Extrema imprensa, Extrema ignorância, ou: Jornalistas do Sul do Brasil precisam se informar para não serem feitos de idiotas por Flávio Dino em suas constantes “entrevistas”…

0

É deboche? 

Jornalistas do Sul ignoram o sumiço de mais de 1 bilhão dos pobres do Nordeste do Maranhão.

“Flávio Dino tem todo o direito de ir para a televisão e falar aquilo que achar conveniente. No entanto, é dever de cada jornalista que o entrevistar ler o mínimo que precisa saber sobre o Maranhão para não ser feito de idiota”.

Neto de Sarney detona a “Extrema Ignorância” dos jornalistas do Sul

Sarney deu a volta por cima usando a verdade?

Desta feita, os jornalistas do Sul do Brasil, do programa Canal Livre foram feito de “idiotas” por Flávio Dino, segundo o neto de Sarney, Adriano.

Os jornalistas do programa Canal Livre, Fernando Mitre, Thais Heredia e Fernando Schuler, acabaram passando um tremendo vexame diante dos NORDESTINOS do Maranhão, segundo um deputado.

A cobrança foi feita pelo deputado estadual Adriano Sarney (PV), neto do ex-presidente, que era até pouco tempo acusado de tudo de ruim no estado pobre, que em 5 anos da gestão comunista entrou na extrema pobreza, sofrendo exploração de constantes aumentos de impostos, mas, a imprensa do Sul do Brasil, ao que tudo indica, preferiu permanecer na Extrema Ignorância sem nada questionar.

Adriano Sarney (neto do Sarney) citou nominalmente cada entrevistador sulista, que ignoram o sofrimento atual do povo Nordestino, quem vem sendo explorado, empobrecido na gestão comunista, ao afirmar que poderiam se informar antes de entrevistá-lo, evitando fazer papel de “idiota”.

Pesa contra o governador reeleito em outubro de 2018, o sumiço inexplicável de mais de 1 BILHÃO recentemente, segundo o deputado, outro pequeno detalhe ignorado pela imprensa do Sul.

(Informações do blog do Zeca Soares)

Os comentários estão desativados.