Monthly Archives: setembro, 2018

 Crime eleitoral:

Tudo indica que a máquina pública está sendo derramada para que  o governador comunista, que tanto prometeu mudar o Maranhão pela “democracia”, seja a todo custo eleito logo no primeiro turno.

Em alto e bom som, o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, aparece em áudios comprometedores pressionando servidores para ajudarem nas eleições. A julgar pela forma que fala, a cosia não está tão fácil como mostram as pesquisas pagas pelo governo, dando conta da vitária logo no primeiro turno.

A situação é preocupante, os áudios comprometedores foram denunciados ao TRE por outros candidatos. Desta forma, usando as estruturas públicas em beneficio eleitoral, qualquer um ganha no primeiro turno.

Confira nos áudios abaixo:

O prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva, autorizou neste sábado (22), o início da obra de reconstrução da Avenida Paraíso, localizada no Jardim Tropical. A tão esperada ordem de serviço, íntegra o complexo de mais de 20 obras entregues a população em decorrência da programação de aniversário dos 66 anos de emancipação política.

Luis Fernando assina ordem de serviço para a reconstrução da Avenida Paraíso

Construída na primeira gestão de Luis Fernando, a Avenida Paraíso, considerada cartão postal e referência, a localidade foi encontrada totalmente destruída por falta de manutenção e conservação. Para o prefeito Luis Fernando, a situação além de ser um profundo desrespeito a população, também simboliza o descaso e a falta de respeito da última gestão com a população do Jardim Tropical.

“O Jardim Tropical é o bairro mais populoso do município. Por aqui circulam milhares de pessoas todos os dias. Deixei pronta a avenida, com drenagem profunda, calçamento, pavimentação em toda a sua extensão Além das ruas do entorno e hoje retorno para fazer tudo novamente em razão da falta de gestão pública “, lamentou o prefeito.

Com recurso próprio, detalhou, “fizemos o Pojeto da Avenida que custou 400 mil reais e em parceria com o Governo do Estado vamos devolver a Avenida totalmente asfaltada, com drenagem profunda para acabar com o problema da chuva e vamos também recuperar as Alamedas Imperatriz, Ribamar , Paço do Lumiar, Arari, Itapecuru, Açailândia, Santa Luzia, Pastos Bons, Avenida dos Bosques, Porto Franco, e Santa Luzia”.

Para o presidente da Associação dos Moradores, Daniel, a obra não apenas simboliza respeito mas devolve dignidade aos moradores do Jardim Tropical que sofrem com o descaso. “O prefeito Luis Fernando tem o nosso respeito e admiração pelo trabalho sério que vem fazendo e em menos de dois anos com o início da obra, resolve o problema que gerava tanto motivo de indignação da população”, disse.

Ainda na maratona de entregas, Luis Fernando devolveu a população, as obras de recuperação do Trajeto de Ônibus das Vilas Operária e Kiola. A via liga as localidades, a Avenida Tancredo Neves e conseqüentemente a MA 201.

O Trajeto recebeu serviços de drenagem, galerias e sinalização. Desde o inicio da obra, o morador, Junior Alves, de 47 anos, acompanha as melhorias que, segundo ele, há mais de uma década não via.  “Esse trabalho que a Prefeitura está fazendo é muito bom e estava mais do que na hora. Muitas vezes tivemos que fazer estes reparos, hoje não, o asfalto está ai e de qualidade”, afirmou.

Já na Vila Sarney Filho II, foi inaugurada a Unidade Básica de Saúde do bairro. A unidade vai beneficiar milhares de pessoas que vivem na região e em localidades. O funcionamento da UBS facilita o acesso da população à saúde sem precisar se deslocar para a sede do município ou para outras cidades.

Programação de Aniversário

Ainda no sábado (22), o prefeito devolveu a reconstrução da primeira etapa da Praça São Benedito e o Parque da Campina. O local foi totalmente recuperado, com colocação de novos bancos, pintura, calçamento, quadra além da instalação de uma academia ao ar livre, pedido aliás do grupo de voluntários da Campina e prontamente atendido pelo prefeito.

No domingo (23), a programação de entrega obras seguiu com a reconstrução das praças São José dos Índios e da Praia do Meio. Participaram dos atos, o vice-prefeito, Eudes Sampaio, os vereadores Cristiano, Lázaro e Osvald o Brandão, além de secretários municipais e lideranças comunitárias.

Milhares de pessoas, residentes nas cidades de Magalhães de Almeida e Santa Quitéria, participaram de grandes carreatas, caminhadas e reuniões que confirmam o apoio à candidatura do deputado federal Hildo Rocha e demais concorrentes do grupo liderado pela candidata ao Governo, Roseana Sarney. As maiores expressões políticas da região participaram dos eventos que reuniram público recorde, em toda a história política das duas cidades.

Além do deputado Hildo Rocha e da candidata Roseana, estavam presentes: os prefeitos Tadeu Sousa (Magalhães de Almeida); João Igor (São Bernardo do Maranhão e o ex-prefeito de Magalhães de Almeida, Neto Carvalho; os candidatos ao senado Sarney Filho e Edison Lobão; os deputados estaduais César Pires e a ex-prefeita de Chapadinha, Ducilene Belezinha que está em campanha por uma vaga na Assembleia Legislativa. Vereadores, ex-vereadores, secretários e ex-secretários municipais e centenas de líderes de vários segmentos sociais também participaram dos eventos: Sâmia Moreira; Selma do Tosa; Francisca Moreira; Eliezer Chico Mará e ainda

Projeto de Hildo Rocha beneficia 16 municípios do Baixo Parnaíba

A calorosa recepção ao deputado Hildo Rocha não é à toa. O parlamentar é autor do Projeto de Lei 2043/2015, que inclui dezesseis municípios da Região do Baixo Parnaíba, na região do semiárido nordestino. A proposta, de acordo com o parlamentar, abre enormes possibilidades de desenvolvimento porque os municípios passarão a receber tratamento diferenciado do Governo Federal e haverá incentivos para a implantação de empresas voltadas para a produção.

O projeto do deputado Hildo Rocha prevê a inclusão de: Água Doce do Maranhão, Anapurus, Araioses, Belágua, Brejo, Buriti, Chapadinha, Magalhães de Almeida, Mata Roma, Milagres do Maranhão, Santa Quitéria, Santana do Maranhão, São Benedito do Rio Preto, São Bernardo, Tutoia e Urbano Santos.

“A proposta já foi aprovada em todas as comissões da Câmara e agora tramita no Senado, onde já foi aprovada em uma comissão. É por isso que eu preciso do voto de vocês para que eu possa continuar lutando pela aprovação final desse projeto. Também é indispensável que os candidatos do nosso grupo, Roseana, Sarney Filho e Lobão, os nossos candidatos a deputados estaduais e federais, sejam eleitos para que possamos aprovar e implantar esse importante projeto para o desenvolvimento da região. ”, destacou Hildo Rocha.

Nome aclamado

Todas as lideranças que se pronunciaram, foram unânimes em destacar o trabalho do deputado federal Hildo Rocha. “Falar sobre as qualidades de Hildo Rocha é muito fácil porque ele tem uma história de vida exemplar. Conheço Hildo de longas datas, conheço o seu trabalho, a sua luta, a sua capacidade. Por isso posso afirmar: Hildo Rocha merece o nosso apoio, é digno da confiança do nosso povo, merece ser reeleito”, afirmou o ex-prefeito Neto Carvalho.

Líder municipalista

O deputado federal Sarney Filho, candidato ao Senado, destacou o perfil municipalista de Hildo Rocha. “É um parlamentar trabalhador que tem estreitos laços com os municípios maranhenses. Hildo Rocha já é uma liderança nacional, por isso, precisamos elegê-lo para que ele possa ajudar a futura governadora Roseana trazendo recursos para os municípios maranhenses” anunciou Sarney Filho.

“Hildo trabalhou comigo no senado, quando eu fui líder do governo do presidente Lula. Já naquela época ele me ajudou muito no meu trabalho que resultou em grandes benefícios para o nosso Estado. Quando eu assumi o governo, trouxe Hildo para compor a minha equipe porque ele já foi vereador e prefeito, logo, conhece os problemas da população. Na eleição passada ele conquistou o seu primeiro mandato de deputado federal e agora disputa a reeleição. Por conhecer a sua capacidade, a sua seriedade, peço que vocês votem neste grande homem. Hildo Rocha, 1513”, enfatizou Roseana.

“É um grande amigo, homem sincero, trabalhador, correto. Tive a oportunidade de trabalhar com Hildo Rocha, durante o governo de Roseana Sarney, tenho acompanhado o seu trabalho, no Congresso Nacional, e percebo a sua dedicação, o seu esforço para honrar, para dignificar o mandato. Por tudo isso, o Maranhão precisa mantê-lo no parlamento pois ele faz a diferença”, afirmou o deputado estadual César Pires.

O prefeito de Magalhães de Almeida, Dr. Tadeu de Jesus, falou sobre os benefícios que o deputado Hildo Rocha viabilizou para o município. “Hildo Rocha já fez muito pela nossa cidade, provou que tem compromisso com a população de Magalhães de Almeida. Agora, será reeleito com o nosso apoio, com o apoio das pessoas que gostam de Magalhães de Almeida para que ele possa ajudar mais ainda a nossa população”, afirmou o prefeito.

Desde novembro de 2017, quando a área de abrangência da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) foi ampliada para todo território maranhense, por força de lei de autoria do senador e candidato ao governo do Maranhão, Roberto Rocha (PSDB), já foram viabilizados pelo congressista cerca de R$ 150 milhões.

Com os recursos assegurados e as obras executadas, a consequência automática é de que as atividades rurais serão impulsionadas, através do aumento da produção de alimentos, novas oportunidades de empregos, distribuição de renda e melhoria nos índices sociais das famílias que vivem no campo. As obras realizadas nos centros urbanos também prometem potencializar o desenvolvimento das cidades e melhorias na qualidade de vida da população.

“O Maranhão reúne totais condições para ser destaque na produção de alimentos na região Nordeste e ter um novo ciclo de progresso nas zonas urbanas. Eu quero preparar o nosso povo trabalhador para um novo patamar das atividades econômicas rurais, possibilitando que as famílias tenham a chance de plantar, comercializar o que produz de forma competitiva e aqueles que moram nos municípios a chance de conviver com uma cidade melhor”, disse Roberto Rocha.

Dentro dos recursos viabilizados, o parlamentar maranhense e candidato ao governo assegurou quase R$ 10 milhões para a recuperação completa de estradas vicinais em diversos municípios. “A revitalização de todas elas vai melhorar a trafegabilidade e os acessos das comunidades rurais, além da ampliação do escoamento da produção, especialmente, para famílias que vivem do sustento da agricultura familiar”, disse Roberto Rocha.

Para a Baixada Maranhense, região mais pobre do Maranhão e do Brasil, o senador maranhense viabilizou, através da Codevasf, cerca de R$ 10 milhões para construção de 500 cisternas, que quando estiverem prontas, vão ajudar a captação de água para consumo humano e animal e, também, na melhoria da atividade da agricultura e pecuária para pelo menos 500 mil famílias.

Também está no cronograma das ações do senador a construção dos chamados Diques da Baixada. Uma obra monumental, via Codevasf, que vai proteger os campos e os lagos ao longo de 71 km da Baía de São Marcos, cobrindo 21 municípios, impedindo que a água do mar penetre nas áreas de água doce. O resultado será um criadouro natural e perene para a irrigação, o cultivo de pescados, agricultura, pecuária, transformando a economia da região, gerando milhares de empregos e renda para às famílias da baixada. “Quando essa obra for entregue, o Maranhão se tornará o maior produtor de arroz do Nordeste e exportaremos a nossa produção de alimentos para as demais regiões do País. A Baixada deixará de ser uma região pobre para se tornar produtiva e viável”, destacou Roberto Rocha.

BARRAGENS

Estão em fase de estudos e elaboração de projetos a construção de 11 barragens pelo Maranhão. Elas serão implantadas com tecnologias visando contemplar o acesso a água de consumo, denominada “primeira água”. As barragens também vão permitir uma melhora significativa nas atividades que envolvem a irrigação, como plantio, lavouras e produção de alimentos em geral. O resultado é o aumento dos índices socioeconômicos de cada região, permitindo melhores condições de vida aos homens do campo.

SOCORRO AS ÁGUAS MARANHENSES

Bandeira permanente do senador, o cuidado e preservação ambiental correm perigo. Recentemente, a Codevasf percorreu aproximadamente 20 mil quilômetros em pesquisa de campo dos Rios Mearim e Itapecuru. O estudo dessa natureza foi pioneiro, do ponto de vista parlamentar. É que nenhum congressista do país havia viabilizado recursos para essa finalidade. E os resultados são preocupantes: alta degradação das nascentes, poluição e assoreamento em vários pontos.

Com a presença da empresa pública no Maranhão, as obras de recuperação e revitalização completa dos rios maranhenses podem se tornar realidade, através de ações como as de controle de processos erosivos, proteção das nascentes e desassoreamento dos rios. No pacote está incluído também a Lagoa da Jansen, em São Luís, que há anos está poluída e nada foi feito para mudar essa situação. “Consegui viabilizar um crédito orçamentário para projeto de recuperação, sustentabilidade ambiental da lagoa. Tenho a convicção de que com a Codevasf, as coisas vão acontecer” afirmou Roberto Rocha.

Para ajudar a salvar as águas do Maranhão, o senador já viabilizou junto com a bancada de deputados e senadores mais R$ 15 milhões para compra de equipamentos modernos e maquinários de última geração, como dragas, escavadeiras hidráulicas, caçambas, tratores que serão usados para recuperação das nascentes e bacias do estado.

INFRAESTRUTURA URBANA

O município de Balsas foi o escolhido para ser o primeiro do Maranhão a ter 100% de águas e esgotos tratados, além de ruas com drenagens e totalmente pavimentadas no Maranhão. O projeto de engenharia e saneamento básico para no valor de R$ 4 milhões já foi viabilizado por Roberto Rocha e os R$ 100 milhões para implantação completa da rede foram garantidos. “Será a maior obra de saneamento básico que estará em curso em toda a região Nordeste do Brasil. Água limpa e esgoto com destinação correta, longe das casas e das pessoas”, comemorou o congressista.

A implantação de perímetros irrigados em Imperatriz e Balsas, por meio da Codevasf, promete alavancar a produção de alimentos na região Tocantina e Sul do Estado. Logo, poderão ser criadas áreas extensas que permitem o desenvolvimento e o plantio de várias culturas, como uva, manga, acerola e outras. Os recursos estão sendo trabalhados, em Brasília, por Roberto Rocha. “Construiremos uma nova Petrolina no Nordeste brasileiro, exportando frutas, verduras e legumes para todas as regiões, com a qualidade do solo maranhense” finalizou o parlamentar.

Ensino com tecnologia

O candidato a deputado federal, Paulo Marinho Junior (PP), cumpriu uma agenda de visitas na capital maranhense. Neste domingo (23), ele visitou moradores e se encontrou em uma reunião na associação de moradores, no Barreto.

O candidato ressaltou seu compromisso na educação das crianças, defendeu o uso de tecnologia (tabletes) para os alunos do ensino fundamental, também falou da importância da população ser bem representada no parlamento federal, em Brasília.

“Quem está ensinando as crianças? As creches ensinam, as escolas, mas é necessário usar a tecnologia, e isso é importante para nossos filhos, ensino de qualidade para os profissionais do futuro. Isso é que precisamos, isso que defendo”, disse Paulo Marinho.

No final da reunião, Paulo Marinho Júnior saiu pelas ruas com os moradores para ver a situação do bairro.

 Direitos Humanos com víeis ideológico, politico, com cores partidárias e bandeiras de movimentos?

Enquanto fazem “plenárias”, seres Humanos sem Direitos estão morrendo nas portas dos hospitais, filas de ambulâncias, nas estradas. Nas 217 cidades pobres, miseráveis, o governo comunista só esteve presente em eventos de forma superficial?

Pior que, em quatro anos, a ideia que os comunistas passaram foi que as estruturas do governo estavam inclinadas, ou aparelhadas pelo vieis partidario. A ideia que passam é que não trabalham de verdade para retirar as pessoas dos sofrimentos, mas, agem superficialmente, apenas para dizer que existem.

Não estou querendo apontar dedos, mas vou aproveitar as publicações na tentativa de levar uma reflexão aos ocupantes do governo, dos poderes, das secretarias:

Com tanta pobreza nas 217 cidades, com sofrimento maciço de uma população, sobretudo na área da Saúde, como visto pelos pacientes crônicos que morreram em busca de hemodiálise (entenda aqui), tudo que fazem é participar de eventos festivos, de alguns grupos, tudo que conseguem é participar de marchas, ou fazer “plenárias”? Será que só conseguem se preocupar em beneficiar seguimentos apoiados por partidos de esquerda, a população no geral padece sem Direitos Humanos?

Registros fotográficos feitos em redes sociais por um secretário de Estado (Direitos Humanos), sugerem que as estruturas estão do governo estão posicionadas apenas para atender determinado seguimento. Enquanto isso, a população morrendo nas filas de ambulâncias, portas de hospitais, ou nas estrados como aconteceu com QUATRO PESSOAS, reveja aqui:

Confira nas fotos publicadas (domínio público) pelo secretário (petista) Xico Gonçalves nas redes sociais:

 

Nota: 

As críticas e observações acima, foram feitas na intenção de dar um feedback aos governantes, para que saibam que neste extenso Maranhão, de 217 cidades, estão cheias de demandas, cheias de seres HUMANOS precisando de DIREITOS.

 

O Prefeito Lúcio Flávio, do município de Itinga do Maranhão, sofreu mais uma derrota nesta sexta-feira (21) na eleição da Câmara de Vereadores do município.

A derrota de Lúcio expõe a fragilidade política de sua gestão à frente da Prefeitura de Itinga

Durante a votação para eleger o novo Presidente da Casa, o Prefeito Lúcio, prevendo a derrota do seu primo e candidato à Presidência, vereador Max de Oliveira, retirou a chapa governista da disputa. O grupo de oposição, composto por 06 vereadores, venceu o pleito e elegeu Gelciane Torres como nova Presidente da Câmara, impondo uma amarga derrota ao atual Presidente da Casa, vereador Max, que é primo do Prefeito Lúcio.

A derrota de Lúcio expõe a fragilidade política de sua gestão à frente da Prefeitura de Itinga, que tem sido alvo de duras críticas pela população itinguense e não tem conseguido dialogar com a classe política do município. Sem o seu primo comandando a Casa, Lúcio perde força na Câmara Municipal e vê ameaçada a sua reeleição.

Além da eleição da Presidente da Câmara, a vereadora Gelciane, foram eleitos também para a Mesa Diretora da Casa: vice-presidente Alzenir Teixeira; primeiro secretário Raidean Silva; e o segundo secretário Antônio Gonçalves Cavalcante, o vereador Grandão. Esta é a composição da Mesa que comandará a Câmara Municipal de Itinga do Maranhão a partir de 1° de janeiro de 2019.

Maura Jorge responde a Flávio Dino:

“Ofensa é tomar carros e motos dos pobres, aumentar conta de luz, deixar a população na pobreza”.

Em vídeo divulgado nas redes sociais, a  candidata a governadora na chapa de Jair Bolsonaro no Maranhão, Maura Jorge (PSL), teve seu programa eleitoral suspenso a pedido governador Flávio Dino.

Segundo Maura Jorge, pela palavra “banana”.

Por G1 Maranhão — Pinheiro, MA.

Uma idosa identificada como Ilda Ferreira Barbosa, de 65 anos, morreu na noite dessa quinta-feira (20), em frente ao Hospital Regional da Baixada Maranhense Dr. Jackson Lago, em Pinheiro, distante 87 km de São Luís. Segundo familiares, ela não foi atendida e a reclamação dos familiares é que houve omissão de socorro. A idosa morreu dentro do ônibus de pacientes, que fazem hemodiálise em São Luís.

A senhora, assim como os outros passageiros do ônibus, morava em Pinheiro, mas tem que fazer hemodiálise na capital do estado, pois na cidade já deveria ter sido inaugurado um centro de hemodiálise, mas as obras estão atrasadas. Isso força os doentes viajarem oito horas por dia, sendo três vezes por semana para fazer o tratamento.

Segundo outros pacientes que vinham no ônibus, no trajeto próximo a São Luís para Pinheiro, a idosa começou a passar mal. Neste momento foi feito um contato com o hospital em questão para que a idosa fosse atendida. O hospital não atende em urgência e emergência, mas é o mais equipado da cidade por se tratar de um hospital de alta complexidade. Ao chegar na porta do hospital, as pessoas que acompanharam o caso, dizem que a entrada da idosa não foi autorizada e, assim, ela morreu no local.

Em nota ao G1, a SES disse que a paciente foi orientada a não sair de São Luís, por recomendação médica. A nota contradiz ainda as testemunhas, pois a secretaria garante que “um médico da unidade entrou no microônibus para realizar o primeiro socorro, e, em seguida, a paciente foi submetida aos procedimentos clínicos exigidos neste caso, dentro do hospital”.

Centros de hemodiálise

O problema dos centros de hemodiálise no Maranhão não foi resolvido até hoje. O governo havia reservado em 2014 quase R$ 7 milhões para a construção de sete novos centros de hemodiálise no estado. A obra da clínica de Chapadinha deveria ter sido entregue em 2015 e, segundo o governador Flávio Dino (PCdoB), em entrevista à TV Mirante, começou a funcionar neste mês de setembro de 2018, mas o local onde deveria ser construído o centro de tratamento, continua apenas com uma placa e sem obras. Os outros centros também não foram entregues ainda.

Em 2016, uma liminar da justiça determinou que o Governo do Estado entregasse a clínica de Chapadinha em um prazo de um ano sob pena de multa de 10 mil reais por dia. Até o fim de 2017, a multa já passava de R$ 1 milhão. Para esta obra específica, o Ministério Público do Maranhão investiga o uso R$ 2 milhões e 400 mil que haviam sido liberados para a obra da clínica em Chapadinha em um convênio com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Sobre a construção do centro de hemodiálise, a secretaria, por meio de nota, não fala nada a respeito, mas diz que o serviço de hemodiálise de Pinheiro será inaugurado ainda em setembro dentro do Hospital Macrorregional, assim como vem funcionando em Chapadinha. A nota diz ainda que Balsas será o próximo município a contar com o serviço, mas não apresenta mais detalhes.

As dificuldades de quem precisa deste tratamento semanal já foram tratadas em reportagens no Jornal Hoje e no Jornal Nacional.

Veja a nota completa da SES

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) lamenta a morte da paciente que estava em tratamento em São Luís e informa que a mesma foi orientada a permanecer na capital por recomendação médica. A SES esclarece, ainda, que:

  1. A equipe do Hospital Macrorregional de Pinheiro prestou toda a assistência à paciente. Inclusive, um médico da unidade entrou no microônibus para realizar o primeiro socorro, e, em seguida, a paciente foi submetida aos procedimentos clínicos exigidos neste caso, dentro do hospital;
  2. O serviço de hemodiálise de Pinheiro será inaugurado ainda em setembro e funcionará dentro do Hospital Macrorregional;
  3. Como parte da expansão do serviço de hemodiálise no interior do estado, deu-se início ao atendimento dos pacientes crônicos renais na cidade de Chapadinha esta semana e, em janeiro, o município de Balsas também contará com o serviço.
1 2 3 4 5 11