Monthly Archives: outubro, 2018

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado estadual Othelino Neto (PC do B), recebeu do governador Wellington Dias a Medalha Grã-Cruz, mais alta comenda da Ordem Estadual do Mérito Renascença do Piauí. A homenagem ocorreu durante cerimônia realizada na noite de sexta-feira (19), no Teatro 4 de Setembro, em Teresina (PI), como parte das comemorações alusivas ao 196º Aniversário da Adesão do Piauí à Independência do Brasil.

O parlamentar foi homenageado, entre outras importantes personalidades que foram condecoradas, por serviços dignos e admiráveis prestados ao povo piauiense. “Estar no Piauí é sempre uma grande satisfação e, com muita alegria, levo esta medalha para o Maranhão, reconhecendo que a homenagem foi, também, para o nosso povo.  Nós e o Piauí temos diversas situações em comum e essa parceria entre os estados, por meio de seus Governos e Casas Legislativas, com políticas públicas corretas, tem mudado para melhor nossas realidades, beneficiando cada vez mais maranhenses e piauienses”, enfatizou.

Sobre as ações conjuntas de governo, em prol de ambos os estados, Othelino Neto ressaltou as melhorias já alcançadas em diversas áreas, destacando a do Turismo, ao citar como exemplo a Rota das Emoções, que envolve os  litorais do Maranhão, Piauí e Ceará . “Já estamos concluindo o último trecho de pavimentação entre Barreirinhas e Paulino Neves, o que vai melhorar ainda mais essa rota tão bela que também envolve Barra Grande. Será um ganho para ambos os estados, graças à boa articulação entre os governos”, disse.

O governador do Piauí enfatizou a forte atuação de Othelino Neto pela união entre os dois estados. “Nós temos uma relação muito boa com o Maranhão em diversas áreas, mas destaco a área da Infraestrutura. Quando precisei interligar a região de Luzilândia com ponte e asfalto, pude contar com o Governo do Maranhão e o apoio da Assembleia Legislativa. Othelino Neto é um deputado maranhense muito  querido pelos piauienses, já que ele sempre lida com temas comuns aos dois estados”, destacou.

Rafael Leitoa (PDT), deputado estadual reeleito que tem forte atuação em Timon, região integrada metropolitana do estado do Piauí, participou da cerimônia e classificou como importante a homenagem ao presidente Othelino Neto. “Um reconhecimento de suma importância ao nosso presidente pela irmandade que há entre os dois estados. A ocasião também nos faz retribuir o que a Assembleia do Maranhão fez ao governador Wellington Dias por todos os serviços prestados aos maranhenses. Isso faz com que os dois estados se estreitem ainda mais, inclusive nas políticas sociais de desenvolvimento”, avaliou.

O senador Roberto Rocha (PSDB) passou a campanha inteira dividindo-se em dois.

Ora era o candidato a governador do Maranhão, ora o pai que precisava cuidar do filho.

E, na esteira do debate sobre o insucesso da sua última incursão eleitoral, aproveitou para tratar de um assunto pessoal, e que ele preferiu não abordar abertamente durante as eleições.

Rocha tem um dos filhos, Paulo Roberto, internado em São Paulo. Tratando de um câncer.

Agora, passada a disputa eleitoral, ele posou para uma foto com o rebento, no hospital. E se manifestou sobre o caso.

“Em São Paulo, no Hospital Albert Einstein, com meu filho para mais uma sessão de quimioterapia. Deus no comando”, declarou, comentando, ainda, o fato de não ter tocado no assunto na campanha.

“Jamais falaria dessa questão pessoal no período eleitoral, como não falei. Sofri calado.

Mas agora, creio que as pessoas merecem e tem o direito de saber, afinal sou homem público.

Apenas dois exemplos da atualidade, que desmascaram por completo as propagandas enganosas do ex-juiz.

Primeiro vídeo: coitados dos pescadores:

Um estado banhado por 12 bacias hidrográficas, ecossistemas ricos, mas, em constantes perigos.

Cidade pobre onde o povo sobrevive da pesca não tem a presença do Estado, que não demostra interesse na população pobre, sobretudo na preservação dos rios sujos e poluídos de esgotos, muitos já assoreados, como nosso Itapecuru, que abastece várias cidades.

Segundo vídeo: violência em alta, facção entra na casa de idoso e executa sem dó nem piedade pai de Promotor de Justiça.

Filhos de idoso assassinado por bandidos dentro de sua própria casa conclamam aos maranhenses não votar em Haddad, candidato comunista, mas, em Jair Bolsonaro, que pretende acabar com a farra das facções.

Diferente da propaganda enganosa do governo, que diz que o Maranhão está melhor para viver pelo único motivo que, no governo de Roseana Sarney, houve decapitações de  presidiários, que se enfrentavam e se matavam, mas, que na atualidade as facções estão em paz dentro do presidio.

Quem está fora dos presídios que sofre nas mãos das facções, cada vez mais aparelhadas.

Por qual razão?

Plano de governo do poste de Lula foi trocado novamente.

A campanha de Haddad entra no viés da enganação e da mentira: mudaram a cor, tiraram o vermelho, mudaram várias vezes o plano de governo na clara intenção de esconder os planos sujos de mudar a Constituição do Brasil para beneficiar manobras comunistas, como aconteceu na Venezuela.

O bloco comunista que tenta comandar as Américas quer esconder, no segundo tempo da campanha do Brasil, o fantasma que destruiu a Venezuela de Chavez-Maduro, tirando de Fernando Haddad, tudo que possa lembrar os abusos cometidos pelo comunismo que ronda nosso país.

Atolado na corrupção que levou para a cadeia boa parte do PT de Haddad, inclusive seu mentor, o ex-presidente Lula, querem mudar agora, tudo que estava estampado antes.

Está claro, mas, se querem para desenhar, o site O Antagonista pode esclarecer mais ainda:

 

O empresário Raphael Bernal de Souza, proprietário da Maxximus Manutenções e Serviços, registrou ocorrência na Delegacia de Combate à Crimes Tecnológicos, onde denunciou ser vítima de fake news entre outros atos que atentam contra a sua honra e imagem pessoal, profissional e familiar.

Acrísio Gonçalves: Arquiteto do golpe.

Segundo as denúncias de Raphael Bernal de Souza, prestadas ao delegado Odilardo Muniz Lima Filho, um aproveitador, que atende pelo nome Acrisio Daniel Cerveira Gonçalves, usou as redes sociais, principalmente o aplicativo WhatsApp, para compartilhar injúrias e difamações contra a sua pessoa, família e empresa, perante seus clientes, amigos e a sociedade maranhense.

No Boletim de Ocorrência, Raphael Bernal, afirma ainda ter conhecido Acrisio Gonçalves através de Jhone José Lima Leite, mas que acabou se afastando da referida pessoal após um golpe que lhe custou enormes prejuízos financeiros, do qual tenta se recuperar até a presente data.

Armação

O empresário supõe haver evidências de que provavelmente existe uma “armação” entre Acrisio Gonçalves e Jhone Leite para tentar tirar vantagem financeira do mesmo, mais uma vez.

Acrisio Gonçalves e Jhone Leite, portanto, seriam, imagina-se,  possíveis aliados de uma movimentação criminosa para prejudicar ainda mais o senhor Raphael Bernal, já que a sua empresa foi prejudicada em contratos com grandes clientes e fornecedores, levando-a a inadimplência em que se encontra atualmente.

“Não tenho dúvida que fui vítima de uma armação criminosa arquitetada por essa dupla de notórios aproveitadores da amizade, lealdade e inocência alheias na tentativa de arrancar dinheiro meu e da minha empresa. Hoje estou convencido de que, quando o Jhone Leite me apresentou para o Acrísio já estavam combinados para me prejudicar e me extorquir. Quando descobri tudo, e não cai na chantagens deles, aí usaram as redes sociais para me atacar. Mas eles irão ter que prestar contas com a Polícia e a Justiça e muito em breve”, desabafou o empresário.

Para o advogado de Raphael Bernal, Antonio José Oliveira Gomes, ex-delegado da Policía Civil e atual procurador do estado, o seu cliente foi vítima do que pode ser considerada até uma possível “organização criminosa”, uma vez que o empresário possivelmente não foi a primeira vítima dos operadores Jhone Leite e Acrisio Gonçalves.

Há ocorrência de outras pessoas que foram igualmente lesados pela dupla.

Diante da gravidade dos fatos, o advogado da vítima está a requerer das autoridades petentes, garantia de vida e da integridade física de seu cliente, ante a possibilidade de atos de represália, face à denúncia de tão graves fatos.

Crimes na internet já estão tipificados pela legislação brasileira e pode ser aplicada, além de multas, detenção para os chamados “criminosos cibernéticos” e estão a se tornar rotina em nossa cidade, nosso estado, nosso país.

Xingamentos a Bolsonaro penalizarão o Maranhão.

Por essa ninguém esperava, Flávio Dino desesperado partindo para o lado pessoal, atacando um candidato que tem reais chances de ganhar a eleição do segundo turno para presidente do Brasil.

A classe política foi unanime em desaprovar os xingamentos. Na manhã desta sexta-feira, 19, durante entrevista numa rádio local, o deputado federal Aluízio Mendes, que terá que “se virar nos 30” para trazer beneficio ao Estado, comentou as declarações do governador:

“Eu acho que governador (Flávio Dino), tem que ser pouco mais equilibrado, ponderado […] mas sem fazer oposição de forma pessoal direta e covarde a um candidato que será presidente, que pode, acredito que não vá fazer, mas poderia penalizar o povo do Maranhão por essa irresponsabilidade”.

Flávio Dino demostrou a todos que subindo no palanque de Lula-Haddad, acabou descendo o nível cívico-democrático, em ato extremo contra o candiato Jair Bolsonaro, que tudo indica será o próximo presidente do Brasil (isto, se forças ocultas não barrarem antes). Tudo indica que na tentativa  de cacifar-se no plano nacional, sem pensar na população empobrecida do seu estado.

As tuitadas absurdas de Flávio Dino apenas demostram que o governador reeleito, ao contrário daquilo que a lógica política delineou, de fazer “barba, cabelo e bigode” nas eleições de 2018, ganhando com expressivo uso da maquina publica, tem caído no conceito popular, quando tenta se impor, na tentativa de chamar para si os holofotes.

Os xingamentos ao Bolsonaro neste momento, no momento que traz para a capital do Maranhão o candidato do PT, Frenando Haddad, para encerrar sua campanha no estado mais pobre do Brasil, que atualmente, coisa de 4 anos, entrou na EXTREMA POBREZA, pode ser uma manobra arriscada.

Afinal, Lula sempre teve ligações fortes no estado mais pobre do Brasil (hoje na extrema pobreza), que passou vários anos sob a administração da aliança PT/PMDB, da qual Haddad fez parte, inclusive, nada fazendo contra as famosas escolas de taipas dos municípios do estado, quando foi ministro da Educação de Lula.

Abaixo, algumas “reportagens” (tudo indica que plantadas) na mídia para ganhar aspecto nacional e mundial:

Só para constar…

Alguns blogueiros e jornalista estão apavorados com a delação de uma lista da imprensa que comia alto nos governos dos Sarneys-Murads.

Não causou surpresa a quantidade de gente.

O interessante é que está lotada de jornalistas que se dizem “anti-Sarney” na tal lista, isso que é o mais intrigante.

Apesar de estar rindo, não vou publicá-la, não cabe a mim esse papel, nunca falei aqui das listas fantasmas, nem persegui ou falei dos colegas que ” se deram bem”, e continuam se dando no governo atual. Nem UMA LINHA sobre quem está nos “poderes”,  blogueiros, jornalistas, irmãs, primas, até cadelas.

Paz e amor, galera!

 Quem não deve não teme, Flávio Dino…

Prisão de Murad comprova seriedade da PF, diferente da afirmação comunista, não foi por “ordens” de Sarney, como se antecipou o chefe do comunismo maranhense, adiantando que seu staff governamental poderá ter pela frente os mesmo desconfortos de Murad.

Corrupção e roubo de dinheiro público:

O blog Atual 7 trouxe revelações sobre as investigações e dos desdobramentos das operações da Polícia Federal no Maranhão, na manhã desta  quinta-feira, 18, decretou a prisão temporária do ex-secretário de Saúde do Maranhão, Ricardo Murad. Segundo o Atual7, o governador comunista poderá ter surpresas pela frente, uma vez que, o próprio governador Flávio Dino, sempre bem informado das operações das polícias civil, militar e Federal, já teria se antecipado acusando o golpe.

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto (PCdoB), reuniu 35 deputados estaduais eleitos para um almoço de boas-vindas em sua residência nesta quinta-feira (18). Todos reafirmaram apoio à reeleição do parlamentar que segue firme nas adesões por sua permanência na Presidência da Casa.

“Agradeço a manifestação de apoio dos deputados eleitos que acreditam e reconhecem o nosso trabalho à frente da Presidência da Assembleia Legislativa do Maranhão. Este momento é de confraternização para que comecemos a interagir com os colegas que estarão conosco nos próximos anos neste novo mandato”, ressaltou Othelino Neto.

Para a deputada Ana do Gás (PCdoB), uma das parlamentares presentes no almoço, Othelino tem feito um grande trabalho na Assembleia Legislativa do Maranhão e precisa dar continuidade a essa importante aliança política com os colegas. “Nós nos sentimos seguros com Othelino, pois ele sempre defendeu os deputados, tanto de governo, quanto de oposição, sem fazer qualquer distinção. Nada mais justo que reconduzi-lo novamente à presidência da Casa”, afirmou.

O deputado Glalbert Cutrim (PDT) ressaltou o posicionamento do PDT, que terá a maior bancada na Assembleia Legislativa do Maranhão a partir de 2019, e que decidiu, por unanimidade, apoiar a reeleição de Othelino. “Ele é uma pessoa que sempre respeitou a todos na Casa e temos certeza de que ele continuará fazendo um grande trabalho na próxima gestão”, frisou.

Novato na Assembleia Legislativa, a partir de 2019, o deputado eleito Leonardo Sá (PRTB) disse que o melhor nome para conduzir a Assembleia Legislativa é o de Othelino Neto. Ele disse que tem uma relação pessoal muito forte de amizade com o futuro colega de parlamento, além de já terem feito alianças políticas, como foi em Pinheiro nas eleições municipais passadas. “Já estamos fechados. Ele é meu candidato a presidente da Alema”, reforçou.

Estiveram presentes Weverton Rocha, deputados federais Rubens Jr, Márcio Jerry e André Fufuca, o deputado federal eleito Gil Cutrim e o vice-prefeito Júlio Pinheiro.

Presente também no almoço, o deputado Neto Evangelista (DEM) destacou que Othelino Neto cumpriu, com êxito, uma grande missão quando foi vice-presidente da Assembleia. Como presidente, soube conduzir a Casa com sabedoria e instalou uma harmonia grande entre os poderes constituídos do estado. “Ele tem condições de continuar tocando a Presidência da Assembleia, da forma como fez nesta sua gestão. É uma grande força política no estado, demonstrou isso nessas eleições, portanto é o meu candidato a presidente”, frisou.

Nos últimos dias, Othelino Neto recebeu apoio dos deputados eleitos Zé Inácio (PT), Helena Duailibe (Solidariedade), Welington do Curso (PSDB), Detinha (PR), Leonardo Sá (PRTB), Pará Figueiredo (PSL), Neto Evangelista (DEM), Mical Damasceno (PTB), César Pires (PV), Pastor Cavalcante (PROS), Wendell Lages (PMN), Cleide Coutinho (PDT), Duarte Jr (PCdoB), Zé Gentil (PRB), Márcio Honaiser (PDT), Dra Thaíza (PP), Adriano Sarney (PV), Carlinhos Florêncio (PCdoB), Professor Marco Aurélio (PCdoB), Fernando Pessoa (Solidariedade), Andrea Rezende (DEM), Edson Araújo (PSB), Rafael Leitoa (PDT), Ana do Gás (PCdoB), Adelmo Soares (PCdoB), Rigo Teles (PV), Glalbert Cutrim (PDT), Paulo Neto (DEM), Daniella Tema (DEM), Vinícius Louro (PR), Yglésio Moisés (PDT), Hélio Soares (PR), Antônio Pereira (DEM), Ciro Neto (PP), Roberto Costa (MDB), Fábio Macedo (PDT), Rildo Amaral (Solidariedade) e Ricardo Rios (PDT).

Uma frase disponível no Tumblr, plataforma de blogging que permite aos usuários publicarem textos, diz que a foto e o vídeo são uma das poucas coisas que tem poder sobre o tempo: eles o paralisam. A citação do autor desconhecido tem muito a ver com um vídeo antigo disponível no perfil do Facebook do advogado Mozart Baldez, pré-candidato à presidência da seção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do Maranhão. Nas imagens, o causídico aparece desmentindo boatos de ter fechado apoio a um dos grupos que concorreram na eleição da maior entidade de classe do país, em 2015.

Na gravação intitulada “não se mistura água com óleo”, Baldez aparece fazendo críticas aos grupos do advogado Thiago Diaz e da advogada Valéria Lauande que, na época, disputavam a presidência da OAB-MA.

“Advogadas e advogados, não se mistura agua com óleo. As eleições se aproximam, mas o que nós pregamos hoje com relação a eleições da OAB é a defesa intransigente da advocacia, é o combate à morosidade, é o combate à falta de decisões e sentenças, é o combate à jornada TQQ e QQ, é o combate aos ‘superdesus’ da justiça maranhense e um combate contra a inercia que a seccional da OAB vem praticando”, diz Baldez em trecho do comentário que encerrou dizendo que por esses motivos não iria coligar com ninguém. “Somos a única e verdadeira oposição”, completou.

Poucas pessoas percebem, mas apesar de ter muita semelhança com a atual realidade em que vive a advocacia maranhense, o vídeo foi publicado no dia 30 de setembro de 2015. Tem exatos três anos e um mês. De lá para cá, pouca coisa mudou.

“A única coisa que mudou, nesse período, foram os posicionamentos dos meus concorrentes. Alguns romperam com grupos que ajudaram a eleger; outros se aliaram a grupos que ajudaram a derrotar. E eu continuo defendendo a mesma coisa que defendia há três anos”, reforçou Baldez, sustentando ainda que a realidade é um conceito e a verdade uma percepção.

“A verdade não se modifica nunca, ela é sempre a mesma. Há três anos defendo a mesma posição. Naquela época não tive condição de montar chapa, e embora tenha sido convidado, optei ficar fora da disputa, porque em outrora, assim como hoje, não estou buscando colocação. Defendo a valorização da advocacia. Ganhando ou perdendo vou morrer defendendo o que sempre defendi. Água e óleo não se misturam”, ratificou Baldez.

1 3 4 5 6 7 12