Dinheiro dos pobres? PF poderá chegar aos mandantes dos crimes e saber quem financiou…

0

PF poderá desmascarar o pseudo jornalista gringo que favoreceu Lula, com mensagens roubadas por hackers. Se comprovado, poderá chegar aos mandantes do crime e saber de onde saiu tanto dinheiro para o serviço sujo…

Pode ter rolado muita grana… Dinheiro dos pobres?

Abaixo, fiquem com a reportagem do Jornal da Cidade Online, mostrando que a Polícia Federal está na cola dos criminosos e poderá chegar aos mandantes e descobrir quem financiou, de onde saiu dinheiro para bancar uma operação que facilitaria a defesa de políticos corruptos que estão presos, loucos para serem soltos.

PF começa a tirar a máscara de Glenn e mostra trecho de diálogo com hacker

O conluio entre o pseudo jornalista Glenn Greenwald e os hackers que roubaram as mensagens de autoridades da República está praticamente evidenciado.

O americano permanece completamente emudecido. Segundo a Revista Crusoé, “Glenn Greenwald, editor do site The Intercept Brasil, não apenas falou com integrantes do grupo preso pelo roubo de mensagens trocadas por autoridades pelo aplicativo Telegram como tratou com eles da estratégia de publicação do material roubado”.

“O diálogo ocorreu em 7 de junho deste ano — três dias após o surgimento da notícia de uma tentativa de invasão ao celular de Sergio Moro, ex-juiz da Lava Jato e atual ministro da Justiça, e dois dias antes da publicação das primeiras reportagens do Intercept com base nas mensagens roubadas.”

A conversa de Glenn é com Luiz Molição, parceiro do hacker Vermelho, preso na semana passada. Eis um trecho:

Glenn Greenwald – Tudo bom?

Luiz Molição – Então, é… A gente… Eu estava discutindo com o grupo… Eu queria falar com você um assunto.

Glenn – Hã…

Luiz Molição – É… Como tá agora tá saindo muita notícia sobre isso, a gente chego… Nos…

Glenn – Sim.

Molição – Chegamos à conclusão que eles estão fazendo um jogo para tentar desmoralizar o que está acontecendo.

Glenn – Hã hã…

Molição – Igual o que aconteceu com o Danilo Gentili, e… o MBL, o Holiday… A gente pegou outubro do ano passado. Eles estão começando a falar agora…

(Jornal da Cidade Online)

Os comentários estão desativados.