Que exemplo pior? Na mesma data que PCdoB faz mega encontro em Codó, cidade dominada pela pobreza e exclusão social, idoso é violentamente assassinado em sua casa após ser roubado…

0

55 anos esperando a mudança: Após 50 anos de Oligarquia Sarney e mais 5 de Flávio Dino…

Enquanto Flávio Dino investe em politicagem, gasta milhões em publicidade enganosa, povo pobre fica esquecido e sofre os horrores da violência.

Idoso teve morte violenta em sua casa após ser roubado. Esperou 55 anos pela mudança…

Sabem o partido do governador, o PCdoB, que cresceu diametralmente enquanto a população ficou mais pobre,  teve mega encontro com vistas às eleições de 2020 na cidade de Codó, que já viveu outros momentos de crescimento e prosperidade, mas que hoje, sua população faminta, corre atrás de eventos dos políticos para terem pouca atenção do governo.

No “encontro” estava um famoso deputado que deveria estar em Brasilia preocupado com os caminhos do Brasil, mas  está se lixando para o azar do povo, de seus eleitores, e, como se observa, está de volta aos palanques eleitorais.

Na mesma data do encontro do partido do governador, um idoso perdeu a vida nas mãos de bandidos. É esse o estado que a população sofre, a dura realidade fora das peças publicitárias enganosas, que o governador diz noutros estados que o Maranhão vai bem.

Verbas milionárias são gastas em mídias, entrevistas, viagens, para mostrar uma imagem de um pré-candidato a presidente.  O PCdoB, grupo de Flávio Dino vive em palanques, enquanto isso, um idoso de 69 anos, que esperou a vida inteira pela mudança, é morto em sua própria casa.

O Maranhão está bem? Querem exemplo pior?

Se o Sarney que assumiu o Maranhão prometendo “mudar” ganhando de Vitorino Freire, Flávio Dino assumiu prometendo “mudar” ganhando de Sarney. Mas a mudança que é bom, nada. Só politicagem.

Confira nas imagens abaixo:

 

Os comentários estão desativados.