gestão, saiu-se com essa pérola: Desliga que eu te explico.

Confira no vídeo abaixo:

Mentira futurística: Wellington foi acusado de comprar votos de uma eleição que vai acontecer em outubro de 2016. Internem esses loucos!

Políticos ligados a Edivaldo Holanda querem sujar políticos limpos. A tática é antiga, gente que se acham donos do poder, que já estão mamando na gestão municipal há décadas, estão jogando pesado contra pré-candidatos que estão bem colocados na opinião pública.

O desespero político e o medo de perder espaços no poder tem deixado o partido do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, do PDT, em polvorosa.

Fechando a semana, dois fatos criados pelos desesperados demostraram claramente esse pavor, diante dos números negativos que o prefeito, que parte para a reeleição, mas que amarga baixos números de popularidade. Consequentemente, aliados de Edivaldo Holanda, em conluio, partiram para cima de pré-candidatos que não possuem rejeição, como o deputado Wellington do Curso:

Pagaram blogues sem credibilidade para dizer que Wellington do Curso usou sua viatura para comprar votos, sendo que a eleição só vai acontecer no dia 03 outubro de 2016.

pablo

Outra pior:

Conseguiram, via mexidas por alto, jogar contra o deputado, uma entidade que sempre recebeu apoio dele. Mas, da noite para o dia, a entidade “Grupo Ilha”, começou a detonar Wellington.azul

INCOERÊNCIA?

Grupo Ilha Azul afirma não querer associar imagem da instituição à políticos, mas divulga em sua página pessoal no Facebook uma foto de membros com um vereador do PCdoB, candidato à reeleição…

Médico é preso por dirigir embriagado e desacato, o crime foi cometido na última quarta-feira (29).

O médico neurocirurgião, Benedito Sabbak Thome Júnior, foi preso, na última quarta-feira (29), pela Polícia Militar, completamente embriagado e por desacatar policiais.thumbnail_IMG-20160701-WA0027-579x1024

Segundo informou a polícia, o médico estava saindo do terminal Hidroviário da Avenida Beira-Mar em direção a Capela de São Pedro, quando desacatou e agrediu os policiais que estavam trabalhando na escolta do evento.

“O conduzido apresentava-se agressivo e aparentemente com sintomas de embriaguez, o mesmo desacatou e partiu para a agressão da guarnição sendo necessário o uso progressivo da força e técnicas de imobilização para conter o ímpeto agressivo do acusado – sendo algemado em conformidade e preenchido todos os requisitos da súmula 11 do STF”, disseram os militares.

Após a prisão, o médico foi encaminhado para o Plantão Central do Parque do Bom Menino para as devidas providências cabíveis.

Benedito Sabbak atua como neurocirurgião em vários hospitais estaduais de São Luís, como o Carlos Macieira e Juvêncio Matos e é um dos mais conceituados médicos da área. (Informações do blog do Neto)

Sousa Neto afirma que Flávio Dino abandonou Santa Inês

Gilberto Leda – O deputado estadual Sousa Neto (PROS), denunciou em seu perfil, em rede social, o abandono do município de Santa Inês por parte do Governo do Estado.

Sousa considera que além da falta de investimentos na cidade, o governador Flávio Dino (PCdoB) acabou prejudicando a população ao não liberar as suas emendas parlamentares.

Ele disse que destinou R$ 1.675.000,00 que deveriam ser utilizados para a revitalização do mercado municipal; reforma do estádio Binezão; investimentos no Carnaval e no São João; implantação de uma academia de saúde pública, compra de duas ambulâncias; perfuração de poços artesianos; veículos para o Sétimo Batalhão da PM e três incubadoras neonatais.

Ele disse que Dino barrou as emendas por “ódio e ego pessoal”.

Abaixo, o posicionamento do parlamentar oposcionista:

sousaneto

1 226 227 228 229 230 279