Monthly Archives: dezembro, 2018

Após as festividades do aniversário da cidade, o prefeito ribamarense encerra o ano, entregando outro grande pacote de obras nas mais variadas áreas de gestão.

Luis Fernando vistoria ônibus entregue para a educação

O prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva, deu início na manhã desta quinta-feira, (13), a uma grande programação de Fim de Ano, que inclui a entrega de um grande pacote de obras, como equipamentos, assinaturas de novas ordens de serviços, reconstrução de importantes equipamentos voltados ao lazer e entretenimento e shows na virada. A programação segue até o dia 31 de dezembro, inclusive com direito a atrações  culturais no réveillion.

A programação teve início pela localidade do Riozinho. No bairro, o prefeito ribamarense entregou a reforma e ampliação da unidade escolar São José, que atende hoje 386 alunos nos turnos matutino e vespertino, na oferta da educação infantil e ensino fundamental. Com a entrega aumenta para 81 o número de equipamentos escolares já entregues na gestão do prefeito.

A escola, que passou por sua única reforma e ampliação em 2006, quando da administração do  prefeito Luis Fernando, passou o período da última administração completamente esquecida, realidade classificada pelo prefeito como “dura e cruel” para as crianças que não merecem.

Ônibus entregues para a educação de São José de Ribamar

“É lamentável perceber que tanto tempo se passou para que a comunidade escolar tivesse de volta um equipamento digno para que as crianças sentissem orgulho e estímulo para estudar. Hoje com muita alegria devolvemos a escola ampliada e com o conforto devido, tanto para as crianças quanto para os profissionais que aqui trabalham”, disse o prefeito.

A Escola São José agora conta com três novas salas, o que amplia para seis o número de salário de aula, uma sala de informática, sala de professores, cantina, sala de diretoria e sala de secretaria.

Em seguida, acompanhado do deputado federal Júnior Marreca, o prefeito fez a entrega oficial de 15 novos ônibus escolares, fruto de emenda parlamentar do parlamentar. Com a entrega, não apenas aumenta o efetivo que atende a demanda escolar da rede municipal de ensino, como também oferece mais conforto para os estudantes ribamarenses.

“Tomei posse e assim como as demais áreas, a educação estava sucateada, sem escolas e sem ônibus. Hoje não entregamos apenas um, e sim quinze novos ônibus e claro que não posso deixar de agradecer ao deputado Júnior Marreca que sensível a causa da reconstrução do município, contemplou o município com sua emenda”, agradeceu.

O deputado, bastante feliz, falou de sua satisfação em colaborar pelo desenvolvimento do município, principalmente numa área tão sensível que é a educação. “O prefeito Luis Fernando tem o nosso respeito e admiração, acima de tudo porque é um excelente gestor e sabemos que o recurso que se configura nos ônibus, serão utilizados em prol da reconstrução da educação, uma das principais áreas de qualquer gestão”, completou.

Luis Fernando entrega de certificados

Ainda como parte da programação especial de Natal, o prefeito também abriu a Feira do Programa Mais Renda e Artesanato. De forma inédita no município, a iniciativa visa estimular os pequenos empreendedores locais que participam dos programas Mais Renda e Arranjo Produtivo, na exposição  e comercialização dos produtos agrícolas e artesanais. A feira será realizada sempre as quintas-feiras.

Em seguida foi a vez da certificação de conclusão de mais de 230 jovens que participaram dos cursos do Caminhão da Juventude. Os cursos profissionalizantes oferecidos pela Prefeitura e coordenado pela Secretaria Municipal de Juventude (SEMJUV), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC), já são considerados um marco na vida dos jovens.

O secretário da juventude, Antônio Filho, lembrou que foi na gestão do prefeito Luis Fernando que os jovens começaram a sonhar. “Hoje os jovens ribamarenses voltaram a ter sonhos, planos e projetos. O caminhão da juventude criado na gestão do prefeito Luis Fernando e abandonado por anos pela gestão passada, agora cumpre sua verdadeira missão que é promover  cidadania e inserir os nossos jovens no mercado de trabalho”, agradeceu o secretário.

Nesta edição, foram oferecidos os cursos nas áreas de cursos de Informática Básica, Web design, Edição de Imagem, Fotografia Digital, Impressão 3D, Logística e Distribuição, além de Gestão Documental, Excelência em Vendas, Excelência em Atendimento ao Público, Ferramentas de Planejamento, Gestão Empresarial e Práticas Administrativas ministrados pelo SENAC.

Durante toda a programação que abriu as festividades de Natal, também estiveram presentes os vereadores Manoel do Nascimento, Vereador Cristiano Pinheiro, líder do governo, Cássio Salis, Marlene Monroe e Nádia Barbosa, além do vice-prefeito Eudes Sampaio.

Um louco falando sobre outro falso anúncio de prosperidade.

Vejo pelas mídias digitais que a mídia palaciana reuniu-se em castas para juntos publicitarem com audácias outro anúncio da prosperidade maranhense.

A impressão que deu foi que algum “corajoso”, no melhor termo, ” um louco”, deveria anunciar contradições entre fato (a verdade através dos números do IBGE que comprovam que o estado está falido, quebrado e mais pobre) e a balela de sempre, um “avante” midiático, coberto de publicidades milionárias para propagar um Maranhão inexistente que levará o povo pobre do nada a lugar algum.

Dino com “golpista” Temer?

Emfim, o “rio correu para o mar”: Dino aparece com o “golpista” Temer…

Efeito Moro:

Diz a máxima que “o  rio corre para o mar”, então, corre Flávio Dino!

Ao mesmo tempo que o chefe-maior da República Comunista do Maranhão celebra, meio cabisbaixo, de bola murcha, sua (primeira?) participação ainda que tardia no plano federal com os governadores do Brasil e o presidente.

Bom sinal. Em meio aos turbilhões de mentiras e fakenews plantadas ao estilo Goebbels, de repetir que o Maranhão está “próspero”, a melhor imagem para fechar a semana é ver o governador correndo para Brasilia, o mesmo que: “o rio corre para o mar”.

Bob Marley, um pouco da musica negra dos anos 80 que sacudiu o “gueto”.

No tempo, as radiolas dos clubes dos paredões do eixo Vila Palmeira, Alemanha, Fé em Deus, Liberdade e Camboa,  tocavam em último volume os sucessos do ícone da musica negra. À época, ficava impressionado com as filas de jovens regueiros dando voltas para entrar nos clubes, ouvia-se de longe a melodia do som abafado das guitarras e seus contra baixos.

CGU neles!!!

A coisa estaria descaradamente descontrolada em certa “autarquia” que cuida de projetos da saúde lá pras bandas do Apicum…

Business?
Grupinho famoso estaria “atacando” gestores para “morder de todo lado”

Denúncia de servidores de uma famosa “autarquia” da região central de São Luís, que um “seleto” grupo estaria cerceando a liberdade dos gestores municipais, a coisa estaria tão descarada que nem bem os secretários municipais chegam no estacionamento da famosa “autarquia”, já estariam sendo recebidos por “gente gulosa” que gosta de “morder de todos os lados”.

 

Aumento de impostos:

Aumentar impostos seria a solução para cobrir rombos deixados pela eleição?

Efeito cascata parece ser inevitável no pobre Maranhão. Será que o mau exemplo dado por Flávio Dino será repetido nas 217 cidades do estado?

Exemplo comunista:

O péssimo exemplo deixado pelo governador, que mandou aprovar sua medida, logo depois de uma eleição em que conseguiu um fato inédito: elegeu todos seus secretários de estado, além de quase todos seus aliados.

O que o povo vai falar?

Ora, ninguém em sã consciência pode negar que,  depois de eleição um gestor aumentar impostos, pode soar como uma medida de “tapar buracos”.

Confira abaixo, o mais novo caso:

O prefeito da cidade de Pinheiro, Luciano Genésio, que era um jovem político que tinha pela frente um futuro promissor,  que demostrava ser  solicito às causas do povo pobre,  ao que parece mudou de lado: passou a adotar a máxima do comunismo maranhense: explorar o povo pobre.

Luciano nem bem saiu de uma importante eleição, onde sua esposa acabou de ser eleita deputada, resolveu adotar as medidas do governador Fávio Dino, que é de aumentar impostos.

A exploração em efeito cascata deverá ser inevitável:

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) aprovou, nesta terça-feira (11), aumento de desconto para os consumidores beneficiados pela Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE). É o que propõe o PLS 260/2017, do senador Roberto Rocha (PSDB-MA), que segue para a Câmara dos Deputados, se não houver recurso para votação no Plenário do Senado.

A TSEE é um programa que dá descontos na conta de luz para famílias de baixa renda inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cadastro Único) e para famílias com integrantes que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Faixas
O PLS 260/2017 determina um desconto de 70% para quem consome até 50 kilowatts-hora (KWh) por mês. Entre 51 e 150 kWh por mês o desconto será de 50%. Se a faixa de consumo ficar entre 151 e 250 kWh, o desconto cai para 20%. Por fim, não haverá benefício para quem consumir acima de 250 KWh por mês.

A lei atual estabelece descontos menores: 65% para consumo de até 30kWh; 40% se o consumo ficar entre 31 e 100 KWh e 10% de desconto caso o consumo fique entre 101 e 220 KWh. Não há desconto para consumo acima de 220 KWh mensais.

Desigualdade Social
O relator Otto Alencar (PSD-BA) votou a favor da iniciativa e não apresentou emendas. Segundo ele, a ampliação do alcance da Tarifa Social é uma justa iniciativa num país de tanta desigualdade social, onde milhões de cidadãos vivem no limiar da linha de pobreza.

“O reposicionamento das faixas e dos descontos vem oportunamente em socorro desses cidadãos que, incapazes de mudar sua condição socioeconômica por virtual falta de oportunidades, tem nas ações do Estado uma oportunidade de corrigir situações em que o mercado falha em prover condições dignas aos cidadãos”, escreveu em seu relatório.

Ele lembrou ainda que a Tarifa Social é subsídio cruzado, por meio do qual a população de renda mais elevada contribui para a mitigação das carências da população de baixa renda. Segundo o parlamentar, a alteração proposta representa um aumento anual de R$ 780 milhões na transferência de renda entre consumidores.

“Trata-se de subsídio de impacto relativamente pequeno quando comparado com as receitas globais da indústria da eletricidade, que arrecada mais de R$ 100 bilhões por ano. Portanto, o impacto da ampliação da Tarifa Social sobre as tarifas é mínimo, mormente se comparado com o enorme benefício que trará”, argumentou.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

O deputado eleito Dr. Leonardo Sá (PRTB), usou as redes sociais para se pronunciar contrário ao projeto que aumenta até 300% na taxa de iluminação pública na cidade de Pinheiro ficando, desta forma, ao lado dos consumidores.

Originário da Poder Executivo municipal, comandado pelo prefeito Luciano Genésio (PP), o projeto foi aprovado, na manhã de ontem, terça-feira, 11, pela Câmara de Vereadores.

“Todo mês vem na conta de luz de cada consumidor da CEMAR a cobrança de um valor referente a Contribuição Sobre a Iluminação Pública, antes chamada de taxa de iluminação pública. Todo valor arrecadado é repassado à prefeitura, que deveria ser aplicado na manutenção da rede elétrica etc. Mas como sabemos, cada gestor faz o que quer com esse dinheiro que sai diretamente do bolso do cidadão. Na Câmara de Vereadores de Pinheiro, hoje foi aprovada a Lei municipal que permite o aumento dessa taxa. Um absurdo cometido contra a população Pinheirense. Sou totalmente contra”, protestou Dr. Leonardo Sá, conforme vídeo abaixo.

Confira:

Mais importante condecoração brasileira em reconhecimento aos trabalhos em prol da municipalidade, o ‘Prêmio Unepp Personalidades 2018’, outorgado pela União Nacional dos Ex-Prefeitos e Prefeitos do Brasil (Unepp), homenageou nesse ano a ex-primeira-dama da cidade de São Luís e do Estado do Maranhão, Dra. Clay Lago, presidente do Instituto Jackson Lago; gestores públicos estaduais e nacionais, parlamentares e lideranças políticas, sociais, empresariais e da ciência e tecnologia.

Em pronunciamento, o presidente da Unepp, Raimundo Filho, ex-prefeito da cidade de Paço do Lumiar e ex-secretário municipal do Orçamento Participativo de São Luís, agradeceu a Deus e a todos por prestigiarem o evento. Ele afirmou que a Unepp trabalha com a capacitação de gestores e assessores para ampliar a qualidade da gestão pública municipal. “O critério do Prêmio é reconhecer quem muito contribui, de forma direta e indireta, com a municipalidade brasileira”, disse Raimundo Filho.

Raimundo Filho destacou que a Dra. Clay Lago tem uma brilhante trajetória social e muito contribui para garantir avanços à municipalidade maranhense. Emocionada, Dra. Clay Lago agradeceu a homenagem e destacou que, em 35 anos de convivência com o ex-prefeito da capital e ex-governador Jackson Lago, participou de importantes realizações aos maranhenses. “Obrigado pela homenagem. Dr. Jackson sempre teve uma preocupação em garantir avanços às cidades, que é onde as pessoas vivem. Com o orçamento participativo, os próprios moradores definiam com a gestão pública as prioridades. Essa descentralização era um lema do Dr. Jackson”, disse Clay Lago.

Além da Dra. Clay Lago, receberam a homenagem os prefeitos Edivaldo Holanda Júnior (São Luís), José Reis (Aldeias Altas), Luciano Genésio (Pinheiro), José Almeida de Sousa (Igarapé do Meio), Margarete Ribeiro (Guimarães), Dídima Coêlho (Vitória do Mearim), José Martins (Bequimão), o senador Roberto Rocha (PSDB), o deputado federal José Carlos (PT), os deputados estaduais José Inácio (PT), Thaisa Hortegal e Edivaldo Holanda (PTC), representado pelo doutor Linaldo Santos, os ex-prefeitos Luiza Moura Rocha (São João do Sóter) e Filuca Mendes (Pinheiro), o ex-senador e ex-prefeito Mauro Fecury (São Luís), representado pelo diretor do Ceuma, José Azzolini, o secretário estadual de Educação, Felipe Camarão, representado pelo seu pai, Phil Camarão, o suplente de senador, Paulo Matos (PPS), o vereador de São Luís, Antonio Garcês (PTC), assessor especial da prefeitura de São Luís, Milton Calado, o presidente da Câmara Municipal de Cururupu, Ebnilson de Jesus, o professor universitário e cientista, Solfiane Labidi, o jornalista Luís Cardoso, o empresário Webson Carlos e o ex-secretário estadual de Educação, Altemar Lima, o ex-secretário de Estado, Almir Coelho e o médico oncologista maranhense Leonaldson dos Santos Castro. Presidido pelo presidente da Unepp, Raimundo Filho, o evento foi secretariado pelo jornalista e blogueiro Robert Lobato e pelo publicitário Eri Castro.

Pra quem gosta de “ostentar”: Sinais de pobreza?

O município pesqueiro de Raposa, na Região Metropolitana de São Luís ganhou enfeite de garrafas pet.

Confira nos comentários dos internautas enviados ao SENSACIONALISTA os elogios à prefeita comunista de Raposa, Talita Laci, que, pelo jeito, resolveu inovar ao fazer uma árvore de natal “diferente” (muito diferente do natal comunista da Pedro II), um “enfeite natalino sustentável” de garrafas pet.

A conta chegou?

Depois da farra das aeronaves, caminhonetes hilux e outros carrões de luxo, secretários de Flávio Dino vão ter que andar de “Uber”. Não é vergonhoso reconhecer erros, nem mostrar os acertos, que nesse caso, demorou muito.

Atitude do governador, de cortar gastos, embora tardia está correta.

Durante 4 anos comunistas fizeram farra de aeronaves e carrões de luxo, mas depois da eleição prometem que vão “pegar de táxi”…

Acho que deveriam, ainda em 2014, assim que assumiu e “proclamou a República Comunista do Maranhão”, Flávio Dino deveria pisar no freio, mas preferiu acelerar, “pedalar”e, após quatro anos, acabou comprovando aquilo que temíamos: a falência da combalida máquina pública.

Algumas atitudes do governador Flávio Dino demostram que ele tenta demostrar zelo pela coisa pública, se está bem intencionado não sei, mas já passa da hora de demitir seus aliados das “folhas”, exonerar capelãs da igreja e dos partidos que votaram por sua reeleição.

Abaixo, documento que comprova corte de carrões de luxo por “Uber”:

1 2 3 4