Monthly Archives: julho, 2018

Por meio do projeto “Ouvindo o Maranh√£o”, o deputado estadual Wellington do Curso recebeu diversas den√ļncias de que o Governador Fl√°vio Dino n√£o efetuou o pagamento dos benef√≠cios de v√°rios aposentados do Estado, previsto para o √ļltimo dia 30. Al√©m dos inativos, h√° relatos que alguns servidores ativos e pensionistas tamb√©m n√£o receberam seus pagamentos.

Segundo as den√ļncias, muitos aposentados que se dirigiram √†s ag√™ncias banc√°rias no dia do pagamento ficaram surpresos ao acessarem suas contas e constataram a falta do mesmo sem qualquer motivo. Tamb√©m est√£o nessa condi√ß√£o, diversos professores ativos e pensionistas, por√©m, desde o acontecido, o Governo e Secret√°ria de Gest√£o e Previd√™ncia n√£o deram nenhuma explica√ß√£o sobre o atraso.

“Homens e mulheres que dedicaram suas vidas ao servi√ßo p√ļblico estadual e √† educa√ß√£o p√ļblica, que agora s√£o aposentados, n√£o merecem ter seus pagamentos atrasados ap√≥s tanto trabalho. Al√©m dos aposentados, alguns pensionistas e professores ativos est√£o com atrasos ou erros em seus pagamentos. Essas pessoas merecem sequer uma explica√ß√£o sobre o que est√° acontecendo, pois estamos falando de direitos, dos seus pagamentos para garantir seu sustento e de suas fam√≠lias! Por isso solicitamos que o Governador Fl√°vio Dino e SEGEP adotem provid√™ncias para resolver o problema e efetuarem os pagamentos devidos. Fl√°vio Dino, pague os aposentados do Maranh√£o‚ÄĚ, disse o deputado Wellington.

No mesmo palanque de Fl√°vio Dino est√£o membros do PT de Lula e do PMDB de Michel Temer chamados por Jerry e Weverton de “golpistas”:

Na foto dos aliados de Flávio Dino, Jerry e Weverton Rocha, os golpistas: André Fufuca (que é aliado de Michel Temer, Eduardo Cunha e Sarney), Eliziane Gama, que votaram pelo IMPEACHMENT de Dilma Rosusseff.

Fufuca aparece abra√ßado ao funcion√°rio Pal√°cio dos Le√Ķes, Augusto Lobato, que ganhou cargo de assessor especial por ser presidente do PT de Lula no Maranh√£o.

Foi golpe?

Flávio Dino jura de pés juntos que não cooptou petistas, sarneysistas. Só lembrando que o deputado André Fufuca (PP) que votou pelo IMPEACHMENT de Dilma, foi beneficiado recentemente por uma secretaria de Estado do Maranhão e, do nada, resolveu participar do palanque comunista.

Quem ocupava o cargo p√ļblico ocupado por um aliado de Fufuquinha, o petista M√°rcio Jardim¬† ex-secret√°rio do governo, que foi expulso pelo governador, tivesse vergonha na cara n√£o viveria defendendo a gest√£o comunista, que no Maranh√£o desrespeita Lula e o PT, governando com “golpistas”.

Como se observa, antigas pr√°ticas ainda permanecem neste Maranh√£o que teima em n√£o” mudar”.

 

“S√≥ a luta muda a vida”

O maranhense Hertz ser√° vice-presidente da oper√°ria Vera L√ļcia √† presid√™ncia

Em evento nesta quarta-feira, 04 de julho, o PSTU far√° o lan√ßamento das pr√©-candidaturas de Vera L√ļcia, e o maranhense Hertz Dias, para disputar a presidente do Brasil.

O professor Ramon Zapata para governador e Preta Lu e Saulo Arcangelli ao Senado.

Boletim m√©dico do Hospital S√£o Domingos sobre o estado de sa√ļde do deputado federal Z√© Reinaldo (PSDB), internado ontem no in√≠cio da noite ap√≥s sofrer um acidente na estrada do munic√≠pio de Barreirinhas.

COMUNICADO

Informamos que o ex-governador e deputado federal José Reinaldo Tavares deixou a unidade semi-intensiva e já foi transferido para um apartamento do Hospital São Domingos, em São Luís, onde deverá permanecer somente até amanhã internado, sem graves sequelas.

Na oportunidade, o parlamentar agradece pelas in√ļmeras manifesta√ß√Ķes de solidariedade e apoio recebidas ap√≥s o acidente de carro sofrido na tarde de domingo (1), nas proximidades do munic√≠pio de Barreirinhas.

São Luís, 2 de julho de 2018

√Č poss√≠vel?

Os opostos se atraem.

√Č poss√≠vel sim.

A raz√£o tem raz√Ķes que a pr√≥pria raz√£o desconhece

Em qual situação? Mostrar que é possível um outro Maranhão.

Um do PT e o outro do PSDB.

Roberto Rocha e Robert Lobato.

No Maranhão uma boa convivência entre PT e PSDB

Um com CENTO E CINQUENTA MIL VOTOS, o outro militante, com muita letra e ideias em foco, precisava desenvolver, isso foi em 2006 e a parti daí tudo começou de vez.

Siameses.

Não são dias, não são apenas anos, dias e meses, é uma luta de resistência.

Quando o Jackson Lago caiu, eu e Roberto Rocha, Roberto e eu fomos firmes, resistimos e apoiamos o Jackson quando quase todo mundo desapareceu.

PT E PSDB, como pode ser?

N√£o s√£o antag√īnicos?

N√£o.

S√£o do Maranh√£o.

S√£o harm√īnicos.

Do sertão, estão a muito esperando essa ocasião para lhe dizer que é possível um outro Maranhão.

Não tenha medo de sair dessa situação.

Tem outra cor.

Tem outro caminho.

Tem um outro Maranh√£o.

Do Senador Roberto Rocha, o melhor Senador e o melhor jornalista do Maranh√£o, pra mim, Robert Lobato.

O Maranhão é muito maior, não é apenas de um ou de dois só.

O Maranhão é o amor de todos nós.

Tem uma terceira via.

Ainda temos possibilidades.

Você quem escolhe.

Eu acredito que sairemos da mesmice, se n√£o dermos mole. (Arara News)

A peregrinação que a ex-governadora Roseana Sarney (MDB) inicia terça-feira (03) por 11 municípios está cercada de expectativas sobre como será sua recepção num dos maiores colégios eleitorais do estado, Caxias, onde, até semana passada, tinha como principal aliado o prefeito Fábio Gentil (PRB), que nesta segunda-feira (25) surpreendeu o meio político ao manifestar apoio à reeleição de Flávio Dino (PCdoB), provocando estragos no seu grupo e no da família do ex-deputado Humberto Coutinho (falecido em janeiro deste ano), que era a principal aliada do governador

Ex-deputado Zé Gentil, pai do prefeito Fábio Gentil, que apoia Flávio Dino, continua como principal
aliado da ex-governadora no município de Caxias

Roseana pode criar um desconforto no seio da família Gentil, pois, apesar da manifestação do prefeito, seu pai, o ex-deputado José Gentil, pré-candidato à Assembleia Legislativa, é um dos principais aliados da ex-governadora. No mês de maio, era uma das lideranças mais destacadas no lançamento da pré-candidatura da emedebista em São Luís, e foi a ausência mais notada no encontro de Fábio Gentil com Flávio Dino, a quem o prefeito se apresentou com mais de uma dezena de líderes políticos do município.

O ex-prefeito Paulo Marinho, outro aliado de Roseana e que foi um dos articuladores para a forma√ß√£o do grupo que elegeu F√°bio Gentil em 2016 contra o ent√£o prefeito L√©o Coutinho, apoiado por Fl√°vio Dino, numa postagem em sua p√°gina no Facebook, disse que n√£o pode seguir o prefeito nesta empreitada, mas manteve o compromisso de trabalhar pela elei√ß√£o do seu pai a deputado estadual. Marinho √© pai do vice de F√°bio Gentil, Paulo Marinho J√ļnior, pr√©-candidato a deputado federal.

Outro aliado de Roseana em Caxias, Ant√īnio Bitencourt Albuquerque, o Catul√© (presidente da C√Ęmara Municipal), lan√ßou o filho, Catul√© J√ļnior, primeiro suplente de senador na chapa de Jos√© Reinaldo Tavares (PSDB), que apoia o senador Roberto Rocha ao Governo do Estado. (Maranh√£o hoje)

Comunista milionário? 

Que mudou, antes das elei√ß√Ķes de 2014 era liso, hoje tem dinheiro sobrando? Enquanto esbanja poder, come√ßa faltar dinheiro nos cofres. Como est√£o as contas do governo, o governador comunista pode falar?¬†¬†Na atualidade s√≥ se fala em milh√Ķes, cada aluguel, cada obra √© na casa dos milh√Ķes. Mas pode ser ainda pior.

Que Fl√°vio Dino traiu seus principais aliados que estavam juntos em 2014, e hoje est√° usando a m√°quina publica de forma desesperada ningu√©m tem d√ļvidas.¬†¬†Fl√°vio Dino demostra seu total desespero ao trazer desafetos para seu palanque, ao mesmo tempo que expulsa aliados.

Como explicar que Z√© Reinaldo, Waldir Maranh√£o, Roberto Rocha, o ent√£o prefeito de Barreirinhas,¬† L√©o Costa, o pr√≥prio senador A√©cio Neves que deu tempo de TV e veio de Minas Gerais empenhar seu apoio ao comunista, mas foram “jogados para escanteio” assim que Fl√°vio Dino soube do resultado do TRE que tinha sido eleito?

O recado de 2016…

Na capital o candidato comunista foi um fiasco. Edivaldo Holanda J√ļnior s√≥ foi reconduzido ao cargo devido muito derrame da m√°quina estatal. Fato.N√£o foi apenas na capital.

O recado de 2016 mostra que Flávio Dino foi derrotado nas principais cidades: Imperatriz, Pinheiro, Barreirinhas, Santa Inês, até em Caxias, mesmo o candidato da oposição lutando contra o presidente da Assembleia e governo (duas máquinas potentes).

A julgar pelas elei√ß√Ķes de 2016, dos candidatos derrotados pelo Pal√°cio dos Le√Ķes, Fl√°vio Dino n√£o hesitar√° em fazer tudo que antes condenava para n√£o perder (outra vez).

Calar a imprensa:

Assim como tentar comprar ex-desafetos políticos, como Fábio Gentil em Caxias, governador comunista tenta processar jornalistas, radialistas e blogueiros.

Eu, Ricardo Santos, que sempre apoiei a esquerda maranhense, me empenhei em criticar o governo de Roseana Sarney por anos, estou sendo processado pelo governador Fl√°vio Dino, devido as criticas feitas √† forma como vem conduzindo o Estado: aumentando impostos, tomando carros e motos da popula√ß√£o,¬† arrecadando milh√Ķes e milh√Ķes, inclusive, usando cifras alt√≠ssimas dos portos para cobrir supostos rombos, sem falar que tudo isso pr√≥ximo de uma importante elei√ß√£o, onde seu grupo pol√≠tico disse que “vai fazer tudo” para n√£o perder as elei√ß√Ķes.

Tudo que fiz foi perguntar como est√£o os cofres p√ļblicos e pedi para Fl√°vio Dino mostrar as contas do governo, mas, parece que preferiu me processar e tentar calar.

Rombos nas contas?

Para justificar o aumento abusivo de impostos, Fl√°vio Dino justifica que o Estado est√° sem dinheiro, mesmo recebendo mais de 2 bilh√Ķes deixados em caixa pela gest√£o passada, sem falar dos empr√©stimos bilion√°rios que a Assembleia Legislativa na atual gest√£o aprovou.

Onde foi parar tanto dinheiro? 

1 11 12 13