Existe coerência no Lulo-comunismo?

0

 “Grande Dia”!

Pelas redes sociais, o ex-secretário de Estado da Comunicação e Articulação Política, Márcio Jerry, bem que tentou justificar-se, alegando coerência. Felizmente o Brasil foi maior que as divisões e nossos deputados do Maranhão se uniram pelo Brasil. Dos 18 deputados federais, apenas 4 deles votaram pelo Lulo-comunismo, liderados por Jerry.

Coerência? Jerry teria sido o campeão brasileiro de receber emendas impositivas, mas no Maranhão, o governador Flávio Dino retém as emendas dos deputados…

Atrapalhar para piorar?

Alguns deputados federais que galgaram a confiança da população têm tudo para encerrarem suas participações como representantes do povo, que está de olhos abertos.

Tem desses que ainda tentam justificar o injustificável, como o líder do PCdoB,  Márcio Jerry,  que teria sido o que mais recebeu emendas impositivas do governo federal, sendo que no Maranhão, o governador de seu partido, Flávio Dino, não quer pagar as emendas dos deputados da Assembleia Legislativa.

Coerência, deputado?

Sobre Jerry, pesa a acusação de ter sido feito “gente carregado pela enchente, ou pela mão de gente”. Pela primeira vez na vida conseguiu ser deputado (muitíssimo bem votado), graças às estruturas públicas, dizem as más línguas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.