Monthly Archives: maio, 2018

Bandidagem mata idosos e crianças na capital do Maranhão, a única providencia do governo é justificar que não há mais “decapitações em pedrinhas”.

Um idoso e uma criança são baleados por bandidos fortemente armado.

O idoso foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte), já a criança (de dois anos) brincava com seus familiares numa área próximo a uma restaurante, quando vários bandidos chegaram atirando, sendo que uma das balas atingiu a criança.

O idoso identificado como Washington Andrade Serra, de 64 anos, foi morto com um tiro, no início da manhã desta quinta-feira (24), no bairro Chácara Brasil, região do Turu, em São Luís.

O deputado estadual Zé Inácio (PT) acompanhado do vereador de Paraibano, Ricardo Campos, participou nesta sexta-feira, 26/05, de uma audiência com o presidente da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão-Caema, Carlos Rogério Santos Araújo, para tratar sobre a falta de abastecimento de água no município.

Na reunião, o vereador de Paraibano, explicou que o bairro Vila Aparecida está há um ano sem água, isso devido a queda da bomba que acabou desativando o poço.

“São mais de 500 famílias que estão sem água em suas residências, já não temos mais o que dizer a elas. Estamos tentando ajudá-las com um carro pipa, mas não é suficiente. Se esse problema for sanado, conseguiremos resolver cerca de 80% da falta de água”, contou sobre o problema.

“A Caema está sempre empenhada em tentar solucionar os problemas, que no caso de Paraibano a situação está bem grave, mas com o empenho da empresa esperamos que o um resultado positivo seja alcançado em benefício da população de Paraibano”, disse o deputado Zé Inácio.

O presidente da Caema, Carlos Rogério, se comprometeu a realizar um Termo de Compromisso e organizar um plano de ação para dar cumprimento ao serviço do poço.  Assim como concretizar ainda a entrega de mais um poço e da reforma do prédio da sede da Caema em Paraibano.

Também participaram do encontro o diretor de Comercialização e Relacionamento com o Cliente Carlos Alberto Martins de Sousa, o chefe de gabinete Petrônio Alves, a chefe da assessoria de regulação e concessão e métodos, Leopoldina.

“Maranhão da mordaça”

Comunistas querem impor censura à imprensa independente que mostra aumento da pobreza extrema do Maranhão. A perseguição estaria aconteceu logo após o jornalista mostrar que a pobreza extrema aumentou no Maranhão, segundo dados do IBGE e Pnad.

Imprensa independente sente o peso da foice e martelo na capital do Maranhão. Para as lideranças do PCdoB do Maranhão, só é permitido fazer elogios ao governador, quem fizer criticas ou cobranças poderá sentir o peso dos escritórios de advocacias e dos Tribunais.

O Jornalista Diego Emir foi obrigado a tirar uma importante matéria de seu blog pessoal por causa do presidente do PCdoB-MA, Márcio Jerry, que é jornalista e prometeu a “comunicação democrática” assim que Flávio Dino fosse eleito governador do Maranhão.

Jerry, que é candidato a deputado federal na chapa de Flávio Dino que busca a reeleição, parece que se ofendeu pelas palavras da pré-candidata ao governo do Maranhão, Roseana Sarney (MDB), anunciadas na postagem de Diego Emir.

Abaixo, um trecho da reportagem feita pelo jornalista Diego Emir, que mostra dados negativos do Maranhão sob a foice e martelo.

fiquem com o vídeo onde o jornalista narra o aumento da pobreza e desemprego no Maranhão.

Presidente Othelino Neto, hora de mostrar a que veio:

Atenção, eleitores maranhenses: os deputados da Assembleia Legislativa do Maranhão vão ficar contra o povo novamente e não vão baixar os impostos que aumentaram?

Santo óleo de peroba!!!

Não é culpa apenas de Temer, nem responsabilidade de Brasilia, dos deputados e senadores. A culpa dos altos preços dos combustíveis também  recai sobre os deputados do Maranhão.

Como se estivesse fora da responsabilidade de baixar os impostos que eles próprios aumentaram, o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto, mesmo partido de Flávio Dino o PCdoB, vai para as redes sociais culpar o presidente Michel Temer (MDB), como se não tivesse poder para mudar o quadro de exploração da população do Maranhão, que praticamente obriga sua população a se matar para pagar as contas dos responsáveis (ou irresponsáveis) que transformaram nosso estado e país no caos que está hoje.

Veja aqui um trecho das redes sociais do deputado Othelino:

 

 

Em 2013, na TV Guará pedindo a ALTERNÂNCIA de poder: 

No ano de 2013, fiz defesas de Flávio Dino em vários veículos de comunicação. À época, eu, Ricardo Santos, era um aliados principal dos comunistas.

No vídeo, o blogueiro do Jornal Pequeno fazendo defesa de Flávio Dino para governador em 2013, à época, Roseana Sarney era governadora do Maranhão e poucos ousavam falar contra Roseana Sarney. Após as eleições de 2014, o blogueiro (que era oposição ao grupo Sarney) foi perseguido e expulso do JP.

Primeiro blogueiro anti-Sarney do Maranhão, ainda no ano de 2013,  durante um debate na TV Guará deixando claro quem apoiava na época. Após as eleições de 2014, Ricardo Santos, blogueiro que era oposição ao grupo Sarney durante a gestão de Roseana Sarney, foi expulso do grupo dos comunistas, foi perseguido por ser identificado como aliado de Roberto Rocha, Zé Reinaldo e Waldir Maranhão, que foram todos, recentemente,  foram perseguidos expulsos do grupo de Flávio Dino.

Abaixo, um pouco dos assuntos que comprovam a mesmice do grupo comunista que repete os feitos da oligarquia Sarney.

Não foi o Sarney, foi Dino:

http://blogdoricardosantos.com.br/page/7/

Palanque dos desesperados: Comunistas cooptam aliados de Sarney para não perderem as eleições…

http://blogdoricardosantos.com.br/2018/05/15/palanque-dos-desesperados-comunistas-cooptam-aliados-de-sarney-para-nao-perderem-as-eleicoes/

Dinheiro para propagandas, publicidades, fazer politica tem bastante…

http://blogdoricardosantos.com.br/2018/05/14/nada-mudou-no-maranhao-a-ambulanciaterapia-de-flavio-dino-as-interminaveis-procissoes-de-ambulancias-lotadas-de-doentes-continuam-cortando-o-maranhao/

Método sarneísta-comunista: que adianta dizer que é contra Sarney e repetir suas práticas?

Flávio Dino foi eleito prometendo fazer diferente de Sarney, mas em quatro anos repetiu tudo que antes condenava.

Quando comecei ser oposição e lutar pela “alternância”  eram poucos os que tinham coragem de se declarar anti-sarney. Acho que foi o  deputado Joaquim Haickel (sarneysista histórico) que certa vez me fez a a seguinte observação; antes das eleições de 2014. À época, fiz campanha e apoiei Flávio Dino, coisa que  hoje me arrependo.

“Duvido se Flávio Dino e Márcio Jerry não expulsarão muitos de vocês que estão se matando para ele ser eleito”.  Dito e feito, um dos primeiros blogueiros que lutaram contra Sarney no Maranhão simplesmente foi perseguido, expulso e riscado das listas do “governo de todos”.

Meu rompimento com Flávio Dino deu-se logo nos primeiros meses de sua desastrosa gestão ideológica, por fazer criticas aos métodos iguais aos do Sarney. Por conta dessa postura tive meu blog retirado de um portal de noticias da capital(entenda aqui  http://jornalpequeno.blog.br/johncutrim/ricardo-santos-estreia-nova-pagina-na-internet/ ).

Mas não foi apenas isso, por mera perseguição, fui riscado das listas empregatícias, apenas uma seleta lista de blogueiros pôde entrar na “folha da Assembleia”, que até hoje acolhe blogueiros, imprensa, e todos que batem continência ou se prestam ao ridículo papel de repetir uma ridícula dicotomia: Sarney versus Flávio Dino, que aliás, que não aceita esse modus operandi praticado pelo Sarney, quando venceu Vitorino Freire em 1965.

Consegui sobreviver durante quatros longos anos. Deus é bom.

Meus amigos da Igreja Catedral de Louvor Maranata do Turu, em especial o sindicalista Francisco Saraiva, não entendem como um blogueiro que falava contra Sarney durante vários anos e fez campanha para Flávio Dino foi perseguido justamente quando deveria ser tratado como aliado.

Como se vê, Flávio Dino não renovou nada, apenas imita Sarney. Flávio Dino nada mais é que um repetidor das práticas dos antigos oligarcas, e já pensa em se perpetuar.

Nota:

Como sempre fiz, nas eleições de 2018 votarei na Terceira Via: Roberto Rocha, Maura Jorge ou Eduardo Braide, Coronel Ribamar Monteiro ou Ricardo Murad.  No segundo turno,  qualquer um que for contra Flávio Dino.

Recentemente num grupo de whstsapp um ex-membro da juventude guerreira, ligado a Roseana Sarney, hoje convertido ao comunismo, mandou várias ameaças para meu celular, fiz prints e registrei (Boletin de Ocorrência)  para me garantir, logo depois fiquei sabendo que o tal blogueiro estava me difamando em grupo de whstsapp alegando que ele deveria provar na delegacia minha masculinidade, lógico que o ex-sarneysista estava apenas servindo ao papel medíocre de tentar me denegrir, como aliás, os comunistas sempre usam incautos para tentar calar quem ousa criticá-los.

 O Estado inexiste!

Um idoso e uma criança são baleados por bandidos fortemente armados.

Causa mortis: crianças estão morrendo devido “guerras de facções” em plena luz do dia na capital do Maranhão.

Outra criança levou tiro, outro idoso foi vitima de latrocínio. A justificativa continua sendo a mesma: a culpa é da dicotomia política (irresponsável) proposta por Flávio Dino e Márcio Jerry, que culpam Sarney por tudo. Não importa se alguém reclamar que não é do grupo Sarney, que só está cobrando, que vai ser taxado de “aliado de Sarney”.

O lado negativo da “dicotomia” proposta pelos comunista: enquanto facções trocam tiros e matam crianças nas ruas de São Luís, tentam justificar a falta de Segurança, a ausência do Estado, alegando que “não há mais decapitações” dentro dos muros do presídio de Pedrinhas.

Bandidagem mata idosos e crianças na capital do Maranhão, a única providencia do governo é justificar que não há mais “decapitações em pedrinhas”. Na semana passada, outras crianças morreram vitimas de balas por guerras de facções que trocam tiro nas ruas da capital do Maranhão, que Flávio Dino jura de pés juntos que conseguiu diminuir a violência. 

O idoso foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte), já a criança (de dois anos) brincava com seus familiares numa área próximo a uma restaurante, quando vários bandidos chegaram atirando, sendo que uma das balas atingiu a criança.

O idoso identificado como Washington Andrade Serra, de 64 anos, foi morto com um tiro, no início da manhã desta quinta-feira (24), no bairro Chácara Brasil, região do Turu, em São Luís. Abaixo, as imagens da mudança que não teve.

Facção criminosa assassina homem em plena luz do dia: detalhe, um dos tiros acertou uma criança de dois anos.

Outra morte violenta: idoso que foi comprar pão sofre “latrocínio”. Bandidos estão soltos, fazendo novas vitimas.

Nota:

O Maranhão se tornou uma  vergonha. O Estado que inexiste, da justificativa infantil de Flávio Dino, que sugere que aqueles que tentam cobrar, que tentam criticar o governo estejam “do lado do Sarney”. Colocando todos num dicotomia, numa “polarização” irresponsável.

Sem ter capacidade de ocupar o cargo de gestor, Flávio Dino tenta jogar em terceiros a sua falta de responsabilidade.

 

 

 

Crescimento de Eliziane preocupa aliados de Flávio Dino e Márcio Jerry. Alguns conhecidos “pupilos” que não conseguem esconder a ciumeira de uma mulher que vem se destacando e colocando alguns “machos” pra escanteio…

A imagem abaixo circulou pelas redes sociais, principalmente em grupos de WhatsApp do Maranhão, mostrando o ódio de alguns aliados (PDT e PSB) contra Eliziane Gama.

De imediato gerou uma discussão a partir de quem interessaria pichar os muros da cidade de Timon com frases que visam claramente atingir o projeto da deputada federal Eliziane Gama (PPS) rumo ao Senado Federal.

A principal suspeita recai sobre “aliados” da irmã ligados ao Palácio dos Leões, mas precisamente dos que ainda insistem com a candidatura de senador do deputado estadual Bira do Pindaré (PSB).

Mas, enquanto os “inimigos íntimos” de Eliziane conspiram contra a sua pré-candidatura, ela segue consolidando e ampliando a sua caminhada rumo à Câmara Alta do Congresso Nacional. ( Com informações dos blogues do Marco D’Eça e Robert Lobato).

 

Na manhã desta quarta-feira (23), o deputado estadual Wellington do Curso (PSDB) utilizou a tribuna para solicitar que o governador Flávio Dino reduza o imposto sobre circulação de mercadorias e serviços – ICMS, como forma de diminuir o alto valor da gasolina no estado, assim como já o fez em outras oportunidades. Somente nos últimos dez dias, já foram 4 aumentos no preço da gasolina no país, sendo que 45% do valor do combustível correspondem a impostos.

No final de 2016, o Governo do Estado sancionou a Lei nº 10.542/2016 que aumentou as preços da gasolina, do etanol, tarifas de energia elétrica, internet, telefonia e TV por assinatura, a partir do reajuste de ICMS, tornando o combustível mais caro em todo Maranhão. Wellington votou contra esse aumento por entender que a medida prejudica consideravelmente o povo maranhense.

Atualmente, 26% do valor da gasolina são destinados ao imposto estadual, o que tem atingindo diretamente o bolso do trabalhador maranhense.

“Diante do grande do número de desempregados no Maranhão, não podemos permitir que a população pague a conta da ineficácia da administração pública por meio de altas cargas tributárias. Precisamos encontrar maneiras para que não joguemos o prejuízo no bolso do cidadão maranhense onde principalmente os mais pobres, moto-taxistas, taxistas padecem. Se na capital o preço já está alto, imagine no interior! Por isso, solicito ao governador Flávio Dino que, assim como houve redução do ICMS de 17% para 2% no fornecimento do óleo diesel para as empresas do sistema de transporte urbano da região metropolitana de São Luís e Imperatriz, haja redução da alíquota do ICMS que incide sobre o valor do combustível. Votei contra o aumento de impostos dos combustíveis. Flávio Dino, dê exemplo e reduza o ICMS, reduza o imposto que incide sobre os combustíveis no Maranhão. O povo maranhense não merece pagar por mais essa conta!”, destacou o deputado Wellington ao reafirmar seu compromisso com a população e a luta para reduzir o preço do combustível.

Timon parou no tempo. Alô, Bira, calado?

Uma das principais cidades do Maranhão sofre com os problemas de coleta de lixo, administrada pelo prefeito Luciano Leitoa do PSB, aliado do deputado Bira do Pindaré, que calou-se.

Durante a semana, o deputado Bira do Pindaré (PSB) estava irritado, brigando com outros deputados.

Será que vai brigar com o prefeito de Timon, seus vereadores, ou permanecer caladinho?

Abaixo, imagem retirada do facebook:

 

Saúde precária da gestão atual, desvios de dinheiro público, tudo é culpa do modelo passado, segundo governador comunista.

Em resposta à reportagem da Rede Record, governo comunista declara que desvios de dinheiro público na gestão atual é culpa de Roseana Sarney. Confira no link abaixo:

Saúde precária da gestão atual é culpa do modelo passado, segundo governador comunista.

Clic aqui e veja  reportagem completa:

1 2 3 4 5 13