Na semana  Nacional da Pessoa Trans, que acontece no dia 29 de janeiro, a comunidade LGBTI tem muito a protestar!

0

De acordo com a pesquisa sobre ambiente educacional no Brasil, a AGLBT em 2016, constatou que 55 % de estudantes LGBTs já ouviram comentários negativos  sobre pessoas transexual, 43 % dos estudantes sentem inseguras em relação a sua  identidade de gênero, do mesmo modo, 68% são agredidos na escola  por causa da sua identidade de gênero.

Jefferson Taylor
Coordenador da aliança nacional LGBTI do Maranhão

Em relação a  população carceraria em todo o país, apenas 15 %  das alas são destinadas à população LGBTI, ou seja, muitas transexuais e travestis passam por violências, que vão de espancamentos a estupros, e abusos psicológicos nos presídios.

Em 2017, foi registrado mais  de 445 mortes decorrentes a lgbtfobia, 191 trans (42,9%) no Brasil assassinatos  em 2000 foram 130, em 2010 260, em 2017 445 ,lgbs em ocorrência a homofobia o que predomina ainda e arma de fogo 136 casos  e arma branca 111 casos.

Mulheres trans e travestis morrem no âmbito da prostituição, mais e resultante  na miríade de exclusões, trabalho, escola, entre outros, 5%  dizem que  estão na prostituição  por uma escolha, mais 95% dizem-se marginalizadas e sem  escolha estão ali por ausência do Estado.

Precisamos de políticas públicas mais fortes relevantes aos indicies  de violência que a população LGBTI passa principalmente as trans, a base de tudo é Educação e inclusão social

Existe também, o descaso em relação  ao atendimento das denúncias LGBTI, evidenciado pela existência de Estados que não existem delegacias especializadas, sendo denunciadas apenas pelo 190 (polícia militar) e o disque 100,  que registra apenas violência verbal ou física, no total 70% dos assassinatos são profissionais do sexo.

No Maranhão  já se registrar 8 assassinatos de pessoas trans e travestir 0,86%  no país a cada  19 horas uma travestir ou transexual e morta no pais o tema do público LGBTI hoje e resistência

Jefferson Taylor

Coordenador da aliança nacional (MA)

Os comentários estão desativados.