Ensaios de uma liberdade…

0

Lula não é mais uma ideia, Lula virou água mole, que bate, bate, até que fura. Podem aguardar.

“Soltem o Lula”.

Lula que foi preso como ideia, ganhou 51 tons de liberdade.

Lula tornou-se um um ensaio que ecoa nos porões das cortes supremas. Ninguém segura, Lula livre, já. Aguardem.

Hora dessa vai bater e furar, e, quem sabe, para governar o Brasil, já sem Moro, sem leis, sem Ficha Limpa ou Lava Jato.

O domingo foi de surpresas, o Brasil que está dividido, voltou a torcer, mesmo depois de inesperada derrota. Na mesa do almoço até quem detestava o assunto de “Lula livre” se manifestou: solta logo esse homem, parece coro de joelho dessa  (in) justiça (?) de juízes que parecem mais árbitros de futebol, que precisam analisar a cena, de ministros ou desembargadores, que numa canetada desfazem decisões de colegiados, tem até ex-juiz (federal) que deveria se preocupar em governar para os pobres dando pitacos naquilo que não lhe compete mais.

O erro do Brasil não é ser apaixonado por futebol, mas, não ter senso de justiça. Hoje foi um ensaio, mas, nada poderá deter essa torcida insana de soltar um condenado.

Enfim, soltem o Lula, talvez assim a justiça comece a julgar outro e deixe de vez o ex-presidente, condenado, sair para ser candidato, mesmo rasgando as leis, inclusive, a tal Lei da Ficha Limpa. Por hora, apenas um ensaio.

Abaixo, duas principais forças políticas do Maranhão regozijando-se pela notícia da libertação de Lula no inicio da tarde deste domingo, 08 de julho.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.