Monthly Archives: outubro, 2018

Um levantamento sobre a extrema pobreza no Brasil divulgado pela revista Valor Econômico, mostra que o Maranhão é o estado que mais possui pessoas na linha da extrema pobreza em todo o país.

O Estado é um dos nove que atingiram um nível recorde no ano passado. Na média nacional, a pobreza extrema avançou de 3,2% em 2014 para 4,8% em 2017, maior patamar nos últimos anos, conforme dados da consultoria Tendências. No Maranhão o aumento foi de 50%.

Veja aqui a tabela em tamanho real

O levantamento considerou em situação de extrema pobreza as pessoas famílias com renda abaixo de R$ 85 no ano passado.

O Maranhão, governado por Flávio Dino (PCdoB) desde 2014 e agora com mandato renovado até 2022, segue liderando o ranking de extrema pobreza do país.

Percentual de maranhenses em extrema pobreza saltou de 8% para 12% no governo de Flávio Dino.

Do total de famílias maranhenses, 12,2% viviam com menos do que R$ 85 por pessoa no ano passado. Quatro anos antes, o indicador era de 8,7%. Um aumento de cerca de 50%. (Linhares.info)

Enquanto o sentimento no clã Cupim é de derrota pela pífia votação dos seus dois candidatos em São José de Ribamar, o sentimento é de vitória para o grupo do prefeito Luís Fernando, que elegeu todos os seus candidatos à Câmara Federal e para a Assembleia Legislativa.

Com mais de 7 mil votos em 2014, Glaubert Cutrim só conseguiu 951 em 2018, um troco da população ribamarense que não recebeu uma emenda deste imberbe parlamentar nos seus quatro anos como deputado.

Já o prefeito Luís Fernando, com três candidatos a deputados estaduais, distribuídos nas regiões administrativas do município, conseguiu 2.473 votos para Neto Evangelista; 1.091 para Carlinhos Florêncio e 809 para Pará Figueiredo, que ficou com uma região menor.

Com relação aos dois candidatos à Câmara Federal, a lapada foi ainda maior: 2.095 para Pedro Lucas e 2.356 votos para Hildo Rocha.

Resumo da ópera: enquanto o prefeito Luis Fernando, atualmente com a maior aprovação popular, entre os prefeitos do Maranhão, comemora o resultado positivo, no clã cupiniano foi o maior chororô, pela pífia votação de Glalbert e principalmente pelos poucos mais de 3.000 votos que o ex-prefeito Gil Cutrim conseguiu, uma quantidade muito longe dos 10.000 que ele cantava que teria em São José Ribamar, não pelo recall de trabalho como prefeito (porque nesse aspecto o histórico é de destruição), mas pela força econômica que alardeava pelos quatro cantos de Ribamar. (Blog do Seu Riba)

Waldemar Ter – Agência Assembleia

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), fez, nesta terça-feira (9), uma avaliação positiva das eleições e aproveitou para agradecer a votação expressiva que recebeu (60.386 votos), assegurando-lhe a reeleição como o quinto mais votado.

“Quero agradecer ao povo do Maranhão pela minha reeleição. Foi o reconhecimento do trabalho que fizemos nos últimos quatro anos. Além disso, o povo deu uma maiúscula vitória ao nosso campo político, com a reeleição do governador Flávio Dino (PCdoB), no primeiro turno, e com a eleição dos senadores Weverton Rocha (PDT) e Eliziane Gama (PPS). Foi uma sinalização objetiva e clara de quem está gostando desse novo modelo político que vem sendo implantado no Estado”, assegurou.

“O Maranhão está mudando para melhor e agora os maranhenses avalizaram isso”, enfatizou.

Othelino Neto fez um agradecimento especial aos seus eleitores. “Eu fico muito grato pela minha vitória. A votação foi muito boa e agradeço a cada um dos meus eleitores, dos municípios que tive mais votos aos que tive menos. Fico feliz que o povo do Maranhão tenha reconhecido o meu trabalho, me permitido continuar na Assembleia”, afirmou.

O presidente da Assembleia fez também uma saudação aos novos deputados eleitos e aos reeleitos. “Tenho certeza de que os novos deputados que vão chegar aqui vão somar muito e ajudar muito o Maranhão, como os atuais estão fazendo”, manifestou.

Sobre a bancada feminina na Assembleia Legislativa, Othelino disse que é preciso aumentar mais a representação da mulher na política. “Torço para que isto aconteça nas próximas eleições, tanto na Assembleia quanto na Câmara Federal. Esperamos que as mulheres ocupem mais espaço na vida pública maranhense. A boa notícia é a eleição da senadora Eliziane”, finalizou.

“Ele não” vai para o lixo da história!

Movimento contra Bolsonaro deu em nada e sujou a cidade ainda mais. Intolerância?

“Ele não” um movimento contra Bolsonaro, que aconteceu nas proximidades do Palácio dos Leões, que deu em nada, aliás, só demostrou intolerâncias por onde passou.

 Intolerância? Isso pode? 

Um movimento criado para impedir a vitória do candidato a presidente do Brasil chamado de #EleNão, deu em nada.

Além das constantes cenas de intolerâncias, muita gente ligada aos palácios da Pedro II estiveram no local. Abaixo, a lamentável sujeira dos defensores de Lula/Haddad com as conhecidas intolerâncias que enchem as pessoas de divisões e ainda emporcalham a cidade. Lamentável.

Ainda bem que deu em nada e Bolsonaro teve votação recorde em todas as cidades  do Brasil, demostrando que os brasileiros querem Bolsonaro.  #EleSim!

O deputado Zé Inácio (PT) conseguiu renovar o mandato para a Assembleia Legislativa do Maranhão.

O petista obteve mais 31 mil votos para deputado estadual e por pouco não conseguiu “puxar” o segundo nome do PT, candidato Luiz Henrique “Lula da Silva”, que atingiu a marca de quase 20 mil votos.

A reeleição de Zé Inácio é a certeza do Maranhão bem representado no parlamento maranhense, em particular a Região da Baixada.

É isso aí!

Nota ao povo do Maranhão

Em primeiro lugar agradeço à minha família que sempre esteve ao meu lado. Estendo os meus agradecimentos aos candidatos a deputados estaduais, federais e senadores da nossa Coligação “União e Coragem para Fazer um Maranhão Melhor”.

Agradeço também aos amigos, lideranças, apoiadores, a nossa militância e ao povo maranhense pela enorme acolhida e carinho que recebi nas ruas por onde passei.

Construí essa campanha eleitoral com base em dois eixos fundamentais: preparar o Maranhão e os maranhenses. No meu Caderno de Ideias, apresentei propostas em todas às áreas, como saúde, educação, segurança pública, infraestrutura, agricultura, turismo, programas sociais e, principalmente, para o desenvolvimento socioeconômico – por meio da dinamização da atividade econômica, geração de empregos e melhoria nas condições de vida das famílias maranhenses.

Como senador da República pelo Maranhão, o nosso mandato continuará a serviço do povo maranhense, lutando sempre, como sempre fiz, para melhorar cada vez mais a vida das pessoas e do nosso País.

Roberto Rocha
Senador da República (PSDB-MA)

A regra prossegue: sempre os dois Leões que decidem eleições no Maranhão…

Erra quem diz que Roseana Sarney nestas eleições saiu-se menor que Edinho Edinho Lobão nas eleições de 2014. Roseana saiu menor que os dois leões. Roseana Sarney perdeu pela segunda vez na sua história, justamente porque estava distante dos dois Leões.

Não preciso dizer quem são os dois leões ferozes da atualidade, ou precisarei ilustrar?

Vamos aos fatos: Primeiro que, em 2014, Lula e Dilma estavam com Edinho Lobão. O palanque do PT era PMDB (com o golpista Michel Temer de vice e tudo o mais), assim como a máquina pública, os cofres, dois leões, etc etal.

Roseana Sarney perdeu pela segunda vez na sua história. Nas duas vezes que perdeu estava distante dos dois Leões.

Nestas eleições, Flávio Dino trouxe os principais membros da oligarquia para seu palanque: Fufuca, Juscelino Filho, Júnior Lourenço, Pedro Fernandes, Cléber Verde, Josimar de Maranhãozinho, etc.

O que mudou em 2014 para 2018?

Simples, nestas eleições a regra deveria mudar, aliás, mudança de verdade foi algo difícil de se ver. Parabéns à dupla Dino & Jerry, verdadeiros “espoca urnas” dessa eleição no Maranhão. Jerry, que teve votação pífia da última vez que se candidatou a deputado, ganhou com sobra de votos dessa vez.

 

Maranhão no vermelho…

Tudo indica que a população deverá pagar novam,ente a conta as eleições. nas imagens, carros e motos sendo caçados e deverão lotar novamente os imensos pátios da Vip Leilões. A prática de tomar bens da população é inconstitucional, mas pode garantir que o governo possa voltar a ter dinheiro em caixa, mesmo indo de contra às regras, leis, ética, etc.

Abaixo, uma importante observação feita pelo jornalista Marco Déça:

 

O presidente da Câmara de São Luís, Astro de Ogum (PR), foi um dos vitoriosos na eleição. Fez de seu aliado Hélio Soares (PR), o décimo primeiro deputado estadual mais votado na Capital, com 9.070 votos.

Além disso, Astro também ajudou a eleger o ex-secretário Márcio Jerry (PCdoB) em São Luís na disputa por uma das 18 vagas na Câmara dos Deputados, colocando o comunista na quarta posição dos mais votados com 17.246 votos.

A propósito, o resultado da eleição deste ano na cidade antecipou o debate sobre 2020. Demonstrando um desejo de disputar a prefeitura, Astro também mostrou força politica no confronto direto com o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), que apoiava a candidatura à reeleição do pai – deputado estadual Edivaldo Holanda (PTC) e seu aliado Pedro Lucas (PTB), na disputa pela Câmara Federal.

Mesmo com uma mega estrutura do Palácio de La Ravardière, Edivaldo Júnior fracassou com a candidatura do seu genitor, que mesmo ocupando a quarta posição entre os mais votados na capital, acabou ficando apenas na primeira suplência da coligação.

Vibrante com os resultados deste ano, o chefe do legislativo terminou as eleições de 2018 largando na frente do chefe do executivo na disputa de daqui a dois anos.

Para bons entendedores vale a indicação da imagem abaixo.

Haddad, candidato de Lula, que está preso por corrupção, juntamente com toda a liderança do PT  ligada a Lula, está pedindo votos no Maranhão, como se todo o estrago de corrupção que destruiu nosso país não fosse culpa desse tipo de politico.

O Brasil quer dar um basta nisso, chega de laranjas.

1 3 4 5 6 7 8