Flávio Dino, o bom filho de volta à casa do Sarney…

6

Em poucas palavras Dino resolveu assumir que Sarney é um mal necessário. 

Sarney é o cara mesmo, fez que a turma do Flávismo engolissem o discurso de “anti-Sarney, e agora todos são amigos. O encontro que seria uma ofensa até antes de outubro de 2018, passou a ser uma coisa ótima, uma honra.

Para quem era chamado, de acordo com o Programa Ponto & Vírgula da Difusora FM, idealizado pelo então todo poderoso secretário do governo comunista, Márcio Jerry, no Sistema Difusora, que é alugado por algumas cifras milionárias ao filho do Lobão, apelidado de “Edinho 30%” pelos Flavistas, que até a semana passada estavam desdizendo os jornalistas da Mirante sobre o encontro.

Isso mesmo, o Sarará Deça  virou pauta no Jornal Pequeno de domingo como sendo mentiroso. E agora? Quem mentiu no jornal do governo? Quem mentiu esse tempo todo que era “anti-Sarney” até precisar da benção do “cardeal Sarney?

Segundo o âncora da Difusora, Marcelo Minard,  o encontro teria acontecido por força do ex- secretário de comunicação, que tem acesso nas entranhas do Sistema Mirante, que senta e bate altos papos com o chefe Fernando.

Ainda segundo Minard, os outrora radicais do anti-Sarney, terão que aturar a nova ordem que se chamará “Sarno-Dinismo”.

Uma pergunta das redes sociais, será que lá na casa do Sarney onde Dino foi “pedir a benção” levou sua água mineral?

Antes tinha nojo, e agora foi beijar a mão?

Só queria saber agora quem pode negar o antigo encontro entre Flávio Dino e Sarney, revelado num debate da TV pelo ex- secretário de Segurança Pública Raimundo Cutrim, hoje no PCdoB de Flávio Dino, à época, negou até a morte o encontro (relembre clicando aqui), da mesma forma que negaram neste domingo no JP da galera de Jerry e CIA LTDA, veja na imagem do Colunaço Dr Pêta, abaixo:

Sarney, quem diria, que “não prestava”, tornou-se o novo aliado dos agora, “Sarno-Dinistas”.

O JP deu até manchete revolucionária para celebrar o encontro: como num passe de mágica, o Sarney deixou de ser “Direita”  oligarquica, e virou “Centro”. Ai pode, né?

Por falar no JP, relembrem um trecho desse domingo negando o encontro que teria sido articulado na Mirante entre, quem diria, o ex-secretário de Comunicação Márcio Jerry e Fernando Sarney.

Essa galera nega tanta coisa, como encontros, conversas e embaixadas com o Sarney, para depois serem desmentidos.

Que coisa, Jerry…

6 respostas para “Flávio Dino, o bom filho de volta à casa do Sarney…”

  1. Mais uma prova do que esse governo é,
    governo mentiroso, fascista, medíocre, só vive de mídia enganosa nunca mais na minha vida voto nesse cara e quantos eu puder farei tbm não votarem nem nele nem em ninguém vinculado a essa corja! Pronto falei!

  2. Mais uma prova do que esse governo é,
    governo mentiroso, fascista, medíocre, só vive de mídia enganosa nunca mais na minha vida voto nesse cara e quantos eu puder farei tbm não votarem nem nele nem em ninguém vinculado a ele! Pronto falei!

    • Muita gente está arrependida de ter votado nese comunista, o que se ouve nos bastidores é que Flávio Dino traiu a todos.

  3. Sarney é demais !
    Como ele ,ainda está pra nascer!
    São contra ele,os que não conseguem chegar ao patamar ,onde ele se encontra,tentam ..mas o escorregão é feio !
    Seu nome ficará para sempre,na história !

    • Esse Flávio Dino acabou de demostrar isso… vai se abraçar com cerca velha…

    • Rapaz, você ainda continua escrevendo erroneamente as palavras. Demostrar em vez de Demonstrar.